Power BI: publicando na web com uma conta de desenvolvedor

Power BI: publicando na web com uma conta de desenvolvedor
David  Neves
David Neves

Compartilhe

Ao iniciar meus estudos sobre o Power BI Desktop, me entusiasmei com a criação do meu primeiro relatório. Após muitas horas de estudo e ajustes necessários para deixá-lo da forma que eu idealizava, decidi lançar o meu projeto para o mundo, publicando-o na web através do Power BI Service.

Em meio a este processo, descobri que seria necessário ter uma conta corporativa ou de estudante para que fosse possível entrar no Power BI Service e assim, realizar a tão desejada publicação. Como eu não possuía nenhum dos dois tipos de conta, tive que buscar outras formas de alcançar o meu objetivo.

Após algumas pesquisas, descobri que a Microsoft disponibiliza uma conta de desenvolvedor para justamente colocarmos em prática tudo que aprendemos. E não só isso, ela nos possibilita utilizar um leque extenso de serviços da Microsoft.

Sabendo desse recurso maravilhoso, resolvi compartilhar com você o passo a passo para se obter uma conta e publicar seu primeiro relatório no Power BI. Vamos lá?

Obtendo uma conta de desenvolvedor

Acessando a página do programa de desenvolvedor Microsoft, temos um botão azul escrito Entrar agora. Clicando nele, seremos direcionados para a tela de login, onde você pode entrar com uma conta pessoal da Microsoft ou criá-la para realizar o acesso.

Recorte da página inicial do site de criação da conta para o programa de desenvolvedor Microsoft. Nela, é apresentado um botão azul escrito Entrar agora, no canto inferior esquerdo, onde pode-se iniciar a inscrição no programa.

Janela de login da Microsoft. A janela possui uma caixa de texto para a inserção do e-mail e um link vinculado ao texto: Crie uma!

Feito o login, basta preencher as informações requisitadas. Lembrando que no campo Empresa pode ser escolhido um nome fictício.

Janela de cadastro apresentando os campos de inserção do País/Região, Empresa e Preferência de idioma. Além disso, possui duas caixas de seleção, sendo a primeira para aceitação dos termos do programa de desenvolvedor e a segunda sobre receber novidades por e-mails respectivamente.

Em seguida, a página perguntará qual será seu foco principal para o uso da conta. Escolha a opção Projetos pessoais.

Print da etapa de seleção sobre foco principal para a utilização da conta. Nela, encontra-se selecionada a opção Projetos pessoais na parte inferior.

Na próxima etapa, selecione Power Platform como área de desenvolvimento de interesse, pois o Power BI está dentro desse guarda-chuva.

Print da etapa de seleção sobre área de desenvolvimento. Nela, encontra-se selecionada a opção Power Platform.

Na sequência, selecione a primeira opção: Área restrita instantânea e clique em Avançar.

Print da área de configuração da sandbox da sua conta. Nessa janela, está selecionada a opção Área restrita instantânea na parte superior esquerda.

Agora, basta criar o nome do seu administrador e a senha. Para finalizar esta etapa, clicamos em Continuar.

Janela de configuração da área restrita instantânea. A janela contém campos de inserção sobre País/Região, nome de usuário do administrador e senha.

Pronto! Seguindo, uma página é carregada com algumas informações importantes sobre a conta criada, sendo uma delas a exibição do e-mail do administrador, que é justamente a conta que usaremos para acessar o serviço do Power BI. Além disso, foram disponibilizadas 25 licenças de usuários para que possamos realizar testes de compartilhamento e autorização dos nossos relatórios. Outra informação importante é que a conta tem 90 dias restantes, pois, por ser um conta de desenvolvedor, a Microsoft verifica periodicamente se a conta está em atividade ou não. Caso ela não esteja em atividade, será expirada.

Sabendo dessas informações, vamos clicar na opção Acessar assinatura.

Print da área de informações sobre a sua assinatura, onde encontra-se em destaque o e-mail do administrador e possui informações sobre a conta como a disponibilização de 25 licenças de usuários para teste e o tempo restante da conta em dias.

Uma nova aba abrirá no portal administrativo da conta, sendo possível explorar inúmeros recursos, sendo um deles, listar os usuários ativos.

Um desses usuários tem o seu e-mail de administrador e é nele que iremos clicar.

Print da área de administração da Microsoft, onde mostra a lista de usuários ativos, sendo um deles a conta criada.

Quando clicarmos sobre o usuário, abrirá uma série de informações sobre a conta no canto direito da tela. Uma dessas informações é uma lista de todos os aplicativos que estão disponíveis nesta conta. E olha só, o Power BI está lá.

Print da área de administração da Microsoft. Nela, está sendo exibida informações sobre as licenças e aplicativos do usuário selecionado.

Dado que temos a ciência de que o Power BI está ativado na conta, vamos clicar no ícone disponibilizado, no canto superior esquerdo da página, onde aparecerá vários aplicativos, sendo um deles o Power BI.

Ao clicar nesse ícone, seremos direcionados para o serviço do Power BI com a conta criada, podendo finalmente realizar o processo de publicação.

Site de administração da Microsoft. O menu suspenso está expandido, exibindo todos os aplicativos, inclusive o Power BI.

Enviando o Dashboard para o Power BI Service

Sabendo que desenvolvemos o relatório dentro da nossa máquina, precisamos primeiramente enviá-lo para o serviço do Power BI através do Power BI Desktop.

Para isso, basta abrir o Power BI Desktop, entrar com a sua conta nele e clicar na opção Publicar na web. Tendo êxito na publicação, feche o Power BI Desktop e volte para o navegador, acessando o serviço do Power BI.

Publicando na Web

Dentro do serviço do Power BI, vamos acessar as configurações para ativar os recursos de publicação web seguindo os seguintes passos:

  • Clique no ícone de configurações, representado por uma engrenagem no canto superior direito da página;
  • Selecione a opção Portal de administração;
  • Acesse as Configurações de locatário;
  • Expanda a opção Publicar na Web;
  • Selecione a opção Permitir códigos novos e existentes para que possamos criar novos links;
  • Clique em aplicar.

Print da tela do serviço do Power BI, ilustrando o passo a passo para habilitar a criação de novos códigos de inserção.

Agora que está tudo configurado, podemos acessar o relatório no serviço através do seu workspace. Nele teremos uma série de opções, sendo a primeira delas a opção Arquivo. Dentro de Arquivo, vamos acessar inserir relatório e clicar em Publicar na Web.

Print do site do serviço do Power BI, demonstrando o caminho para chegar na opção Publicar na Web através do dashboard criado.

Por fim, clique em Criar código de inserção e em Publicar, consecutivamente abrindo uma janela com algumas informações como o link de compartilhamento do relatório, o código HTML caso você tenha o interesse em incorporar seu relatório, configurações de tamanho e visualização da página. Na parte direita da janela temos a pré-visualização do relatório.

Recorte do site do serviço do Power BI. Na janela exibida, existem dois campos, sendo o primeiro o url do link de publicação e o segundo o código HTML. Ambos possuem um botão de copiar em seus respectivos lados. Além disso, logo abaixo dos campos existem opções de ajuste de tamanho da visualização e escolha da página padrão. No lado direito dos campos e das caixas suspensas, encontra-se a pré-visualização do dashboard a ser compartilhado.

Agora que você já tem a sua conta e sabe compartilhar seu relatório, compartilhe conosco nas redes sociais!

Gostou deste artigo e quer conhecer ainda mais essa ferramenta e suas linguagens? A Formação de Power BI da Alura foi feita para você! Aqui, nós te ajudaremos em todos os passos dos processos até a criação dos relatórios.

David  Neves
David Neves

Carioca, apaixonado por esportes e por dados, com passagem em front, back e infra. Atualmente, sou especialista em BI com foco no Power BI e o que me motiva é transmitir conhecimento de qualidade para todas as pessoas que têm interesse em mergulhar na área de dados.

Veja outros artigos sobre Data Science