Veja por que toda imagem precisa de edição na publicidade

Veja por que toda imagem precisa de edição na publicidade
victor-pinheiro
victor-pinheiro

Compartilhe

Imagem de destaque

E é aí que entram os programas e técnicas de edição de imagem. Mais do que ajustes estéticos, a fase de edição, tratamentos e correções é essencial para adequar as peças às necessidades das campanhas publicitárias. Confira agora as razões pela qual toda imagem publicitária precisa de edição!

Adequar a imagem ao conceito da campanha

Toda campanha publicitária, assim como qualquer projeto, começa pelo planejamento. E é nessa fase que são decididos os objetivos, a linguagem e a “cara” da peça.

Com relação à fotografia, é possível seguir por dois caminhos: a utilização de fotos de bancos de imagem ou a criação da foto exclusivamente para a campanha.

Caso seja utilizada uma imagem já pronta, é preciso adequá-la à linguagem da campanha, mas o custo é consideravelmente menor. Nesse caso, é preciso saber editá-la com bastante atenção. Cores, formas e objetos presentes na imagem podem atrapalhar muito o objetivo da peça publicitária.

Já se a opção for pela criação da fotografia, é possível pensar em toda a estética antes de executar os cliques. Mas, em compensação, o custo pode ser alto, uma vez que envolverá, no mínimo, um fotógrafo, um modelo e a locação.

Corrigir sem exagerar

Apesar da sua grande utilidade para profissionais de diversos setores, ferramentas de edição como o Adobe Photoshop já foram utilizadas, muitas vezes, de maneira equivocada, mesmo em campanhas publicitárias de grande alcance.

Não é difícil encontrar em pesquisas na internet galerias com centenas de imagens desse tipo. Braços sem conexão com alguém, umbigos faltando, pessoas com corpos desproporcionais... A lista é grande e inclui vários erros bizarros!

Fato é que, quando bem utilizada, a edição de imagens consegue remover imperfeições que tenham passado despercebidas durante a criação da fotografia, trazendo o foco para o que realmente importa. E isso mudará de acordo com a necessidade. É mais comum vermos edições mais aparentes em campanhas que utilizam fotografias de pessoas, uma vez que o número de retoques é, naturalmente, maior no corpo humano do que em objetos.

Já as peças publicitárias de produtos, por exemplo, precisam de imagens que correspondam à realidade das mercadorias. Nesse caso, a edição é feita para aparar e retirar algum defeito que possa ter passado, sem alterar drasticamente a realidade do objeto fotografado.

Criar quando necessário

Nem sempre o briefing realizado para a campanha na fase de planejamento tem relação com uma imagem mais próxima da realidade. Dependendo da característica da campanha, é possível que seja necessária uma edição mais elaborada, voltada para a combinação de elementos que fujam da realidade, ou seja, uma manipulação da imagem.

Nesse sentido, os softwares de edição não apenas são um auxílio, mas sim a principal ferramenta que faz com que seja possível obter o resultado desejado. E a etapa da edição se torna o principal momento de criação das campanhas.

Muitas peças são compostas, visualmente, pelas tão faladas montagens. Elas nada mais são do que o resultado da manipulação de vários elementos combinados para formar uma imagem final.

Para tanto, é preciso preparar cada um dos objetos antes de montá-los na peça. Isso significa que o trabalho de pré-produção, como remoção de imperfeições e recorte das imagens é também muito importante, facilitando a tarefa do criador.

Com as imagens em mãos, é hora de criar a peça publicitária. Combinando os diversos elementos com fundos, textos e outros materiais gráficos, o designer, profissional responsável por esse tipo de trabalho, seguirá o que foi determinado no planejamento para dar vida à campanha.

Valorizar produtos

Como falamos no tópico anterior, nem todo tipo de publicidade demanda uma manipulação mais agressiva. Mesmo assim, é preciso entender que tanto no mercado da fotografia de produtos quanto aquela voltada para pessoas, o objetivo é enaltecer e valorizar o assunto fotografado.

Em um mercado inundado de imagens, é preciso se destacar para fazer uma campanha de sucesso se traduzir em mais vendas para a empresa. E é por isso que a fase de criação e, especialmente, a fase de edição de imagem se torna tão crucial no processo de desenvolvimento das peças publicitárias.

Agências de publicidade grandes possuem um setor de direção de arte muito forte, responsável pela elaboração e supervisão do projeto. Gerenciando o desenvolvimento da ideia, a execução e finalização do projeto, o diretor de arte guia a equipe de edição para que ela não fuja das diretrizes planejadas.

E é por isso que, hoje em dia, é mais difícil ver erros de edição e manipulação em peças de grande circulação. Além de um maior cuidado, o poder de ferramentas como o Photoshop é utilizado para ações essenciais, sem as quais não seria possível atingir o resultado desejado.

Levando em consideração o poder da imagem nos meios publicitários nos dias de hoje, é preciso ser minucioso e atentar aos mínimos detalhes na análise a execução das ações de edição e correções. Uma edição de imagem bem-feita é o diferencial na criação de campanhas de sucesso, o que pode ser crucial para o aumento das vendas do cliente.

Sem dúvida alguma, a etapa de edição de imagem na criação de campanhas publicitárias se tornou um passo fundamental no desenvolvimento desses produtos. Realizar ajustes e correções pontuais sempre foi um passo necessário, mas é preciso ter muito cuidado para não exagerar e acabar criando mais um exemplo de erros bizarros de Photoshop.

Gostou do nosso artigo? Tem muito mais no nosso blog! Para continuar acompanhando nossas dicas e novidades, não se esqueça de seguir a gente no Facebook, Twitter e YouTube! Além de vídeos e aulas sobre as inovações do mercado de tecnologia, você ainda fica por dentro das principais novidades e lançamentos!

Veja outros artigos sobre UX & Design