Home office: boas práticas para trabalhar em casa

Izabella Oliveira
Izabella Oliveira

Compartilhe

imagem de capa de trabalho em casa

Ficar em casa o máximo possível é fundamental nestes dias, por isso, muitas empresas apostaram no home office (em tradução livre, trabalho em casa), mesmo diante dos desafios que o envolvem.

Muitas empresas em tecnologia já possibilitavam o trabalho remoto para seus colaboradores(as) em dias esporádicos na semana, mas este cenário do trabalho 100% em casa, para todos os times, é novo tanto para chefes, quanto para as pessoas que trabalham na empresa.

Boas práticas para o home office

  • Mantenha a rotina de pré-ida ao escritório: é tentador trabalhar de pijama e na cama o dia inteiro. Porém, acordar, tomar banho, trocar de roupa e tomar um bom café da manhã são hábitos indispensáveis para tornar seu dia produtivo;
  • Estabeleça horários: assim como no escritório: você precisa ter um horário de início, de pausa e de finalização. Você está em casa, mas não precisa estar disponível o tempo inteiro;
  • Escolha um lugar bom dentro de casa: acredite, você não vai conseguir se concentrar e produzir o mesmo se estiver trabalhando na cama ou no sofá. Escolha um lugar confortável, mas não a ponto de se tornar uma distração. É preciso se atentar, também, à iluminação do ambiente de trabalho, evitando desconfortos;
  • Faça pausas: tome um café, estique as pernas. Fazer pausas é saudável e ajuda na produtividade. Prova disto é a técnica pomodoro, que foca na realização de tarefas em blocos de tempo;
  • Aposte nas videoconferências: a comunicação síncrona (em tempo real) é muito importante para manter o fluxo de trabalho dentro de um time. As calls possibilitam isso, e elas não precisam ser sempre relacionadas a trabalho;
  • Abra a câmera: pode parecer estranho, mas é importante aparecer na câmera, assim as pessoas do time conseguem te ver, isto aproxima a conversa ainda mais;
  • Aproveite ferramentas que facilitam a comunicação, como: Hangouts Meet; Trello; Slack entre outras;
  • Vá direto ao ponto: fale exatamente o que precisa com as pessoas. Desta forma, você facilita o trabalho de quem envia a dúvida e de quem vai respondê-la, criando um fluxo de conversa assertivo e otimizando tempo.

Se você quer conhecer mais sobre o trabalho remoto e boas práticas, assista aqui o vídeo que gravamos com a Roberta Arcoverde, Desenvolvedora de Software na Stack Overflow, que já trabalha remotamente há 6 anos e tem muito a nos ensinar sobre esse modelo de trabalho.

Veja outros artigos sobre Inovação & Gestão