Alura > Cursos de UX & Design > Cursos de Arte Vetorial > Conteúdos de Arte Vetorial > Primeiras aulas do curso Adobe Illustrator: vetorizando a partir da pen tool

Adobe Illustrator: vetorizando a partir da pen tool

Inicio do projeto - Introdução

Olá. Meu nome é Luís Carlos e vou ser o professor de vocês nesse curso de ilustração de personagens na Alura. Tenho uma vasta experiência em ilustração, especialmente vetorial. Possuo certificações Adobe, Photoshop e After Effects. Espero poder passar todo o meu conhecimento para vocês para que você consiga usufruir no trabalho, do desenvolvimento como designer que vocês querem.

Então o que vamos estar aprendendo nesse curso? Você consegue olhar aí atrás que já temos um rascunho. Então vamos pegar todo o processo criativo e entender todo o workflow ou fluxo de trabalho que temos em pegar o rascunho, produzir desse rascunho um ambiente vetorial e depois de produzir esse ambiente vetorial vamos passar isso para dentro de um mockup.

O que seria? Vamos mostrar a aplicação impressa para que nosso cliente consiga entender exatamente o que é aquilo. Vamos ver o briefing do cliente e tudo isso. Então é bem interessante por quê? Porque é um processo comum no mercado.

Então você vai conseguir usufruir bastante de quais são as etapas que você vai pegar para desenvolver um projeto dessa situação. O que é legal é que vamos pegar sobre a ferramenta caneta e propriedades da vetorização dentro do Illustrator, querendo entender um pouco mais sobre objetos, coloração, como trato com linhas e bordas. Como são aplicados esses efeitos.

Tudo isso tentando aplicar em cima de um estilo de ilustração específico. Nesse caso é o Cartoon porque se adequa melhor ao briefing do nosso cliente. Espero que vocês gostem do conteúdo. Se você é um ilustrador ou uma pessoa aspirante a trabalhar com o Illustrator, é um ótimo curso para que você aprofunde essas ferramentas que são tão importantes.

Esses fundamentos tanto básicos que permite você a criar milhares de projetos dentro da ferramenta Illustrator. Espero você no curso e até lá.

Inicio do projeto - Organizando meu material

Download dos arquivos aqui

Pessoal. Vamos dar início ao curso de vetorização de personagem. No caso vamos utilizar o software Illustrator para isso. Vocês já viram no material de apoio no início do curso o nosso briefing. Uma escola que quer trabalhar com material artístico para presentear os seus formandos do ensino fundamental.

Então é legal porque já possuímos os rascunhos desse material. Vai ficar disponível para vocês exatamente cada um desses personagens separados. Vamos trabalhar principalmente com um deles dentro do curso. Mas você tem total liberdade e até aconselho e quero que vocês desenvolvam todos os outros personagens para cada vez trabalhar coisas mais detalhadas, reforçar todo o conteúdo e ter um conteúdo final semelhante ao que foi apresentado na introdução do curso.

O que vemos aqui? O personagem, tanto o masculino quanto o feminino e o personagem que vamos trabalhar. Todo esse material vai estar disponível para vocês. O interessante é que todo esse material foi desenvolvido por um ilustrador chamado Lucas Loiola.

Entrei em contato com ele, fiz o pedido e ele fez essa arte para mim. Por que é interessante eu falar isso? Porque não necessariamente você como artista ou designer, você vai ter que ilustrar aquele personagem. Por quê?

Porque como é uma escola, o seu traço ou seu estilo de desenho pode não casar com esse estilo mais cartunizado ou mais infantil. Então você tem total liberdade de pedir para um ilustrador ou pagar para um ilustrador desenvolver uma arte para você e você trabalhar com a finalização, que é o que vamos trabalhar aqui.

Se você quiser dar uma olhada em mais referências, temos o site do Behance do ilustrador Lucas. Tanto é que ele já tem esse estilo mais Cartoon por isso que é legal, por isso achei interessante buscar por ele para poder desenvolver.

Uma das nossas finalizações vai ser a estampa de uma camisa. Então ele já tem um pouco dessa ideia de leveza e como essa estampa pode funcionar. Ele trabalhou com as ilustrações dos personagens para animais do cerrado.

Então ficou bem interessante. Gostei muito do traço dele e é um dos motivos pelo qual escolhi esse ilustrador e pedi para que ele trabalhasse junto comigo. Então pegando isso como referência, o que vamos fazer? Vamos levar esse personagem para dentro do Illustrator e vamos finalizar para alcançar um resultado assim.

Já tenho algumas referências que consigo buscar do próprio ilustrador, os trabalhos que ele já fez para começar a desenvolver o meu personagem em cima disso. Peguem referências, busquem outros ilustradores, vejam ilustrações mais cartunescas para saber como você vai trabalhar com a vetorização.

O que vamos fazer? Vou já levar para o Illustrator esse personagem. Vou abrir o software. É bem tranquilo. Vou criar um novo documento. No momento que você acessa a tela de boas-vindas, já pode criar um novo documento ou vir em "File - New - puxar novo arquivo para você".

No momento em que você coloca "Create new" ele vai abrir uma tela de novo documento para você onde você define quais as dimensões você quer trabalhar. No nosso caso você tem que pensar no arquivo final. O arquivo final é uma ilustração onde o meu usuário vai poder aplicar em várias mídias.

Vamos mostrar a aplicação em estampa de camiseta. Mas ele pode colocar em canecas, cadernos, pode colocar em várias outras finalizações. Então vou fazer o seguinte, vou colocar como se fosse um modelo para impressão. Peguei os padrões de impressão para mim e vou colocar em A4. Basicamente vou entregar em tamanho A4 digital para ele para ele poder aumentar ou diminuir da maneira que ele quiser no momento que ele for aplicar no produto final.

Então como eu não vou imprimir, estou só entregando a ilustração eu não vou me ater a sangria. Só realmente as dimensões. Não vou trabalhar com milímetro. Vou trabalhar com centímetros para eu me organizar e coloquei "Create" e já tenho o meu documento.

Para título de organização, sempre preste atenção na sua área de trabalho. A nossa área de trabalho é voltada para ilustração. Então se você tem a área de trabalho bagunçada, já tem algum elemento ou se tem vários outros elementos flutuantes na sua tela, lembre-se de vir no campo superior direito e resetar sua área de trabalho essencial que é o que vamos trabalhar aqui para desenvolver nosso personagem.

Clique em "Reset Essentials Classic" e pronto, já tenho a forma de trabalhar com o Illustrator. O que vou fazer? Trazer o meu personagem para cá. É bem simples e rápido. Apertei F7 no teclado ou vou em "Window layer" para liberar a palheta de camadas onde vou colocar "Rascunho".

Simples assim. Posso na tela pegar o rascunho, no caso o personagem, segurar e arrastar para o Illustrator. Ele traz um aviso falando, "As cores que você criou e tirou a foto dessa ilustração vão ficar um pouco alteradas. Você deseja converter essas cores para preservar a aparência ou você não deseja converter?"

Não quero converter. É apenas uma referência, apenas um rascunho. Aumentei para ele se adequar melhor à minha área de trabalho, à minha folha. E está aí, tenho o rascunho. Vou bloquear. E basicamente é isso. Já começo a desenvolver o meu trabalho. A partir daqui vamos começar a desenvolver mais ferramentas e entender como vou ilustrar em cima disso.

Claro, acompanhe durante o curso o nosso fórum onde vai ter exatamente um tópico falando sobre o curso de ilustração de personagem para que você tire todas as suas dúvidas, tanto comigo quanto com outros alunos que estão desenvolvendo junto com você.

Algumas técnicas diferentes. Se você for desenvolver os outros personagens, algumas dificuldades que você possa ter. Então vamos caminhar junto para aprender sobre esse conteúdo. Espero vocês na próxima aula onde vamos iniciar o processo de criar objetos vetoriais para vetorizar o personagem. Abraço.

Inicio do projeto - Primeiros passos

Download do projeto aqui

Então já organizamos nossas referências dentro do meu material, dentro do meu software. E dentro do material de apoio você pegou um pouco mais de referência e alguns links, assim como entendeu melhor como você trabalha escaneando aquela sua ilustração caso você queira ilustrar o seu personagem.

Vamos continuar agora e dar início ao processo de vetorização. A primeira coisa que temos que entender é sobre o workflow ou fluxo de trabalho. O que seria isso? O fluxo de trabalho define como você vai desenvolver o seu projeto e quais características você vai utilizar para esse desenvolvimento.

Por exemplo, no nosso caso vamos trabalhar de maneira mais organizada e um pouco mais pausada. Toma um pouco mais de tempo, mas é muito mais fácil para voltar e reeditar alguma coisa ou até mesmo para entregar para alguém continuar o seu projeto.

Então vamos trabalhar separando o nosso projeto e separando as nossas camadas, camada parte da vetorização. Tem muitos ilustradores que preferem, em vez de bloquear a camada do seu rascunho, em cima do próprio rascunho ele vai começando a criar outros elementos e vai vetorizar tudo de uma vez só.

Então é muito comum você ver na internet principalmente tutoriais ou vídeos onde os ilustradores trabalham de uma vez só. E isso dentro de um software vetorial é possível, só que você tem que ter muita organização e muita facilidade com o objeto vetorial para não se perder na reedição daquele elemento mais tarde.

Então no nosso caso vou criar um fluxo de trabalho um pouco mais profissional e para entregar realmente para um cliente que caso ele queira, ele possa voltar e moldar aquilo depois. Então vou separar o rascunho e bloquear, ou seja, não consigo mais editar aquele objeto.

E posso criar uma nova camada para começar a separar os elementos por camadas para mim. Para quem trabalha com o Photoshop que é um software muito mais amplo, muito mais usuários, está acostumado com a relação de camadas. Mas na área vetorial, dentro do Illustrator e outros softwares vetoriais, a organização de camadas e a organização dos meus objetos é um pouco diferente. Por quê?

No momento em que crio um objeto nessa camada nova que vou nomear dando dois cliques em cima dela, "lineart". Posso clicar, segurar e arrastar o elemento e criei o objeto nessa camada. Beleza. Está ótimo. Se eu vou criar um novo objeto para mim, vou pegar o retângulo novamente e criar um novo retângulo para mim, no caso o quadrado.

Vou mudar a cor. Note o que aconteceu. Ainda possuo apenas duas camadas e três objetos. A minha referência e os dois retângulos. Só que tenho o retângulo azul que está na frente do retângulo rosa. Isso porque dentro da camada ele possui objetos separados. Então diferente de um software bipmap, no caso o Photoshop como referência, não tenho como substituir o elemento.

Ele vai indo por cima do outro ou apagando o que existe atrás como se eu fosse pintando ele. Cada elemento é individual e consigo visualizar e bloquear cada elemento individualmente. Então essa é uma forma de organização interessante.

Vamos trabalhar com essas duas maneiras, tanto organizar por camadas como também organizar através do seu eixo Z que chamamos. Quero colocar o retângulo azul para trás do retângulo rosa. Posso clicar, segurar e arrastar dentro da camada lineart, que tenho essa organização, assim como também posso dentro do objeto selecionar e apertar o botão direito e ir nas propriedades Arrange.

Significa que vou trazer para frente, trazer um objeto ou uma camada para frente, levar para trás ou levar uma camada para trás. Note que se clico no retângulo azul e coloco trazer para frente, nas camadas ele já leva para frente automaticamente.

Então você pode mexer tanto manualmente nas suas camadas, na parte interna dos seus objetos, como pode mexer no seu objeto individualmente, apertar o botão direito em Arrange e começar a organizar esses elementos.

Isso é extremamente importante para você iniciar a sua vetorização. Por quê? Porque no momento que eu for criar os objetos para mim, vou começar a trabalhar de que forma? Vou pegar uma forma simples ou arredondada para criar os objetos mais simples que tenho do meu personagem.

Então vou trabalhar com a cabeça principalmente. Selecionei a camada lineart e posso criar a cabeça para mim. Se você cria agora a orelha, olha o que acontece. A orelha está por cima da cabeça. Então quando você entende essa organização de estar à frente ou estar para trás do objeto, fica muito mais fácil para você fazer o quê? Botão direito, "Arrange - Send to back".

E aí agora a orelha está para trás daquele objeto atrás da cabeça. E assim vamos começar a vetorizar. Tenho blocos de objetos onde esses blocos de objetos têm que estar acima ou abaixo da forma correta. E aí que vem o que chamamos de pulo do gato, a ideia que separei o meu rascunho é para quando eu trabalhar com essa organização de objetos, não existir de maneira nenhuma a possibilidade dos meus objetos de vetorização ficarem atrás do meu rascunho.

Notem que mesmo colocando "Send to back" e "Bring to front", não fico atrás do meu rascunho. Por quê? Porque estão em camadas separadas. Se eu selecionasse o rascunho, criasse um objeto no rascunho, vou criar a outra orelha, e colocasse para enviar para trás, selecionei o objeto, botão direito, "Arrange - Send to back", aquele objeto ia para trás, inclusive daquele objeto que coloquei no começo da aula.

Então isso é o workflow onde você tem mais organização dos seus elementos. Então vou apagar, vou criar a outra orelha dentro da minha lineart. Pressionando a barra de espaço posso movimentar enquanto estou criando. E está aí, tenho o início da minha vetorização.

Está torto e quero editar esses objetos. Posso clicar na ferramenta de seleção, a ferramenta "Selection Tool", tecla atalho V. Cliquei nesse elemento e não quero o seu preenchimento, por quê? Porque ele está impedindo de eu ver o rascunho.

Então vou vir na barra de ferramentas e posso clicar nesse ícone, ou seja, o preenchimento e colocar em None aqui embaixo. Vou retirar qualquer tipo de preenchimento que exista naquele objeto. Vou fazer a mesma coisa com as duas orelhas que possuo.

Assim consigo visualizar aquele elemento e começo a trabalhar melhor em como ele vai se encaixar no meu personagem. Posso selecionar isso, achatar um pouco, rotacionar um pouco mais aqui do lado. A mesma coisa com a orelha. Achatei um pouco rotacionei um pouco mais para ele se adequar.

E aí que vem aquele meu problema. Não é um círculo perfeito. Preciso trabalhar moldando essa forma para que ela se adeque a minha lineart. O que vou fazer? Vou apertar "Ctrl +" no teclado para aproximar daquele elemento. Vou selecionar a minha tecla de atalho a "Direct Sellection" aqui em cima. Selecionando a "Direct Sellection" tenho a possibilidade de editar os meus objetos de maneira um pouco mais aprofundada. Por quê?

Todo objeto vetorial é composto por preenchimento, linhas e pontos. Com a "Direct Sellection" posso editar exatamente esses pontos que existem no meu objeto vetorial. Então se você der uma olhada, com essa ferramenta selecionada, cliquei na linha, ele mostra esses pequenos pontos existentes e essas outras linhas que vão trabalhar esses pontos.

Não vamos abordá-las agora. Mas tenho a possibilidade de clicar em cima de um ponto, selecionei ele, e agora clico, seguro e arrasto para moldar aquela forma vetorial em cima daquele meu objeto. Cliquei no ponto primeiro e depois clico, seguro e arrasto e começo a moldar aquela forma para se adequar ao meu rascunho.

Cliquei, segurei e arrastei e vou me adequar. Agora o rosto não é elipse perfeito. Ele se adequa melhor ao estilo Cartoon e ao estilo vetorial. E a mesma coisa na orelha. Cliquei no ponto e posso aumentar um pouco aqui. Cliquei no ponto e diminui um pouco aqui para se adequar melhor aquela forma da orelha que temos no nosso rascunho.

A barra de espaço movimenta a tela para ir para o outro lado e faço o mesmo processo com a outra parte da orelha. Diminui um pouco, cliquei no ponto, cliquei, segurei e arrastei e diminui um pouco. Cliquei no ponto, cliquei, segurei e arrastei e diminui aqui. Cliquei no ponto, cliquei, segurei e arrastei e organizei.

Note que é realmente o meu objetivo. Não é para ficar a elipse perfeito. Começo a editar de uma forma em que posso trabalhar melhor aqueles objetos para se adequar ao meu rascunho. Vou fazer isso com todos os objetos simples para mim. No meu caso só o personagem tem isso na cabeça.

Então vou trabalhar com os objetos simples só na cabeça. No caso tenho também a questão do olho que consigo trabalhar melhor. Pegar a ferramenta de movimentação geral e rotacionar um pouco para ele se adequar aquele meu estilo, aquela rotação um pouco mais arredondada, um pouco menos formal. O Cartoon mais estilizado.

Então já começo a vetorizar. Já tenho a separação e continuo trabalhando para alcançar formas mais complexas. A partir de agora vamos trabalhar com o quê? Não consigo trabalhar com formas básicas para criar, por exemplo, o braço, essa modificação. Então como consigo desenvolver essas formas vetoriais um pouco mais complexas dentro do software tirando as formas básicas? Quais outras ferramentas possuo? É isso que vamos ver na próxima aula. Espero vocês lá.

Sobre o curso Adobe Illustrator: vetorizando a partir da pen tool

O curso Adobe Illustrator: vetorizando a partir da pen tool possui 143 minutos de vídeos, em um total de 38 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Arte Vetorial em UX & Design, ou leia nossos artigos de UX & Design.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Arte Vetorial acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

De
R$ 1.800
12X
R$109
à vista R$1.308
  • Acesso a TODOS os cursos da Alura

    Mais de 1500 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, emProgramação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

Matricule-se

Pro

De
R$ 2.400
12X
R$149
à vista R$1.788
  • Acesso a TODOS os cursos da Alura

    Mais de 1500 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, emProgramação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Luri powered by ChatGPT

    Luri é nossa inteligência artificial que tira dúvidas, dá exemplos práticos e ajuda a mergulhar ainda mais durante as aulas. Você pode conversar com Luri até 100 mensagens por semana.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas