O que é Software Livre?

O que é Software Livre?
Bruno Divino
Bruno Divino

Compartilhe

Definição

Software Livre (Free Software) é um movimento político e filosófico que preza pela liberdade de acesso do código fonte de qualquer software pela comunidade de usuários. Segundo a Free Software Foundation (FSF), qualquer usuário tem o direito de executar, copiar, distribuir, estudar, mudar e melhorar o software.

Existem alguns critérios de liberdade aos quais um software deve obedecer para estar dentro dos conceitos de Software Livre.

  • Liberdade 0: A liberdade de executar o programa como você desejar, para qualquer propósito.
  • Liberdade 1: A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo às suas necessidades. Para tanto, acesso ao código-fonte é um pré-requisito.
  • Liberdade 2: A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar outros.
  • Liberdade 3: A liberdade de distribuir cópias de suas versões modificadas a outros. Desta forma, você pode dar a toda comunidade a chance de se beneficiar de suas mudanças. Para tanto, acesso ao código-fonte é um pré-requisito.

É importante ressaltar que o termo ”Livre (Free)” não possui uma relação de igualdade com o conceito de ”Gratuidade”. Quando pensamos em Software Livre, devemos pensar em liberdade de acesso ao código fonte. Um projeto desenvolvido utilizando os conceitos de Software livre pode ser tanto monetizado como gratuito.

História

Foto retrato de um homem branco de cabelos grisalhos, barba branca e olhos verdes, usando uma camisa vermelha. Ao fundo existe um prateleira cheia de livros e eletrodomésticos

Richard Stallman

Fonte: bsc.es

Na década de 1970, um programador chamado Richard Stallman trabalhava no departamento de inteligência artificial do MIT - Massachusetts Institute of Technology (Instituto de Tecnologia de Massachusetts). Apesar de cursar Física em Harvard, Stallman tinha uma paixão ardente por tecnologia e mais ainda pelo contexto de colaboração e compartilhamento de tecnologias que existia na comunidade da época. Contudo, na virada da década, as principais tecnologias utilizadas para a realização de pesquisas, cada vez mais, se tornavam software proprietário ou eram descontinuadas por não conseguirem competir com esses softwares privados.

Software Proprietário: Um software no qual o acesso, estudo e redistribuição do seu código fonte é limitado à vontade da empresa distribuidora.

Logo do sistema GNU. Apresenta a caricatura do animal selvagem africano Gnu sorrindo levemente.

Em janeiro de 1984, Stallman viu a necessidade da criação de um projeto que, em suas palavras - “Traria de volta o espírito cooperativo que prevalecia na comunidade de computação nos seus primórdios”. Dessa, forma surgiu o projeto GNU, que buscava a construção de um sistema operacional totalmente desenvolvido através da filosofia do Software Livre e compatível com o sistema Unix (um sistema proprietário bem difundido na época). O nome GNU é um acrônimo recursivo para “GNU’s Not Unix” (“GNU não é Unix”), uma piada que reflete o espírito da comunidade Hacker da década de 70.

Existe até mesmo uma música criada para o GNU.

Logo da Free Software Foundation. Siglas estilizadas em uma caligrafia única.

Fonte: muylinux.com

Em outubro de 1985, foi fundada a Free Software Foundation - FSF (Fundação Software Livre), não apenas com o objetivo de arrecadar recursos para o desenvolvimento do GNU, mas para disseminar a ideia de que o software proprietário - aquele não liberado ao público - não era o caminho certo para o desenvolvimento de software e mostrar ao mundo as vantagens da filosofia do Software Livre.

Ambas as logos dos sistema GNU e Linux lado a lado com os dizeres “GNU/Linux” logo abaixo. A logo do GNU é uma caricatura animal selvagem africano chamado GNU e a logo do Linux é um pinguim sentado

Fonte: techtudo.com

Já em 1990, praticamente todos os componentes do novo sistema operacional haviam sido criados com exceção de um, o kernel. Isso mudou em 1992 com a adição do kernel Linux, criado pelo por Linus Torvalds, ao projeto GNU. A partir daí o sistema operacional passou a se chamar GNU/Linux e acabou por dar origem a várias distribuições de sistemas operacionais open source existentes. Alguns deles são: Debian, Ubuntu, Fedora, Red Hat Enterprise Linux, Linux Mint, Pop!_OS, Kali Linux e muitos outros.

Software Livre e Open Source

O termo Open Source foi criado em 1998 com a fundação da Open Source Initiative e diz respeito ao conjunto de técnicas e modelo de negócio utilizado pela comunidade do Software Livre para a elaboração de um projeto. A grande diferença estaria no fato que não necessariamente um projeto Open Source compactua com a filosofia e os pensamentos do movimento do Software Livre.

Logo da Open Source Initiative. Possui um círculo verde com uma quebra que leva até centro em sua parte inferior

Fonte: thumbnailme.com

Para saber mais sobre Open Source, visite o artigo: Open Source - Uma breve introdução

Copyleft e GNU GPL

Mesmo ao elaborar um software que segue os princípios do Software Livre pode-se haver a seguinte questão: “O que impede a redistribuição desse software de forma proprietária?”. Afinal de contas, não é só por que algo é criado sobre um preceito que permaneceria sobre tal preceito.

Devido a esse questionamento, juntamente com a elaboração do projeto GNU, surgiu a ideia do Copyleft. Através da inversão lei dos direitos autorais, o Copyleft garante que todos os projetos que derivam do projeto original continuem dentro dos preceitos do Software Livre. Na prática, qualquer pessoa tem a permissão para executar, copiar, modificar, e distribuir versões modificadas do projeto, porém jamais podem-se aplicar restrições por conta própria.

Logo da GNU GPL. Siglas e símbolos estilizados de jeito único e abstrato em tonalidade e cor vermelha. Existem os dizeres na parte inferior: “Free as in Freedom”

A forma na qual o Copyleft é aplicada seria através de algumas Licenças que compactuam com os conceitos de Software Livre. Uma das mais reconhecidas seria a GPL - General Public Licence (Licença Pública Geral).

A origem da palavra Copyleft se trata de mais uma brincadeira bem humorada da comunidade hacker da década de 70 com a palavra Copyright, usada para definir direitos autorais.

Para saber mais sobre licenças, acesse o nosso artigo Como escolher uma licença para seu projeto.

Conclusão

Esse artigo discorreu a respeito do que é Software Livre, sua história e conexão com o mundo do Open Source. Pode-se concluir que, independentemente de como a filosofia do Software Livre é vista pela comunidade de tecnologia , sua contribuição para a evolução e avanço do desenvolvimento de software é inegável. Através do Software Livre surgiram diversos conceitos, filosofias e tecnologias que constantemente mudam o mundo!

Para saber mais sobre o universo do Software Livre e Open Source, confira o episódio do nosso podcast sobre essa temática:

Bruno Divino
Bruno Divino

Bruno cursa Engenharia Mecatrônica na UTFPR e Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas na PUC-PR. Faz parte do time de Instrutores aqui da Alura, tendo foco em Python/DevOps. Seu objetivo é auxiliar da melhor forma possível cada aluno em sua jornada de aprendizagem e fomentar constantemente a paixão por tecnologia.

Veja outros artigos sobre DevOps