Alura > Cursos de Inovação & Gestão > Cursos de Softskills e carreira > Conteúdos de Softskills e carreira > Primeiras aulas do curso Storytelling: visão de negócios e desenvolvimento pessoal

Storytelling: visão de negócios e desenvolvimento pessoal

Storytelling - Apresentação

Olá! Eu sou a Carol Azevedo, estou aqui para te convidar a fazer esse curso “Storytelling: aprenda a contar histórias inesquecíveis”. Vamos ver o que você vai aprender!

Porque, afinal de contas, você precisa contar histórias? Hoje em dia, no ambiente de trabalho temos três gerações juntas, então quando temos muitas pessoas de diferentes gerações trabalhando juntas, às vezes, é uma oportunidade que temos para melhorarmos a nossa comunicação.

E através das histórias nós conseguimos passar a nossa mensagem de uma maneira estruturada. Então você vai conseguir passar a sua ideia, a sua mensagem, persuadir – o que é muito importante - de uma maneira estruturada, sem se perder. Essa é a grande vantagem de aprender a contar uma história de maneira correta.

Então vamos ver o que você vai aprender:

Primeiramente vamos ver os fundamentos do “Storytelling”. O que é, afinal de contas, esse “Storytelling”. Eu vou mostrar como é a estrutura de uma história, vou contar uma história para vocês também; e nós vamos analisar essa história juntos, para que você possa usar essa estrutura futuramente quando você for bolar a sua narrativa.

Vamos também ver elementos que você pode utilizar para tornar a sua história inesquecível. Existem várias coisas que podemos fazer para fazer a nossa história mais interessante.

E também coisas que temos que evitar, o que você não deve fazer na hora de contar uma história. Quando temos um ambiente de negócios existem possibilidades de usarmos a narrativa para, por exemplo, acabar com fofocas. Você sabia disso? Então, você vai aprender isso hoje.

Além do que, você também pode aprender a contar a sua história pessoal, quando você precisa se apresentar é importante você já ter a sua narrativa bolada previamente, porque fica fácil para quando você precisar se apresentar de improviso - na verdade não tem nada improvisado.

E também existe uma coisa importante com relação a cultura das organizações e como as histórias colaboram com essa cultura. Então você vai poder ajudar a fazer a sua organização colaborar mais através do recurso de “Storytelling” também.

Por final, você vai aprender a estruturar, elaborar e apresentar.

Então, tudo isso vai ser coberto aqui no curso e você vai sair muito mais seguro de quando, por exemplo, você precisar passar uma mensagem ou fazer uma apresentação.

Eu queria te convidar então, vamos começar? Fique comigo e aperte o “play”. Obrigada!

Storytelling - O que é?

Olá! Vamos então aprender o que é “Storytelling”.

“Storytelling” é uma palavra em inglês que se fossemos traduzir significaria basicamente “narrativa”, mas existe uma diferença porque a parte do “story” é a parte do que vamos criar, do conteúdo etc. mas a parte do “telling”, ou seja, quando contamos a história, é o que faz a história ser mágica.

Então, “Storytelling” é um termo muito utilizado no mundo de negócios para poder passar uma mensagem, e existe uma estrutura então vamos começar ouvindo uma história.

Eu vou contar para vocês o caso da Nordstrom, é um caso real, então vejam bem:

Uma velhinha entra nessa loja de departamento chique, que é a Nordstrom, rolando um pneu. Os atendentes viram para ela, olham para ela e falam assim: “meu Deus! ” Com aquela expressão de “Meu Deus” no rosto, e um dos atendentes vem gentilmente atendê-la perguntando o que ela precisa.

E ela fala: “olhe, esse pneu não me atende mais, eu gostaria de trocar, devolver”. O atendente fala: “pois bem, por favor venha por aqui”. Recebe o pneu e devolve o dinheiro da velhinha. Ela fala que pagou cinquenta dólares, ele paga os cinquenta dólares e essa é a história.

Hoje em dia o pneu está nos escritórios da Nordstrom como exemplo do atendimento ao cliente, porque uma política da Nordstrom é não perguntar na hora de devoluções, então essa é uma história que tem muitos elementos que vamos agora analisar.

A primeira coisa das etapas da história é o “Status quo”: quando a velhinha entra na loja tudo está bem, nada anormal. Quando ela chega com o pneu, isso causa o incidente inicial, ou seja, uma coisa incomum está acontecendo ali, certo?

O incidente inicial é seguido pela primeira resposta emocional do nosso protagonista, que é o herói da história, que é a pessoa que foi lá e atendeu atenciosamente a velhinha, ao invés de discriminá-la. Isso leva à ação dele, que foi trocar o pneu e devolver o dinheiro da velhinha.

Depois disso temos o resultado, ela saiu satisfeita e a resposta emocional final é que isso é um exemplo para a marca de atendimento ao cliente. Então essas seis etapas do que acontece com o protagonista é o que você vai usar na hora de elaborar a sua história.

Recapitulando: aprendemos hoje o que é a “Storytelling”. Essa palavra chique que está sendo muito usada. O exemplo da “Nordstrom”, para podermos entender o que é uma história, e as etapas do que aconteceu, cada etapa da história tem a ver com uma estrutura. Você aprendeu isso hoje e vai usar muito na sua vida, eu te garanto!

Storytelling - Etapas de uma história

Olá! Vamos então entender as etapas da história!

Temos seis etapas, como vocês já viram no vídeo anterior, e a primeira etapa é o “Status quo”. Nesse momento é quando vamos definir o ambiente, o que está acontecendo naquele momento e quem são os personagens.

Então toda história deve ter um ambiente onde ela se passa, e isso pode ser transferido para a sua organização, por exemplo. O protagonista é apresentado geralmente nesse momento da história, então o “Status Quo” é como as coisas estão nesse momento.

A segunda etapa da história é o “Incidente Inicial”. Toda história deve gerar um ímpeto, uma vontade de agir, uma causa que leva alguém a agir. Por exemplo: aqui eu coloquei um homem escorregando e caindo no trilho do trem, então esse seria o incidente inicial dessa história, se fossemos contar essa história.

O “Incidente inicial” pode ser um problema, nesse caso um grande problema para o moço que está caindo no trilho do trem, ou uma oportunidade. Chamamos isso também de “desafio”, quanto maior o problema, quanto mais ele for valorizado, mais interessante é a sua história.

A terceira etapa da história é a “resposta emocional do protagonista” ao que aconteceu, ao incidente. Então nesse caso, o que aconteceu? O nosso personagem estava caindo no trilho do trem e a resposta emocional dele foi se sentir preocupado. É uma resposta emocional, não é ainda a próxima etapa.

Então ele se sentiu preocupado, e essa resposta emocional o leva a fazer o quê? A agir! É quando ele toma aquela ação, ou seja, quando o nosso protagonista começa a tomar medidas para poder, ou aproveitar a oportunidade ou para resolver o problema.

A “Ação”, também. Quanto mais difícil for resolver o problema, maior é um impacto da história. Nesse caso aqui eu estou colocando o super-herói levantando o trem para ele não passar por cima do nosso querido amigo que está jogado no trilho, ou seja, quando a coisa é muito difícil isso torna a sua história mais interessante.

Aqui tem a etapa “Resultado”. Ou seja, o que aconteceu depois de tudo isso? Então, tivemos o nosso herói levantando o trilho do trem, o que aconteceu foi que salvamos o moço que caiu no trilho do trem e ele está agora indo feliz pegar o trem dele para casa.

Então é importante que o resultado esteja claro na hora que você estiver contando a sua história.

E uma coisa interessante: nem toda história tem um final feliz! Infelizmente, tem histórias que tem um final triste, um final infeliz, e tem histórias que são mistas. Vou dar um exemplo aqui de uma história mista que eu chamo de “agridoce”. A história do Rei Leão.

No começo do filme “O Rei Leão”, o Mufasa, que é o pai do Simba, morre para salvar a vida do filho. Se a história do Rei Leão parasse ali eu diria que ela tem um final agridoce porque acontece uma morte muito triste, ele perde o pai. Mas é salvo pelo pai, ou seja, tem um ponto positivo e um ponto negativo. Nem toda história, infelizmente, tem um final feliz.

No final precisamos saber qual é o resultado emocional do protagonista, como é que ele se sente depois de ter realizado a ação e obtido o resultado. É importante que a sua história tenha um fechamento. Então essa é a sexta etapa.

Ás vezes o final não é óbvio. Se ele não é óbvio, ele precisa ser dito para deixar claro o que você quer passar como mensagem.

Então vamos recapitular aqui as nossas seis etapas. Quando você for bolar a sua história é importante você usar essa lista. Eu vou colocá-la depois aqui no “para saber mais”, porque você consegue ter uma estrutura mais fácil na hora de montar a estrutura da sua narrativa.

Então temos o “Status quo”: como as coisas estão no momento, quem são as pessoas, o ambiente.

O “Incidente Inicial”: a primeira resposta emocional do protagonista.

A “Ação”.

O “Resultado”.

E por fim a resposta emocional do protagonista ao resultado.

Sobre o curso Storytelling: visão de negócios e desenvolvimento pessoal

O curso Storytelling: visão de negócios e desenvolvimento pessoal possui 58 minutos de vídeos, em um total de 39 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Softskills e carreira em Inovação & Gestão, ou leia nossos artigos de Inovação & Gestão.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Softskills e carreira acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$85
à vista R$1.020
Matricule-se

Pro

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas