.NET e o Open Source

.NET e o Open Source
gabriel.ferreira
gabriel.ferreira

Compartilhe

No dia 12 de Novembro a Microsoft surpreendeu a todos e anunciou que a plataforma .NET agora é open source. Apesar de boa parte do código do framework já ter sido aberto na .NET Foundation, agora também fazem parte dessa lista: ASP.NET, o compilador e o core do .NET e o Entity Framework. Tudo isso pode ser encontrado aqui e aqui.

Quem diria, hein? A Microsoft no Github.

Além de abrir o código da maioria de suas bibliotecas, também foi anunciado que serão desenvolvidas juntamente com a comunidade versões da CLR para Linux e Mac. Apesar disso, a Microsoft não deu sinais de lançar o Visual Studio para sistemas operacionais não-Windows.

Mas, para tentar resolver esse problema, alguns desenvolvedores da Microsoft criaram o Omnisharp - um projeto que faz com que o Intellisense e outros recursos do C# no Visual Studio funcionem no Vim, Emacs, Sublime Text e Atom.

Ou seja, apesar de não ter Visual Studio, já dá pra programar em C# no Ubuntu ou Mac OS usando o seu editor favorito.

Foi lançada também uma nova versão do Visual Studio, a Community. Até hoje, quem queria utilizar a ferramenta sem pagar tinha que baixar as versões Express, que tinham muitas limitações. Essa nova versão é gratuita e é equivalente à versão Pro e suporta a instalação de plugins.

A próxima versão(2015) irá suportar nativamente desenvolvimento para iOS, Android e Windows Phone. E, ao que tudo indica, a versão Community também.

Com essa mudança de postura da Microsoft, muitas novidades ainda estão por vir. Com a participação da comunidade no desenvolvimento da plataforma, podemos esperar mais notícias boas. Um grande passo.

A Caelum oferece dois cursos que utilizam a plataforma .NET: C# e Orientação a Objetos e Web Com ASP.NET MVC e Persistência com NHibernate.

Veja outros artigos sobre Programação