Conheça as principais etapas da criação de um logo

Guilherme Lombardi
Guilherme Lombardi

Compartilhe

Conheça as principais etapas da criação de um logo

A responsabilidade é grande, uma vez que as empresas contratantes depositam ali toda a expectativa sobre o seu negócio. Isso porque um logotipo deve transmitir com criatividade tudo o que a empresa representa.

Ele deve ser capaz de traduzir a essência da marca para os consumidores, ajudando-os a identificar e consumir produtos e serviços da empresa.

Uma responsabilidade grande, não é mesmo?

Para ajudar nesse processo tão complexo, resolvemos fazer um passo a passo com tudo o que é importante para você mandar bem na criação de logo. Ficou curioso? Então confira!

Tenha um briefing bem-feito

O primeiro contato com o cliente após o fechamento do negócio é muito importante. Isso porque é ele quem vai definir o rumo de todo o seu trabalho. O briefing é um documento em que estão dispostos todos os requisitos para a criação de logo.

Nele estão reunidas informações extremamente importantes, como:

  • Qual é o negócio da empresa;
  • Quais são os tipos de clientes que ela atende;
  • Preços dos produtos ou serviços;
  • Os principais concorrentes;
  • Cores já utilizadas;
  • Preferências e tudo o que for necessário para criar uma marca estrategicamente forte e cheia de conceito.

Nessa etapa, é importante que se saiba sobre a existência de um logotipo anterior ou utilização de algum tipo de elemento específico.

Esse documento tão importante precisa ser lido com atenção e, caso não responda a todas as suas dúvidas, elas devem ser acrescentadas e perguntadas novamente para o cliente, afinal, isso é essencial para garantir a aprovação do trabalho!

Pesquise referências e possíveis soluções

Depois de analisar o briefing e entender a proposta do cliente, o primeiro passo é a pesquisa.

Investigue internamente tudo o que você puder sobre a empresa. Olhe com atenção o site, redes sociais e materiais já existentes. Isso vai ajudar você a imergir na realidade e captar a essência dos valores, objetivos e necessidades da companhia.

Em seguida, analise as tendências de mercado para aquele segmento, busque referências, pesquise a concorrência e não se atenha ao universo local. Referências nacionais e até internacionais são sempre bem-vindas e podem render boas ideias.

Essa etapa é muito importante, portanto, dedique-se a ela. Quanto mais conhecimento sobre o universo da empresa, melhor. Atenha-se a cores, formas, elementos e tudo o que puder ajudar você a chegar a um resultado bacana. Mas fique atento: referência não é cópia! Utilize-as para criar suas próprias ideias!

Colocando a mão na massa: encontre o conceito certo!

A segunda parte do processo vem em decorrência da etapa anterior; enquanto você pesquisa e busca referências, anote tudo o que for interessante e, principalmente, as ideias que forem surgindo. Elas serão de grande importância para que você encontre o conceito criativo para seguir.

Nessa parte, todo o seu conhecimento prévio vai fazer a diferença, e elementos adicionais vindos da psicologia, semiótica e sociologia podem ser importantes.

Desenhe rabiscos no papel e associe os elementos. Misture pontos, texturas e linhas que forem relevantes ao processo.

Depois disso, filtre as ideias de que mais gostou, peça opiniões e, então, refine o trabalho, passando tudo para o computador, em um programa vetorial.

Agora você está pronto para a próxima etapa!

Acerte na escolha da tipografia

Se seu logo utilizar tipografia, esta será uma das partes que vai fazer grande diferença no seu projeto. A forma das letras, nesse contexto, vai agregar sentido aos seus elementos, transparecendo certo posicionamento.

Letras finas, por exemplo, dão ideia de algo rebuscado, ao passo que letras bold transmitem robustez. Nessa etapa, vale a pena buscar referências em sites especializados em tipografias e também testar várias soluções, até encontrar a ideal.

Estude as cores

Depois de definida a tipografia, é hora de pensar nas cores que vão compor o seu projeto.

Muitas vezes, já há uma paleta de cores definida, mas, caso necessário, você terá que criar do zero.

Faça testes, junte cores diferentes, gradientes e texturas. É importante saber que cada cor transmite uma ideia e um estado de espírito. Pesquise sobre elas e veja se a ideia vai ao encontro do objetivo predefinido.

Preste bastante atenção nessa fase do processo, afinal, as cores são geralmente o primeiro impacto do logotipo, e uma escolha malfeita pode comprometer o resultado final.

Faça testes de tamanho e proporção

Você já definiu os elementos, a tipografia e as cores. Agora chegamos aos detalhes finais. Essa é a hora de prestar atenção se elementos e tipografia estão conversando entre si em equilíbrio, unidade e, acima de tudo, legibilidade.

Para saber se aquele logotipo é legível quando reduzido, faça diversos testes. Imprimi-lo em sua redução mínima também pode te ajudar muito nessa hora.

Não se esqueça dos retoques finais

Após analisar a redução, seu logotipo está pronto para os retoques finais. Corrija os últimos detalhes, melhore o acabamento, buscando sempre a harmonia entre todos os elementos. Dessa forma, é muito mais fácil criar um conceito harmônico.

Experimente o logo em diversos formatos

Logotipo pronto, é hora de ver como ele fica quando aplicado em diferentes peças. Faça uma simulação da marca criada em cartões de visita, anúncios, folders, canetas e tudo mais que for necessário. Isso, além de mostrar a composição com diferentes cores de fundo, também deixa a ideia mais clara na cabeça do cliente.

Prepare-se para o grand finale: a apresentação!

Além de um logotipo atraente, sua apresentação deve ser brilhante!

Mostre o quanto você pesquisou sobre o negócio do cliente e como a sua marca está adequada a todos os objetivos e ideias a serem transmitidas. Seja original, transmita confiança e provoque emoção. Assim você garante chances muito maiores de ter sua arte aprovada!

Gostou deste passo a passo para criação de logo? Então, não deixe de seguir nossas redes sociais (Facebook, Twitter, LinkedIn) e ficar por dentro de diversos artigos que podem te ajudar a realizar seus trabalhos!

Guilherme Lombardi
Guilherme Lombardi

Criativo nas empresas do Grupo Caelum, publicitário formado na Belas Artes. Campista amador, sonha em ter um motorhome.

Veja outros artigos sobre UX & Design