Principais comunidades de Front-end

Principais comunidades de Front-end
Lorena  Garcia
Lorena Garcia

Compartilhe

Quando entramos na área da tecnologia é como se estivéssemos descobrindo um mundo completamente novo. E, nessa caminhada, você pode se sentir só e sem rumo. Então, para lhe mostrar que não tem apenas você nessa jornada, vou trazer nesse artigo algumas comunidades de front-end para que possa conhecer e fazer parte.

O que é uma comunidade?

Comunidade é um grupo de pessoas que se reúnem para trocar ideias, dividir experiências e criar eventos (como palestras e workshops, que podem ser presenciais ou on-line). Nesses grupos, diversos temas são debatidos, principalmente sobre as principais demandas do mercado e as tendências da atualidade.

Esses espaços são conhecidos por oferecerem bastante suporte, o que é incrível para quem está começando agora na carreira de dev. Neles, você encontrará desde as pessoas iniciantes até as mais experientes e todas estão dispostas a ajudar com qualquer dúvida. O fato é que uma pessoa antes de você já pode ter tido perguntas semelhantes às suas e, nesses grupos, você pode encontrar a solução rapidamente.

Além disso, você pode se manter informado sobre as boas práticas, novidades, receber feedbacks, conhecer pessoas novas e se conectar com elas. Aliás, fazer networking é importante em qualquer área, pois, ao se conectar com diferentes tipos de pessoas, você não cresce apenas profissionalmente, mas como indivíduo também.

Há muitas comunidades para pessoas desenvolvedoras por aí. Por isso,nesse artigo, irei trazer as principais comunidades voltadas para o Front-end. Vamos lá?

Comunidades do Front-end para fazer parte

Stack Overflow

Uma imagem que mostra a página inicial do stack overflow.

O Stack Overflow é um site de perguntas e respostas dedicado a pessoas que já programam ou que querem aprender a programar. A comunidade responde e faz perguntas constantemente, e as pessoas usuárias votam nas melhores para que elas subam no feed e sejam encontradas com mais facilidade. Existem muitas perguntas em inglês, mas, se você quiser, pode ir até a parte que está tudo em português. Legal, né?

Você também ganha reputação quando vota nas suas perguntas e respostas. Em níveis mais altos, você ganha privilégios como a permissão de moderação e passa a ajudar a manter a qualidade do site e da comunidade.

GitHub

Uma imagem que mostra a página inicial do front-end br.

O GitHub é uma plataforma onde você compartilha seu código e arquivos com controle de versão usando o Git. Ele é como uma rede social para pessoas que programam. Assim, você pode seguir pessoas, trocar mensagens e contribuir em projetos privados ou Open Source.

Apesar do GitHub ter muitas trocas em inglês, vou trazer aqui uma opção maravilhosa em português.

Na plataforma existe um fórum incrível chamado Front-end Brasil. Ele foi criado com o objetivo de reunir dúvidas vindas de outras redes sociais, como Facebook, mas que acabavam perdidas depois de um tempo. Ou seja, as pessoas criadoras deste espaço queriam unificar todas as discussões em um só local e escolheram, justamente, o GitHub por ser mais fácil de encontrar dúvidas antigas.

Na página principal tem o link que te leva para o fórum, outro para divulgação de vagas na área de Front-end e o terceiro link vai para a parte de eventos. O mais legal é que qualquer pessoa pode adicionar uma vaga, criar um evento ou dar sugestões, desde que esteja dentro das diretrizes do site, claro.

MDN Web Docs

Uma imagem que mostra a página inicial do mdn.

O MDN Web Docs é um projeto colaborativo open source que documenta tecnologias de plataforma da Web, como HTML, CSS, JavaScript e APIs da Web. Eles também fornecem uma grande coleção de recursos aprendizagem para devs e estudantes iniciantes, como uma trilha de estudos para desenvolvimento front-end, que você pode acessar em inglês ou português. Top, né?

Nessa área, o MDN se propõe a levar você de iniciante a confortável, para que, a partir desse conhecimento básico, você trilhe seu caminho no mundo da programação. E caso você tenha dúvidas ou fique preso em um problema, eles também disponibilizam um fórum para que você poste sua pergunta e outras pessoas possam te ajudar.

Coderwall

Uma imagem que mostra a página inicial do coderwall.

O Coderwall é uma comunidade de devs para aprender e compartilhar dicas de programação. Há uma seção de dicas específicas para ajudar a resolver problemas ou aprender coisas novas, separadas por tags. Você pode pesquisar “front-end”, por exemplo, e irá encontrar tudo relacionado ao assunto.

Além de existir muitos recursos para iniciantes e devs mais experientes, também há áreas exclusivas para dicas de JavaScript, CSS, HTML, Python, Ruby, iOS e vários outros assuntos, em que você tem total liberdade para perguntar ou postar dicas.

Um ponto importante é que a maior parte do conteúdo é em inglês, mas isso não precisa ser um empecilho, pois você pode usar o recurso de tradução caso queira, como o Google Tradutor ou o DeepL.

WoMakersCode

Uma imagem que mostra a página inicial do womakerscode.

A WoMakersCode tem a missão de inspirar e impulsionar meninas e mulheres que desejam ingressar ou se especializar em carreiras ligadas à tecnologia e inovação. Dessa forma, é uma organização que cria várias iniciativas de capacitação, mentoria, empregabilidade e conteúdos digitais. Ou seja, você mulher que se sente sozinha nessa área, onde os homens ainda são maioria, tem a possibilidade de se conectar com outras mulheres e aprender muito com elas.

A organização também disponibiliza várias palestras, workshops e feira de vagas que você pode se inscrever através desse link de forma online e gratuita. E olha só que demais: se quiser, você pode se inscrever para ser palestrante voluntária.

She's Tech

Uma imagem que mostra a página inicial do she’s tech.

A She’s Tech tem três pilares: inspirar, engajar e capacitar. Ela atua pela conscientização do mercado sobre a diversidade, inclusão e estimula a auto-aceleração através da liderança e protagonismo.

Além disso, por meio dela, diversos eventos online e gratuitos são promovidos, onde outras mulheres que já estão atuando na área da tecnologia repassam o que aprenderam durante a vida. Essa comunidade também possui um grupo no telegram para postar e compartilhar oportunidades de trabalho, eventos e cursos para mulheres.

Minas Programam

Uma imagem que mostra a página inicial do minas programam.

O Minas Programam foi criado para desafiar a influência dos estereótipos de gênero e de raça na relação de mulheres com as áreas de ciências, tecnologia e computação, de acordo com as criadoras.

É um projeto que dá oportunidades de aprendizado sobre programação para meninas e mulheres (cis ou trans) e pessoas não-binárias, especialmente aquelas que são negras ou indígenas, por meio de cursos gratuitos, dicas de livros, oficinas e apoio para as futuras devs que não têm um computador para começar a programar.

Comunidades Tech

Uma imagem que mostra a página inicial do Comunidades Tech

O Comunidades Tech é um projeto open source, onde você pode pesquisar por vários grupos de tecnologia e filtrar por: categoria, tipo, cidade, país, nome da comunidade, entre outros. Após escolher qual você quer participar, é só clicar para encontrar os links de entrada do grupo, que podem ser no discord, facebook, slack, meetup, telegram, whatsapp e até em podcast.

Você também pode criar seu próprio grupo e cadastrar lá para que outras pessoas encontrem e sua comunidade cresça.

Conclusão

Muito legal né? E você, já participa de comunidades?

Sempre há novidades no mundo da programação e mergulhar em comunidades é muito importante para o seu desenvolvimento como dev. Se você já participa, usufrua de tudo o que ela tem para oferecer, ajude as pessoas, participe de conversas, vá aos encontros e palestras.

Lembrando que se você é estudante da Alura temos a nossa própria comunidade no discord, onde você pode pedir ajuda e ajudar várias pessoas. Todas as pessoas estão sempre dispostas a dar aquela dica incrível ou achar o motivo daquele erro que você não consegue encontrar por nada.

Afinal, ninguém consegue fazer tudo só! Se você ainda não faz parte, venha e se encante.

Vou deixar aqui o link para o Alura+ do João Manoel sobre a comunidade da Alura no discord, onde ele mostra como você faz para entrar e explica tudo sobre como utilizar esse aplicativo. Caso você não tenha muita familiaridade, indico muito que assista.

Ah! E se tiver mais dicas de comunidade indique pra gente lá no nosso canal do discord, tenho certeza que todo mundo vai gostar.

Agora é com você! Pesquise sobre as comunidades e participe das que gostar mais.

Até breve!

Lorena  Garcia
Lorena Garcia

Lorena é estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas e, atualmente, faz parte do Scuba Team da escola de Front-end. Ama aprender coisas novas e dividir com outras pessoas. No tempo livre gosta de jogar games variados, ouvir música e assistir animes.

Veja outros artigos sobre Front-end