Gráfico de pizza

David  Neves
David Neves

Compartilhe

O gráfico de setores, comumente chamado de gráfico de pizza, é uma visualização que representa um valor relativo de cada categoria estabelecida em relação a um todo. Porém, essa visualização tem sido fortemente criticada quanto a sua utilização por alguns fatores, e são eles que veremos agora.

Cores

As categorias no gráfico de pizza podem ser representadas por cores distintas ou por apenas uma cor com intensidades diferentes.

gráfico de pizza
gráfico de pizza

Dependendo da quantidade de categorias, muitas cores são utilizadas, implicando diretamente na acessibilidade da visualização, afinal, pessoas com daltonismo teriam dificuldade em identificar algumas cores.

Pensando na utilização de uma cor com intensidades diferentes, o problema fica evidente quando tentamos distinguir cada categoria por conta da proximidade da cor.

Legendas

O posicionamento da legenda pode influenciar diretamente na interpretação da visualização, pois quanto mais distantes as legendas ficam do gráfico, maior é a demora para a compreensão do visual. Isso porque, teríamos que dividir a atenção entre a legenda e o gráfico, como mostram os gráficos a seguir:

gráfico de pizza
gráfico de pizza

Categorias

Quando há muitas categorias, a hipótese de uma delas ter a área pequena, é grande, o que dificulta a visualização da mesma.

gráfico de pizza

Nota-se, na imagem acima, que as categorias estão organizadas do maior valor para o menor no sentido horário, pois estamos habituados a ler dessa forma. Portanto, atente-se em organizar as categorias de acordo com a ordem das legendas para facilitar a interpretação do gráfico.

Outro caso que ocorre muito, é a proximidade de valores entre categorias. É muito difícil distinguir uma categoria com 18% e outra com 21% se não tiver um rótulo de dados em razão da semelhança entre as áreas ocupadas no gráfico.

gráfico de pizza

Formato

Para embelezar o relatório, algumas pessoas utilizam ferramentas que possibilitam a criação do gráfico de pizza no formato 3D.

Mas será que é uma boa ideia utilizar esse recurso?

gráfico de pizza

Se observarmos na imagem acima as regiões Leste e Sudeste, ambas têm o mesmo percentual, mas por estar no formato 3D, temos a impressão que a região Leste é maior, o que pode ser problemático se não houver rótulo de dados.

Conclusão

Somente escolha o gráfico de pizza, torta ou até mesmo o de rosca, quando tiver poucas categorias, de preferência dicotômicas. Não esqueça de pensar nas cores e formatos que serão utilizados no gráfico bem como reflita sobre o posicionamento da legenda, buscando sempre um visual mais simples e objetivo. Quando for utilizar muitas categorias, escolha outras opções de visualizações, como o gráfico de barras e o de colunas, por exemplo, por serem mais interpretáveis nesse caso. Lembre-se que visualização eficiente é aquela que a pessoa não precisa se esforçar muito para compreender, não precisa utilizar muito tempo e, além disso, não precisa de explicação sobre como interpretar. Por fim, se você é cientista de dados, é uma boa prática pensar em como deixar as suas visualizações com o mínimo de viés e com o máximo de informações possíveis.

Quer aprender a criar gráficos representativos para a sua análise de dados? Veja esse curso de visualização de dados.

Veja outros artigos sobre Data Science