Alura > Cursos de UX & Design > Cursos de UX Research > Conteúdos de UX Research > Primeiras aulas do curso UX Research: avaliação heurística

UX Research: avaliação heurística

Preparando para avaliação - Introdução

Olá! Meu nome é Livia Gabos e eu vou ser a sua instrutora no curso sobre avaliação heurística.

O que nós vamos ver nesse curso? Nesse curso vamos entender o que são heurísticas e como podemos realizar uma avaliação heurística de interfaces. O importante na avaliação heurística é podermos avaliar o mais cedo possível e vamos ver os benefícios disso durante todo o curso.

Nesse curso vamos utilizar alguns objetos da MusicDot para estudo. Esses objetos, vamos utilizar o fluxo de usuário de um determinado processo dentro da MusicDot, o site também da MusicDot e o aplicativo. Vamos entender o que precisamos considerar dentro do processo de avaliação heurística.

Nesse curso nós não vamos ver sobre como criar heurísticas, vamos utilizar as heurísticas que já existem no mercado e também não vamos ver como criar personas. Vamos utilizar as personas que já existem da MusicDot.

Para quem é esse curso? Esse curso é para pessoas que já conhecem sobre a parte de usabilidade, já têm um pouco de conhecimento com relação a padrões de interface e também padrões de fluxo de navegação, e querem aprender mais uma técnica de avaliação de interfaces.

Fazendo esse curso você vai ver a relação aos benefícios de utilizar a avaliação heurística e porque ela não é uma técnica de avaliação concorrente de outras técnicas, como a avaliação com usuário.

Você vai ver também como criar as tarefas e fluxos de usuário para podermos realizar a avaliação neles. Também vamos ver como realizar a avaliação heurística em interfaces já prontas.

Você vai ver como criar um checklist para ficar mais fácil a verificação e o processo de desenvolvimento com base nas heurísticas, e também, você vai ver como realizar uma padronização de todas as avaliações feitas por diferentes pessoas.

No final eu vou mostrar como apresentar os resultados para a equipe de desenvolvimento e outras pessoas da equipe que não participaram de todo o processo de avaliação. Vamos lá?

Preparando para avaliação - Definindo o método

Nesse curso nós vamos utilizar como objeto de estudo a MusicDot, que é um site de ensino de música e parte de instrumentos musicais, canto também, parecida com a Alura. Ela tem a parte da empresa MusicDot com uma parte de acesso voltada para os alunos, onde eles podem fazer as aulas.

Nesse curso nós vamos utilizar o site da MusicDot como objeto de estudo. Não só ele, nós vamos utilizar o aplicativo e também a parte interna da MusicDot, que é voltada para empresas. Essa parte para empresas é um projeto fictício que vamos analisar uma parte interna desse projeto voltado para empresas.

Qual é o objetivo? Nós queremos melhorar a interface de todos esses objetos que nós vamos estudar voltados para a MusicDot, e isso para poder melhorar a experiência dos nossos usuários, nossos alunos e também das pessoas que visitam o site da MusicDot.

Vamos fazer tudo isso sem falar com os alunos e as pessoas que utilizam o site da MusicDot. Isso, por quê? Por conta principalmente de tempo e por questões de custo porque quando conversamos com essas pessoas, nós levamos mais tempo para fazer agendamentos, para trazer essas pessoas aqui na empresa, para poder fazer essas obrigações e fazer entrevistas.

E também porque existe a questão dos incentivos. Às vezes as pessoas não vão vir ou elas vão querer um dinheiro e temos que pagar transporte para elas poderem vir e podermos fazer toda essa parte de entrevistas e testes. Então nesse momento, no projeto da MusicDot, não temos condições de investir na parte presencial dessas pessoas.

E também, aqui na plataforma da Alura nós já fizemos testes e avaliações do site e também da parte interna voltada para empresas na MusicDot, então nós vamos aproveitar essas análises que já foram feitas anteriormente para poder evoluir mais com a experiência das pessoas.

As avaliações heurísticas são muito utilizadas quando precisamos avaliar um produto, mas sem recorrer a testes com as pessoas que utilizam. Mas o que seriam heurísticas, que eu falei e expliquei? O que seria esse termo?

Heurísticas é um termo muito utilizado para um agrupamento de regras de senso comum. São denominações que as pessoas usam para fazer um agrupamento mais genérico de determinadas regras.

Normalmente a avaliação heurística não é feita apenas por uma pessoa, é feita por mais pessoas para garantir maior fidelidade e tirando um pouco do viés de uma avaliação quando apenas uma pessoa faz esse tipo de avaliação.

A ideia com a avaliação heurística não é substituir o teste com o usuário, ele é muito importante e continua sendo em qualquer processo de desenvolvimento e melhoria de um produto. Na verdade, a ideia é nos prevermos para possíveis erros quando formos realizar mesmo o teste com o usuário.

Porque, por exemplo, se estivermos fazendo a avaliação de um site ou de um sistema e você ficar sem internet no meio do seu teste. Como o site vai responder com relação àquela perda de transmissão de informação?

Será que o seu usuário não vai ficar frustrado? Será que o seu site está preparado para isso? Será que você não vai acabar perdendo o teste por conta desse tipo de problema? Ou você já previu isso antes que poderia acontecer? Sempre pode! E o seu sistema está preparado para esse tipo de acontecimento?

E se, por exemplo, também no meio de um teste no aplicativo ele demorar para responder ou der algum problema de conexão, e o usuário perceber isso e começar a dar aqueles cliques mais nervosos na tela, porque não tem nenhum feedback visual de o que está acontecendo ou o porquê de estar demorando.

Isso poderia ser previsto se fosse feita uma avaliação prévia ao teste, assim o usuário não ficaria estressado durante a avaliação do aplicativo ou do site.

A avaliação heurística é para que possamos detectar o mais cedo possível os problemas que o usuário pode enfrentar no cotidiano ou durante o teste.

Preparando para avaliação - Escolhendo as heurísticas

Na literatura nós temos diversos tipos de listagens com heurísticas diferentes, algumas delas são bem relacionadas entre elas, mas pensando nessas diferentes listagens, qual nós poderíamos usar para avaliar diferentes interfaces que vamos avaliar durante o curso?

Um primeiro item: nós precisamos escolher as heurísticas que vão ser necessárias. Existe, por exemplo, uma heurística que é relacionada à ajuda de documentação, que é para que o sistema ou a aplicação, ela possua um sistema de ajuda, caso o usuário precise.

Mas se estivermos avaliando uma interface como um site, concorda que não faz sentido ele ter um sistema de ajuda? E se tiver é um problema, ele precisar, o site em si, desse tipo de ajuda para poder utilizar.

Mas, por exemplo, se eu estiver avaliando um fluxo de usuário, que não tem uma interface em si. Nesse caso eu não posso pegar as heurísticas e avaliar como se eu estivesse avaliando uma interface. Isso não vai dar certo porque são objetos diferentes que eu estou avaliando.

Então nós podemos pegar as diferentes heurísticas que existem, como por exemplo, as 10 heurísticas de Nielsen, as 8 regras de Shneiderman, os critérios ergonômicos de Bastien e Scapin, entre outras listagens que existem. Podemos escolher uma delas para fazer a nossa avaliação, ou também, que é muito comum as pessoas fazerem, agrupar essas heurísticas.

Por exemplo: temos as heurísticas sobre erros. Temos a tolerância a erros, que é para, caso o usuário cometa algum tipo de erro, que o sistema consiga seguir adiante, mesmo com esse tipo de problema que pode acontecer.

Tem a heurística de proteção contra os erros, que é caso ocorra algum erro, e esse erro, dependendo da severidade, que o sistema consiga se recuperar, mesmo com problema.

Qualidade das mensagens de erro: caso ocorra algum tipo de erro, o usuário consegue entender a mensagem e se recuperar sozinho ou ele vai precisar de ajuda? A mensagem faz sentido? Essa heurística é em relação a isso.

E também tem a heurística de correção de erros: caso o usuário cometa algum tipo de erro, ele pode corrigir por aquele mesmo sistema e aplicação? Todas essas heurísticas são relacionadas ao erro.

Uma coisa que podemos fazer é agrupá-las e falar que todas elas vão estar relacionados à prevenção de erro e a pessoa, quando for avaliar todas as questões relacionadas a erro, vai pegar cada um desses critérios e avaliar.

Mas caso você não seja um especialista de muitos anos, isso pode confundir um pouco. Mesmo as pessoas que estão acostumadas a fazer esse tipo de avaliação podem esquecer de alguma heurística porque são muitos detalhes e existem heurísticas, ali agrupamos quatro, mas podem ser agrupadas muito mais heurísticas, dependendo de quantas listagens você pegar.

Então eu não recomendo fazer o agrupamento de várias heurísticas, para que a pessoa não se confunda durante a avaliação. Eu recomendo pegar uma heurística e fazer a avaliação por completo dos objetos que têm necessidade desse tipo de avaliação. Eu recomendo pegar uma listagem das heurísticas e realizar a avaliação dos objetos apenas com essa listagem.

Caso você precise em outro momento realizar outras avaliações para ter certeza que você não está esquecendo de algum ponto, você pode fazer um revezamento das heurísticas, então com novas avaliações, utilizar outras heurísticas para ver se existem mais observações a serem feitas e outras melhorias.

Aqui no curso nós vamos utilizar as heurísticas de Nielsen, que são muito utilizadas no mercado como referência. Eu vou colocá-las no exercício, na parte de “saiba mais”, para que vocês possam ver originalmente os artigos referentes a elas também, e com detalhes de como elas funcionam. Também vou colocar as referências das outras heurísticas que eu falei nessa aula.

Sobre o curso UX Research: avaliação heurística

O curso UX Research: avaliação heurística possui 145 minutos de vídeos, em um total de 52 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de UX Research em UX & Design, ou leia nossos artigos de UX & Design.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda UX Research acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$85
à vista R$1.020
Matricule-se

Pro

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas