Peça um orçamento Login
Artigo

Transformação digital: tendências e desafios para empresas

Redação Alura

A transformação digital precisa ser encarada para além de uma tendência optativa, mas como algo inevitável. Para negócios, em todos os setores, ela já é uma realidade.

Os últimos anos, sem dúvida, intensificaram essa mudança. Reforçaram que a disruptura não é exclusiva de setores nitidamente tecnológicos. E-commerces, soluções de saúde, fintechs. Em todas as áreas, a tecnologia tem se mostrado indispensável, não somente na oferta do produto final.

Pelo contrário, a tecnologia está ligada intrinsecamente à operação. Está na base dos negócios, dos processos à experiência de colaboradores e colaboradoras.

Como, então, abraçar essa transformação ao invés de fugir dela?

pessoas em processo de transformação digital

O que é transformação digital

A transformação digital, do ponto de vista da tecnologia, é o processo de evolução e inovação das tecnologias aplicadas aos negócios, como fim ou meio das operações, com impacto na cultura e nos processos internos das organizações.

Como explicar Guilherme Evans, líder da Deloitte Digital:

VEJA TAMBÉM:

“Muitas vezes, quando um termo vira buzzword, ele passa a ser aplicado em tantos contextos, que muitas vezes acaba perdendo o significado. [...] Na essência, a transformação digital é o impacto da evolução tecnológica, cada vez mais acelerada, aplicada aos negócios, na busca do ganho de eficiência e eficácia, normalmente em três grandes esferas: na experiência do cliente, nas operações e nas ferramentas e formas de trabalhar.”

Porém, a transformação digital representa também uma nova posição da humanidade. E se colocarmos as pessoas no centro da definição, encontraremos uma ruptura de experiências baseadas nas seguintes características:

  • Experiências sem fricções, fluídas;
  • Negócios focados em usuários e usuárias;
  • Busca por soluções melhores, mais rápidas e mais baratas;
  • Produtos transformados em serviços.

Nesse sentido, podemos citar outras definições de transformação digital, como a do CIO, que a define como:

“A transformação digital é uma mudança fundamental na forma como uma organização entrega valor aos seus clientes.”

Em ambos os sentidos, a transformação digital representa uma mudança de mindset e cultura, voltada à inovação em negócios.

Veja um artigo sobre o mindset digital nas empresas.

Pilares da transformação digital

Nas últimas décadas, a transformação digital trouxe grandes inovações ao mercado, de planilhas aplicáveis à gestão de negócios ao aumento da conectividade em nuvem e dados como vislumbramos hoje.

Engana-se, no entanto, quem pensa que a transformação digital se resumiu às empresas de produtos e serviços de tecnologia. Pelo contrário, ganhou o mercado não apenas como fim, mas como meio, como estratégia de negócio.

Salim Ismail, Michael S. Malone e Yuri Van Geest, por exemplo, trazem que, em 2012, 93% das transações norte-americanas já eram digitais.

Guilherme Evans, citado anteriormente, exemplifica bem essa transição. Atualmente, vemos grandes inovações originadas de setores como o automobilístico e o de saúde, o que revela que a tecnologia não é exclusiva de alguns nichos. Em todos os setores, ela abre portas para a mudança.

Veja o exemplo de Carlos Netto, à frente da Matera, em um episódio do Like a Boss:

https://open.spotify.com/episode/3BLa64s3a4LoX0p2xUilAR?si=34a29cfc9f37460d

Foco no usuário e na usuária

No centro da transformação digital, temos, de um lado, a visão da pessoa usuária (user centric), como mencionado acima.

A alta concorrência de mercado, a necessidade de se diferenciar, em conjunto às mudanças sociais, fizeram com que os negócios olhassem mais para a experiência das pessoas com os produtos e serviços.

Employee Experience

Do ponto de vista interno das corporações, também a experiência das pessoas assumiu posição central, não apenas nas estratégias de negócio, mas na experiência dos colaboradores (o Employee Experience).

E esta também passou a ser digital. Como aborda Idalberto Chiavenato:

“Hoje, o trabalho requer uma nova e diferente abordagem dotada de imaginação, criatividade e inovação. Trabalho é flexível, adaptável, mutável, variável. A transformação digital exige tudo isso. [...] Em um mundo dinâmico de negócios, a transformação digital não acontece apenas implementando mais e melhores tecnologias, mas envolvendo forte e integrada congruência digital, alinhando cultura, pessoas, estrutura organizacional e tarefas na estratégia organizacional, em um todo sinérgico.”

Inclusive, um dos maiores desafios das empresas é compreender como construir uma jornada positiva para seus colaboradores e suas colaboradoras no virtual. E em parte, o problema está no olhar sobre a infraestrutura do trabalho e a adaptação de uma cultura organizacional não pensada para esse formato.

Julia Martensen, por exemplo, escreve para a Forbes:

“Assim como você não constrói o telhado antes de construir a casa, as empresas precisam investir em elementos centrais negligenciados - especialmente aqueles conectados ao employee experience.”

Business Agility

Do ponto de vista de processos internos e técnicas, empresas que buscam crescimento também estão apostando em agilidade e capacidade de adaptação - Business Agility.

Business Agility é o conjunto de habilidades, comportamentos e modelos de trabalho organizacionais que concedem à organização liberdade, flexibilidade e resiliência para alcançar seu propósito, independentemente do que o futuro reserva.

A agilidade, entretanto, anda associada ao foco no cliente e opera sobre 4 domínios:

  • Relações;
  • Liderança;
  • Indivíduos;
  • Operações.

Vale ressaltar que modelos ágeis e Business Agility não são exclusivos da área de tecnologia, embora sejam mais comuns nesses setores, mas aplicáveis a toda a empresa.

Liderança digital

Por fim, o processo de transformação digital engloba toda a organização, mas precisa ser encabeçado pelas lideranças.

Segundo dados da Gartner Peer Insights, publicados em texto da newsletter CIO Dive

  • 97% dos tomadores de decisão em tecnologia consideram uma liderança digital forte importante para o atingimento das metas de negócio. 27% dessas pessoas consideram como um fator crítico;
  • 99% das pessoas pesquisadas consideram uma liderança digital forte como um importante fator de uma transformação digital bem sucedida. 30% delas acreditam que é um fator crítico.

Para toda a empresa engajar nessa proposta, é necessário que as lideranças dialoguem sobre a transformação digital, que encabecem esse movimento.

Transformação digital para toda a empresa

Por fim, a transformação digital precisa abraçar todas as áreas da empresa e não apenas os times de tecnologia.

Sem dúvidas, é um movimento que visa trazer melhorias aos processos, mais agilidade e produtividade organizacional. Ademais, o uso de dados e inteligência de negócio é uma tendência em todos os setores para que os negócios se tornem competitivos.

Isto significa repensar a própria estrutura organizacional e o modelo corporativo, mas também estimular que a empresa toda engaje no conhecimento das habilidades necessárias para essa transformação, sejam elas Soft Skills ou Hard Skills.

Data Science, Business Intelligence, skills digitais. Tudo isso pode ser desenvolvido com o direcionamento das organizações. Por isso, ressaltamos o quanto a educação corporativa é importante para os negócios.

Resistir à transformação digital é resistir ao inevitável. Então, por que não se aliar à mudança?

Quer saber mais sobre o mercado de tecnologia e educação corporativa? Receba a newsletter da Alura Para Empresas com insights mensais, direto em sua caixa de entrada!

Referências:

  1. CHIAVENATO, Idalberto. Recursos humanos: o capital humano das organizações. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2020.
  2. ISMAIL, Salim; MALONE, Michael S.; VAN GEEST, Yuri. Organizações exponenciais: por que elas são 10 vezes melhores, mais rápidas e mais baratas que a sua (e o que fazer a respeito). Rio de Janeiro: Alta Books, 2019.

Estas empresas confiam na Alura para Empresas

Junte-se a mais de 5000 empresas que já capacitaram seus times com nossas formações.

  • Logo daa Dasa class=