Ética profissional: como lidar com esse dilema

Na filosofia, a Ética é a ciência que estuda sobre um conjunto de valores morais e normas comportamentais construída por um grupo de pessoas que definem o que é certo e errado. Existem diferentes códigos de ética e eles variam de acordo com cada sociedade, o que é considerado certo para um conjunto de pessoas, pode ser errado para outras.

Se você trabalha com TI, além dos conhecimentos técnicos, é importante agir com honestidade, respeito e dignidade diante seus colegas de trabalho, clientes e conduta ética da empresa, dentre outras condutas.

Você sabe quais são as principais consequências para quem age sem ética no trabalho?

Mas afinal de contas:

O que podemos considerar um comportamento ético no contexto da tecnologia da informação? É ético utilizar ou cobrar por ferramentas piratas? Acessar dados pessoais que o cliente deixou aberto no computador é uma atitude ética?

Continue lendo este artigo para saber mais sobre o assunto :)

No mercado de trabalho existem os códigos de ética profissional que variam de acordo com cada profissão, eles são definidos através dos comportamentos que são considerados mais adequados e honestos para aquele trabalho.

As empresas também têm os seus códigos de ética e eles são demonstrados através da missão, visão, valores e a cultura cultivada na organização. Profissionais que se preocupam e respeitam a ética profissional da empresa têm maiores chances de obter sucesso no desenvolvimento de sua carreira e na construção de uma boa reputação na empresa.

Recomenda-se que profissionais da área de TI precisam usufruir de suas habilidades com muita responsabilidade, já que a internet é uma rede aberta, ou seja, tenha cuidado ao manusear a informações, conhecendo e respeitando as leis existentes e a privacidade dos usuários.

A ética, como vimos, define o que é certo e errado, porém cabe a cada profissional agir de acordo com a sua conduta ética na hora de trabalhar. Outros comportamentos éticos que um (a) profissional do segmento de TI deve ter em mente é da não utilização de ferramentas ou aplicativos piratas, manipulação de dados e informações e acessar recursos computacionais não autorizados.

Além disso, consideram-se comportamentos éticos:

  • Competência profissional: Do ponto de vista ético, é imprescindível que quem exerce a sua profissão possua as competências necessárias para o cargo ou função que desempenha. Um profissional não deve se inscrever ou assumir atribuições ou tarefas para as quais não tenha conhecimento, experiência ou preparação adequada. Manejo responsável de informações: As informações que você tiver acesso, em razão do cargo ou função desempenhada, devem ser tratadas com a máxima discrição profissional, seja perante os quadros da empresa, ou às pessoas em geral. Às vezes, existem informações confidenciais que podem afetar ou prejudicar os interesses da própria empresa, portanto, bons profissionais manterão a discrição e vão agir de acordo com as responsabilidades de sua função.
  • Segredo profissional: As informações que uma pessoa gerencia por motivo do exercício de sua profissão devem ser resguardadas com zelo e cautela, pois estão protegidas pela lei dentro do que se denomina segredo profissional. Um exemplo disso são os médicos, psicólogos ou advogados. Isso serve também para os casos de ações estratégicas da organização ou compartilhamento de dados pessoais dos clientes.
  • Respeito entre colegas: O respeito entre colegas é fundamental no exercício de qualquer profissão. Um bom profissional não deve desacreditar, insultar, incomodar ou enganar seus próprios colegas, ou outros profissionais. Ao falar sobre isso, você deve fazê-lo com respeito e consideração. Pratique o feedback com responsabilidade.
  • Inclusão como prática diária: No exercício da nossa profissão devemos lidar com todos os tipos de pessoas (funcionários, chefes, colegas, investidores, clientes, etc.), de diferentes origens étnicas ou sociais, idades e graus de formação... Devemos, portanto, zelar para que nossas ações e decisões de caráter profissional não sejam objeto de qualquer preconceito que possa comprometer a dignidade humana de uma pessoa.
  • Ética Financeira: As informações financeiras de uma empresa, negócio ou transação e sua gestão responsável são essenciais. A falsificação de dados financeiros, tanto para cima como para baixo, bem como a utilização de informação confidencial para obtenção de benefícios no mercado são comportamentos puníveis que devem ser evitados.
  • Responsabilidade social: Profissionais éticos devem rejeitar qualquer tarefa ou prestação de serviços quando estiver ciente de que podem ser usados ​​de forma prejudicial aos interesses de outras pessoas, grupos, instituições ou comunidades. Além disso, as operações de uma empresa podem afetar negativamente a vida de uma comunidade. Nestes casos, é melhor rejeitar e, se possível, relatar este tipo de atividade.

Portanto, se você atua no segmento de TI, tenha a responsabilidade de priorizar a ética em seu trabalho, caso contrário, há risco de perder a confiança do usuário, colegas de trabalho, empregadores e principalmente o seu respeito como profissional.

Quer saber mais sobre Ética? Acesse o curso de Integridade Corporativa: Tomada de decisões éticas em ambientes empresariais e desenvolva ainda mais seus conhecimentos!

Veja outros artigos sobre Inovação & Gestão