Primeiras aulas do curso Fotografia: introdução à composição

Fotografia: introdução à composição

Avaliando fotos - Introdução ao curso

Olá, meu nome é Caio Caciporé e nesse curso, vamos aprender técnicas e formas de passar uma mensagem através da imagem. Resumindo, como tirar uma boa foto.

[00:13] Falaremos de composição, regra dos terços, pontos de ouro, linhas de perspectiva, ponto de fuga e tudo isso num curso voltado para quem está começando no mundo da fotografia.

Para isso uso só fotos tiradas com celular, tablet ou câmera compacta, justamente para mostrar que quem faz uma boa foto não é máquina fotográfica e sim o olhar do fotógrafo e bastante conhecimento.

Espero você no meu curso, até lá!

Avaliando fotos - Selecionar uma foto

Olá, pessoal. Vamos começar de um modo meio de trás para frente. Eu estou com umas fotos que selecionei, para vocês e de trás para frente porque eu já estou na fase de escolher a melhor foto.

Então, antes de ensinar como tirar a melhor foto, vamos primeiro escolher a melhor foto para ter um pouquinho o conceito de foto boa e de foto ruim. Estou usando um programa que é um parente do Photoshop ou Lightroom, mas você não precisa ter ele em casa não, sem problemas.

Eu só estou usando para escolher mesmo a melhor foto. Vou começar com as fotos Mariposa, eu estava em casa apareceu uma mariposa no meu banheiro e resolvi tirar uma foto para mostrar para o pessoal, para minha família.

E a primeira foto que eu tirei a mariposa está parecendo uma borboletinha, depois eu tirei uma foto melhorzinha, pelo menos eu acho que essa foto à direira está bem melhor que a esquerda.

Então, eu vou escolher a da direita para mandar para minha família, acho que está mais interessante, difícil falar bom e ruim, por que o que é uma foto boa e o que é uma foto ruim?

Mas vou continuar analisando algumas outras fotos; mais duas fotos que eu tirei do mesmo objeto, mesma situação, agora uma horta. Que eu passei nessa horta, achei ela legal, tirei uma foto que mostrava toda horta e uma outra de um ângulo um pouco diferente.

Eu achei que ficou mais interessante a segunda foto, pois a primeira está meio bagunçada, mostrando muita coisa nessa foto, achei esta mais interessante eu vou escolhê-la como a melhor das duas fotos (da direita).

Agora para mais uma coisa legal que eu vi em casa, uma flor de maracujá, nunca tinha visto uma flor de maracujá e resolvi tirar uma foto dela também.

E a foto que tirei primeiro não gostei tanto dela, eu gosto muito mais da segunda, que está mais bonita, está mais legal, mais interessante, de qualquer forma o mais importante que eu achei essa muito mais legal.

E a primeira ficou meio perdidinha também, tem muita coisa em volta e ela não está priorizada tanto a flor em si. Olha cada detalhe que tem nessa flor e por último só para comprar o que que é bom e o que que é ruim, um jacaré no aquário de São Paulo.

A primeira foto que eu tirei (à esquerda) e depois eu tirei essa foto (da direita) e achei muito mais legal, muito mais bonita muito mais interessante do que a primeira, olha o tamanho do dente do jacaré.

Olha a tartaruga como ficou pequena para o jacaré, a mãozinha perdida não faz o menor sentido (da foto da esquerda); a segunda foto que eu achei mais legal, mais interessante e essa foto que eu escolhi como a melhor das duas e eu vou guardá-la.

A primeira vou jogar fora. E por que estamos falando de foto boa e foto ruim? Qual a diferença de foto ruim e foto boa? Por que escolher essas quatro?

Essas quatro - e espero que você também tenha pensado a mesma coisa, mas a ideia foi mostrar uma foto um pouquinho mais elaborada; eu pensei para tirar essas fotos.

Já as outras eu a tirei de qualquer jeito, eu usei a máquina fotográfica como se fosse uma arma e brincando de tiro ao alvo, eu apontei para Mariposa, apertei o botão. Apontei para flor, apertei o botão; para o jacaré apontei o botão e apertei o botão.

E essas fotos nitidamente não foram pensadas, antes de ser clicada. Então essa é a diferença de uma foto boa, para uma foto ruim, a foto boa ela foi pensada ao ser tirada e exatamente sobre isso que vamos falar daqui para frente.

Porque tirar uma foto é fácil para tirar uma foto boa dependendo de onde você está no nordeste uma paisagem incrível. Bater ali sai uma foto linda, mas ele foi a sorte, não vamos contar com a sorte. Vamos entender os conceitos por trás de uma boa fotografia.

Passar um sentimento, uma ideia, contar uma história com uma foto no tamanho daquele quadradinho da foto. Não é tão simples e vamos aprender umas técnicas que vai facilitar bastante a vida de vocês.

E a vida de todos os fotógrafos, eles usam basicamente umas técnicas chave, para chegar numa boa foto. A primeira coisa que temos que saber por que tiramos a foto?

Se a ideia era mostrar que a mariposa era grande, simplesmente não precisa ficar mostrando tanta coisa, chega um pouquinho mais perto e consegue mostrar que ela não era apenas uma coisa grudada na parede.

Então nós mostramos apenas o que queremos mostrar, informação demais não é interessante, no caso da horta a mesma coisa, tinha uma mangueira no fundo, monte de coisa e tal, assim pensei um pouco mais.

Pensei que era melhor tirar algumas coisas, ao mesmo tempo que assim, se a ideia fosse mostrar “eu fiz uma horta” e quero mostrar para alguém, ver as distâncias entre uma alface e outra.

Então a primeira foto estaria melhor. Tem que pensar o porquê estamos tirando a foto e para quem que é essa foto. Voltando para a flor de maracujá, a mesma coisa. Se você prestar atenção eu gostei tanto que tentei mostrar os detalhes da flor.

Cheguei bem pertinho, o fundo não é tão importante, então não pode deixar tanto espaço para o fundo. Deixei-a na frente de tudo, chamamos de primeiro plano, a flor, e mostrando os detalhes da flor.

Isso que achei legal e que tentei passar, ao mesmo tempo na sequência do jacaré, a mão perdida e um monte de reflexos não está ajudando em nada nossa foto, assim, às vezes mostrar menos é mais interessante.

E cheguei à composição, vou fechar, composição é a palavra. O que acontece com as fotos boas, elas foram bem compostas; e as técnicas que veremos daqui para a frente, serão como chegar numa composição interessante, harmônica, equilibrada, uma composição que conta uma história.

Avaliando fotos - O caminho para chegar a uma boa foto

Pessoal, o que faremos agora? Olha esse monte de fotos que eu tirei.

Aquelas - primeira superior esquerda e primeira centro esquerda - no começo da analisamos só essas duas, agora eu vou mostrar todas as fotos que eu tirei para chegar nessa (primeira centro esquerda).

Na verdade eu não precisei tirar todas isso para chegar nessa (primeira centro esquerda). Eu já sabia quando eu olhei aquela mariposa, eu já sabia que eu queria isso, a ideia é mostrar várias formas de apresentar exatamente o mesmo assunto, que no caso é Mariposa.

E o nosso foco, lembrando mostrar que a mariposa era bem grande, que era interessante. Agora a primeira foto que eu disse que eu não gostei, explicando de novo, porque ela mostra muita coisa e não dá ênfase nenhuma na mariposa.

Eu vou usar um recurso que é dar pontuação, eu vou dar um, uma estrelinha, se voltar está com uma estrelinha e eu vou pegar as outras que estão mais parecidas com essa também para marcar e olhar melhor.

Mais uma que eu vou colocar só uma estrelinha, porque está mostrando muita coisa e não é isso que queríamos, uma estrelinha para a próxima, vamos ver (a última -direita, fila superior) o mesmo, uma estrelinha.

Porque achamos a mariposa, as três com apenas uma estrelinha na verdade eu vou tirar porque não gostei nem um pouco delas. Uma está desfocada e mostrando a Mangueirinha, também não gostei.

Vamos eliminar e a próxima está igual a anterior, eu vou eliminar também, beleza agora tem 8 fotos quase iguais. Vai ficando um pouquinho mais difícil escolher qual que eu gostei mais, porque estão quase iguais.

No entanto, por exemplo, a de baixo está mostrando o canto do banheiro, tem uma trinca no azulejo, isso chama atenção também, não tem como não olhar, a ideia não é mostrar coisa demais.

A ideia é mostrar o mínimo possível, então não vai essa daqui também, vou voltar posso te dar três estrelas para essa, mas não é a que eu gostei mais, eu já vou até tirando até chegar nossa foto 5 estrelas.

Vamos ver. A próxima também está mostrando o cantinho, tudo isso são coisas que você não pensa quando vai tirar foto, ou melhor, são coisas que devemos pensar antes de tirar a foto.

Pensar nos detalhes, então essa também vai para três estrelas e eu vou tirar ela do páreo. Estamos com várias fotos agora cada vez mais parecidas, cada vez mais difícil de escolher, mas todos esses pontos de vista que estou mostrando são coisas possíveis de acontecer.

Podemos ir lá simplesmente olhar de cima para baixo, tirar foto, mas observa a diferença entre essa e essa (central superior e central inferior).

De frente ela fica mais interessante, estou chegando na melhor de todas, pode comparar também, essa está muito menos poluída, nela tem muito menos informação só que ela está de cima para baixo.

O registro está ficando maior do que a própria mariposa, na verdade ele não é maior. A mariposa vai ficar diminuída, parece que ela está menor. Essas duas últimas estão bem parecidas.

Se for para próxima, essa já está um pouco mais interessante do que a anterior, mostrando de frente eu já acho diferente, mais interessante, as linhas estão quase paralelas e que apesar que ela está meia tortinha tem uma outra opção.

Vou dar quatro estrelas - para central linha inferior, quatro para a última – linha inferior à direita - quase iguais, está um pouco mais bonita, vou deixar apenas essa. Estamos chegando na foto 5 estrelas, que é a foto que mais gostamos.

E essa daqui que está em ângulo em comparação com a que está de frente, está sendo vista um pouquinho de cima para baixo e já acho que não é tão interessante quanto a anterior, as que têm 4 estrelas eu vou tirar.

Temos quatro opções quase idênticas da mesma foto, vou dar um zoom e comparar as 4, essa daqui ela mostra só a mariposa, mais simples que isso impossível, só que ao mesmo tempo qual tamanho tem essa Mariposa?

Não temos nada de referência do mundo real, nada que consiga mostrar; o tamanho do azulejo pode ser gigante não tem nem o tamanho do total de azulejo, ele pode ser pequeno.

Fica colocando informação de menos, não consegue mais ter noção do tamanho; lembra que a ideia dessa foto era mostrar o tamanho da mariposa. A próxima já tem um registro (de água), já pensei na hora que eu coloquei o registro, já pensei em deixar o registro ali.

Porque o registro tem mais ou menos um padrão, não existe um registro muito grande ou muito pequeno; registro de casa antiga, gostei de deixar o registro.

Porque tem uma referência do tamanho na borboleta. Apesar de dar uma nota 4 para ela eu não vou escolher, vou deixar só essas três estão quase que iguais com pouca diferença [367-Aula1.5_OcaminhoParaChegaraUmaBoaFoto_Imagem4].

Essa daqui do meio está um pouquinho torta, tem uma linha, pouquinho inclinada e eu acho que isso não está tão interessante. Tem muito espaço daria para fechar um pouquinho mais, então essa eu vou dar nota 4, mas ainda não vai ser a nossa foto.

Vou fechar e agora tem duas fotos quase idênticas, a da esquerda ela está quase alinhada, porque se ele aumenta dá para mexer depois no programa no Photoshop, mas ainda tem espaço sobrando, o registro está meio apertadinho no canto a mariposa está no meio.

Então eu vou dar uma nota 4 para ela, mas eu ainda acho que a próxima é a que eu gostei mais, não sei se vocês vão concordar. Espero que sim, mas essa foto é a foto que quando olhei para mariposa já pensei nessa foto e eu mostrei esse monte de fotos que eu fui tirando para vocês para ter uma noção de qual caminho que pensa antes de clicar, antes de bater a foto.

Eu me posicionei, eu tive de ser rápido também porque ela podia sair voando, eu tive de ser rápido, abaixei um pouco, posicionei a câmera deixando paralela e fui pensando no que eu queria, no enquadramento da imagem.

Essa eu vou deixar com 4, mas a outra vou deixar como cinco e é nossa foto que eu achei mais legal, mais interessante e agora mostrando todo o caminho que eu fiz para chegar nessa imagem, vou fechar a foto e mais uma vez essa daqui já sabia.

Eu mostrei mais ou menos o caminho, do porquê eu achei mais interessante essa foto, se eu colocar todas tem essas que nem estrelinha pus, tem de 3 estrelas, de 4 estrelas e a nossa vencedora, vou colocar até uma bandeirinha para nossa vencedora.

A foto com o enquadramento mais pensado, mais elaborado, no próximo vídeo vamos analisar a foto da horta, vai ser rápido apenas para mostrar o que dá para fazer e o que não é legal fazer, com a nossa imagem antes mesmo de clicarmos.

Sobre o curso Fotografia: introdução à composição

O curso Fotografia: introdução à composição possui 106 minutos de vídeos, em um total de 56 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Fotografia em UX & Design, ou leia nossos artigos de UX & Design.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Fotografia acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$85
à vista R$1.020
Matricule-se

Pro

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas