Peça um orçamento Login
Artigo

Soft Skills: 3 dicas para a comunicação corporativa

Redação Alura

A comunicação tem se mostrado uma ferramenta cada vez mais valiosa no dia a dia de trabalho. Por trás dessa afirmação está a característica natural do ser humano de se beneficiar da troca. Em outras palavras, nós nos comunicamos por necessidade: todos os nossos relacionamentos humanos se dão com base na comunicação, seja social, profissional ou, até mesmo, individual.

Dentro do ambiente corporativo, a comunicação se torna um grande aliado em qualquer departamento. A verdade é que, com uma comunicação efetiva, todos os setores de uma empresa podem se beneficiar. Colaboradores podem informar problemas para os seus líderes com mais facilidade, supervisores podem trazer feedbacks construtivos com maior frequência e uma equipe pode trocar informações sem grandes perdas de conteúdo.

Conseguir construir uma boa comunicação, entretanto, não é tão fácil como parece. Se comunicar bem não se limita, simplesmente, a se comunicar. Saber se comunicar bem também é uma habilidade que pode, e deve, ser trabalhada constantemente.

Com isso em mente, reunimos grandes especialistas em Soft Skills para contar um pouco mais sobre as diversas formas de otimizar a comunicação na sua empresa. Adriano Almeida e Priscila Stuani conversaram com Isadora Oliveira, líder de recrutamento no Nubank, e Cristiane Piza, consultora de desenvolvimento de lideranças.

Nesse artigo, vamos compartilhar três ensinamentos incríveis que foram discutidos durante a live.

Soft Skills podem ser divididas em dois grandes grupos

Soft Skills são todas as habilidades desenvolvidas por uma pessoa que dizem respeito ao seu comportamento social. Para facilitar o seu entendimento, é interessante separá-las em dois grandes grupos.

  • Interna
  • Externa

Internas são todas as Soft Skills que estão diretamente ligadas a nossa inteligência emocional e a forma com que você se conhece enquanto indivíduo: Quais são seus pontos fortes? O que pode te deixar frustrado? O que fazer para lidar com a sua frustração? Você sabe se organizar? Quais são as suas prioridades?

Externas são todas as nossas habilidades relacionais. Nessa categoria, perpassa capacidades de comunicação para além da nossa individualidade: Você consegue se comunicar de forma clara? O outro consegue compreender o que está sendo dito? Você tem capacidade de ter empatia e inspirar?

Fazer essa distinção é importante para compreender a amplitude que um leque de Soft Skills pode ter. Trabalhar as suas habilidades envolve muito mais do que, simplesmente, se entender emocionalmente. Estudar suas Soft Skills também envolve a maneira com que você externaliza os seus próprios sentimentos para um grupo.

Trate os outros como eles gostariam de ser tratados

Cada pessoa é um indivíduo. Nós vivemos em uma única sociedade, mas construímos nossos próprios gostos, sentimentos e costumes. Parece óbvio, mas, às vezes, é importante lembrar que: gostar de ser tratado de uma certa forma, não significa, necessariamente, que esse sentimento deve ser espelhado com quem você se relaciona.

Precisamos encontrar em nossa comunicação maneiras de adaptá-la e moldá-la conforme nos relacionamos com pessoas diferentes.

Há quem goste de mais formalidade, quem gosta do contato físico como demonstração de afeto, entre outros. Nós somos múltiplos. Faça um exercício de observar como cada pessoa da sua equipe gostaria de ser tratada e flexibilize a sua comunicação para atender essas diferenças. A empatia está nos pequenos detalhes.

Feedbacks são presentes!

Há um grande estigma de que feedbacks realizados entre líderes e colaboradores são necessariamente negativos.

Em sua essência, o feedback é uma estratégia para que colaboradores consigam identificar com mais facilidade quais são os seus pontos fortes e quais skills precisam de melhora. Através dele, construímos um espaço para que se possa crescer pessoalmente e profissionalmente e passamos a enxergar certos hábitos que podem, muitas vezes, passar batido no nosso próprio julgamento.

Diferente do que muitos pensam, um feedback frequente pode construir a segurança psicológica de uma equipe. O que fazer, porém, para dar um feedback que não pareça agressivo?

O primeiro passo é fazê-lo de forma estruturada. Pense bem no que você irá falar, como isso pode afetar a pessoa com quem você está se comunicando e tenha empatia. Em seguida, sempre ofereça exemplos concretos do que está sendo dito e seja bem específico. Dessa forma, o colaborador pode compreender melhor de onde a crítica está vindo.

E, lembre-se, não se esqueça de oferecer feedbacks positivos! Um feedback não precisa, necessariamente, vir carregado de uma mensagem ruim. Às vezes, tudo está ocorrendo da melhor maneira possível e isso também deve ser externalizado! O feedback positivo é uma forma muito efetiva de engajar seus colaboradores e inspirar pessoas.

Como otimizar a comunicação na sua empresa

Como todas as Hard Skills, Soft Skills também podem ser trabalhadas, exercitadas e aprimoradas diariamente. Aproveite toda experiência de comunicação, seja interna ou externa, como uma oportunidade de exercício. Criar consciência sobre a forma com que nos comunicamos é um grande passo para começar a ter auto responsabilidade sobre a maneira que nos colocamos no mundo corporativo.

Quer saber ainda mais como otimizar a comunicação na sua empresa?

Conheça o novo e-book da Priscila Stuani, neuroeducadora aqui na Alura: Soft Skills - Como otimizar a comunicação na sua empresa. O livro está disponível para download totalmente gratuito.

Para obtê-lo, basta acessar o link e fazer o seu download!

Aqui na Alura Para Empresas, nós te ajudamos a investir em Soft Skills para construir uma verdadeira comunicação na sua empresa. Entre em contato conosco para criar uma estratégia dinâmica e assertiva para a sua comunicação corporativa.

Estas empresas confiam na Alura para Empresas

Junte-se a mais de 5000 empresas que já capacitaram seus times com nossas formações.

  • Logo daa Dasa class=