Primeiras aulas do curso Organização de equipes ágeis: Os papéis existentes em uma equipe

Organização de equipes ágeis: Os papéis existentes em uma equipe

A Equipe Ágil - Introdução

Pessoal, bem-vindos ao curso de equipes ágeis. Meu nome é Mário Melo. Eu sou instrutor na Emerge e sócio proprietário na Factory Tecnologia. Eu queria dar uma passada rápida sobre os tópicos que vamos cobrir neste curso. São oito aulas. Vamos ver em detalhe do que vamos falar.

Vamos começar falando da equipe ágil. Tentar mapear a diferença de uma equipe ágil para uma equipe que trabalha na modelo cascata, quais os benefícios de trabalhar dessa forma.

Aí vamos falar de auto-organização, que é uma das características da maior parte das equipes ágeis. O que é, como ela surge, como fomentamos ela no ambiente de trabalho.

Depois vamos passar para tipos de equipes. Existem equipes ágeis, mas elas podem dividir o trabalho em diversas formas. Vamos abordar três. Então vamos falar do team scrum, depois product owner, que é um dos papeis do scrum. Entender por que ele existe, o objetivo dele, o tipo de material que ele trabalha, o que ele faz.

Vamos falar sobre o time de desenvolvimento, que é diferente de um time de desenvolvedores. Vamos entender por que o scrum guide recomenda um determinado tamanho para esse time e quais as características dele para podermos trabalhar sem surpresas.

Por último, vamos falar do scrum master. É um papel bem popular e mais fácil de escrever por ter características marcantes. Também pode existir com outro nome em empresas que não utilizam o scrum como framework de trabalho.

Para fechar, vamos falar de times kanban, que é uma forma um pouco diferente de trabalhar e que foca em fluxo de trabalho. A visualização do fluxo, o que se ganha com a visualização, por que tem o interesse de limitar o trabalho em andamento e por que alguns papéis no kanban são opcionais.

Esse é o resumo do curso. Vamos começar?

A Equipe Ágil - Equipe Ágil

Para entendermos como funciona uma equipe ágil, o ideal é recapitularmos um pouco para entendermos como funciona uma equipe não ágil. Ela funciona de forma tradicional, faseada, quando o trabalho é dividido em categorias e tenho um time de especialistas para cada etapa. Alguém bom em análise, alguém em desenvolvimento, alguém em teste. Enfim. Em todas as etapas necessárias para o produto ficar pronto no fim do fluxo.

Qual o problema nesse tipo de abordagem? A pessoa responsável pela análise termina o trabalho dela ali. Se lá na frente o produto tem um problema, é difícil fazer o rastreamento para entender a causa do problema. É como um grande telefone sem fio. As coisas perdem a comunicação. A pessoa na ponta da linha de montagem tem pouco contato com quem iniciou.

Aí tem uma coisa interessante. Cada um vai fazer um tipo de trabalho diferente, com resultados diferentes. O analista entrega uma especificação, o designer entrega o protótipo, o desenvolvedor entrega o código, o tester entrega um relatório. Essas peças individualmente não têm valor. Só tem valor todas juntas.

Para conseguir entregar tudo junto, preciso de um time multidisciplinar. Preciso de pessoas trabalhando juntas para resolver o problema, ao invés de ter pessoas trabalhando em cada etapa.

A primeira característica de uma equipe ágil é que geralmente ela é multidisciplinar para as pessoas se completarem e levarem as ideias para o produto pronto.

Outra coisa interessante sobre as equipes ágeis, e existe um livro muito bom chamado 5 Disfunções de um Time. Ele lista cinco disfunções que existem em times que não funcionam bem. Podemos mapear vários problemas resolvidas com um time multidisciplinar. Imagine, por exemplo, falta de confiança. Quando trabalho de forma faseada preciso confiar que a pessoa depois de mim vai fazer o trabalho dela direito, senão pode sobrar para mim. Se eu sou desenvolvedor, preciso confiar no analista e no designer, porque se eles não fizerem o trabalho deles bem vai sobrar para mim.

Se trabalhamos todo mundo junto, podemos matar esse problema. A mesma coisa com a falta de compromisso, fuga de responsabilidade. Se deu problema e a empresa não gerar lucro com o produto, o problema é de todo mundo.

Esse é um livro muito bom. Vou deixar listado para vocês. É bem agradável. Ele lista essas cinco disfunções e mostra como as pessoas conseguiram eliminar ou mitigar bastante. Vocês vão identificar que boa parte dessas coisas estão relacionadas a ter um time multidisciplinar.

Auto organização - Auto organização

A equipe ágil então na maioria das vezes é multidisciplinar. Ela também é auto organizável, mas é algo difícil de entender. Para dar um exemplo, vamos pegar as formigas. Elas se auto-organizam para buscar alimento, se comunicam sobre quem faz cada coisa.

É um exemplo bobo com um detalhe interessante. Elas se auto-organizam para buscar alimento. Elas têm um objetivo em comum. Todas têm o mesmo problema para resolver. Não tenho uma preocupada em fazer uma coisa só. O objetivo é aumentar a colônia.

Eu preciso de todo mundo, como os Power Rangers, cada um tem uma parte do quebra-cabeça para buscar o objetivo final. Como faço isso numa organização? Temos que ter uma visão, uma noção do norte. O que a equipe precisa resolver? Se cada pessoa buscar seu próprio objetivo temos o caos instaurado.

O símbolo que representa o caos é um círculo com setas saindo para lados diferentes. A ideia é exatamente essa. Se tenho um tanto de gente, cada um puxando para um lado, não saímos do lugar. Se pego todas essas setas para a mesma direção tenho um movimento mais rápido.

Quem faz isso muito bem é o Bill Gates, na fundação que ele criou para resolver problemas complexos. Erradicar doenças, achar fontes de energia limpa, etc. Ele delimita o problema. Ele diz qual é e pergunta como resolver. O problema é esse, o que vocês precisam para resolver? As pessoas começam a pensar no que pode ser feito.

Dentro disso, as pessoas trabalham com algumas restrições, como tempo limite. As restrições são naturais e fazem parte de todos os problemas. Eu trabalhei em uma empresa em que o chefe usava uma frase sensacional. Quando algum cliente apresentava um problema, ele falava “dá para fazer isso?”, ele respondia que sim, as únicas restrições são tempo e dinheiro. Se os dois forem infinitos a gente resolve qualquer coisa.

No caso do Bill Gates, o dinheiro é quase infinito. Ele tentou criar um vaso sanitário que não dependesse de rede de esgoto. Quando ele implementou esse problema, ele definiu a restrição de tempo, mas não de dinheiro. Porém, o vaso individual tinha restrição. Um vaso muito caro não adiantaria nada.

Ao delimitar o problema e as restrições, temos o objetivo compartilhado, um intervalo de tempo. As pessoas se auto-organizam. O vaso sanitário é super interessante, porque você vê que as pessoas têm soluções muito diferentes umas das outras, porque havia espaço para criar. Se tivesse a solução delimitada, ninguém ia se auto-organizar. Já estaria organizado, definido.

Auto-organização favorece inovação. As pessoas têm liberdade de pensamento. Outro exemplo que aconteceu numa empresa foi quando um cliente fez uma solicitação e trouxe um problema com um pedaço da solução. Ele disse que precisava identificar os equipamentos e cada um tinha um número de série, só que esse número estava sujo e não conseguia ler. Ele queria colocar um QR code para o operador escanear e ler na cabine da máquina.

Quando ele trouxe isso para a equipe, eu sugeri não limitar o problema e deixar a equipe propor a solução. A equipe sugeriu um bluetooth, que emitiria um sinal. É como se a máquina mandasse um sinal a cada trinta segundos. Assim o técnico não precisaria subir as escadas nem parar o equipamento. Só chegando perto ele já sabia qual era a máquina.

A equipe conseguiu propor novas soluções em função de ter essa liberdade, associada ao objetivo compartilhado, limite de tempo e restrições impostas pelo problema.

Sobre o curso Organização de equipes ágeis: Os papéis existentes em uma equipe

O curso Organização de equipes ágeis: Os papéis existentes em uma equipe possui 82 minutos de vídeos, em um total de 34 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Métodos Ágeis em Inovação & Gestão, ou leia nossos artigos de Inovação & Gestão.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Métodos Ágeis acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

  • 1268 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

Premium

  • 1268 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$75
à vista R$900
Matricule-se

Premium Plus

  • 1268 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$100
à vista R$1.200
Matricule-se

Max

  • 1268 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas