Primeiras aulas do curso Indesign: Diagramação em pequena escala

Indesign: Diagramação em pequena escala

Configurando o documento - Introdução

Olá!

Eu sou Fábio Chaves, sou designer gráfico e instrutor do curso Diagramação em Pequena Escala. Entenderemos todas as nuances relacionadas à execução do projeto usando o software InDesign, aprendendo as técnicas de diagramação elaboradas, como separação de objetos, inserção de objetos não nativos dentro do programa e assim por diante.

Estudaremos todos os processos de criação, utilizando os recursos do InDesign, criando a divisão dos elementos texto, imagem e cores, de forma harmônica.

Espero que vocês compartilhem a evolução do projeto de do vocês durante as aulas no fórum. Esclareça suas dúvidas e questões, elas serão muito bem-vindas.

Vamos lá?

Configurando o documento - Conhecendo nosso projeto

Antes de entrarmos no projeto propriamente dito, vamos acompanhar a seguinte linha de raciocínio: Quando recebemos algum folder, flyer ou algo do gênero, na rua, temos a impressão de conseguir ler rapidamente um conjunto de informações, por meio de textos ou imagens.

O folder que iremos produzir se focará exatamente neste tipo de leitura: rápida, dinâmica e consistente. Esse tipo de leitura é muito aceita comercialmente, pois conseguimos assimilar uma quantidade de conteúdo de forma rápida.

Todo o processo de criar elementos — tanto textuais, quanto imagéticos — e inseri-los dentro de uma área útil a impressa é chamado diagramação, que por sua vez é uma área do design gráfico bem rentável.

O folder que iremos desenvolver é caracterizado como diagramação de pequena escala por se tratar de uma área impressa em pequenas dimensões, que se compara a periódicos como jornais e revistas.

Projeto folder

O formato A4 foi escolhido para que possamos obter um maior aproveitamento de área impressa. Falaremos mais sobre essas decisões ao longo do curso. Boa perda da estética, colocação de fotos, inserção de texto, cores e posicionamento da logo marca do cliente são processos inclusos na prática de diagramação. E é neste fazer que o designer gráfico expressa seu conhecimento técnico.

Para elaboração do folder do nosso projeto, recebemos diversas informações do cliente. Esse conjunto de informações possui o nome técnico de briefing. Vocês conhecerão dicas para apresentar as ideias que o cliente deseja expressar, de forma eficiente e compreendendo quais são as necessidades do projeto de forma clara.

A liberdade criativa é muito interessante para profissionais de design, caso o cliente lhe forneça essa liberdade, podemos escolher a identidade cromática, a distribuição dos textos e imagens e a liberdade de eleger a importância de cada elemento dentro da área.

Mas também devemos trabalhar com os limitadores do cliente. O cliente quer o folder sem texto escrito em inglês. Isso pode ser uma decisão complicada, já que estamos trabalhando com o projeto gráfico de um Hostel. Para escapar desse entrave, tomaremos algumas estratégias importantes, como utilizar pouca informação textual. Utilizaremos palavras chave como "Explore", "Conecte-se", "Divirta-se", que podem ser traduzidas facilmente por um estrangeiro, do mesmo modo que pode atrai-lo para a proposta do alojamento.

Ao longo do projeto, aprenderemos toda a elaboração de conceitos necessários para construir o folder.

Configurando o documento - Criando o nosso protótipo

Antes de iniciarmos o projeto, criaremos um protótipo no qual poderemos testar conceitos e esboçar ideias. Com o software InDesign aberto, clicaremos no ícone "Create New". Assim, teremos acesso a uma nova caixa de diálogo. Nela, selecionaremos a opção "Print" para, posteriormente, selecionar a opção de dimensão "A4".

Botão "Print", terceiro da esquerda para a direita, do menu superior. E dimensão "A4", primeira opção da  esquerda para a direita na seleção de "Blank Document Presets".

Na parte direta da caixa de diálogos, teremos mais algumas opções de configuração de de arquivo. Neste ponto, colocaremos o título do arquivo de FOLDER_TESTE. Estamos utilizando "milímetros" como sistema de medida, mas sintam-se a vontade para escolher qual unidade vocês preferem.

Modificaremos a "Orientação" (Orientation) para o sentido horizontal (Landscape), pare que a página fique "deitada" na área de trabalho.

Falaremos das outras configurações em um momento oportuno. No entanto, vamos fazer um teste, criando três colunas de forma automática na opção "Columns". Ao lado, temos as configurações de respiro de corte (Column Gutter), que manteremos com o valor de "4.233 mm".

Sobretudo, analisaremos porque a opção de criação automática de colunas não é interessante. Temos a marcação das colunas dividas, proporcionalmente. No entanto, ao imprimir o folder, essa divisão totalmente proporcional pode gerar problemas na criação dele.

Uma vez que todas as páginas possuem o mesmo tamanho, ao dobrarmos as abas no interior do folder para que o vértice encontre a outra coluna, a estrutura apresenta um pequeno relevo interno.

Portanto, é interessante criarmos as colunas manualmente para configurarmos as faces do folder de forma correta, sem criar esse relevo interno e mantendo a superfície da composição totalmente plana. Para isso, uma das faces deve possuir de 3mmm a 2mm a menos, variando de acordo com a gramatura do papel, que discutiremos posteriormente.

Criaremos um novo arquivo, exatamente como o anterior, mas deixaremos o número de colunas em "1", de forma que a página na área de trabalho tenha o seguinte aspecto:

Novo arquivo somente com uma coluna

Os usuários de Photoshop e Ilustrator, verão que existe uma similaridade entre os softwares. No InDesign, ao lado esquerdo, temos o Painel de Ferramentas, composto por itens que dependem da vontade do usuário para que sejam ativadas, como a "Type Tool", "Shape" e assim por diante.

Ao lado direito, temos os menus dos painéis, organizadores e de efeitos, como "Stroke" e "Colour".

O primeiro item que iremos tornar visível na área de trabalho é a régua, muito importante para orientar as coordenadas do projeto. Precisaremos dela para criar os marcadores necessários para desenvolver a página. No cabeçalho superior, selecionaremos a opção "View > Show Rules", ou simplesmente podemos ativar o atalho "Ctrl + R".

Habilitando régua.

Dessa forma, temos as réguas visíveis, no entorno da área de trabalho.

Régua visível.

Nosso próximo passo é criar algumas linhas guias. Para isso, utilizaremos Layers, excelente organizador que pode separar, por camadas, os elementos que inserimos no projeto, como textos e imagens, de forma que possuam uma existência independente. Possui uma aplicação muito similar ao contexto do Photoshop.

Na parte direita da tela, selecionamos o painel "Layers" e criaremos "Layer 1".

Feito isso, clicaremos duas vezes sobre "Layer 1" que criamos, gerando uma nova caixa de diálogo. Nela, nomearemos essa camada como "LINHAS GUIAS".

Com a régua habilitada, podemos avançar na criação das linhas guias. Clicando no meio da régua, podemos arrastar a linha para qualquer ponto dentro da área de trabalho.

No painel de coordenadas, localizado na parte superior esquerda da tela, atribuiremos o valor de 99mm ao eixo "X". Isso fará com que a linha guia seja automaticamente posicionada na coordenada 99 mm. Notem que, na linha guia, não há muita mobilidade, ela só atuará no plano cartesiano de X e Y. Ou seja, respectivamente a coordenada vertical e horizontal.

Inseriremos a próxima linha guia. No eixo "X", pediremos para que o programa realize uma conta simples de 99mm + 99mm. Dessa forma, a linha se posicionará corretamente na área de trabalho, no ponto correspondente ao resultado da soma 198mm.

Segunda linha, posicionada em `198mm`.

A terceira linha guia deverá contar com 3mm a menos, considerando a dobra do folder impresso. No momento em que ditarmos a coordenada da linha, descontaremos essa quantidade, colocando no eixo "X" o valor de 198mm + 96mm.

É interessante comentar que, no painel de layers, a visualização pode ser interrompida para cada camada existente. À esquerda de layer "LINHAS GERAIS", existe um ícone identificado com o desenho de um olho, responsável por habilitar e desabilitar a visualização dessas informações.

Podemos, ainda, bloquear os elementos contidos nessa layer, basta clicar ao lado direito do ícone de visualização e surgirá um ícone de cadeado. Quando este cadeado está visível, os itens que compõe a camada não podem ser editados.

Criaremos uma nova layer clicando no ícone da parte inferior direita do painel e o nomearemos como "MARCADORES".

Esses marcadores nos auxiliarão a orientar as dobras do folder. Entretanto, tanto os marcadores quanto as linhas guias serão omitidos na renderização final do projeto.

Com a layer "MARCADORES" selecionada, selecionaremos a ferramenta "Line Tool", no painel à esquerda.

Com o "Shift" pressionado, desenharemos a forma, logo acima da linha guia.

shape

Essa única linha apresenta uma grande quantidade de ferramentas possíveis, como podemos visualizar na parte superior da tela. Neste momento, iremos aumentar a grossura da linha para "2 pt".

Localização do editor de espessura de linha, no menu superior.

Queremos, ainda, que a linha seja tracejada. Para isso, selecionamos o tipo "Dashed".

Localização do editor de tracejado de linha, *Dashed*, logo abaixo do editor de espessura, no menu superior.

Estamos selecionando a linha tracejada para nos familiarizar com alguns elementos da linguagem gráfica. Quando enviamos o material para a impressão, o profissional que realizará a impressão saberá que esse tracejado significa uma dobra, e não um corte.

Multiplicaremos a linha tracejada e posiciona-la sobre as outras linhas guias; basta acionarmos um duplo clique nos marcadores e, com o "Shift" pressionado, realizamos o posicionamento.

Com isso, podemos desabilitar a visualização das linhas guias, deixando apenas os marcadores de dobra. Um excesso de informações visuais pode prejudicar o desenvolvimento do projeto.

É interessante que você faça a impressão dessa página e avalie a materialidade do folder, observando como as dobras encaixam e ausência de relevo interno na estrutura. Assim, teremos um protótipo interessante que guiará o curso do nosso projeto.

Caso você não tenha disponível uma impressora, pode realizar essas marcações manualmente para fins pedagógicos, afinal utilizaremos esse modelo até o final do nosso curso.

Sobre o curso Indesign: Diagramação em pequena escala

O curso Indesign: Diagramação em pequena escala possui 188 minutos de vídeos, em um total de 34 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Design Gráfico em Design & UX, ou leia nossos artigos de Design & UX.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Design Gráfico acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

  • 1206 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

Premium

  • 1206 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$75
à vista R$900
Matricule-se

Premium Plus

  • 1206 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$100
à vista R$1.200
Matricule-se

Max

  • 1206 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Procurando planos para empresas?

Acesso completo por 1 ano

Estude 24h/dia onde e quando quiser

Novos cursos todas as semanas