Alura > Cursos de UX & Design > Cursos de Motion Design > Conteúdos de Motion Design > Primeiras aulas do curso Stop Motion: produção de vídeo para mídia social

Stop Motion: produção de vídeo para mídia social

Gravando material base - Boas VIndas

Olá, pessoal! Eu sou o Guilherme Ogg, um dos donos do Estúdio 42. Eu sou editor de vídeo há mais de 7 anos e trabalhei em várias produtoras até fazer a minha própria produtora, que é o Estúdio 42.

Nesse curso, especificamente, nós vamos aprender a fazer um vídeo para aquelas páginas de culinária do Facebook, tipo o Tasty, o Chefclub, o Tastemade. A diferença é que, nesse curso, nós vamos aprender a fazer o vídeo em stop motion e vamos aprender a fazer isso da maneira mais simples possível. Ou seja: gravando todo o processo como um vídeo e excluindo as partes em que a pessoa que está fazendo a receita aparece. No resultado final, vai parecer que os ingredientes se cortaram sozinhos e que o prato se montou sozinho, o que é um diferencial e vai deixar o nosso vídeo muito mais interessante.

Vamos fazer esse vídeo como se fosse o pedido de um cliente, esse cliente é a Alura. Então, nós vamos fazer vinhetinha, o lettering, tudo seguindo o padrão da identidade visual da Alura. Por fim, vamos aprender como sonorizar esse vídeo e exportar ele num formato em que ele funcione muito bem tanto no meu celular quanto na minha timeline do Facebook. Vamos lá?

Gravando material base - Procurando referências

Nesse curso, vamos supor que a Alura nos passou o seguinte briefing: eles querem que façamos uma página de receitas no Facebook e que os vídeos tenham 45 segundos. Por que 45 segundos? Quando a pessoa está no Facebook e ela vai ver um conteúdo, ela não quer que seja um conteúdo muito extenso. Geralmente, a pessoa não vai ter a atenção retida por muito tempo. Então, não é bom que seja um conteúdo muito extenso.

Temos que fazer um vídeo de 45 segundos e passar uma receita legal. O nosso desafio será balancear o conteúdo que temos que passar com o tempo que temos para passar esse conteúdo. Desenvolveremos os vídeos como se fossemos desenvolver uma página para o Facebook que se chamasse Alura Receitas.

Então, eu vou mostrar para vocês alguns exemplos dessas páginas de Facebook que tem esses vídeos de receita. Nós vamos analisar esses vídeos e ver quais são os recursos que esses vídeos usam para passar essa receita de uma forma rápida.

O primeiro é esse, do Tastemade.

Ele tem 20 bombons Ouro Branco, vai cortar apenas um e, daí, ele vai mostrar todos os 20 já no liquidificador. Então, o que ele faz? Na edição, ele corta de uma forma didática o que ele quer passar: ele só vai deixar no vídeo o que interessa como passo a passo para você entender a receita.

Vamos dar uma olhada em outro canal. Tem esse, do ChefClub.

Aqui, ele já faz uma trucagem: ele está com um ovo, e de repente, ele corta para 5 ovos na tigela. Assim como ele faz com o presunto: ele pega o presunto, mostra o presunto e, de repente, ele corta para o presunto todo na tigela e todo picadinho. Porque, só pela imagem, você já entendeu que o presunto está picado.

A diferença é que ele bota tudo no mesmo plano. Se aqui ele corta em vários planos diferentes, por exemplo: a câmera está em cima da tábua e a câmera está angulada, ele já corta para o liquidificador - nessa do ChefClub, a câmera está sempre parada e ele faz jump cuts para você entender que o tempo passou e que, nessa passagem de tempo, alguma coisa aconteceu - no caso, o presunto foi cortado. Aqui, ele vai cortar para os ingredientes sendo mexidos e, de repente, aqui ele está com todos os ingredientes já batidos como omelete.

Então, essas são duas trucagens de edição diferentes: uma é só cortar o conteúdo de uma forma didática e excluir o excesso de conteúdo. E, aqui, é deixar uma câmera parada no mesmo lugar com um tripé e, com jump cuts, ele vai mostrando os passo-a-passos e a passagem do tempo. Mas, sem mostrar o que não é necessário.

E, se você for ver, é um vídeo quadrado. Por que é um vídeo quadrado? Se dermos uma olhada na nossa timeline do Facebook, o vídeo não vai ficar com aquelas tarjinhas pretas na lateral. Por que a pessoa não necessariamente vai ter que entrar no post para ver o vídeo. Ela provavelmente vai ver na timeline dela e vai compartilhar ou vai passar para frente. E isso é uma forma de otimizar o vídeo para o teu celular, também. No celular, ele vai ficar assim, quadradinho, e não vai ficar com aquelas tarjas pretas na lateral.

Por fim, o último recurso, que eu achei mais interessante, e se temos que reter a atenção das pessoas eu acho que é o mais válido, é esse aqui da Receitaria. Porque ele mantém a câmera parada. Ele vai posicionando o bacon ao redor da panela como se o bacon tivesse magicamente surgido dessa forma na panela. Ele exclui o sujeito.

Ele exclui a pessoa que está manipulando os alimentos. Na batata, é a mesma coisa: ele faz tudo em stop motion e parece que a batata se cortou com a faca sem ele precisar fazer nenhum movimento para faca ter cortado a batata. A mesma coisa com o posicionamento da batata na frigideira: parece que, de repente, a batata se posicionou daquela forma. Nós vamos fazer o nosso vídeo seguindo mais ou menos esse padrão da Receitaria. No caso, nós vamos fazer o nosso vídeo quase todo em Stop Motion.

O stop motion é um recurso gráfico para mostrar uma simplificação das coisas. As coisas ficam mais lúdicas e parece que tudo é mais simples. E é exatamente isso que nós queremos fazer. Nós queremos que a nossa receita pareça supersimples. Vamos fazer a receita de um guacamole, que é uma receita simples e podemos passar em 45 segundos, tranquilamente.

Bom, nós já escolhemos o nosso estilo e já escolhemos a receita que a vamos passar. Agora precisamos botar a mão na massa. Vamos ver como que fazemos para gravar um vídeo assim?

Gravando material base - Como gravar um stop motion

Como vimos na última aula, tem várias dessas páginas no Facebook que fazem esses vídeos de culinária rápidos, que trazem receitas rápidas para as pessoas e as pessoas veem, compartilham: tem o Tasty, tem o TasteMade, tem um monte dessas páginas.

Nós vimos vários exemplos e escolhemos fazer o vídeo em stop motion. Existem duas formas de fazer o vídeo em stop motion: uma delas é a deixarmos a nossa câmera parada num tripé e ir tirando fotos passo a passo do que formos fazendo na nossa receita. Por exemplo: fez um corte na cebola, tira uma foto. Fez outro corte, outra foto. Outro corte, outra foto. E assim vai. Mas, a forma com que vamos proceder é um pouco mais simples. É um pouco mais fácil do que isso. Só que ela vai requerer um pouco de conhecimento em edição de vídeo.

Nós vamos gravar esses passos como um vídeo vamos selecionar quais são os frames desse vídeo que queremos, e vamos selecionar a duração que queremos que esses frames tenham. No fim, ele vai ficar como um vídeo em Stop Motion.

Teremos que tomar alguns cuidados. Por exemplo: esse vídeo vai ter um formato quadrado, e não retangular. Então, os ingredientes terão que estar sempre no centro do nosso vídeo porque vai ter uma parte à direita e uma parte à esquerda que vão sair fora. Vamos fazer um vídeo de 45 segundos. Se você for ver, nós deixamos todos os ingredientes semi preparados para não precisarmos fazer o passo a passo de, por exemplo: abrir o abacate, tirar a semente do abacate, porque esse tipo de passo não será relevante agora.

Então, nós não passaremos pelas partes óbvias da receita. Não mostraremos, por exemplo, que precisamos descascar a cebola; a cebola já vai estar descascada. E vamos colocar um lettering escrito "meia cebola sem casca". Ou, vamos colocar a nossa pimenta sem semente. Vamos colocar no lettering: “pimenta sem semente”. E vamos desenvolver um lettering bem legal, seguindo a identidade gráfica da Alura, por que vamos fazer o nosso canal chamado Alura receitas. Então, vamos querer fazer tudo na identidade gráfica da Alura, bem legal e bem bonitinho.

Estamos gravando o nosso vídeo com uma HDSLR, mas o vídeo não precisa ser feito numa HDSLR. Com o teu celular, por exemplo, você consegue fazer o vídeo tranquilamente. Só vai precisar de um tripé para deixar a tua câmera sempre fixa.

Mas, a HDSLR vai trazer uma qualidade um pouco mais profissional para o vídeo que nós vamos fazer. Porque, com a HDSLR, nós temos como trocar as lentes. E temos como escolher uma lente. No nosso caso, nós escolhemos uma teleobjetiva bem clara. O que isso quer dizer? Quando escolhemos uma teleobjetiva, a nossa profundidade de campo é menor; ou seja: o foco é restrito. Nós conseguimos deixar o foco exatamente nos nossos ingredientes. Isso vai nos dar uma composição mais bonita.

Além disso, ela é clara. Isso também restringe a profundidade de campo. Então, quando colocarmos os nossos ingredientes, só eles vão estar em foco.

Isso não é uma aula de fotografia, então eu não vou me aprofundar nesse conteúdo. Só estou falando que é interessante gravarmos com uma teleobjetiva se estivermos gravando com uma HDSLR.

Outra coisa, importante também, é o seguinte: como a vamos gravar tudo como um vídeo e selecionar os frames, é sempre importante eu me certificar que, a cada movimento que eu faça - por exemplo, fiz um corte na cebola - que a minha mão, que a faca, que o todo resto saia do quadro e fique só a cebola com um corte.

Quando vai fazer outro corte, se certificar que só ficou a cebola com um corte, porque é o frame que selecionaremos depois para darmos essa sensação de que as coisas estão acontecendo magicamente, que não teve faca e que a cebola se cortou sozinha. E para dar essa sensação, só a cebola tem que estar no quadro. Ou só a pimenta, ou só o limão, ou o que for.

E como eu vou gravar um vídeo gigante, eu vou deixar os vídeos pré-editados para vocês. Depois, vocês vão ver nos vídeos que vocês vão precisar baixar. Por exemplo: cebola, tomate, para vocês não precisarem fazer esse corte num vídeo gigante, num footage enorme. Para deixar tudo bem mais simples, para vocês aprenderem a técnica, que é o que importa de verdade.

Sobre o curso Stop Motion: produção de vídeo para mídia social

O curso Stop Motion: produção de vídeo para mídia social possui 73 minutos de vídeos, em um total de 23 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Motion Design em UX & Design, ou leia nossos artigos de UX & Design.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Motion Design acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

De
R$ 1.800
12X
R$109
à vista R$1.308
  • Acesso a TODOS os cursos da Alura

    Mais de 1500 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, emProgramação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

Matricule-se

Pro

De
R$ 2.400
12X
R$149
à vista R$1.788
  • Acesso a TODOS os cursos da Alura

    Mais de 1500 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, emProgramação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Luri powered by ChatGPT

    Luri é nossa inteligência artificial que tira dúvidas, dá exemplos práticos e ajuda a mergulhar ainda mais durante as aulas. Você pode conversar com Luri até 100 mensagens por semana.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas