Primeiras aulas do curso Corel Draw: Trabalhando com Silk Screen

Corel Draw: Trabalhando com Silk Screen

Conhecendo o Corel Draw - Introdução

Bem vindos ao curso de Corel Draw para Silk Screen, eu sou o Fábio Chaves e serei o instrutor que vai acompanhar vocês durante esse curso. Vou contar um pouco da história do Corel Draw, relacionado a algumas reclamações de profissionais ligados à área de design gráfico. Eles falam que o software é obsoleto, eles falam que o software tem uns plug-ins que não atendem mais a nossa necessidade, é um software antigo e etc. É uma gama de reclamações.

Eu, por outro lado, vou dizer aqui pela minha experiência, eu aprendi lá no tempo da faculdade, na aula de geometria descritiva, um professor meu falou uma frase que eu nunca mais esqueci: o melhor software é aquele que você sabe usar. E indo um pouco além, é aquele que atende a sua demanda. E não importa para mim se você usa o software A, B ou C. O que importa para mim, a mensagem do designer é passar de forma bem sucedida, com clareza, o seu layout.

Porque o objetivo do designer é você estar atrelado com um processo criativo, você ter clareza naquilo que você quer passar para o seu público-alvo. Então, nós temos, atualmente, profissionais do ramo de design gráfico, tanto quanto profissionais da área de serigrafia, que aplicam de forma eficiente, e bem limpa, com trabalhos belíssimos, esse resultado profissional, utilizando esse software.

Não cabe aqui para mim julgar essa parte, essa questão. O que nós vamos aprender nesse curso é atrelar o processo criativo, usando, tanto esse software, quanto, eu usei aqui, como vocês podem ver, eu vou abrir aqui o Photoshop, esse artifício visual aqui para ser um facilitador.

Eu criei esse desenho desse alienígena, digitalizei a imagem, passei para o software para chegar a esse resultado aqui desse de esboço. A partir desse esboço, eu vetorizei a arte, refinei e chegamos a esse resultado final. O objetivo do curso é chegar nisso, até você preparar esse arquivo para impressão, separando pelos quatro canais de cores conhecidos para que você tenha a possibilidade de entregar ele para a arte serigráfica.

Nós vamos estar aqui fazendo isso e se você é profissional que está no curso, iniciando o curso agora, ou se você está entrando na área de serigrafia para você melhorar o orçamento doméstico, ou mesmo se você é um profissional de design experiente, nada importa que nós troquemos aqui essa experiência profissional, utilizando a poderosa ferramenta que é o Corel Draw para chegar a esse objetivo.

Se vocês quiserem saber um pouco mais sobre dicas de design e o processo de execução desse layout, basta vocês me acompanharem aqui nesse curso. Vai ser um prazer estar aqui com vocês. Vamos metermos a mão na massa.

Conhecendo o Corel Draw - Conhecendo o Projeto

Para criar essa arte conceitual que vocês estão vendo aqui na tela, eu me baseei no exemplo de Henry Ford, em 1914, que ele criou a escala de produção por escala, ou seja, para ele criar os carros dele, ele passava por uma esteira, na qual existiam profissionais responsáveis por cada setor. Tinha o setor de apertar parafuso, outro de encaixar pneu, outro para encaixar a porta, o vidro. Até a montagem final na linha de produção chegar ao cliente final, para o carro ser pronto para venda.

E isso foi adotado, fez tanto sucesso e foi uma sacada tão interessante, inteligente, que Henry Ford foi copiado por outras indústrias automobilísticas e outras fábricas que usam o modelo dele, o fordismo, até hoje em sua escala de produção. E o Corel Draw, assim como Henry Ford, ele utiliza esse tipo de processo, de linha de raciocínio para nós criarmos e executarmos o nosso projeto.

Embora esse projeto não seja de pintura digital, eu não vou entregar para vocês o desenho aqui, eu vou ensinar o desenho para vocês, eu já vou entregar o desenho já com a arte pronta, o processo criativo que me levou a criar esse desenho foi assim: eu pegar algumas referências, como vocês podem ver, eu estou aqui no Photoshop agora para mostrar para você a criação.

Esses elementos que vocês estão vendo aqui com a moldura, o alien que eu digitalizei, que é a foto que eu estou mostrando para vocês mais uma vez. Essa mão do personagem de um filme famoso. Vocês podem vir aqui no meu canto direito, estourando uns pop-ups, algumas imagens relacionadas ao que eu escolhi. Inclusive, o que eu peguei de inspiração para criar esse alienígena.

Vemos aqui em cima algumas imagens que eu usei com o processo criativo para criar esse layout, que é um artifício visual que eu utilizei para rafiar, para criar o meu esboço. Nada se faz sem esboço, nada se faz sem papel. Lembra que eu falei isso? E é exatamente dessa forma que eu trabalho, também, para criar esse layout mais refinado até a vetorização final. Uma coisa que eu também queria compartilhar com vocês, é que dentro dessa linha de escala de produção, os nossos organizadores dentro do Corel Draw é o gerenciador de objetos.

Ele faculta nós separarmos os itens que nós queremos criar por importância, dentro de camadas. Como é que isso funciona? Aqui, vocês podem ver o nosso gerenciador de objetos, eu tenho todo o nosso projeto aqui separado. Desde o logo, desde acessórios. Olha como ele fica sem nada. O contorno dele sem o arremate final, ele todo solto aqui, sem a moldura.

E isso me permite criar subdivisões dentro do meu do meu objeto. Aqui, por exemplo, eu tenho ioiô, aqui selecionado, eu posso vir aqui com o botão direito do mouse e tirar a seleção dele. Caso eu queira a arte mais clean, mais limpa, com menos objetos, menos adereços dentro dela. O limite passa a ser a sua criatividade. Mais uma dica que eu passo para vocês também, eu usei um dos serviços do Adobe Creative, que é o Adobe Color. Vamos aqui no site. O site para vocês entrarem, para buscarem de referência é o color.adobe.com.

Vocês serão direcionados aqui ao Adobe color CC. E esse Adobe color CC é um serviço que te põe com vários leques de opções de escalas tonais. E foi aqui que eu bebi da fonte para nós criarmos as nossas cores do nosso projeto. Nós temos aqui cinco cores, são várias gamas de valores. Nós vamos escolher uma dessas para nós executarmos esse próximo projeto.

E eu tenho como criar também. Você pode padronizar um estilo de cor com as regras de cores no sentido análogo, monocromático que é tom sobre tom, só apenas inserção e porcentagem a mais e a menos no mesmo tom de cor, o complementar que significa de uma escala a outra, de tons quentes para frios, de um extremo ao outro no círculo cromático.

E nós temos também o composto, que ele é mais misto. Temos tudo isso relacionado, e nós vamos ver isso à frente, como isso vai ser aplicado dentro do nosso projeto. Seguindo essa linha, continuando com essa linha de raciocínio até o fim da esteira da linha de montagem, o nosso projeto, até o final, até o arremate final da linha de montagem, ele vai ser entregue e vai ser preparado para impressão.

Na qual, nós vamos ter que separar pelos quatro canais de cores conhecidos para impressão, para nós podermos prepará-lo para a serigrafia, e reticular de forma correta para essa inserção de cores, tom sobre tom. Nós vamos ver como isso vai funcionar.

Eu espero que vocês curtam o curso comigo. Isso aqui foi um panorama técnico de como nós vamos proceder durante as nossas aulas. E, qualquer dúvida, deixem seus comentários e suas dicas lá no fórum para nós podermos conversar. Vai ser um prazer respondê-los. No próximo vídeo, nós vamos estar configurando a nossa viewport, a nossa área de trabalho e algumas dicas sobre o ferramental do Corel Draw. Até o próximo vídeo.

Conhecendo o Corel Draw - Se ambientando no Corel Draw

Nessa aula nós vamos estar entendendo a workspace do Corel Draw. Nada mais justo do que nós começarmos abrindo um documento novo. Com o software aberto, conforme aqui na tela. Vocês podem ver aqui no canto superior esquerdo, eu tenho a primeira opção, das três conhecidas, para se criar um documento novo.

Eu vou dar um zoom para nós termos um ponto de aproximação, primeiramente criando, clicando nesse documento. Ele abre essa caixa de diálogo padrão. Ou a segunda opção, eu venho em arquivo e é quase a mesma coisa. Só com a exceção de você criar com esse ícone. Ou fazer da forma como eu gosto, que é criar aqui com a tecla de atalho Control+N.

A caixa de diálogo é aberta, eu vou dar uma aproximação para nós vermos alguns pontos de interesse, e vou chamar o projeto do nosso documento vai ser alien. Sintam à vontade para vocês escolherem o nome que vocês acharem mais interessante. Eu chamei de alien concept. O tamanho do documento, realmente, vai ser o formato A4 para que nós possamos estar trabalhando nessa largura de 210 por 297, respectivamente.

Gosto de trabalhar com milímetros, por conta do sistema métrico, trabalhar com três casa decimais, eu fico mais a vontade, mas vocês fiquem no projeto de vocês como vocês gostarem mais. O sentido é vertical, ou seja, a página em pé. É bem intuitivo, eu quero que ela fique com o formato de retrato mesmo, já está dizendo para mim. Uma página somente que nós vamos trabalhar nesse documento até o final do curso.

Agora, vamos prestar atenção aqui, porque eu quero que vocês trabalhem com o modo de exibição canal de separação de cores para o modo CMYK, por quê? Porque na hora que nós formos exportar o nosso arquivo, no final do curso, para ele ser preparado para a impressão na serigrafia, no fotolito, os canais vão ser separados por essas quatro cores aqui. As chamadas, as conhecidas, cores aditivas.

Que eram usadas pelas máquinas de impressão. O ciano, o magenta, o yellow e o preto ou black, representando pela letra K. Nós vamos entender isso na hora que nós formos fazer o fechamento do arquivo. A reticulação do mesmo, que isso vai funcionar, para que nós não tenhamos nenhum problema na hora de imprimir as camadas de cores para fazer a junção das etapas de serigrafia do projeto.

A resolução 300 dpis é ótima para no caso desse formato serigráfico do nosso projeto e o modo de visualização aprimorado é um suavizador das serrilhas que podem ser criadas com as curvas dos vetores, dos arquivos que são incorporados, não nativos, do Corel Draw.

Eu digo arquivos não nativos como, por exemplo, imagens que eu vou usar até como plano de fundo, background, que é uma imagem JPEG. Mas poderia ser um PDF, poderia ser um bitmap, etc. Vocês vão entender que o formato nativo que o Corel Draw trabalha é o formato CDR.

O formato CDR é um formato de vetor, relacionado diretamente com o software Corel Draw. Nós temos outros formatos de vetores conhecidos como o Adobe Ilustrator, que é o formato AI ou o EPS que é o formato universal também de vetores. Se eu não me engano é em Encapsulated Post Script.

É alguma coisa assim, relacionado a esse tipo de formato também de linhas, de gráficos vetoriais. Sem mais delongas, vamos dar OK. Isso foi apenas para nós entendermos um pouco desse processo de formatação. Agora, vocês criaram uma página no formato A4, ao centro da tela, e nós vamos começar a aprender a navegar no nosso documento. Com o botão scroll do mouse, direcionando para frente e para trás, eu tenho o zoom do meu documento.

Tanto para mais quanto para menos, isso de acordo, isso é bem intuitivo na hora que vocês forem manipular. Se eu pressionar o botão scroll, eu posso navegar com o meu documento. Isso é uma mão na roda, porque eu posso ter um zoom muito grande dentro de uma peça e precisar verificar pontos de interesse dentro do meu shape para poder fazer ajustes. Vou abrir rapidamente o documento que eu forneci para vocês do curso, e vocês podem ver aqui o formato nativo é o CDR do alien concept.

Isso está compartilhado com vocês, só para nós podermos ver. Eu dou um zoom e se eu precisasse fazer um pequeno ajuste aqui na mão, ou na parte aqui, navegando por volta do entorno do documento, isso seria mais fácil para nós entendermos isso. Vou fechar esse documento novamente, para nós termos atenção nesse processo, e vamos entender como o Corel Draw interage com objetos dentro da workspace dele.

Eu tenho do meu lado esquerdo o meu painel de ferramentas. Desde a ferramenta mover, a ferramenta formas, a ferramenta lupa quando eu precisar dar um zoom mais preciso dentro da peça, e caso eu precise voltar para página inicial também, mais uma dica que eu vou dar sobre manipulação de documentos. Eu venho com a tecla Shift + F4, ele volta para o zoom total da tela.

Isso também me faculta muita precisão na hora, e agilidade, na hora de proceder aqui com a vetorização. A ferramenta forma, aqui embaixo, também que ela cria, eu tenho vários leques de opções, estilos de ferramentas para vetorização e formas paramétricas, ou seja, são formas já pré-definidas, nativas do Corel Draw, como o retângulo, como a forma primária da de elipse, como a forma primária de polígonos.

Eu vou começar com a ferramenta polígono. Vocês podem ver aqui em cima que ele está habilitado para estar criando um hexágono. Esse hexágono, nós podemos ver uma figura de 6 lados, nós podemos botar aqui um octógono, por exemplo, 8 lados. E eu criei aqui um octógono irregular.

É uma peça, mas se eu quiser que ela fique com a simetria, com os ângulos e com os formatos iguais para todos os lados, eu venho e simplesmente clico nela aqui e adequo ela dessa maneira. Assim é também com a ferramenta quadrado, retângulo, se eu não estou com nada pressionado, com ela pura, eu crio o retângulo.

Se eu quiser um quadrado, com o Control pressionado, eu venho, eu aqui e faço um quadrado com mais precisão. A ferramenta elíptica é outra que obedece ao mesmo segmento de linha de raciocínio. Com o Control pressionado, e fiz aqui as minhas peças. Tem algumas opções adicionais que nós podemos verificar. Vocês notaram que na ferramenta polígono, eu posso mexer aqui e trocar de figura de 8 lados para 7, para 6 se elas ficaram habilitado.

Fiz um pentágono aqui, e de octógono eu vou criar um hexágono. Vou fazer essa modificação. Eu já não consigo fazer aqui no quadrado, porque ela já é uma ferramenta com os parâmetros especificados para criação do quadrado. A não ser que tenha sido a ferramenta poligonal.

Ele fica com um formato regular, parecendo um losango, e eu posso mexer, no caso, no parâmetro de rotação dela e botar a 45 graus e fazer um quadrado quase exatamente igual ao outro.

E ele faz essa Interpolação de parâmetros para mim. Posso continuar manipulando os elementos em cima, como trocar a espessura de linha da peça, do formato da peça, botar 6 milímetros de espessura para ficar bem espesso. A segunda, o leque eu boto 5 milímetros menos, e a terceira opção eu boto em três milímetros para ficar um pouquinho menos grosseiro de espessura de linha. Para pintar a peça, eu posso vir do lado direito e pintar de ciano.

Com as quais eu estiver selecionado, eu posso pintar de vermelho, magenta. No caso, com essas selecionadas, eu posso pintar de amarelo. Eu posso fazer toda essa transformação quantas vezes eu achar conveniente. Agora, eu tenho uma opção que nós vamos habilitar de organização. Nós vamos usar opção, ficar com ela habilitada até o final da entrega do curso, do fechamento do projeto.

Nós vamos vir em objeto e nós vamos na última opção, gerenciador de objeto. Ou, se vocês tiverem no Corel em inglês, object manager. O que isso faz? Vocês podem verificar que tenho um leque de opções, para tantas elipses e cada objeto separado nessa parte, retângulo, polígono. Por estilo de um objeto. Se aqui fosse linha, se tivesse feito um shape fechado, ele ia ficar com nome line.

Para nós sinalizarmos a troca dos elementos que estão contidas nessa camada. A camada, o gerenciador de objetos, é uma mão na roda. Ele, de início, é um tanto confuso de se utilizar, mas vocês vão se acostumar com a forma dele de separar os objetos por partes. Eu vou fazer isso durante o nosso percurso do projeto. Nós temos outras propriedades também.

Você já viram que ele pode fazer a rotação, ou dando dois cliques ou indo lá nos parâmetros iniciais dele. Como é que eu fiz uma rotação? Dando dois cliques, eu posso mexer, distorce-los um pouco. E nós podemos trabalhar também com alinhamento deles.

Existem algumas teclas de atalhos que são uma mão na roda com relação ao alinhamento de objetos, mas eu vou mostrar para vocês que a maneira mais fácil de vocês decorarem essas teclas de atalho, isso seria interessante até vocês decoraram, que com o tempo, com o uso, eu acredito que vocês vão acabar ficando craques nisso, é na opção objeto, alinhar e distribuir.

Todas as opções, as teclas de atalho, estão bem intuitivas. L para Left, para esquerda. Right, R, para direita e vocês fazem o teste de vocês. Eu vou botar aqui no topo, de top, com todos os objetos selecionados. Eles são alinhados automaticamente ao topo. Vou botar no bottom para ele ficar embaixo. Vou botar eles alinhados agora para a direita. Centralizados, pela letra C ou a letra E.

Aí vocês vão ver aqui o que é cada ferramenta dessa aqui, cada opção desses comandos, no caso, faz quando nós aplicamos. Um comando que eu acho que é uma mão na roda para você decorarem é, por exemplo, eu estou sem visualização, eu perdi um objeto, eu tenho um objeto muito longe, fora do meu campo de visão, como, por exemplo, esse polígono que eu coloque lá em cima.

Eu estou aqui, eu perdi ele, eu posso vir aqui no objeto, no meu painel, no meu gerenciador de objetos, e ver. Ele está ele existe de fato. Mas para você trazer ele para dentro da sua área de trabalho, eu venho aqui com a tecla P. Ele vai automaticamente. E eu posso ir um pouquinho além. Shift+F4 e a minha tela é apresentada, e agora fica mais fácil dar continuidade na manipulação desse elemento.

Era isso que eu queria mostrar para você, um pouquinho dessa possibilidade de transformação. Da funcionalidade da workspace, e nós podermos dar continuidade ao curso. Me acompanhem na próxima aula para nós darmos seguimento nas aulas. Qualquer coisa, deixe os comentários no fórum. Vamos lá.

Sobre o curso Corel Draw: Trabalhando com Silk Screen

O curso Corel Draw: Trabalhando com Silk Screen possui 158 minutos de vídeos, em um total de 37 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Design Gráfico em Design & UX, ou leia nossos artigos de Design & UX.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Design Gráfico acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

  • 1184 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

Premium

  • 1184 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$75
à vista R$900
Matricule-se

Premium Plus

  • 1184 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$100
à vista R$1.200
Matricule-se

Max

  • 1184 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Procurando planos para empresas?
Acesso por 1 ano
Estude 24h/dia onde e quando quiser
Novos cursos toda semana