Alura > Cursos de Inovação & Gestão > Cursos de Gestão Corporativa > Conteúdos de Gestão Corporativa > Primeiras aulas do curso Governança de TI: Gestão de Requisitos no Contexto Ágil

Governança de TI: Gestão de Requisitos no Contexto Ágil

O que são requisitos - Apresentação

Apresentação

Olá! Sou o Roberto Sabino, instrutor na Alura, e estou aqui para falarmos mais um pouco sobre Governança de TI.

Roberto é um homem de meia-idade, pele clara, cabelo e barba grisalhos e escuros, olhos castanhos. Está de camiseta preta e tem um microfone preto à sua frente. Ao fundo, uma parede verde.

Nesse curso, focaremos em engenharia de requisitos no contexto ágil. A primeira pergunta é: o que tem governança de TI a ver com isso? Falaremos sobre toda essa conexão e perceberemos que tem tudo a ver!

Esse curso foi pensado para todas as pessoas que trabalham com requisitos ou com governança de TI e precisam conhecer "o outro lado da moeda", ou a conexão entre os conceitos de gestão de informações e levantamento de requisitos.

A ideia, então, não é passar apenas pela engenharia de requisitos, mas falar também de agilidade, entendendo as diferenças entre a engenharia de requisitos para projetos e para produtos, em modelos mais tradicionais e modelos mais ágeis. Faremos um grande passeio pelo conhecimento da engenharia de requisitos e governança de TI!

Conseguiremos conectar várias informações para, inclusive, saber se devemos ou não fazer documentação em um projeto ágil. Aliás, será que deveríamos chamar de projeto? Falaremos sobre tudo isso!

A intenção do curso é que você tenha uma aprendizagem ativa. Então, você terá acesso a ferramentas como o Discord e o nosso fórum para entrar em contato com o conhecimento e, também, aprender um pouco mais.

Esse curso será bastante proveitoso. Nos encontramos na primeira aula!

O que são requisitos - O que são requisitos

Iniciamos o nosso curso para falar de gestão de requisitos no ágil dentro da governança de TI. Provavelmente, sua primeira pergunta é:

Qual a relação entre gestão de requisitos e governança de TI?

Toda a relação!

Quando fazemos gestão de requisitos, fazemos a gestão do conhecimento. Entendemos melhor tanto o que o nosso cliente pede quanto o que nós estamos fazendo para os nossos ativos de TI. De alguma forma, isso vai virar documentação importante, informação importante e conhecimento importante.

Saber utilizar isso dentro do contexto ágil é algo mais recente, então precisamos nos aprofundar um pouco mais.

O que são requisitos?

O International Requirements Engineering Board (IREB), um dos maiores institutos de engenharia de requisitos, diz:

Requisito é uma necessidade ou uma expectativa do stakeholder.

Lembrando que stakeholders são todas as pessoas envolvidas nos nossos projetos, produtos e serviços. Ou seja, stakeholders podem ser: pessoas usuárias e clientes, que podem ser duas personas diferentes; patrocinadores, afetados, etc.

Normalmente, falamos mais do cliente e da pessoa usuária do sistema ao abordar a governança de TI, porque acabamos utilizando o exemplo de desenvolvimento de software, a parte mais complexa da governança de TI. Aqui, podemos pensar em projeto ou em produto de software.

Necessidade versus Expectativa

Imagine que você é responsável por um projeto ou produto, e você vai até a área de negócios para fazer uma reunião de levantamento de necessidades. Se você não olhar para as expectativas, talvez você faça um trabalho incompleto.

Afinal, a necessidade é aquilo que minha pessoa usuária ou cliente precisa. Mas tem algo que ela deseja e não necessariamente precisa.

Vamos imaginar que uma pessoa analista de negócios vai te ajudar nesse projeto hipotético. Ela diz que a área de negócios precisa de um sistema para controlar alguns investimentos em fundo de investimento de renda fixa, por exemplo.

Mas, na verdade, o que ela está pensando mesmo é que o chefe dela disse que, se ela fizesse um trabalho bom e rápido, ela seria promovida. Isso é uma expectativa do stakeholder.

Perceba que isso não vai se tornar um requisito de sistema, mas é um requisito dentro daquele ambiente. Se você descobrir essas expectativas, você pode entender melhor as informações que você recebe.

Então, nossa tarefa é descobrir as necessidades, expectativas e saber quais delas você vai documentar. Nem todas elas, como a do exemplo, serão documentadas!

Modelos de trabalho

Os requisitos podem ser entendidos de maneiras diferentes quando trabalhamos com um modelo cascata ou um modelo ágil. Já falamos disso em outros cursos aqui da plataforma, mas vale a pena relembrar.

O modelo cascata é, normalmente, entendido como algo que se faz no começo de um projeto, com um grande esforço, em que se deve detalhar ao máximo os requisitos.

Já no modelo ágil, como Scrum ou Kanban, temos um pouco mais de fluidez. Trabalhamos com esses requisitos de forma mais contínua, a cada iteração ou a cada novo trabalho, colocando menos detalhes e trabalhando mais próximo do momento da entrega.

Mas, se trabalhamos tanto em projetos cascata quanto em projetos de agilidade, como equilibrar e entender melhor as suas diferenças? Com governança e gestão! É isso que abordaremos a partir daqui.

Para a visão de governança e gestão, precisamos das duas perspectivas. Vamos olhar bem mais para a agilidade, mas também mencionaremos os projetos cascata para poder comparar melhor.

A ideia é entender como montar essa gestão dentro do sistema de governança, para termos certeza de que os requisitos estão documentados e elicitados da forma correta.

O que são requisitos - Gestão de requisitos

Vamos começar a entender, afinal, o que é a gestão de requisitos e como ela se conecta com a governança de TI.

Primeiramente, devemos lembrar que a governança inclui a gestão. Todos os ativos de tecnologia, seja produção de software, aquisição de software e novas tecnologias, etc., terão requisitos que temos de cumprir. Isso acontece tanto nos projetos tradicionais quanto na gestão ágil de produtos e projetos.

Precisamos ter isso em mente e nos desfazer do preconceito com o nome "requisito". Algumas vezes, achamos que temos de falar em termos de "backlog", "*Lean", "ideação". Podemos falar de tudo isso, mas a base de todas essas técnicas está na engenharia de requisitos.

Não podemos ter a ideia de que gestão de requisitos é fazer um monte de documentos no início do projeto!

O que é a gestão de requisitos?

A depender do autor, a definição pode apresentar algumas pequenas diferenças. Mas, basicamente, a gestão de requisitos é o controle das principais atividades da engenharia de requisitos:

Essas três atividades podem ser divididas de maneiras diferentes, mas sempre com os mesmos critérios: conhecimento dos requisitos, sua documentação (seja história de usuário, uma documentação mais tradicional ou mais técnica, etc.), e como validamos e negociamos esses requisitos com os stakeholders.

O objetivo da gestão de requisitos é controlar o que produzimos nessas atividades.

Por que fazer gestão de requisitos?

Primeiramente, porque os requisitos são complexos e grande parte dos projetos fracassa por falha nos requisitos. Isso continua a acontecer ainda hoje, mesmo com a agilidade. Para tentar resolver ou diminuir esse problema, nos valemos de uma boa gestão de requisitos!

Além disso, precisamos compartilhar visões. Não podemos seguir o que o stakeholder A deseja e, ao mesmo tempo, o que o stakeholder B deseja se eles desejarem coisas absolutamente diferentes. Inclusive, essas visões podem ser complementares, e nós precisamos fazer essa mediação.

Também precisamos fazer o gerenciamento e armazenamento de informações.

Você pode pensar: "Mas um dos valores do manifesto ágil é que é mais importante um software em funcionamento que uma documentação abrangente". É verdade! Não estamos falando sobre fazer documentação extensiva e inútil, mas uma documentação mínima e útil, necessária para um bom trabalho.

E a governança de TI? O que ela tem a ver com isso? Uma das missões da governança de TI é fazer a gestão do conhecimento. Também precisamos criar um tipo de padronização, que não pode virar burocracia.

Cuidado: padronização é saudável, burocracia não.

Além disso, com a governança de TI, precisamos facilitar o compartilhamento de informações, seja com os stakeholders, seja com a equipe de projeto ou produto, seja com o cliente.

E na abordagem Ágil?

A necessidade dos stakeholders continua existindo na abordagem Ágil. Inclusive, a forma mais difundida de documentação de requisitos dentro da agilidade é a História de usuário.

A História de usuário é uma narrativa que mostra uma necessidade do stakeholder.

Além disso, na abordagem Ágil muda-se os nomes mas permanecem os conceitos. Elicitação, documentação e validação de requisitos são atividades presentes em todas as técnicas da agilidade, ainda que com nomes diferentes, ideias um pouco diferentes, de forma mais iterativa e incremental, menor e menos detalhada.

No Ágil, a complexidade é dividida mas continua existindo. Os requisitos continuam a ser complexos, continuamos precisando compartilhar visões e informações, mas de forma mais dinâmica e iterativa, na maioria das vezes.

Precisamos entender isso para, na hora de montar a governança de TI, trazer tudo o que for necessário e deixar de lado o que não for, como documentação extensiva e excesso de burocracia. Isso é desperdício, e estamos aqui para entregar valor para o nosso stakeholder!

Sobre o curso Governança de TI: Gestão de Requisitos no Contexto Ágil

O curso Governança de TI: Gestão de Requisitos no Contexto Ágil possui 104 minutos de vídeos, em um total de 32 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Gestão Corporativa em Inovação & Gestão, ou leia nossos artigos de Inovação & Gestão.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Gestão Corporativa acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

De
R$ 1.800
12X
R$109
à vista R$1.308
  • Acesso a TODOS os cursos da Alura

    Mais de 1500 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, emProgramação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

Matricule-se

Pro

De
R$ 2.400
12X
R$149
à vista R$1.788
  • Acesso a TODOS os cursos da Alura

    Mais de 1500 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, emProgramação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Luri powered by ChatGPT

    Luri é nossa inteligência artificial que tira dúvidas, dá exemplos práticos e ajuda a mergulhar ainda mais durante as aulas. Você pode conversar com Luri até 100 mensagens por semana.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas