Tá acabando!

Compre agora com desconto
Corra enquanto há tempo!

dias

:

horas

:

minutos

:

segundos

Google Sheets: Funções úteis para o dia a dia

Maria Gabriela Oliva
Maria Gabriela Oliva

Compartilhe

Mesa com um óculos, um caderno aberto, um vaso com planta e um celular. Na tela do celular, está escrito Google Sheets com o ícone do Google Planilhas em verde escuro e as células de planilhas destacada em branco.

Google Sheets: Funções úteis para o dia a dia

O Google Sheets ou Google Planilhas é um gerenciador online de planilhas. É uma ferramenta importante para cientistas de dados, onde é possível fazer o tratamento e análises dos dados e previsões. Existem várias funções no Google Sheets que podem facilitar o dia a dia, trago neste artigo, algumas dessas funções.

Importação de dados em HTML

Se uma tabela ou lista estiver em um site HTML, o Google Sheets consegue fazer a importação desses dados. Essa função é interessante para trazer as tabelas ou listas com a formatação, eliminando a necessidade de ficar copiando um por um e colar na célula.

=IMPORTHTML("https://pt.wikipedia.org/wiki/Unidades_federativas_do_Brasil";"table";2)

Sintaxe

=IMPORTHTML(url; consulta; indice)
  • url: o URL da página a ser importada, deve ser colocado entre aspas ou ser uma referência a uma célula que contenha o URL.
  • consulta: list (lista) ou table (tabela), dependendo do tipo de estrutura que contém os dados.
  • indice: identifica qual tabela ou lista definida na fonte HTML deve ser retornada.

Página do Google Sheets mostrando, na parte superior, a fórmula =IMPORTHTML(“"https://pt.wikipedia.org/wiki/Unidades_federativas_do_Brasil";"table";2), destacada por um retângulo vermelho. Abaixo da fórmula é apresentada as linhas de 1 a 19 e as colunas: bandeira, unidade federativa, sede do governo, área (km2), população (2014), densidade (2005), PIB (2015), (% total) (2015), PIB per capita, IDH (2010).

Split

Essa opção é usada para separar textos ou valores com base em um delimitador, pode ser aplicado espaço, vírgulas, barras e gerar as partes separadas em suas próprias células. Pode ser utilizada no tratamento de arquivos csv para padronizar os dados.

=SPLIT("1,2,3"; ",")
=SPLIT ("Maria Gabriela"; " ")

Sintaxe

=SPLIT(texto; delimitador; [dividir_por_cada], [remover_texto_vazio])
  • texto: o texto para dividir.
  • delimitador: o caractere usado para dividir o texto.
  • dividir_por_cada: é opcional e vem verdadeiro por padrão, indica se o texto de cada caractere contido no delimitador deve ser dividido.
  • remover_texto_vazio: é opcional e vem verdadeiro por padrão, indica se as mensagens com texto vazio devem ser removidas dos resultados da divisão.

Parte superior da página do Google Sheets mostrando a fórmula =SPLIT(“1,2,3; “,”), destacada por um retângulo vermelho. Abaixo da fórmula é apresentada as colunas A, B, C, D, E e F, respectivamente, e as linhas 1 e 2. A célula A1 está destacada com um retângulo na cor azul e apresenta o número 1. As células B1 e C1 apresentam os números 2 e 3, respectivamente.

Arrumar (TRIM)

É aplicada para remover os espaços em branco à direita e à esquerda. É uma função bastante utilizada para tratar e padronizar os dados, limpando e proporcionando uma melhor leitura.

=ARRUMAR("   lorem ipsum")

Sintaxe

=ARRUMAR(texto)
  • texto: o texto ou referência a uma célula que contém um texto a ser reduzido.

Página do Google Sheets mostrando, na parte superior, a fórmula =ARRUMAR(“ lorem ipsum”). Abaixo da fórmula é apresentada as colunas A, B, C, D e E, respectivamente, e as linhas 1, 2, 3, e 4. A célula A2 está destacada por um retângulo azul e apresenta as palavras lorem ipsum.

Tradução de idiomas

Opção utilizada para traduzir células selecionadas para outros idiomas dentro da própria planilha. É uma função aplicada com frequência quando importamos ou temos uma base de dados que possui valores que não estão em nossa língua nativa, possibilitando que a análise não fique refém de um idioma externo.

=GOOGLETRANSLATE("Olá mundo";"pt";"en")

Sintaxe

=GOOGLETRANSLATE(texto; idioma_original; idioma_de_destino)
  • texto: o texto a ser traduzido, deve ser colocado entre aspas ou ser uma referência a uma célula que contenha o texto.
  • idioma_original: é opcional e vem auto por padrão, o código de duas letras referente ao idioma original, en para inglês, pt para português ou auto para detectar o idioma automaticamente.
  • idioma_de_destino: é opcional e vem idioma do sistema por padrão, o código de duas letras referente ao idioma de destino, en para inglês, pt para português.

Página do Google Sheets mostrando, na parte superior, a fórmula =GOOGLETRANSLATE("Olá mundo";"pt";"en"). Abaixo da fórmula é apresentada as colunas A, B, C, D e E, respectivamente, e as linhas 1, 2, 3, e 4. A célula A1 está destacada por um retângulo azul e apresenta as palavras Hello World.

Existe uma gama de funções mais avançadas que podem ajudar no dia a dia. Não se prenda apenas a essas funções mostradas aqui. Caso não conheça e queira pesquisar mais sobre essa temática, no Google Sheets tem um recurso, localizado no botão funções, para ajudar a explorar e utilizar essas opções da ferramenta.

Página do Google Sheets mostrando, na parte superior, as abas: arquivo, editar, ver, inserir, formatar, dados, ferramentas, complementos e ajuda. Abaixo das abas é apresentado, no lado direito, o botão funções destacado por um retângulo vermelho.

Gostou deste artigo e quer conhecer ainda mais sobre Google Sheets e o que pode fazer nele?

A Formação Data Analysis com Google Sheets foi feita para você! Acesse a formação e descubra o que mais você pode fazer com Google Sheets.

Maria Gabriela Oliva
Maria Gabriela Oliva

Maria é formada em Sistemas para Internet, apaixonada por tecnologia, dados e gatos. Atuou na área de infra e desenvolvimento. Atualmente é especialista em SQL, com conhecimento nos bancos de dados mais utilizados atualmente e um pézinho em BI, onde tem se desenvolvido tecnicamente.

Veja outros artigos sobre Data Science