Alura > Cursos de UX & Design > Cursos de Design Gráfico > Conteúdos de Design Gráfico > Primeiras aulas do curso Illustrator: criando um logo

Illustrator: criando um logo

Anteprojeto - Apresentação

Olá, tudo bem? Eu sou o Felipe Labouriau, designer gráfico e instrutor aqui na Alura. Quero convidar você para participar do nosso curso sobre Criação de Logos.

Nele, nós vamos conhecer todo o processo para elaborar esse tipo de material.

Iniciaremos na fase de anteprojeto, em que pesquisamos referências e montamos um moodboard (explicaremos isso mais adiante), e vamos até à entrega desse logo, quando apresentamos a ideia para o nosso cliente, ou stakeholder, e também entregamos um arquivo final para ser utilizado daqui para frente.

O nosso curso terá tanto uma carga teórica quanto uma carga prática.

No momento teórico, teremos vídeos em que irei te apresentar conceitos fundamentais do Design, para que você consiga tomar decisões criativas da maneira mais assertiva possível. Assim, você não se apoiará somente na opinião e no gosto, podendo apresentar um projeto fundamentado e embasado à pessoa que solicitou o seu trabalho.

Já nas etapas práticas, nós vamos trabalhar dentro do Illustrator, o programa de desenho vetorial da Adobe.

Você pode fazer a seguinte pergunta: se eu não tiver o Illustrator, vou conseguir acompanhar o curso com outro software? Caso seja um software de desenho vetorial, você irá absorver os princípios fundamentais do Design, os quais sempre pontuarei no decorrer do curso, e conseguirá adaptar esses conhecimentos para ser possível realizar o trabalho.

No entanto, não recomendo que você utilize, por exemplo, Photoshop ou outro programa de tratamento de imagens.

Vou assumir também que você já possui algum conhecimento com o Illustrator, então não irei te apresentar a ferramenta do zero, compreendendo que você domina o desenho com a caneta e está familiarizado com o software.

Caso escolha trabalhar com outro programa, pode ser que você tenha alguma dificuldade em acompanhar as ferramentas, pois as funcionalidades podem não ser as mesmas.

De qualquer maneira, esse é o curso para você que está dando os primeiros passos no universo do Design; que talvez esteja encarando alguma dificuldade na criação de um logo e quer dominar esse processo criativo; e também para você que deseja se iniciar nesse mundo e entender como podemos tomar decisões criativas, dando vida a ideias por meio da escolha de cores, tipografias, desenhos e formas.

Espero que você tenha gostado da nossa proposta.

Te vejo aqui no curso!

Anteprojeto - Overview

Olá! Quero te dar as boas-vindas a mais um curso aqui na Alura. Muito obrigado pela sua participação.

Vamos conversar rapidamente sobre tudo o que será trabalhado no decorrer do curso?

Como mencionado no vídeo de apresentação, a proposta é que, junto comigo, você participe de todo o processo criativo de um logo.

Em um primeiro momento, nós pesquisamos referências e as organizamos em um moodboard. Nas próximas aulas explicaremos o que ele é e como ele pode nos ajudar, posteriormente, a tomar as decisões criativas do nosso logo.

Conforme você vai perceber durante o processo, o curso terá uma carga teórica, em que, além de entender o que é um moodboard, teremos apresentações sobre o que são grids, a proporção áurea, e os princípios fundamentais de cores e tipografias.

Na sequência, trabalharemos esses conteúdos de forma prática dentro do Adobe Illustrator. É importante que você já conheça esse programa, pois não vamos apresentar a ferramenta do zero. Partiremos do princípio de que você já trabalhou com ela antes e domina pelo menos o básico do desenho vetorial.

Nosso processo prático terá início no trabalho com a ferramenta Caneta (Pen Tool). Com ela, nós faremos a vetorização de um desenho feito sobre papel que vamos trazer para o ambiente digital.

A intenção durante todo esse processo criativo é desmistificar alguns medos que as pessoas eventualmente têm ao trabalhar com a criação de logos, tanto para o próprio desenho dele, pois você não precisa ser nenhum grande artista visual para desenhá-lo, quanto para outras questões.

Veremos também como fazer a vetorização de um símbolo utilizando formas geométricas, e as relações dessas formas principalmente com a ferramenta Pathfinder.

Além disso, vamos ver como utilizar os grids. Essa é uma questão necessária para o processo de desmistificação: como podemos trazer esse atributo tão importante do Design, de modo geral, para a criação de um logo? Vou te mostrar que não é tão difícil quanto pode parecer.

Faremos a criação do símbolo de um logo por meio da associação de círculos que seguem a proporção áurea, que será explicada no decorrer das aulas. Por vezes, nós enxergamos um logo feito a partir desses círculos e ficamos um pouco amedrontados, mas você verá que também é um processo simples.

Vamos descobrir como combinar o símbolo criado com tipografias, as relações que podemos explorar, e o que elas transmitem. Veremos quais são os conceitos que muitas vezes são associados às tipografias, às características que devem ser observadas, e a relação que ela pode ter com o logo.

A mesma coisa será feita com as cores. Vamos entender seus princípios fundamentais, e como nós podemos montar paletas e escolher essas cores para o nosso Design, o que às vezes pode ser uma questão abstrata.

Escolheremos cores a partir de referências e também veremos como montar paletas a partir de uma única cor em vez de uma imagem.

Por último, vamos revisitar os grids e entender como eles podem nos ajudar não somente no processo criativo para gerar um símbolo ou uma tipografia, mas para realizar ajustes após eles terem sido criados.

Para finalizar o conteúdo, vamos fazer os últimos ajustes no nosso material, para, assim, entregar o arquivo de trabalho vetorial que será apresentado junto ao cliente, ao stakeholder.

Conversaremos também sobre os próximos passos que você pode dar, tanto conhecendo mais conteúdos oferecidos pela Alura dentro do universo de Design, quanto outros assuntos correlatos.

Por fim, falaremos sobre como você pode apresentar os seus trabalhos, seja por meio de simulações (mockups) para o cliente, seja criando um portfólio on-line, através do qual você consegue mostrar as suas habilidades.

Mais uma vez: boas-vindas ao nosso curso!

Nos vemos no próximo vídeo.

Anteprojeto - Pesquisa e referências

Antes de colocar a mão na massa, desenhando o nosso logo sobre um papel ou partindo diretamente para o software, vamos conversar rapidamente sobre a fase anteprojeto, ou seja, os momentos que precedem a criação do nosso projeto.

Quando recebemos o pedido de um cliente, de um freelancer, de um stakeholder, muitas vezes a nossa cabeça já borbulha com ideias e começamos a pensar em fazer o trabalho de determinada maneira, seja partindo de uma referência ou de uma ideia legal que tivemos.

Porém, é importante respirar um pouco antes e buscar referências, para que o nosso repertório visual seja o mais rico possível, e também para podermos justificar melhor as nossas decisões junto ao stakeholder. Para isso, vamos utilizar uma ferramenta chamada moodboard, que veremos no próximo vídeo.

Hoje em dia, com o enorme alcance da internet, nós conseguimos pesquisar por verbetes e palavras-chave em sites, e a partir disso encontrar diversas referências de trabalhos que podem nos ajudar a ficar por dentro de tendências, acabamentos, e estilos dos quais às vezes não estamos cientes.

O primeiro site que quero te apresentar é o Behance, uma rede social de designers, onde os profissionais que trabalham com comunicação visual postam os seus trabalhos para que outras pessoas possam apreciar.

Se você domina o inglês, é interessante que você faça a sua pesquisa nesse idioma, pois essa é uma plataforma internacional. Porém, você também pode trabalhar em português caso prefira.

Em nosso caso, digitamos "restaurante japonês" no Behance. Durante o curso, iremos criar logos para um restaurante japonês e para uma marca de sucos. Geraremos duas alternativas para cada, mas o mais legal aqui é entender como podemos representar o mesmo produto de diversas maneiras.

Note que, na categoria "restaurante japonês", nós temos vários resultados distintos. Esses resultados carregam estilos gráficos e visuais muito particulares.

O primeiro trabalho que aparece é o Hanói Sushi. Observe que ele é completamente diferente do segundo exemplo, o Doshi Bar.

O Hanói Sushi possui uma representação bastante clean. No menu, por exemplo, temos uma padronagem, uma cor sólida no fundo, e outras duas cores diferentes para os elementos textuais:

Retângulo de fundo verde-escuro com uma ilustração em laranja na lateral esquerda. Ao lado, o título "Entrada" escrito em laranja e caixa alta". Abaixo dele, o nome e a descrição de dois pratos do menu ("Carpaccio de salmão trufado" e "Carpaccio de polvo") em cor creme. Ao lado dos pratos, temos os valores 47,90 e 49,90, respectivamente, escritos em laranja.

Note também que o símbolo do logo carrega muito do estilo visual de um desenho vetorial. Nós sempre temos uma cor chamando a atenção junto a uma tipografia e um ambiente mais discretos, o que funciona nesse contexto.

Retângulo de fundo verde-escuro contendo um logo formado por 3 semicircunferências em cor creme, seguido de um retângulo com fundo laranja com o texto "Hanói Sushi" escrito em verde-escuro e caixa alta.

Porém, no caso do Doshi Bar, que também é um restaurante japonês, veja que o repertório é mais tradicional, fazendo referência a um trabalho manual. Pode se tratar, inclusive, de um restaurante igualmente tradicional.

Retângulo de fundo cinza-escuro, contendo 6 ilustrações distintas em cor creme, dispostos em 2 linhas e 3 colunas. Cada ilustração representa um item da cultura japonesa.

As ilustrações são como recortes, ou seja, existem elementos que parecem ter sido recortados à mão. A própria tipografia de "Doshi Bar" parece ter sido desenhada manualmente.

Retângulo de fundo verde-escuro, contendo o texto "Doshi Bar" em cor creme e caixa alta, e acima dele o mesmo texto escrito em japonês.

Portanto, estamos tratando de um mesmo produto, mas de maneiras diferentes.

Outro site interessante para você conhecer é o Dribbble. Ele também trata de materiais produzidos por designers, mas aqui temos um viés voltado para trabalhos virtuais, como aplicativos e sites.

Nele, nós pesquisamos "japanese restaurant" ("restaurante japonês"). Observe a quantidade de referências que aparecem, e mais uma vez, com estilos bem particulares.

Veja como podemos representar o universo dos restaurantes japoneses com uma linguagem mais cartoon, mais colorida:

Quatro quadrados, cada um deles contendo uma ilustração na temática "sushi" em modo cartoon. A primeira ilustração é de um arroz com óculos laranja dentro de um bowl azul-claro contendo um líquido de cor marrom; ele está encostado em um salmão. Na segunda, temos o arroz com óculos azul surfando em um salmão. A terceira ilustração é de um salmão abraçando o arroz. Por último, temos a ilustração do arroz com uma fatia de salmão nas costas, segurando outra peça de sushi.

Podemos representá-lo também com uma linguagem cartoon manual, de certa forma, porém monocromática:

Texto "Little Tokyo Ramen" escrito em cor rosa e caixa alta, cercado por ilustrações de comidas japonesas também em rosa formando um círculo.

O mais legal disso tudo é a possibilidade de você abrir sua cabeça, correr atrás de referências e entender como o universo em que está trabalhando pode ser traduzido visualmente, como ele pode ganhar vida. Esse processo é importante, inclusive, para mostrar que existem várias linhas possíveis, mas que você, por decisão própria ou em comum acordo com o seu cliente, decide seguir uma linha específica.

A montagem desse repertório visual por meio de uma prancha de referências, de um moodboard, que veremos na aula seguinte, é uma ótima ferramenta para você começar a construir o seu projeto.

Finalizamos esse vídeo por aqui. Como sempre, quero chamar a sua atenção para o fórum: ele está aberto para você tirar as suas dúvidas, fazer comentários, e também compartilhar o seu trabalho, pois é sempre legal trocar essa ideia com a comunidade.

Te vejo no próximo vídeo!

Sobre o curso Illustrator: criando um logo

O curso Illustrator: criando um logo possui 190 minutos de vídeos, em um total de 54 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Design Gráfico em UX & Design, ou leia nossos artigos de UX & Design.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Design Gráfico acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

De
R$ 1.800
12X
R$109
à vista R$1.308
  • Acesso a TODOS os cursos da Alura

    Mais de 1500 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, emProgramação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

Matricule-se

Pro

De
R$ 2.400
12X
R$149
à vista R$1.788
  • Acesso a TODOS os cursos da Alura

    Mais de 1500 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, emProgramação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Luri powered by ChatGPT

    Luri é nossa inteligência artificial que tira dúvidas, dá exemplos práticos e ajuda a mergulhar ainda mais durante as aulas. Você pode conversar com Luri até 100 mensagens por semana.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas