Primeiras aulas do curso Introdução ao Google Analytics: configurações e funcionalidades

Introdução ao Google Analytics: configurações e funcionalidades

Configurações - Introdução

Oi! Meu nome é Eliana Loureiro, e nós vamos, juntos, eu e você, descobrir as funcionalidades do Google Analytics.

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita, fornecida pelo Google, que coleta e compila informações de forma anônima. E, assim, permite que sejam transformadas em relatórios, que servem para você analisar e tomar suas decisões de marketing.

E só funciona para quem tem um e-commerce? Não, é para todo mundo. Todo mundo que tem um site ou um aplicativo.

Pelo Google Analytics, você descobre quem é o seu público. Você também consegue saber por quais canais o seu público chegou até você; se foi pelas redes sociais, se foi pelo tráfego orgânico.

Você consegue, também, saber o relacionamento do seu público com o conteúdo do seu site. Por quais páginas eles chegaram, por quais páginas eles saíram.

Você consegue descobrir qual é a velocidade do seu site. Você consegue, também, entender melhor as conversões, você já tendo um e-commerce ou não. Você consegue configurar metas para o seu negócio, índice de sucesso e acompanhar se elas estão se realizando ou não.

E você também consegue personalizar, criar tanto relatórios personalizados quanto painéis personalizados, ou, ainda, alertas que podem chegar por e-mail, avisando quando aconteceu alguma ação que você resolve aqui, que você configura.

E tudo isso nós vamos aprender juntos. Vamos começar?

Configurações - Criação de Conta Google Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta de análise de dados, para sites e aplicativos, gratuita, criada pelo Google.

Lembra que eu pedi o acesso, para o meu cliente, do Google Analytics dele, e ele me disse que não tinha um Google Analytics instalado? Então, eu vou mostrar para vocês como criar essa conta no Google Analytics e instalar no seu site.

Primeira coisa, a gente tem que entrar no site do Google Analytics. Simplesmente, você vai no Google, digita “Google Analytics”, e ele vai te mostrar, já, como entrar na página. Aqui, ele já está me mostrando algumas contas que utilizam.

Para você ter uma conta no Google Analytics, se você tiver um e-mail do Gmail, você pode utilizar essa conta do Gmail, que é do Google. Mas não necessariamente. Você pode “eu quero fazer que quem acesse, quem tenha acesso ao meu Google Analytics, seja a conta da minha empresa”.

Então, simplesmente, você vai fazer essa conexão. Aqui, eu vou pedir para usar outra conta. Eu vou usar uma conta que eu tenho que já tem acesso ao Google Analytics. Mas você pode, simplesmente, vir aqui, “Criar conta”, para, depois, fazer essa conexão com o Google Analytics.

E, aí, você criou a sua conta no Analytics, e já está pronto, você já tem os dados do seu site? Não, porque você precisa fazer essa conexão entre o seu site e o Google Analytics. Então, quando você entrar na sua conta do Google Analytics, o que você vai ter vai ser isso. Vai ser os resultados zerados.

Para você criar essa conexão, você precisa criar o código de rastreamento do Google Analytics, a ID dele, que é como se fosse um RG pessoal e intransferível, o que vai permitir fazer essa conexão.

Como eu faço isso? Você vem aqui, na Conta de Administrador; você está criando uma nova. Para eu ver, no meu caso, essa conta que eu já tenho, está aqui, em Configurações da Propriedade, eu tenho o meu código de acompanhamento, que é este número.

Mas você vai criar para esse novo site ou aplicativo. Então, você vem em Criar Propriedade. Eu preciso dizer se eu quero para um website ou um aplicativo para dispositivos móveis. Lembra que, com o Google Analytics, você pode, sempre, fazer o acompanhamento de um dos dois. Pode ser no aplicativo ou pode ser no site.

E, aí, eu vou fazer para um site. Eu vou fazer do Music Dot, que é um site da Alura. Ele é focado no ensino de aprender a tocar instrumentos musicais. Então, ele é voltado para esse mercado de música e ensino. Eu vou usar ele como exemplo, aqui, para a gente.

Eu digito o nome do site. Eu preciso dizer a categoria do setor (tudo isso é importante para os relatórios que ele vai me oferecer depois); no meu caso, empregos e educação. O fuso horário dos relatórios. Brasil. E, no meu caso, aqui, São Paulo.

Ver ID de acompanhamento. Está aqui a minha ID. Está pronto? Não, tem mais um passinho, ainda, para você fazer essa conexão. Ele me dá, aqui, um código desse acompanhamento, já com a minha ID.

Se você é uma pessoa que programa, que tem desenvoltura para isso, você vai instalar esse código no seu site. Se você tem um site no WordPress, em geral, ele tem um plugin que facilita essa instalação.

Mas, senão, se você não tem essa facilidade, você tem que pedir para um desenvolvedor instalar esse código para começar a recolher as informações do seu site e mandar para o Google Analytics.

Em quanto tempo você vai ter as informações? A maior parte das informações começa a aparecer depois de 24 horas. Mas, quando você faz a ligação com o Google Ads, que são os links patrocinados, pode levar de 24 a 72 horas quaisquer modificações para você receber esses dados.

O que é o Google Ads? Em português, ele recebe o nome de “links patrocinados”. São os anúncios que você pode fazer no Google. E nós vamos aprender, mais para frente, como fazer essa configuração de ligamento para você ver as informações do Google Ads aqui, dentro do Google Analytics, e conseguir gerar relatórios e ter informações de marketing para você.

Mas o que você precisa entender sobre o Google, entender como ele funciona? Você está aqui, no Google; vamos dar um exemplo para vocês entenderem melhor como é que funciona, como é que é o Google Ads. Digamos que você escreve aqui “escola de música São Paulo”. Ele vai me voltar com os resultados dessa busca.

Perceba que tem esses resultados, os primeiros que aparecem, escrito “anúncio”. Esses são Google Ads, são os links patrocinados. São aqueles que você paga para aparecerem como os primeiros resultados.

E, quando você desce mais, você tem os outros resultados, que são aquilo que a gente chama de busca orgânica, que leva a outros fatores. Mas aqui, que você tem esses links patrocinados, o Google Ads, do qual nós estávamos falando.

Agora que o meu cliente já tem uma conta no Google, e eu tenho o código de acompanhamento instalado no site dele, eu posso fazer as primeiras configurações do Google Analytics.

Isso é o que nós vamos ver no próximo vídeo.

Configurações - Criação de Vistas e Exclusão Tráfego Interno e Bots

Eu avisei ao meu cliente que o Google Analytics dele já está instalado e funcionando. E ele me pediu o acesso para mexer e ver as informações lá, no Google Analytics dele. E, aí, eu fiquei com medo, porque vai que ele mexe em alguma coisa e apaga alguma informação necessária.

Esse meu medo tem razão de ser. Por quê? Quando você faz alguma mudança no Google Analytics, depois que esse dado é processado, não é possível alterá-lo.

Repetindo, porque isso é importante: depois que um dado é processado no Google Analytics, não é possível alterá-lo.

Então, o que fazer? E, ao mesmo tempo, eu mesma posso mexer em algum dado, alguma informação e errar alguma coisa, perder essa informação. Então, o que é possível fazer?

O Google Analytics tem algumas recomendações, alguns procedimentos, que eu vou ensinar agora a vocês para vocês não terem essa perda de dados. Vamos lá.

Eu estou aqui, no Google Analytics. Perceba que não é aquele Google Analytics do meu cliente, porque ele está zerado, sem informações. Mas é, simplesmente, para mostrar esse padrão para vocês.

Essa mudança que nós vamos fazer, você precisa ter o nível de acesso de administrador. Se você criou a conta, você tem um nível de administrador; se você criou essa propriedade do Google Analytics.

Então, primeira coisa: perceba que tem três níveis. Você tem o nível da conta, o nível da propriedade e o nível da vista. Vamos voltar naquela conta, que eu já mostrei para vocês, do MusicDot, que é aquele site que ensina como tocar instrumentos musicais e que é do grupo Alura.

Então, os três níveis dele. O primeiro, perceba que é Alura. O segundo, aí sim, é o MusicDot. O terceiro, MusicDot (tudo). O que acontece? A Alura é assim, o nível da conta; por exemplo, eu sou uma agência. Então, é o nome da minha agência, por exemplo. Dentro da minha agência, eu tenho alguns sites e aplicativos que eu administro. Então, são propriedades e aplicativos. É esse o nível.

E Vista são algumas visões que eu vou ter daquela propriedade. Como é que você vai usar a vista? Por exemplo, esse meu cliente acha que a maior parte das vendas dele vem de São Paulo. Então, a gente pode criar filtro só para São Paulo para ter um relatório mais detalhado, já que esse é o mercado mais importante para ele. E, também, no nível da vista, nós podemos criar diferentes metas.

Vamos fazer essa padronização. Quando você cria aqui, que a gente viu no último vídeo, a sua ID e tudo mais, já cria como padrão essa vista de todos os dados do website.

Então, eu vou criar uma outra vista. Ele pergunta aqui se um site, se é um aplicativo para dispositivo móvel. Eu vou dar o nome para essa minha vista de Teste. Aqui, é importante você colocar as informações corretas porque, como eu já disse, isso vai influenciar os seus relatórios. Então, criar vista de propriedade.

E criar uma terceira vista. Nós vamos criar a vista, agora, que está até com o nome Mestre. De novo, colocar as informações corretas. Vamos ver, São Paulo.

Então, eu tenho três vistas de propriedade agora. Como é que vão funcionar essas três vistas de propriedade? Esse “Todos os dados do website”, ou dados brutos, vai funcionar como nosso backup. Então, a gente não mexe nele porque, qualquer coisa, a gente tem todas as informações aqui.

Mais uma informação importante: quando o administrador apaga uma vista, ele tem até 35 dias para conseguir voltar com essa vista; prazo de 35 dias.

Digamos que eu vou tentar uma configuração nova, um filtro novo. Eu vou usar o Teste. Aí, eu vou esperar o período de 24 horas, que é quando ele processa esse dado. Eu vejo se está tudo ok, vou usar normalmente, dentro dessa vista Teste; criar o filtro, a meta, também, pode ser. E esperar 24 horas. Se não houve nenhum problema, se está tudo dentro do que eu esperava, aí sim, eu implemento na vista Mestre, que é a que, efetivamente, eu vou utilizar.

Então, lembrando: todos os dados do website, que são os dados brutos, eu não mexo. É o meu backup. Fazer uma nova configuração, uma nova meta, um novo filtro, Teste. Espero 24 horas, vejo se está tudo ok com os meus relatórios. Estando ok, eu passo para a vista Mestre.

Aqui, dentro da nossa vista Teste, a gente já pode fazer alguns filtros, algumas configurações. Fazendo a primeira configuração da vista da propriedade, que é “Filtragem de bots”, simplesmente, eu clico aqui e ele vai fazer essa filtragem de bots, apagá-los dos meus relatórios. Salvar. Simples assim.

Vamos fazer um outro filtro. Esse é um pouco mais complexo. Eu vou fazer a filtragem de IP. O que é IP? Lembra que a gente falou que esse nosso número do Google Analytics era como se fosse um RG, pessoal e intransferível? Todo computador também tem uma espécie de RG, pessoal e intransferível, que se chama IP.

Você vai estar, a todo momento, acessando o site, verificando, e não é interessante que isso conste nos seus relatórios. De repente, você acha que o seu site está bombando, o conteúdo está sendo super acessado e, na verdade, é só você mesmo ali, acessando. Então, você consegue fazer uma filtragem de apagar o seu computador.

Para isso, você tem que saber o seu número IP. Você sabe o seu número IP? Nem eu sei o meu. Mas é simples. A gente pergunta para o Google. O Google sabe tudo. “Meu IP - qual é o meu IP?” Diga-me, Google. Está aqui o meu número de IP.

E, aí, eu vou adicionar o filtro. Nome do filtro: exclusão de tráfego interno, que é o que nós, efetivamente, estamos fazendo. É predefinido, mas você pode criar algo personalizado. Excluir. Que seja “tráfego dos endereços IP”, “que são iguais a”. Aí, eu colo o meu IP. Salvar. E está feito.

Perceba que eu fiz na vista Teste, espero 24 horas para isso ser implementado. Claro que uma conta funcionando, não essa com o meu zerado, que não vai adiantar muito. Mas a de vocês já deve estar configurada. E, aí, ele vai apagar essas duas informações que não são interessantes para mim; nem que sejam de máquina, eu quero informações sobre humanos, e nem do meu próprio tráfego interno.

Uma outra coisa, também, em relação ao meu cliente, de dar acesso ao meu cliente. Tem uma outra questão. Perceba que existe gerenciamento de usuários nos três níveis. Gerenciamento de usuários é você dar acesso para outras pessoas.

Quando uma pessoa trabalha com você na sua agência, faz sentido, de repente, você dar um gerenciamento de usuário no nível da conta que é da sua agência. Se a pessoa tem essa permissão no nível da conta, ela vai ter de propriedade e vista, também.

Mas você pode dar um acesso só da propriedade, só desse site aqui. Ou eu posso dar, simplesmente, da vista. Eu quero só que ele veja a minha vista Mestre, só dessa minha vista de São Paulo, que eu comentei com vocês, aí eu vou fazer uma vista só de São Paulo porque, de repente, é o gerente da loja de São Paulo, da loja da área de São Paulo. Então, faz sentido ele só ter esse acesso para essa vista de São Paulo.

Quando eu venho no gerenciamento de usuários; eu venho aqui para adicionar usuários, coloco o e-mail. Perceba que tem diferentes tipos de permissão. Eu posso dar uma permissão para editar, em que a pessoa pode criar e editar filtros, metas; não pode gerenciar usuários. Colaborar, pode criar e editar recursos compartilhados, como painéis ou anotações.

Ou, simplesmente, talvez seja esse o acesso que eu queira dar ao meu cliente, pode ver dados de relatórios e configurações, e nada mais. Esse é o único acesso que eu vou dar a ele. E gerenciar usuários. Pode adicionar e excluir usuários, alterar permissões dele. Talvez, eu também precise dar isso para o meu cliente, para ele colocar outros funcionários, e tudo mais. Mas eu escolho qual o nível de permissão que eu vou dar para esse meu cliente.

No próximo vídeo, nós vamos ver as configurações de público, que são algumas configurações necessárias e importantes para ver mais detalhes e informações nos seus relatórios.

Sobre o curso Introdução ao Google Analytics: configurações e funcionalidades

O curso Introdução ao Google Analytics: configurações e funcionalidades possui 99 minutos de vídeos, em um total de 35 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Marketing Analytics em Marketing Digital, ou leia nossos artigos de Marketing Digital.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Marketing Analytics acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

  • 1054 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

Premium

  • 1054 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$75
à vista R$900
Matricule-se

Premium Plus

  • 1054 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$100
à vista R$1.200
Matricule-se

Max

  • 1054 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Procurando planos para empresas?
Acesso por 1 ano
Estude 24h/dia onde e quando quiser
Novos cursos toda semana