Marketing Digital: como e por que você deve começar a estudar

Ana Mascarenhas
Ana Mascarenhas

Compartilhe

Imagem de fundo azul com diversas esferas e pequenos desenhos que remetem à negócios, acordos, pessoas, tempo e dinheiro. Do lado esquerdo da imagem, mãos de uma pessoa segurando um telefone celular.

Quanto tempo você passa, em média, no celular durante o dia? E desse tempo, quanto é usando a internet? Seja acessando o Google, redes sociais, sites e portais? Agora pense em todas as propagandas ou anúncios de lojas, serviços, produtos, que aparecem para você durante esse tempo: isso é Marketing Digital, esse conjunto de ações publicitárias praticadas pelas empresas e marcas no mundo online.

Uma pesquisa feita em 2018 pelo IBGE concluiu que 8 em cada 10 lares brasileiros têm acesso à internet, e desses 8, cerca de 99% usam o celular como meio de acesso. Concluímos com esses números que, em média, 80% da população brasileira é impactada pelo mundo digital, e isso significa que a publicidade na internet já atinge muito mais da metade do Brasil. Olhando para números concretos, esses são os dados mais recentes, produzidos em outubro de 2020, pela parceria da We Are Social e a Hootsuite, sobre os internautas brasileiros em cada plataforma de interação online:

  1. Facebook - 130 milhões de contas ativas
  2. WhatsApp - 120 milhões de usuários
  3. YouTube - 105 milhões assistindo e postando todos os meses
  4. Instagram - 95 milhões de contas ativas
  5. LinkedIn - 46 milhões de usuários ativos
  6. Pinterest - 38 milhões
  7. Twitter - 16,6 milhões
  8. TikTok - 16,5 milhões

Em meio a tanta interatividade e conexões, o Marketing Digital transformou a comunicação das pessoas e revolucionou o comportamento das marcas com os seus consumidores. Com as ações de publicidade online os anunciantes chegam direto ao seu potencial consumidor sem gastar tanto quanto as ações de publicidade tradicionais. Por exemplo, com apenas R$50 você consegue fazer uma publicação patrocinada no Instagram do seu negócio, e ainda direciona aquela postagem para o público alvo correto com as possibilidades de segmentação (sexo, idade, interesses, comportamento de compras online etc.) que só existem no Marketing Digital. Em contrapartida, com os mesmos R$50 você jamais conseguiria anunciar sua empresa em um Outdoor.

Como começar o Marketing Digital da sua empresa

Ter presença digital nos dias de hoje é basicamente uma obrigação para todo e qualquer negócio, é como ter o número de CNPJ. Se você tem uma microempresa, se é uma pessoa autônoma e atua como freelancer ou quer atuar, não importa o porte, o seu serviço/produto precisa de uma vitrine na internet para que seja encontrado por quem procura. O comportamento comum do consumidor atual é buscar referências de uma empresa, ou de um produto, na internet antes de efetuar a compra. Quantas vezes você já fez isso?

Diante dessa informação, sei que você deve estar ansioso ou ansiosa para começar logo o marketing digital do seu produto, mas, também sei que deve estar com muitas dúvidas: Qual é a melhor plataforma? Preciso estar em todas as redes sociais? Como chegar ao público ideal? Calma! Existem estratégias certeiras que ajudam a responder a todas essas perguntas. A primeira delas é estudar marketing digital para saber posicionar o seu negócio na internet, se ainda não iniciou, o que está esperando? A Alura tem uma formação ótima sobre esse assunto. Enquanto isso, comece seguindo essas dicas básicas:

  • Crie seus perfis (comerciais, e não pessoais) nas redes sociais que deseja atuar;
  • Gere conteúdo de relevância para criar a sua audiência como, por exemplo, dicas sobre a produção do seu serviço, vídeos de backstage, curiosidades e diferenciais do seu produto, enfim, redes sociais são sobre relacionamento com o público;
  • Crie conexões com a sua audiência - entenda o que o seu público gosta de ver nas suas redes, converse diretamente com eles e estreite o laço entre a empresa e o consumidor.

Áreas de atuação do marketing digital

Agora, se você não tem um negócio e não presta nenhum serviço e nem pensa em fazer isso tão cedo, existem outras variadas áreas do marketing digital onde você pode atuar, seja em uma empresa ou em uma agência de marketing. Quer ver algumas delas?

  • Atendimento: dentro de uma agência é responsável por mediar a comunicação entre cliente e equipe, é o profissional de atendimento que recebe as solicitações, organiza as demandas e mantém o relacionamento mais próximo com o(a) consumidor(a);
  • Planejamento estratégico: algumas empresas e agências contam com o profissional de planejamento, ou gerente de projetos, que é quem traça todas as ações para uma determinada campanha: estabelece a verba, os veículos de comunicação, a duração da campanha etc;
  • Criação: como o nome já diz, é responsável pelos criativos de uma ação de marketing. Esse profissional tem que dominar edições gráficas ou edições de vídeo, ou ambos. Toda equipe de marketing digital precisa do profissional de criação;
  • Copywriter: é responsável pela parte textual de cada ação. Um pouco diferente de redator, o profissional de copy precisa dominar as técnicas de criação de um texto persuasivo e sedutor, na linguagem da internet e do público alvo que a ação será direcionada;
  • SEO: é responsável por cuidar das estratégias de SEO (Search Engine Optimization), precisa conhecer tudo da área para trazer uma audiência qualificada para dentro do site da empresa de forma gratuita, ou seja, com ações de marketing orgânico. Esse profissional precisa dominar bastante o algoritmo do Google;
  • Gestor de tráfego pago: por último e não menos importante, a pessoa responsável pelo tráfego pago é quem vai gerir todas as ações patrocinadas da empresa, seja via Google ou redes sociais. Toda equipe de marketing digital também precisa dessa pessoa.

Ainda existem várias áreas de atuação no marketing online, algumas se ramificaram e viraram equipes (social media, por exemplo, é visto como uma equipe na empresa, e não mais como um profissional apenas), mas todas têm a sua importância.

Marketing digital traz retorno financeiro?

Toda ação de marketing digital bem planejada e bem aplicada trará retorno financeiro, seja em volume de vendas ou fechamento de pedidos de orçamento. Com as estratégias corretas, o marketing digital entra em uma engrenagem e começa a rodar praticamente sozinho.

Falando em salários, na atuação dentro de uma empresa ou de uma agência, a média salarial de um analista de marketing digital júnior é de R$2500, podendo chegar a média de R$9000 em um cargo de gerência. E não estamos contando com as comissões e participações em resultados ou lucros.

Agora que você entendeu um pouco mais sobre o funcionamento do marketing digital e a dimensão do seu alcance e das suas possibilidades, comece a estudar pelo curso de Marketing Digital: Por onde começar que abre a formação de Marketing Digital da Alura. Um mundo de oportunidades se abrirá para você!

Ana Mascarenhas
Ana Mascarenhas

Ana é publicitária, especialista em marketing digital, e cursa Mestrado em Comunicação e Mídias. Trabalha com redes sociais, produção de conteúdo, mídia paga e performance desde 2014, onde começou sua carreira na área de criação de uma agência. Hoje é instrutora na Alura, e além de ensinar, aprende cada vez mais com as infinitas novidades e possibilidades do universo online.

Veja outros artigos sobre Inovação & Gestão