Primeiras aulas do curso Hábitos: da produtividade às metas pessoais

Hábitos: da produtividade às metas pessoais

Reconhecendo seus hábitos - Introdução

Olá, tudo bem? Meu nome é Priscila Stuani e neste curso vamos falar sobre Hábitos. Sabe quando criamos lista cheia de objetivos dentro de um determinado período? No começo parece que vai tudo muito bem, mas com o passar do tempo essa lista vai sendo deixada de lado. Como entendemos que isso acontece com muitas pessoas, um dos objetivos desse curso é justamente entendermos o que está por trás dos hábitos, porque não conseguimos tirar essas metas do papel.

Discutiremos, inclusive, se existe diferença entre metas e objetivos. Também falaremos sobre a importância de criar listas, como elas nos ajudam a nos comprometer melhor os objetivos. Conheceremos algumas ferramentas que podem nos ajudar com isso, como o Evernote . Vamos entender o que é e como funciona o loop do hábito, ou seja, o que está por trás das ações e o que eu esperamos receber ao finalizá-las. Logo, também falamos de motivação e recompensas e como essas noções nos ajudam a reajustar nossos hábitos.

Também falaremos sobre como acompanhar o rendimento. Para nos ajudar nessa tarefa, vamos utilizar a Meta SMART. Para uma Meta SMART ela precisa ser específica, mensurável, alcançável, relevante e realizada dentro de um período.

Durante o curso, apresentaremos diversos exemplos do nosso dia a dia, tanto da vida profissional quanto da vida pessoal, porque sabemos que elas são codependentes e,portanto, estão interligadas,

Exploraremos quanto tempo costuma demorar para que novos hábitos sejam criados e o que são hábitos-chaves. Por exemplo, a quantidade de horas que dormimos a noite influencia diretamente em nossa produtividade do dia seguinte, ou seja, a partir do hábito de dormir suficientemente geramos reflexos positivos em outras áreas. Durante o curso vamos ver várias maneiras de como podemos estimular, testar e melhorar esses hábitos-chave estarmos sempre motivados, dispostos e melhorarmos nossas práticas.

Falaremos também sobre Procrastinação. Se procrastinamos, algo importante não foi realizado e qual impacto isso trará? O que podemos fazer para evitar esse tipo de situação?

Consequentemente, falaremos sobre Disciplina. Podemos ter a melhor técnica e o melhor método, melhor aplicativo de gestão de tempo e de aplicação, mas se eu não tivermos disciplina, nem tudo vai dar certo. Aliás, a chance de nada dar certo é muito grande, então tenham muito claro que a disciplina também faz parte desse processo todo.

Falando em disciplina, vamos refletir também sobre outros aspectos. Como vai seu estilo de vida? Essa reflexão é importante, porque as vezes dedicamos muito tempo para o nosso trabalho, o que é normal, mas como fica seu relacionamento familiar, com seus amigos? Você vai ter tempo para realizar um hobbie? Vai ter tempo para ter uma prática de exercícios físicos, então isso daqui é importante ter clareza da fase em que você está.

Para finalizar, falamos sobre algumas técnicas, como o Pomodoro, que é uma ótima maneira de nos ajudar a organizar melhor nosso tempo e desenvolvermos melhor o foco, a concentração e assim por diante. E por ultimo falamos também do GTD (Getting Things Done), que é um método de produtividade. Quando falamos em hábitos, seria meio complicado não falar também sobre foco, atenção e produtividade porque tudo isso faz parte da nossa rotina, então se estamos bem dispostos, se entendemos quais são as nossas motivações e o que eu esperamos receber em troca existem ferramentas também que podem contribuir para que eu renda melhor no trabalho e isso é um dos objetivos desse curso que você aprenda e coloque em prática tudo que vê.

Reconhecendo seus hábitos - Objetivos e Metas

Quero apresentar uma pessoa para você, o Lucas. O Lucas é desenvolvedor, ele acorda atrasado todos os dias, geralmente vai dormir tarde porque fica trabalhando e todas as manhãs ele se arrepende de fazer isso, mas no dia seguinte, não tem jeito, ele acorda atrasado de novo e assim ele segue a vida. Até que chegou um dia que ele falou: “Chega, não aguento mais!”.

Todo fim de ano é marcado pelas famosas “resoluções para o ano novo”.

Ele pensou “Ah! Esse ano será diferente, agora vai!”.

O Lucas escreveu uma lista no seu bloco de notas sobre as metas que ele queria atingir no próximo ano:

“Ano novo, vida nova!”

Será?

No primeiro mês o Lucas conseguiu se matricular numa escola de natação, e na primeira semana ele foi 3 vezes, na segunda semana foi uma vez e na terceira semana não foi nenhuma.

Quanto a corrida, ele precisava comprar um tênis para começar, mas quem disse que ele tinha tempo e gastar dinheiro com isso?

“Estudar espanhol é tão importante, mas agora não dá, próximo semestre eu começo, pensou ele.

Preciso estudar para ser aprovado na pós, mas vou estudar a que horas se só tenho tempo para trabalhar?”

Entra ano, sai ano e o Lucas não consegue tirar os planos do “papel”.

E isso gera uma sensação de fracasso, já que ele não consegue colocar esses planos em prática ou manter por muito tempo.

Então vamos analisar essa situação. Por que será que isso está acontecendo?

Criar listas de objetivos não é suficiente. Lembrando que não precisamos esperar chegar dezembro para planejar o que fazer, certo?

O Lucas tem o hábito de escrever as coisas no bloco de notas do celular, parecia bem útil, mas ficava lá esquecido. Então que tal experimentar uma ferramenta nova para anotar seus objetivos e metas?

Há várias maneiras de tomar notas, que vão de caneta e papel até os meios digitais.

Então nesse caso, ele vai experimentar o Evernote. Ele é um aplicativo que serve para organizarmos e compartilharmos nossas ideias e tudo aquilo que queremos tomar nota.

No caso do Lucas faltou ele criar metas para cada objetivo, ou seja:

Percebeu que para cada objetivo nós pensamos em como fazer isso?

Ou seja:

Objetivos é sobre o que eu quero alcançar lá na frente.

Objetivo: Fazer natação.

Já as metas são ações que pretendo fazer para alcançar meu objetivo maior.

Meta: Ir duas vezes por semana.

Reconhecendo seus hábitos - Hábitos

Agora que o Lucas sabe que é importante estabelecer objetivos e metas vem outro desafio: colocar o plano em ação.

Mas antes, precisamos pensar sobre uma questão: O que são hábitos? Pergunto isso porque uma vez que tenhamos clareza, podemos melhorar as nossas chances de adotarmos novos hábitos, e podemos nos sentir mais produtivos, mais antenados, mais dispostos e assim por diante.

Eu por exemplo gosto de acessar meu perfil no facebook no intervalo de uma tarefa para outra, dou uma relaxada e depois foco no trabalho de novo.

E você se lembra de algum hábito que faz para relaxar ou para se concentrar? Se pararmos para pensar, vamos identificar várias coisas: o trajeto que você faz da sua casa para o trabalho e aquela sua receita favorita que você faz sem ter que olhar uma receita, por exemplo.

Percebeu que fazemos muitas coisas de maneira automática? Mas porque fazemos isso?

Para nos ajudar a entender melhor, veremos como funciona a estrutura neurológica de um hábito.

Como referência, vamos contar com o Charles Duhigg, autor do livro O poder do hábito.

Cada hábito que temos é composto por três componentes:

Lembra que eu comentei agora pouco que gosto de dar uma olhada no meu Facebook durante o trabalho?

O primeiro componente do hábito é o “Cue”, ou seja, a “Deixa”. Repara que essa Deixa não é do verbo deixar e sim como se fosse um gatilho, um estímulo.

Deixa: Quando estou no trabalho e abro o Facebook apenas para ver se tenho notificações.

Legal, acessei meu perfil e vejo se tem notificações, depois começo a olhar a minha timeline. Essa ação corresponde ao próximo item que compõe o hábito, que é “Routine”, a rotina.

Rotina: Fico “scrolando” a página para ver se tem publicações interessantes, além das notificações no meu perfil.

Depois de fazer isso, tenho a sensação de que estou por dentro do que está rolando com os meus contatos, marcas que gosto e assim por diante.

Então como último item que compõe um hábito é o “Reward”, a recompensa.

Recompensa: Me sinto inteirado, atualizado.

Vamos analisar outro exemplo de hábito.

Deixa: Vejo um livro na minha cabeceira da cama na hora de dormir.

Rotina: a rotina é eu ler até ter vontade de dormir.

Recompensa: Sono tranquilo e sentimento de que fiz a leitura do dia. A recompensa é quem vai ajudar o meu cérebro a saber se vale a pena memorizar este loop específico para o futuro.

Outro exemplo de hábito é quando eu preciso sair para trabalhar.

Deixa: começar o trajeto. é saber que deve ir ao trabalho (caminho já memorizado).

Rotina: O caminho em si.

Recompensa: Chegar no trabalho no menor tempo e sem me perder. Ao longo do tempo, conforme reforçamos um loop, um hábito nasce.

O hábito faz com que o nosso cérebro esteja associado com um determinado comportamento e uma recompensa em particular. E ao longo do tempo, essa cadeia de estímulos e recompensas se entrelaçam cada vez mais e o comportamento associado com isso tornam os nossos hábitos automáticos.

Sobre o curso Hábitos: da produtividade às metas pessoais

O curso Hábitos: da produtividade às metas pessoais possui 217 minutos de vídeos, em um total de 66 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Softskills e carreira em Inovação & Gestão, ou leia nossos artigos de Inovação & Gestão.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Softskills e carreira acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$85
à vista R$1.020
Matricule-se

Pro

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas