Primeiras aulas do curso Windows Forms com C#: persista os dados no banco de dados

Windows Forms com C#: persista os dados no banco de dados

Recuperando o ambiente - Introdução

Olá, tudo bem? Meu nome é Victorino Vila e eu vou ser o instrutor deste curso de Windows forms com Csharp acessando o banco de dados. Na verdade, o assunto banco de dados vai ser abordado em dois cursos, esse é a primeira parte do curso.

A gente simplesmente vai pegar nossa aplicação que a gente vem construindo desde o início, desde o curso parte 1, que é a aplicação do banco Bytebank, onde a gente já tem um cadastro de clientes, em que no curso anterior a gente começou a armazenar os dados dos cadastros dos clientes no nosso disco rígido da máquina.

A gente criou um diretório chamado fichário, dentro desse diretório vou salvando vários arquivos, cada arquivo tem como nome do arquivo o código do cliente, e no conteúdo de cada arquivinho daquele tenho o JSON que corresponde às propriedades da classe cliente que foi inserida ou modificada pelo formulário.

Simulei como se fosse um fichário onde tenho fichas e ao pegar uma das fichas vejo o conteúdo e faço a consulta. Nós vamos pegar essa aplicação e substituir a forma com que armazenei minhas fichas no fichário em um banco de dados.

Que banco de dados vamos usar? Vamos gravar isso em um banco de dados chamado local db, que é um banco de dados local onde adiciono meu projeto e ele fica, digamos assim, junto com meu projeto em visual studio, e aí consigo com esse local db transportar a base junto com a aplicação sem a necessidade de ter um banco de dados.

Nesse treinamento a gente vai relembrar nos primeiros vídeos o princípio da forma como a gente armazena o fichário, vamos entender como se estrutura um banco de dados e vamos recuperar o projeto. Vamos pegar um projeto que está salvo no link associado a esse curso, que mesmo que você já tenha feito todos os passos do nosso treinamentos de forma correta vou aconselhar fortemente que vocês utilizem o arquivo que vou disponibilizar para download.

Esse arquivo vai ser o mesmo arquivo final do curso anterior. Só que eu vou sugerir que a gente use ele porque todo mundo vai começar esse treinamento igual. Depois a gente vai instalar o local db, ver como configuramos o local db no meu estúdio.

Vamos criar a base de dados, criar a conexão, criar a fonte de dados, entender como meu código em Csharp fala com o banco de dados, vamos falar um pouquinho dos métodos que posso estar trocando com o banco de dados, que só retornam dados ou status um resultado, um comando que envio para o banco de dados.

Depois a gente vai começar a modificar nossas classes. Vamos criar uma classe para acesso ao banco de dados, vamos pegar a classe fichário que antes estava olhando os arquivos na nossa máquina e vamos direcionar e passar a olhar a classe fichário para o banco de dados. Vamos alterar nossa classe cliente, para falar com nossa classe fichário, e finalmente vamos chamar nossa classe cliente através do formulário de entrada de dados.

Durante esse processo vamos fazer uma pequena revisão da linguagem SQL, que é a linguagem utilizada para a gente conversar com o banco de dados. Esses são os tópicos desse curso.

Espero que vocês gostem, vamos seguir em frente, um abraço, e até o próximo vídeo.

Recuperando o ambiente - Recuperando o projeto

Vamos começar então. Para a gente fazer esse treinamento, primeiro a gente tem que ter o visual studio instalado na nossa máquina. Se você tem um computador que não tem o visual studio, faça a instalação dele antes de começar o treinamento. Qualquer coisa, volte lá no curso Windows forms com Csharp parte 1, o nosso primeiro curso dessa carreira, e lá na aula 1 eu faço a instalação do visual studio. Vocês podem seguir o que mostro no vídeo e repetir os mesmos passos.

Supondo que você já tenha o visual studio na sua máquina, a gente vai no link que está aqui embaixo do vídeo ou lá no mão na massa baixar o projeto inicial do nosso treinamento.

Se você vem seguindo a carreira de Windows forms para Csharp e fez todos os treinamentos e está com seu projeto funcionando, diferente dos outros cursos vou pedir para vocês ignorarem o projeto que fizeram e façam o download também do projeto inicial que está no link aqui no mão na massa ou no link aqui embaixo do meu vídeo. Mesmo que seu projeto esteja funcionando corretamente.

Esse projeto que vocês vão baixar é o projeto final do curso anterior, só que claro, pode ser que você tenha ao desenvolver o projeto feito uma outra modificação, eu gostaria que todo mundo começasse esse treinamento com o mesmo projeto.

No meu caso já fiz o download e tenho o projeto em um subdiretório da minha máquina. Estou usando como diretório de trabalho o c Windows forms cursos, e aí tenho aqui já meu arquivo compactado. Vou dar botão direito do mouse e vou extrair o arquivo.

Dentro do subdiretório a gente tem a solução do nosso projeto. Vou dar um duplo clique sobre ela, vai abrir o visual studio e a gente vai ver o código fonte da nossa solução.

Minha solução está aqui aberta. Antes de continuar, a gente tem que verificar se o diretório onde a gente está apontando para o nosso fichário, que é onde estamos guardando os cadastros de clientes é o mesmo diretório que estou usando na minha máquina. No caso aqui, o diretório que estou usando para guardar o fichário fica em c curso Windows forms fichário.

Vocês devem verificar o diretório de vocês, comparar no código fonte, no código fonte do formulário frm cadastro cliente uc, fica dentro do subdiretório formulários cursos 3, e aqui tenho o exemplo da linha. Esse diretório está sendo declarado tanto aqui quanto aqui, deve ser o mesmo diretório que está lá, senão não vai funcionar a aplicação.

Esse diretório está dentro do fonte formulário frm cadastro cliente uc. A gente tem que dar uma percorrida aqui. O que posso fazer é selecionar todo esse caminho, vou dar um editar, localização rápida, e vou escolher como documento atual, dentro desse arquivo vou ver se está o caminho correto igual ao que deve ser onde vão estar armazenados os dados dos clientes.

Aqui no meu caso está legal, mas é importante que vocês olhem no código de vocês. Estou vendo aqui em todos os lugares o caminho, que é aquele mesmo caminho.

Tenho garantido que o caminho está legal. Vou rodar a aplicação e ver se está funcionando corretamente antes de prosseguir. Vou clicar no botão iniciar e ele vai compilar e abrir o projeto.

Abriu meu projeto. Vou vir em arquivo, conectar, usuário é qualquer um, e a senha é curso, com letra minúscula. A gente vem em Bytebank, cadastro, clientes. Temos nosso cadastro de cliente, construímos isso tudo durante os cursos anteriores.

Vou clicar em buscar, tenho a lista dos clientes, se eu clicar no cliente dá para salvar, tenho o cliente. Vou colocar o código 00005, colocar outro nome, manter todo os dados, clicar no new, pronto, funcionou. Se eu clicar cliente 01, clicar no open, capturo os dados do cliente 01.

Se eu pegar o cliente 01 e colocar uma modificação, clico no botão salvar, o dado é modificado. E se eu aqui escolher a Kátia Nunes, clicar no x, excluo o cliente. Se eu for em buscar só tem os três clientes anteriores.

Fiz uma navegação, vi que está funcionando minha aplicação. Vou sair da aplicação, pronto. Estamos aptos para começar nosso treinamento. Valeu, um abraço, até o próximo vídeo.

Recuperando o ambiente - Relembrando o princípio do Fichário

Vamos fazer uma pequena revisão do nosso processo de armazenamento dos dados do cliente. No curso anterior armazenamos isso em disco, toda vez que eu clicava nesse primeiro botão de cima, a gente fazia a inclusão de um novo cliente baseado nos dados do formulário.

Quando a gente clicava nesse segundo botão da barra de ferramentas a gente buscava do cadastro de clientes que estava armazenado no nosso disco os dados do cliente cujo código a gente preenchia lá em cima na área de código. Clicando no botão de salvar atualizávamos um cliente que já existia.

Clicando nesse outro botão aqui, de apagar, a gente apagava o cliente selecionado na tela. E o último botão limpa todas as opções preenchidas no formulário.

Lembrando da forma como a gente armazenou os clientes, a gente pegou um subdiretório, onde dentro de cada subdiretório tinham arquivos com extensão JSON e cujo nome do arquivo é o código do cliente. Se tenho cinco clientes vou ter cinco arquivos desse subdiretório, se eu tiver dez clientes vou ter dez arquivos, e a gente usou o conceito de um fichário, como se eu tivesse um fichário e cada ficha com dados dos clientes fosse um arquivo.

Toda vez que a gente queria atualizar ou criar um cliente novo a gente basicamente pegava todas as informações do formulário, transformava numa classe, na classe cliente, fazia a validação dessa classe testando o número de classes naquela classe, testando se a propriedade foi preenchida ou não, fizemos uma série de testes.

Validamos o formulário, ou seja, mostramos para o usuário que não há erros. Transformamos a classe em um JSON. Vimos inclusive o que significa o JSON, que é a interpretação gráfica de uma classe. Armazenamos o JSON, escrevemos o JSON no arquivo, e salvamos esse arquivo no subdiretório.

Quando a gente queria buscar um cliente novo, basicamente eu digitava o código, eu ia no subdiretório, percorria cada arquivo lá dentro, buscava através do código do cliente, abria o arquivo, pegava o conteúdo do JSON e fazia o inverso. Transformava o JSON numa classe. E aí eu escrevia o conteúdo da classe no formulário.

O que vamos fazer agora daqui para a frente é fazer esse mesmo processo, proem ao invés de salvar as informações dentro do meu disco rígido, vou gravar isso em um banco de dados.

Por enquanto, a gente vai usar o mesmo princípio do fichário. Vou ter dentro do banco de dados um identificador e o conteúdo do JSON dentro do banco de dados. O processo de salvar ou de captura vai ser o mesmo que foi implementado nos treinamentos anteriores.

Quis fazer essa revisão para a gente poder continuar seguindo com o treinamento.

Sobre o curso Windows Forms com C#: persista os dados no banco de dados

O curso Windows Forms com C#: persista os dados no banco de dados possui 180 minutos de vídeos, em um total de 63 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de .NET em Programação, ou leia nossos artigos de Programação.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda .NET acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$85
à vista R$1.020
Matricule-se

Pro

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas