Alura > Cursos de Inovação & Gestão > Cursos de Gestão Corporativa > Conteúdos de Gestão Corporativa > Primeiras aulas do curso Liderança: aprendendo sobre a missão e propósito de liderar pessoas

Liderança: aprendendo sobre a missão e propósito de liderar pessoas

Líder de mim mesmo - Apresentação

Boas-vindas! Me chamo Priscila Stuani, psicóloga e instrutora, falando diretamente de um dos estúdios da Alura.

Audiodescrição: Priscila Stuani se identifica como uma mulher de pele branca, usa óculos e tem cabelos escuros.

Para quem é este curso?

Este curso foi planejado especialmente para todas as pessoas que desejam ampliar seu repertório no contexto de liderança.

Sabemos que quando fazemos a transição de exercer a autoliderança para assumir a liderança de outras pessoas, diversas habilidades e competências precisam ser desenvolvidas.

Objetivos do curso

Neste contexto, o objetivo deste curso é apoiar você e trazer questões para reflexão e treino por meio de ferramentas técnicas que podem fazer toda diferença no exercício de sua liderança.

Se deseja melhorar a forma como se relaciona com sua equipe e descobrir quais são os principais aspectos que uma pessoa precisa exercer durante sua jornada de liderança, convido você a assistir a este curso.

Líder de mim mesmo - Eu me conheço?

Foto de um homem branco, com cabelos curtos e escuros. Usa bigode e cavanhaque.

Este é Ricardo, um analista de programação que acabou de ser promovido e agora é encarregado de liderar uma equipe composta por 20 profissionais que possuem uma variedade de níveis de experiência, incluindo júnior, plenos e seniores. Essa equipe é composta tanto por aqueles que estão no início de suas carreiras quanto por aqueles que já têm uma vasta experiência. Portanto, é fundamental que Ricardo esteja ciente de sua atual posição e responsabilidades.

Possui um conjunto de conhecimentos técnicos, também se considera uma pessoa extremamente disciplinada e organizada e conhece as regras do negócio. Todo esse conjunto pode favorecer o exercício da liderança que ele precisará desempenhar.

Chegamos, então, à expectativa de Ricardo neste momento.

Expectativa

Como tem uma boa relação de trabalho com todos, acredita que seria uma bom líder.

O Ricardo pensa: "Conheço minha equipe, trabalho com eles, acho que o trabalho aqui como líder será tranquilo porque nós já temos uma boa relação de trabalho." Será que essa expectativa corresponderá à realidade?

Ricardo também se depara com uma questão chave. Ele parte de uma premissa, a de que ele é líder de si mesmo, sendo uma pessoa organizada, cumpre prazos e possui uma rotina de estudos. Mas agora, como líder, passa por esse processo de mudança e se torna líder de pessoas.

Realidade

Ricardo agora enfrenta uma situação em que os desafios começam a surgir. Ele se encontra em uma posição que requer a delegação de tarefas para sua equipe, a gestão eficaz da comunicação com os membros e a liderança na condução do trabalho. Ele deve assumir o papel de um ponto de referência e um porto seguro, estando sempre disponível para auxiliar no desenvolvimento de sua equipe.

Convite da Organização

Plano de Desenvolvimento Individual (PDI)

Ao perceber que Ricardo necessita aprimorar diversas competências e que ele se sente um tanto desorientado, a empresa toma a iniciativa de convidá-lo a criar um plano de desenvolvimento pessoal.

Esse plano tem como objetivo conscientizá-lo a respeito das competências e habilidades fundamentais que ele deve aprimorar para desempenhar seu papel como líder, ao mesmo tempo em que expõe as perspectivas e expectativas da equipe em relação a ele.

É nesse momento que conseguimos perceber melhor quais são essas tendências comportamentais que precisam ser ajustadas por Ricardo nesta nova etapa. Ele saiu do espectro do "líder de si" para ser líder das pessoas.

Critérios de Avaliação

Uma pesquisa é feita com critérios que as pessoas, incluindo Ricardo, vão avaliar. As notas indicarão se não apresenta determinada característica, se precisa desenvolver, ou se já apresenta. Sendo:

Após enviar a pesquisa, vamos conhecer os atributos para cada item.

Avaliação da Equipe de Gestão

Empatia: Capacidade de se colocar no lugar de outra pessoa.

Relacionamento Interpessoal: Facilidade de interação que resulta em relações de confiança

Escuta Ativa: Capacidade de ouvir em pormenor enquanto a outra pessoa fala, sem julgar, estabelecendo um diálogo.

Comunicação: A troca de sentimentos, opiniões ou outras informações através da fala, da escrita ou de outros sinais.

Gestão do Tempo: Gerar tempo para a equipe e para as relações

No quesito empatia, que é a capacidade de se colocar no lugar da outra pessoa, Ricardo recebeu nota dois. O mesmo ocorreu com o relacionamento interpessoal e a capacidade de ouvir em pormenor enquanto a outra pessoa fala (escuta ativa). A comunicação e a gestão de tempo também receberam a mesma nota.

A gestão de tempo é especialmente importante, pois hoje, a atenção de Ricardo precisa ser distribuída, quando ele lida com a equipe e também com os demais stakeholders (partes interessadas) da organização. Portanto, estamos nos referindo a pessoas clientes e de outras áreas que podem demandar atividades para Ricardo e sua equipe desempenharem.

O que você achou dos resultados?

Notou algum gap (em português, "lacuna") ou espaço para oportunidade?

Observando esses resultados, percebemos algumas lacunas e oportunidades para melhoria. Ricardo percebeu que precisa desenvolver a competência de delegação. Isso porque quando chega uma demanda, ele já começa a trabalhar, sendo que, na verdade, hoje o trabalho dele é mais estratégico, como líder.

Então, ele notou que há um espaço para desenvolver essa competência de delegação e também de gerir seu tempo de forma mais assertiva. Enquanto ele era a única pessoa responsável, conseguia ter esse controle, mas agora precisará distribuir a sua jornada de trabalho em outras atividades, inclusive para acompanhar o que as pessoas estão fazendo.

Para a Equipe:

Para o gestor:

Para a equipe, todas essas notas resultaram em uma pontuação média, o gestor que também avaliou Ricardo, teve as mesmas notas, exceto empatia. Consideram ele uma pessoa empática.

Mas será que Ricardo realmente se conhece?

A relevância deste caso reside em demonstrar a necessidade constante de questionar, engajar em pesquisas e autodescoberta para um autoconhecimento aprofundado. Será que Ricardo possui um entendimento completo de si mesmo para determinar o caminho ideal a ser seguido na busca por essas novas habilidades essenciais para sua função de liderança? Ou talvez as avaliações das outras pessoas estejam sendo exageradas?

Quando temos um autoconhecimento, conseguimos ter mais consciência sobre o que as pessoas dizem, fazer uma análise para entender quais são as expectativas e ter um perspectiva mais racional para direcionar, aproveitar e extrair aprendizados dessa pesquisa. Isso pode servir para Ricardo criar seu plano de ação e construir sua jornada profissional.

Líder de mim mesmo - Autoconhecimento

Aprendemos a importância de desenvolver o autoconhecimento, pois este processo irá nos auxiliar ao ampliar nossa consciência sobre aspectos desconhecidos.

Quando estamos passando por uma transição de carreira ou por mudanças, torna-se essencial contar com essa autoconsciência para lidar com situações que envolvam mudanças de cenários e contextos. Ter flexibilidade e adaptabilidade pode fazer toda a diferença no exercício da liderança, Ricardo.

Neste momento entramos em contato com um ponto crucial: o feedback.

Feedback

É uma oportunidade de receber novas informações sobre sua maneira de agir e pensar.

O feedback é aquele retorno que as pessoas oferecem a respeito de uma tarefa ou trabalho, ou algum comportamento que tenhamos adotado.

Lembre-se: o feedback é uma excelente oportunidade para recebermos novas informações sobre nossa forma de pensar e agir. Além de receber o feedback, é importante analisar o que e como vamos lidar com isso, pois algumas pessoas têm mais facilidade ao receber feedbacks de melhoria do que outras.

Tomando o caso de Ricardo como exemplo, ele inicialmente acreditava que conseguia lidar de forma construtiva com os feedbacks. No entanto, ao se dar conta de que há muitas áreas em que precisa melhorar, ele começa a se questionar se é a pessoa mais adequada para liderar sua equipe.

Portanto, é essencial abordar os feedbacks de maneira mais saudável e positiva, uma vez que ao tornar essas preocupações conscientes, aprimoramos nossa capacidade de autoconhecimento e, como resultado, conseguimos regular nosso comportamento em diversas situações de forma mais eficaz.

Escuta Ativa

Quando abordamos a prática da escuta ativa, ou seja, a habilidade de compreender o que as pessoas estão expressando a respeito do nosso desempenho ou de tarefas que realizamos, entramos em um estágio de consciência e, além disso, incorporamos essas sugestões de aprimoramento.

A capacidade de escutar atentamente desempenha um papel fundamental para garantir que o feedback seja recebido da forma mais eficaz possível.

Conclusão

A mudança do estado de inconsciência para a consciência é o que possibilitará a abertura para mudanças e correções de hábitos que muitas vezes são ineficazes.

Portanto, podemos concluir que o autoconhecimento pode dar um significado mais profundo ao nosso propósito na vida e na carreira.

Afinal, ter essas expectativas alinhadas, incluindo nossa relação com o trabalho, pode ter um impacto significativo.

Sobre o curso Liderança: aprendendo sobre a missão e propósito de liderar pessoas

O curso Liderança: aprendendo sobre a missão e propósito de liderar pessoas possui 82 minutos de vídeos, em um total de 36 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Gestão Corporativa em Inovação & Gestão, ou leia nossos artigos de Inovação & Gestão.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Gestão Corporativa acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

De
R$ 1.800
12X
R$109
à vista R$1.308
  • Acesso a TODOS os cursos da Alura

    Mais de 1500 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, emProgramação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

Matricule-se

Pro

De
R$ 2.400
12X
R$149
à vista R$1.788
  • Acesso a TODOS os cursos da Alura

    Mais de 1500 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, emProgramação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Luri powered by ChatGPT

    Luri é nossa inteligência artificial que tira dúvidas, dá exemplos práticos e ajuda a mergulhar ainda mais durante as aulas. Você pode conversar com Luri até 100 mensagens por semana.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas