Descubra como estruturar uma apresentação poderosa

Alanis Presotto
Alanis Presotto

Compartilhe

Você já teve dificuldades de reter a atenção da plateia enquanto apresentava algo no seu trabalho?

Uma apresentação poderosa é aquela que engaja as pessoas, conta uma história, desperta a curiosidade e faz com que os(as) ouvintes prestem atenção no que você tem para falar, do início ao final da apresentação.

Quer saber como fazer isso? Então continue lendo este artigo ;)

apresentação de negócios

Muitas apresentações acontecem todos os dias, mas será que elas são realmente interessantes e passam uma mensagem relevante?

Os primeiros minutos de qualquer apresentação são cruciais, são eles que definem inconscientemente se a plateia vai continuar prestando atenção ou não.

Como mencionado anteriormente, uma apresentação poderosa é aquela que engaja e que chama a atenção da audiência através de uma história envolvente e de elementos visuais, que despertam o interesse e se conectam à mensagem que você está passando.

Se você está no papel de liderança, saiba que técnicas de comunicação e apresentação são competências essenciais para este cargo. Quanto melhor você souber transmitir a mensagem ou ideia, melhor será a compreensão das pessoas do seu time.

Pensando nisso, a seguir, separei algumas dicas de como você pode construir uma apresentação poderosa.

quadro com post-it

Antes mesmo de pensar em como iniciar a sua apresentação, você deve elaborar um planejamento, que pode ser dividido em 3 etapas:

  1. Você conhece a sua audiência?

Primeiro, você precisa conhecer o público para quem fará a apresentação:

  • Qual é a faixa etária?
  • Quais são os seus costumes?
  • Do que gostam?
  • O que vocês têm em comum?
  • As pessoas têm conhecimento teórico sobre o que você irá explicar?
  • E o mais importante: Quais são as expectativas a serem atingidas?

O ideal é que a sua comunicação durante a apresentação seja adaptada de acordo com o perfil dessa audiência.

  1. Qual o propósito e a mensagem da sua apresentação?

Aqui você precisa entender qual é o objetivo da sua apresentação e qual a principal mensagem que será apresentada.

Por exemplo:

Joana vai fazer uma apresentação para a diretoria de sua empresa porque ela percebeu que, se o investimento em marketing digital fosse maior, consequentemente, as vendas também aumentariam, já que o público-alvo do produto é 100% digital.

Então, o propósito da apresentação de Joana é persuadir o público-alvo para que a verba em marketing aumente, com o objetivo de aumentar as vendas.

E, neste caso, a principal mensagem da apresentação é que foi identificada uma forma de trazer mais vendas para a empresa.

  1. Quais serão os conteúdos da apresentação?

A ideia é fazer um brainstorm e anotar todos os conteúdos que surgirem, de acordo com a mensagem principal da apresentação. Depois, é preciso separar as ideias que são realmente relevantes para comunicar a mensagem de forma efetiva.

Introdução da apresentação

introdução

O primeiro passo para começar a apresentação poderosa é fazer perguntas que façam sentido em relação ao que você vai falar e à necessidade do público-alvo (que você já definiu).

A partir dessas perguntas, seus espectadores podem se identificar com você e com o que você tem para apresentar, criando uma conexão. Para isso, existem dois tipos de perguntas que você pode utilizar:

  • As mais abertas: que precisam de uma frase para serem respondidas.
  • As mais fechadas: que podem ser respondidas rapidamente com “sim” ou “não”.

Para o início de apresentações, você pode utilizar perguntas mais fechadas para aumentar a interação do público, já que essas podem ser respondidas facilmente com um “sim” ou “não”, enquanto as respostas das perguntas abertas precisam ser mais elaboradas.

Por exemplo:

Recapitulando o exemplo da Joana, que vai fazer uma apresentação para a sua diretoria com o intuito de conseguir mais verba para o marketing e aumentar as vendas da empresa.

Vamos dizer que a necessidade da empresa na qual Joana trabalha e das pessoas da diretoria são:

  • Aumentar as vendas
  • Expandir a empresa

Então, as perguntas que a Joana poderia fazer no começo da apresentação poderiam ser:

  • Vocês gostariam de ter mais vendas?
  • Vocês gostariam de ganhar mais dinheiro para expandir a empresa?

Utilizando o storytelling

storytelling

Outra forma de envolver as pessoas em sua apresentação é utilizar a técnica de Storytelling, uma forma de contar histórias, gerando emoção e engajando o público. Essa história pode ser uma série de ações que faz com que o(a) personagem principal supere obstáculos, a fim de alcançar um objetivo.

O Storytelling não é utilizado somente para persuadir pessoas em uma apresentação, mas também é muito utilizado nas vendas por gerar maior impacto no público, aumentando a conversão.

Uma boa notícia é que, você pode conferir um artigo só de Storytelling da Alura para se aprofundar mais nessa técnica de contar histórias.

Se o tempo que você tem disponível for curto para fazer a sua apresentação, você pode utilizar a técnica do Pitch, que é uma apresentação rápida com o objetivo de convencer alguém a comprar uma ideia.

As apresentações de pitch são comuns entre empreendedores(as) e investidores(as). No link a seguir, você pode conferir um artigo sobre Exemplos de Pitch Elevator para saber mais sobre o assunto.

Concluindo a apresentação

reunião de trabalho

Para concluir uma apresentação poderosa, você pode resumi-la aos pontos mais importantes apresentados. Uma forma interativa de finalizar utilizando o resumo é pedir para a audiência resumir a apresentação em uma frase, por exemplo:

  • Quais foram os maiores ensinamentos?
  • Quais foram os principais pontos que vocês entenderam dessa apresentação?
  • Se fosse para resumir essa apresentação em uma única frase, qual seria?

Essas perguntas promovem o envolvimento das pessoas que estão participando da sua apresentação, o que é muito importante.

Para dar um ar de mistério e fazer com que as pessoas não esqueçam a sua apresentação e o propósito dela, termine a apresentação utilizando uma frase que traga reflexão, através de uma chamada para ação.

Vamos voltar ao exemplo da Joana.

O objetivo dela era conquistar mais investimento para o marketing e, assim, aumentar as vendas. Ela poderia terminar a apresentação fazendo uma mini provocação para diretoria com a frase:

"Onde a empresa estaria e quais seriam as conquistas se tivéssemos o triplo das vendas que temos hoje?"

Bônus

slides

Para concluir este artigo, eu deixo um bônus para você, que decidiu fazer a apresentação com slides. Seguem algumas dicas de boas práticas para você arrasar :)

Um slide poderoso e cativante tem elementos visuais que interagem com a narrativa de quem está apresentando. Esses elementos devem facilitar a compreensão, sem sobrecarregar a platéia ou atrapalhar a mensagem principal da apresentação.

Você concorda que, quanto mais elementos tiver nos slides, mais a atenção da platéia estará focada em entender o que tem escrito nos slides? E que a plateia pode parar de prestar atenção no que a pessoa está falando para ler os textos da tela?

exemplo de slides

Os slides servem para complementar a mensagem que a pessoa apresentadora está falando, e não o contrário. Na imagem acima, à esquerda podemos observar que o slide contém excesso de informações em texto, enquanto o slide à direita passa a mesma mensagem, mas com textos mais resumidos, acompanhando uma imagem relacionada às informações, de forma compacta, bem distribuída e que chama atenção. Por isso, atenção à quantidade e distribuição de elementos nos slides da sua apresentação. Esse cuidado pode fazer toda a diferença!

Assista este TEDx do David JP Phillips sobre como evitar a morte do Powerpoint, no qual ele mostra a diferença entre um slide ultrapassado — cheio de informações, sem contraste, com letras ilegíveis e que não chama a atenção — e um slide que cumpre sua função.

Quer saber mais sobre o assunto? Então confira o curso de “Oratória para líderes” e desenvolva ainda mais seus conhecimentos para uma apresentação poderosa!

Veja outros artigos sobre Inovação & Gestão