Primeiras aulas do curso Introdução ao Django 3: Modelo, Rotas e Views

Introdução ao Django 3: Modelo, Rotas e Views

Iniciando aplicação e subindo o servidor - Introdução

Olá e boas vindas!

Este é o curso de Fundamentos de Django 2 e sou o instrutor Guilherme Lima.

Em nossas aulas, criaremos uma aplicação web chamada Alura Receita que receberá novas receitas de culinária utilizando Python e o framework de Django. Clicando em cada ícone, serão apresentadas as informações, ingredientes e modo de preparo.

Trabalharemos com a parte de Administração do Django que pode ser acessada pra ver o crude completo de nossas receitas onde poderemos criar novos itens, atualizar, excluir e editar, além de deixar nosso site bonito e agradável.

Com isso, os pré-requisitos para este curso são: ter familiaridade com banco de dados SQL sendo PostgreSQL que armazenará todas as informações de nosso site em nosso caso, e ter conhecimento sobre as linguagem de Python, HTML, CSS e JavaScript mesmo que em nível básico.

A partir de nossas aulas, seremos capazes de criar páginas e aplicações web utilizando os recursos citados com boas práticas de programação, seguindo convenções de Django.

Este curso é destinado às pessoas que não têm tanto domínio sobre os frameworks de Django e querem dar os primeiros passos para elaborar uma aplicação, mesmo que conheçam bastante Python.

Vamos lá!

Iniciando aplicação e subindo o servidor - Django e venv

Vamos dar início ao desenvolvimento de nossa aplicação em Python utilizando o framework do Django.

Começamos entrando neste link para baixar e instalar a última versão de Python disponível para cada sistema operacional.

Com o programa instalado, abrimos o terminal com o atalho "Tecla Windows + R" para digitar "cmd" e encontrar com "Enter" no caso de Windows, e "Command + Espaço" para digitar "terminal" em Mac OS.

Verificamos a versão instalada digitando python -- version. O resultado é diferente do que foi apresentado no site de Python mas não há nenhuma necessidade de remover, pois é a versão utilizada por nosso sistema operacional. Para visualizarmos a versão que instalamos, escrevemos python3 -- version.

Caso seja necessário, na atividade anterior "Saudações e ambiente" há um passo-a-passo para instalar o Python3 nos três principais sistemas operacionais.

Agora, partimos para a instalação de Django através deste link, onde temos uma maneira de instalar a última versão. Se apenas digitarmos a linha apresentada no terminal, o sistema instala no ambiente de sistema operacional, e não é o que queremos; precisamos desenvolver uma aplicação e queremos que o Django esteja instalado somente nesta.

Para isso, utilizamos ambientes virtuais; digitando "python venv" no navegador e acessamos este endereço que possui uma descrição sobre o fornecimento de ambientes virtuais leves através deste módulo de Python, contendo seus próprios diretórios, arquivos binários, versões e módulos independentes do sistema operacional.

Para criar, há a parte "Creating virtual environments" com a linha python3 -m venv /path/to/new/virtual/environment. De volta ao terminal, para manter nosso código organizado em um local, criamos uma pasta no desktop digitando cd desktop e depois mkdir para a pasta aplicacao que mantém todo o código da aplicação. Acessamos com cd aplicacao e observamos seu conteúdo vazio com ls.

Em seguida, limpamos o terminal com "Ctrl + L", criamos o ambiente virtual de Python dentro da aplicação escrevendo python3 -m venv ./venv e finalizamos com a tecla "Enter".

Se digitarmos ls, podemos visualizar a pasta venv que possui o arquivo "bin", "include" e "lib". Este primeiro contém o arquivo necessário para carregarmos este ambiente. Há diferenças entre os sistemas operacionais; na documentação, vemos orientações específicas para carregar em cada um.

No decorrer da aplicação, editamos e alteramos o código usando o Visual Studio Code, mas outros editores como PyCharm, Sublime Text ou Atom também são eficientes. Abrindo-o, acessamos a pasta "aplicacao > venv" e abrimos o terminal com "Command + J".

Na janela "Terminal", carregamos o ambiente virtual digitando pwd para copiar e colar o caminho após escrever source na linha seguinte. Em seguida, escrevemos /venv/bin/activate na sequência do caminho para acessar a pasta e inicializar com "Enter". Temos confirmação quando aparece (venv) antes do diretório.

Agora, podemos aplicar o comando de pip install presente na página do Django. Se estivermos utilizando Windows, a diferença está no acesso ao arquivo, e neste caso é necessário escrever /venv/Scripts/activate.bat.

Copiamos e colamos o comando em nosso terminal, sem precisar especificar a versão, pois a última já está presente no site de origem, e portanto apenas adicionamos pip install django.

Após a instalação de todos os pacotes necessários, existe uma forma de ver se foi instalado corretamente que consiste em digitar pip freeze para visualizar todos os módulos presentes neste ambiente virtual.

Feito isso, podemos partir para a criação da aplicação.

Iniciando aplicação e subindo o servidor - Projeto e subindo servidor

Com nosso ambiente virtual configurado e ativado, podemos dar início ao nosso projeto.

Para descobrir o comando de Django que executa e inicializa o projeto, escrevemos django-admin help na janela de terminal dentro do Visual Studio para visualizar uma série de comandos que podemos usar; dentre estes, existe o startproject.

Limpamos o terminal com "Ctrl + L" e adicionamos este comando seguido do nome do projeto alurareceita. Se simplesmente apertarmos a tecla "Enter" neste momento, o sistema cria uma pasta com nosso trabalho contendo outro diretório com o mesmo nome, e não é o que queremos. Precisamos gerar uma pasta principal do projeto, e para isso apenas adicionamos . após o título e apertamos "Enter", e assim podemos ver "alurareceita" na lista lateral de diretórios contendo quatro outros documentos e um arquivo separado chamado manage.py que possui um código inicial.

Nos documentos criados dentro de "alurareceita", temos o __init__.py que diz ao Python que este diretório deve ser considerado um pacote.

settings.py é um arquivo extremamente importante e útil para nosso trabalho, pois contém todas as configurações relacionadas a nossa aplicação, e inclusive podemos mudar o idioma da aplicação, substituindo en-us por pt-br em LANGUAGE_CODE =. Já o TIME_ZONE = será usado para São Paulo, e para descobrir o que escrever, digitamos "django timezone list" na busca do navegador para acessar este link que possui uma lista para cada localidade. Descoberta a referência, substituímos UTC por America/Sao_Paulo e salvamos o arquivo. Com isso, a hora marcada na aplicação corresponde a este fuso horário.

O Visual Studio apresenta uma caixa de diálogo indicando a recomendação da extensão de Python, e clicamos em "Install". Também sugere a instalação de Linter pylint, e também clicamos em "Install".

O arquivo urls.py é a declaração de todas as urls para nosso projeto, como um índice do site movido dentro de Django onde serão cadastradas.

Por fim, o wsgi.py é um ponto de integração para servidores Web compatíveis ao WSGI. Não veremos sobre esta questão neste treinamento, pois abordaremos somente as partes mais elementares.

Agora, é interessante visualizarmos algo após as alterações feitas subindo um servidor para ver uma página, da mesma forma como fazemos com o Google. Abrimos uma nova aba no navegador e digitamos um endereço qualquer para abrir um site, e é isso que queremos para nosso projeto também, mesmo que seja apenas um local da máquina.

Para isso, não utilizamos mais o admin do Django, e sim o arquivo manage.py. No terminal, digitamos python manage.py seguido de um comando runserver para subir o servidor, descoberto da mesma forma com help na sequência.

python manage.py runserver

O sistema apresenta uma mensagem alertando que há algumas migrações a serem feitas. Não é necessário nos preocuparmos com isso neste momento. Em seguida, aponta a porta na qual o servidor subiu.

Pressionando "Command", clicamos nesta porta para abrir no navegador, o qual exibe uma mensagem de sucesso da instalação em português, como configuramos. Para testar, basta escrevermos "localhost:8000" na barra de endereços do navegador padrão.

Como não queremos a animação apresentada pelo Django na nova página e sim nosso projeto com as receitas, configuraremos seguir.

Sobre o curso Introdução ao Django 3: Modelo, Rotas e Views

O curso Introdução ao Django 3: Modelo, Rotas e Views possui 139 minutos de vídeos, em um total de 44 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Python em Programação, ou leia nossos artigos de Programação.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Python acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

  • 1266 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

Premium

  • 1266 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$75
à vista R$900
Matricule-se

Premium Plus

  • 1266 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$100
à vista R$1.200
Matricule-se

Max

  • 1266 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso por 1 ano

Estude 24h/dia onde e quando quiser

Novos cursos todas as semanas