Rebranding: adaptando sua marca às mudanças

Rebranding: adaptando sua marca às mudanças
Izabella Oliveira
Izabella Oliveira

Compartilhe

O que é rebranding?

Em tradução rápida, rebranding significa reformulamento. Em marketing, chamamos de rebranding as ações que tem o objetivo de reposicionar uma marca tanto no mercado quanto na mente dos(as) consumidores(as).

Muitas pessoas associam o rebranding somente à reformulação do logo ou da identidade visual de uma marca. Neste artigo, vamos entender porque a palavra define uma transformação ainda mais profunda e necessária.

Por que o rebranding é importante?

Muitas marcas apostam nesta estratégia para que sua missão, visão e valores estejam alinhadas à mensagem passada pela marca para quem consome. O rebranding também pode ser usado para mudar o público-alvo da marca quando esta lança novos produtos ou funcionalidades e deseja expandir a audiência.

Como fazer o rebranding na sua empresa?

É muito importante entender que o rebranding exige planejamento, e que é necessário reconhecer problemas para aplicar melhorias. Por isso, aceitar feedbacks, tanto internos quanto externos é imprescindível nesta etapa. Mas não limite esta pesquisa apenas em seu negócio: analise a situação das outras empresas do ramo, isso poderá te ajudar a identificar as brechas que sua empresa pode fechar.

Depois de pesquisar e analisar, alguns pontos são muito importantes e devem ser considerados para iniciar o processo de rebranding:

  • Tenha ao seu lado profissionais qualificados(as): entender as necessidades dos(as) clientes não é uma tarefa fácil, por isso, é importante se alinhar à profissionais durante todo o processo de análise, planejamento e execução do rebranding. Este olhar profissional vai ajudar sua empresa a alcançar resultados ainda maiores com as mudanças;
  • Trabalhe a identidade visual: todas as mudanças devem estar alinhadas às cores, ao logo e aos demais elementos que compõem a identidade visual da empresa. Mas aqui vale um ponto de atenção! Cuidado para não descaracterizar a marca;
  • A marca ou empresa precisa agregar valor: os(as) consumidores(as) estão cada vez mais exigentes em relação ao valor que a marca agrega. Por isso, de nada adianta ter apenas uma marca bonita se ela não representa os valores dos(as) clientes;
  • Crie expectativa nas pessoas: o rebranding precisa ser notado pelas pessoas que consomem seus produtos e serviços. Desta forma, vale apostar em posts nas redes sociais e e-mails para avisar que há novidades chegando;
  • Dê sentido às mudanças: assim como apresentamos no case da Caelum, onde os dois pontos da marca representam a continuidade no aprendizado, é necessário que todos os elementos que compõem o rebranding da sua marca tenham sentido e reflitam, de alguma forma, os valores da marca para as pessoas.

Caelum: um case de sucesso

A Caelum, uma das empresas do Grupo Caelum Alura, existe há 16 anos e acredita que a tecnologia pode transformar o mundo.

logo antigo da caelum

Em janeiro de 2020, lançamos o rebranding da nova marca da Caelum, com uma nova identidade visual e um novo modo de se comunicar com os alunos e alunas.

nova logo da caelum

Citamos neste artigo que o rebranding é um processo e que envolve estratégia em todas as mudanças. No caso da Caelum, as dois pontos (muito utilizados nos códigos de programação) depois do nome da marca representam a continuidade no processo de aprendizado, novas ideias, conhecimento e evolução, sem colocar pontos finais.

Além do logo, as mudanças foram feitas e são notáveis no site, nas redes sociais, e no tom de voz da marca:

print do site antigo da caelum

Versão de 2007 do site da Caelum

print da segunda versao do site da caelum

Depois da versão acima, mudamos pela primeira vez. Esta versão ficou no ar até janeiro de 2020

print do novo site da caelum, reformulado de acordo com o rebranding

Versão mais recente do site, depois do rebranding de marca lançado em janeiro de 2020

print de uma publicação feita antes do lançamento do rebranding da marca

Publicação feita no Facebook da marca, antes do rebranding.

print de uma publicação feita depois do lançamento do rebranding da marca

Publicação sobre o mesmo tema, feita depois do rebranding.

Mesmo sendo uma marca consolidada e com 16 anos no mercado, a Caelum tem em sua visão que nada é bom o suficiente que não possa ser melhorado. Pensando nisso e após uma análise com profissionais da área, identificamos que pessoas que não eram da área da tecnologia não conheciam a empresa.

Surgiu, então, o desejo de reformular a marca, tornando-a conhecida por todas e todos, independente da área de estudo e/ou formação e adaptá-la às mudanças de mercado e de nossos alunos e alunas, que receberam as mudanças de forma muito positiva e embarcaram na ideia de continuar liderando transformações através da tecnologia.

Outra característica que buscamos durante o processo de rebranding foi transmitir qualidade para as pessoas, com um visual mais moderno nas comunicações. Além disso, queríamos passar a qualidade dos cursos para as pessoas.

Ao publicarmos sobre o rebranding nas redes sociais da marca, deixamos claro que a qualidade dos cursos, dos materiais e das aulas permaneceria a mesma. Esta é uma dica importante: deixe claro para seus/suas clientes que a essência, profissionalismo e entrega da marca não mudaram.

Adeque estes conceitos à sua marca

Vimos, então, que o rebranding é um conjunto de técnicas e estratégias que buscam reposicionar a imagem da empresa na mente das pessoas e que esta necessidade pode ser enxergada por avaliações internas ou externas.

Sabemos também que o rebranding ajuda a construir uma relação positiva com quem consome e, desta forma, contribui para a fidelização destes(as) clientes.

Gostou deste artigo e quer saber mais? Os cursos de branding e de marketing digital podem te ajudar a ingressar neste mundo de estratégias para consolidar uma marca no mercado ou reformulá-la de acordo com as necessidades dos(as) clientes.

Veja outros artigos sobre Inovação & Gestão