Peça um orçamento Login
Artigo

Método Scrum: Conceitos e Como montar nas Empresas

Redação Alura

Produtividade sempre foi um conceito bastante discutido no mundo corporativo. Um colaborador produtivo que entrega resultados satisfatórios com agilidade e rapidez é um sonho de qualquer empresa.

Encontrar maneiras saudáveis de engajar um funcionário para contribuir com que ele ofereça o seu melhor desempenho, entretanto, pode ser um desafio.

A metodologia Scrum foi desenvolvida buscando promover maneiras de alcançar ótimos resultados de produtividade através do gerenciamento de tarefas e projetos. Esse método tem ajudado equipes de empresas diversas a realizarem projetos de maneira fluida, dinâmica e rápida.

Nesse artigo, vamos te ajudar a implementar o Scrum no dia a dia e a melhorar ainda mais a produtividade do seu time!

 scrum

O método Scrum

Scrum é uma metodologia ágil desenvolvida para potencializar equipes no ambiente de trabalho.

O Scrum se baseia em princípios que podem ser encontrados dentro do Manifesto Ágil, um manifesto criado por 17 autores que discorrem sobre a utilização de ferramentas, contratos e planos para o sucesso de um projeto.

Inicialmente, o método foi desenvolvido com o objetivo de atender demandas de empresas de software, mas, hoje em dia, tem se difundido em empresas de diversos segmentos.

Segundo o Scrum Guide, o guia oficial da metodologia, “Scrum é um framework dentro do qual pessoas podem tratar e resolver problemas complexos e adaptativos, enquanto produtiva e criativamente entregam produtos com o mais alto valor possível”.

O grande diferencial por trás desse método é prezar por uma entrega fracionada de um projeto.

Quer entender como esse método funciona na prática? Vamos observar o exemplo abaixo:

Você trabalha no setor de RH e está fazendo um processo de seleção de um novo colaborador. Ao invés de mostrar o resultado obtido de 50 entrevistas, você poderia apresentar, inicialmente, apenas 5 delas.

E por que seria interessante apresentar esse resultado fracionado?

Supomos que, inicialmente, você entrevistou 5 candidatos e nenhum deles estava de acordo com a vaga. Utilizando a metodologia Scrum, você faria uma análise parcial após essa entrega fracionada e perceberia que existe algo atrapalhando a seleção.

Algo está dando errado, mas ainda há tempo de mudar!

Se você esperasse entrevistar todos os 50 candidatos para analisar seus resultados, perceberia de maneira tardia que algo precisava de mudanças, o que acabaria gerando grandes gastos.

Vamos a um exemplo mais visual: pense em uma casa em construção.

Se você analisar a sua construção apenas ao final da obra, será muito mais difícil resolver um possível problema encontrado agora do que se isso tivesse sido observado enquanto a construção acontecia.

O método Scrum é sobre encontrar problemas antes que eles virem grandes dores de cabeça aos envolvidos. Ao fragmentar os projetos em pequenas partes, se algo não sair conforme o planejado, é possível intervir e evitar retrabalhos.

 scrum

Conceitos básicos do Scrum

Agora que você já descobriu o que o Scrum pode fazer pelo seu time, é hora de entender como aplicá-lo!

No começo, os diversos conceitos envolvidos na metodologia podem parecer intimidadores, mas não se preocupe. A seguir, vamos trazer uma explicação para que você compreenda cada um deles com calma!

Papéis importantes

É importante ressaltar que, dentro dessa metodologia, não existem cargos e, sim, papéis. Todos os papéis são importantes para que o método possa fluir com facilidade e dinamismo.

Product Owner, também conhecido como P.O., é o responsável pela parte de negócios.

Ele vai realizar a comunicação com o cliente, definir o que terá de ser feito dentro do projeto e qual será o nível de prioridade de cada tarefa. Também gerencia o product backlog, que você vai conhecer mais adiante.

Scrum Master é a pessoa que precisa ter um bom conhecimento sobre Scrum e outras metodologias ágeis.

Ela percebe as necessidades do time, garante a comunicação entre a equipe e resolve os impedimentos que surgem durante o projeto. Como um moderador, mantém a ordem e também ensina aos outros membros da equipe sobre Scrum e resolução de problemas.

Equipe configura todos os colaboradores envolvidos na construção do projeto.

A equipe vai variar conforme o tipo de trabalho exigido. Por exemplo, na criação do layout de uma revista, ela precisaria ser composta por designers.

Glossário de estratégias

  • Product backlog

O lugar em que o P.O. escreve tudo o que será necessário ter naquele projeto para que ele seja executado e organizado de acordo com a prioridade.

Na construção de uma casa, por exemplo, construir as paredes estaria no topo e a sua pintura estaria em uma posição mais baixa. A pintura também é importante, porém, sem ela, uma casa continua sendo uma casa; sem paredes, não.

  • Sprint

O tempo para entregar valor para o cliente.

Neste caso, o cliente pode ser qualquer pessoa que esteja precisando daquele projeto. Por exemplo, é necessário entregar o fechamento do mês para o líder da área financeira, logo: o líder seria o cliente.

Como o Scrum preza a entrega por meio de fragmentos, as Sprints precisam durar, no máximo, um mês.

  • Planning

Reunião que abre toda sprint. Nela, o Product Owner mostra o Product Backlog para a equipe e é discutido o que será feito na sprint iniciada.

Segundo o Scrum Guide, as plannings precisam levar 5% do tempo de uma sprint. Isto é, se a sprint tem 80 horas de duração (duas semanas de trabalho, trabalhando 8 horas por dia), a planning pode levar, no máximo, 4 horas.” - Lucas Takeshi | Ex-Professor de Scrum do Grupo Alura.

  • Daily

Reuniões que acontecem diariamente e, idealmente, não devem ultrapassar 15 minutos de duração. Elas são importantes para manter a comunicação e transparência entre o time, já que a metodologia Scrum não trabalha com a delegação de tarefas e, sim, com iniciativas.

Apenas 3 perguntas devem ser respondidas na Daily, sendo elas:

- O que eu fiz? – O que a pessoa fez da Daily anterior até essa;

- O que vou fazer? – O que a pessoa fará até a próxima reunião diária;

- Tive algum problema ou impedimento que me atrapalhou?
  • Sprint backlog

A cada Sprint, um subconjunto prioritário do Backlog é separado para ser feito pela equipe. Esse subconjunto é chamado de Sprint Backlog e nele é decidido o que será feito na próxima Sprint.

  • Review

Ao final de cada Sprint, é feita uma reunião com o time e o cliente para mostrar os resultados alcançados até então. A review é extremamente importante, pois é nela que alinhamos as necessidades do cliente com o que está sendo produzido e, se houve erros ou mudanças no projeto, todos ficam cientes.

Ainda de acordo com o Scrum Guide, as reviews precisam durar 2,5% do tempo de cada sprint. No caso da sprint de 2 semanas, com 80 horas de trabalho semanais, a review poderia durar, no máximo, 2 horas.” - Lucas Takeshi | Ex-Professor de Scrum do Grupo Alura.

  • Retrospectiva

Após as reviews, são feitas reuniões de retrospectiva em que somente o time participa. Nessas reuniões são tratados assuntos da equipe para descobrir se todos estão satisfeitos com o trabalho, se há sugestões de melhoria e descobrir o grau de satisfação da equipe.

O tempo é importante

Como tudo tem um propósito e um objetivo muito claro com Scrum, é interessante que o tempo seja bem organizado. Todo minuto importa!

Tenha em mente, porém, que o Scrum sempre preza pela flexibilidade no desenvolvimento dos projetos. Se sentir que algo não está funcionando da maneira que deveria, talvez seja importante dar um passo para trás e refletir!

Como está escrito no manifesto: “*Mudanças nos requisitos são bem-vindas, mesmo tardiamente no desenvolvimento. Processos ágeis tiram vantagem das mudanças visando vantagem competitiva para o cliente”.

Transparência, visualização e comunicação

Uma grande parte do Scrum é prezar pela transparência e visão ampla do que está acontecendo com o projeto e a equipe.

E é exatamente para isso que existe o Quadro Scrum!

Nesse quadro, são organizados os projects backlog, as tarefas que estão sendo trabalhadas na sprint atual e o andamento das atividades.

 quadro scrum

Como montar um Quadro Scrum

Seu Quadro Scrum pode ser tanto um quadro branco, com notas de papel coladas para cada tarefa, quanto um quadro digital em um software especializado.

Aqui na Alura, nós gostamos de usar o Trello, uma ferramenta de gerenciamento de projetos que permite que as pessoas tenham uma visão ampla das tarefas que estão executando.

O Trello aumenta a interação e produtividade dos times, fornecendo todas as informações necessárias para que um projeto seja desempenhado da melhor forma possível.

O mais importante, porém, é que a equipe se sinta confortável com o meio escolhido!

Scrum para todas as horas e áreas

Adaptável a qualquer negócio, empresas do mundo todo tem colocado essa metodologia em prática e, a partir dela, criando seus próprios métodos ágeis.

De acordo com um artigo publicado na Infoq, o Spotify criou sua própria metodologia ágil, totalmente adaptada ao produto e aos objetivos da empresa.

Já a Open View, aproveita os benefícios do Scrum em diversas áreas, como vendas, marketing e, até mesmo, no setor financeiro.

Acredita que o Scrum pode funcionar para você?

Para compreender o Scrum ainda mais, é interessante conhecer profundamente sua filosofia e sua proposta.

Quer uma ajudinha nossa? Se você gostou e quer saber mais sobre o assunto e como implementar a cultura ágil em sua empresa, fale com a gente! Vai ser incrível ajudar você :)

Estas empresas confiam na Alura para Empresas

Junte-se a mais de 5000 empresas que já capacitaram seus times com nossas formações.

  • Logo daa Dasa class=