Primeiras aulas do curso Adobe Premiere Rush: edite seus vídeos direto do seu smartphone

Adobe Premiere Rush: edite seus vídeos direto do seu smartphone

Ambientação do Aluno - Introdução

O meu nome é Danilo Máximo e dessa vez estarei com o curso de Adobe Premiere Rush, a nova ferramenta da Adobe, que visa pegar aquela galera que não tem vontade de virar um profissional de edição de vídeo, mas quer pegar um material que ela grava e posta nas suas redes sociais.

Então a grande vantagem desse software é que ele pode ser aberto do celular, então você não precisa ter uma ilha de edição para você poder editar agora, com essa ferramenta da Adobe. Então, ela visa pegar o material todo que você gravou e de forma bem simples, uma edição com corte, com trilha sonora, com texto.

Você poder modificar a cor do material. Então é uma ferramenta bem legal, bem simples de você manusear, não precisa você ter um conhecimento avançado de edição para poder mexer nesse software. E, até mesmo para você que já mexe com edição de vídeo, ele se torna um software de primeiro corte.

Então, vamos supor que você esteja numa gravação de um material importante e você quer já ver a sequência do material, a famosa decupagem, então você consegue de maneira bem fácil, fazer isso dentro do seu celular. Então, você agiliza o processo de gravação.

Então, ele cabe desde um âmbito mais iniciante, até um âmbito mais avançado de edição e durante esse curso, a gente vai ver esse projeto aqui, onde foi um vídeo gravado na praça Quinze de Novembro, aqui no Rio de Janeiro e a gente simulou uma apresentação turística dessa praça.

Então, eu peguei alguns pontos que foram gravados diretos do celular e foram editados aqui dentro do Rush. Então, durante esse material, eu ensino vocês a colocar trilha, como eu disse. Eu criei um clipe simples, eu coloco o nome tanto da apresentadora, aqui no caso, quanto o nome das imagens aqui no fim.

Eu mudo as cores de alguns takes. Então é uma abordagem bem ampla do software e vai ajudar bastante você no seu processo, no seu fluxo de trabalho. Então, espero que vocês curtam o curso e até lá!

Ambientação do Aluno - Ambientação do aluno

Estou deixando TODO O MATERIAL DO CURSO aqui nesses 3 link aqui em baixo;

Bruto na praça XV - parte 1

Bruto na praça XV - parte 2

Roteiro e musica

Bem-vindos ao curso de Adobe Premiere Rush, o meu nome é Danilo Máximo e eu vou falar um pouquinho para você dessa ferramenta que foi criada pela Adobe em 2018, no intuito de pegar aquela galera que não tem vontade de virar editor de imagem, mas que trabalha para alguma rede social, YouTube, Instagram ou Facebook com vídeo.

Então, o cara que pegava aquele material, só gravava do telefone dele e queria postar em algum lugar, agora ele tem a possibilidade de editar esse material já pelo telefone, que é uma das vantagens do Rush.

Então, a Adobe pegou o Premiere, que já era um software de edição deles, mas profissional, deu uma enxugada nele, tirou as principais ferramentas de edição e colocou dentro desse software, que pode ser aberto dentro do celular, como eu falei.

E aí, ajuda bastante no seu processo de gravação, que você não precisa necessariamente ter uma máquina para você poder editar um material base, então é um software criado para uma galera que é mais iniciante.

Então, o cara que não tem um computador, mas quer trabalhar nesse nicho, pode editar o seu vídeo facilmente, através do Rush, que é um software bem fácil de mexer, ele é bem intuitivo. E aí, agora eu vou mostrar para vocês um pouquinho do fluxo de trabalho, aonde que o Rush vai entrar no seu trabalho diário.

Você que é um cara iniciante e aí, você pegava o seu material, gravava e já postava diretamente. Agora, você conta com a ferramenta de edição, que, aberta dentro do seu telefone, você pode gerar cortes mais simples, pode jogar uma cor, pode colocar um efeito, uma transição legal, gerar um texto, colocar uma trilha sonora.

Então, são possibilidades que tornam o vídeo, mesmo mais simples, muito mais dinâmico e mais atraente. E aí, como o Rush é um software de múltiplas plataformas, eu consigo abrir ele tanto do celular, quanto dentro do computador, eu tenho essa possibilidade também.

Supondo que eu sou o cara que estou viajando, estou conhecendo um outro estado e aí, eu fiz várias imagens e tal e aí, eu comecei a fazer uma pré edição desse material durante a minha viagem. E aí, quando chego no hotel, que eu já tenho acesso ao meu computador, eu consigo abrir o Rush direto, dentro do computador também.

A interface dos dois softwares é igual, então, dentro do computador, eu já consigo ter uma precisão maior e melhor no meu corte e assim, posso finalizar o meu material e jogar ele nas redes sociais. Só que o Rush, por ele ser muito simples em algumas ferramentas, ele acaba de limitando um pouco.

E aí, a gente tem a possibilidade também do Premiere, então eu consigo editar o material do Rush, jogar ele dentro do Premiere e finalizar dentro do Premiere. Não obrigatoriamente você precisa finalizar dentro do Premiere, você pode finalizar doo Rush, como a gente viu anteriormente.

Porém é melhor você finalizar ele no Premiere, porque você tem mais ferramentas e mais recursos. E aí, pensando no âmbito mais profissional de uso do Rush, vamos supor que você tenha uma gravação mais avançada, mais sofisticada de algum lugar, que aí o cara está gravando com uma câmera mais atual.

E essas câmeras, elas têm a possibilidade de upar o material direto, então o cara grava, através de bluetooth ali, o cara já consegue puxar a mídia para dentro do computador ou para o DropBox e do DropBox, eu consigo abrir ele dentro do meu Rush.

Então, seu lá, eu estou com diretor de fotografia e estou com o cara da gravação, com o cliente, só que eu não vou ter acesso a essas pessoas posteriormente, então eu tenho que falar com elas na hora ali. Então eu pego o celular, abro de maneira simples e começo a mostrar os takes que realmente estão valendo, para a galera aprovar todo mundo junto.

E aí, eu jogo dentro do Premiere e gero a finalização desse material. Claro que dentro do Premiere com muito mais recursos, então se é um material mais profissional, é interessante que você finalize ele dentro do Premiere.

E aí, para você que realmente quer tentar mexer em âmbito profissional com esse software, o ideal seria que você utilizasse uma tela maior ou um tablet ou um Ipad, porque dentro do celular, ele acaba te limitando um pouco, devido a telinha ser um pouquinho pequena.

Então, as vezes você está ali com o celular meio pequeno e tal. E aí com um tablet ou um Ipad, ele funciona melhor. Eu já vi projetos serem fechados com Ipad já direto do Rush, o cara só pegou, cortou ali rapidinho e tal, era uma edição simples.

Então, cortou rapidinho ali, exportou o material para ele poder ser usado. Então, esse aqui é o fluxo de trabalho que pode ser utilizado com o Rush, um software simples e de multiplataformas. Para você pegar o Rush, para você ter acesso ao Rush, é só você vir aqui no site da Adobe e fazer o download do aplicativo.

É um aplicativo que tem uma versão free, que você pode baixar aqui direto do site, foi nessa a abinha aqui. E aí, essa versão free, ela te limita a três export. Então, você pode exportar três vezes por ele e aí, usar o vídeo em qual quer lugar. Só que aí, ele bloqueia esse export.

Então, ele só vai ser habilitado novamente, caso você compre a versão full, dá uns 35 reais por mês, mais ou menos. Antigamente era mais ou menos isso, mas isso deve estar mais ou menos nessa média. E aí, você tem uma quantidade limitada de exportações, pode exportar ali, quantas vezes você quiser.

Então, espero que vocês tenham entendido um pouco da dinâmica do fluxo do Rush e nos próximos vídeos, a gente começa mexendo direto com o aplicativo. Então, até o próximo vídeo.

Ambientação do Aluno - Como escolher as mídias

Vou começar mostrando para vocês como a gente faz para puxar o material para dentro do Rush, para a gente começar a trabalhar e por que que esse processe, ele é tão importante? Porque essa mídia que eu vou puxar para dentro dele, inicialmente, que vai ditar para mim como que vai ser a minha timeline.

Então vou abrir o Rush, quando eu abro, fica disponível para mim os meus projetos recentes, então projetos que eu já tenha feito, eles ficam disponíveis para mim aqui nessa tela inicial e eu também consigo criar um novo projeto, através dessa setinha de mais que eu tenho aqui embaixo.

Então, clico no mais e eu posso criar o projeto ou com base em uma mídia que eu já tenha salvo no meu dispositivo ou então eu posso criar esse take na hora. Então, eu posso colocar aqui: take vídeo ou foto, eu vou criar, eu vou gravar o meu take de vídeo na hora ou então triar uma foto.

E dessa foto ou desse vídeo que vai ser criada a minha timeline. Então, no caso, eu não vou criar um vídeo agora, eu vou adicionar uma mídia que eu já tenho. Então, quando eu coloco em “Adicionar mídia”, ela entra para mim aqui nas minhas pastas, no celular.

E aí, eu tenho todas as pastas de dentro do meu dispositivo e tem opções também na nuvem, que são opções do meu Dropbox ou da nuvem do meu próprio Creative Cloud. Então, vamos supor que o cara gravou de uma outra câmera, upou o material improxy todo dentro do Dropbox.

Então, eu posso puxar ele direto do Dropbox, para dentro do Rush e trabalhar com ele aí por diante. Então, no caso, eu vou entrar aqui nas minhas pastas e eu tenho essa pasta aqui, pasta primeiro, número um, praça quinze.

E aí, dentro dessa pasta quinze aqui, eu vou ter todos os materiais que eu gravei na hora com a Mariana. E aí, eu posso trocar o nome do meu projeto. Então, eu tenho aqui “Project Name”, vou colocar o nome dele de curso_rush, apertar “Ok”.

E aí, eu vou deixar essa opção embaixo de Sync ligada, porque aí, o que que acontece? Na hora que eu deixo essa opção ligada, ele já faz um sync direto com a minha nuvem, com o meu Creative Cloud. Então, vamos supor que eu feche o telefone e abra esse projeto dentro do computador, eu já vou ter esse projeto lá disponível para mim.

E aí, para eu começar a visualizar as mídias, eu tenho que clicar e segurar um pouquinho e aí, ela vai para uma aba onde eu consigo visualizar. Ela entra em full, fica a tela toda. Eu tenho a visualização dela na parte de baixo com o waveform, então tem um waveform bem pequeno ali embaixo e a amostra e eu consigo dar o play.

[início do vídeo] - Vai, valendo. - Olá, nós estamos aqui na praça quinze ou praça Quinze de Novembro, que fica localizada na região central da cidade do Rio de Janeiro” [fim do vídeo]. Nesse cantinho aqui, eu tenho o tempo, no de baixo o tempo total e no de cima, o tempo no qual eu tenho a minha agulha ali correndo, que é esse traço azul, ele vai correr.

Então, tem o tempo de cima. No caso do tempo, eu tenho os minutos, segundos e frames, esses dois pontinhos menores aqui, esses dois números menores, são correlacionados aos frames que eu tenho durante a minha gravação.

E aí, para eu escolher a minha mídia, para eu selecionar essa mídia aqui, falar para ela que eu quero colocar ela no meu projeto, eu clico nesse mais que eu tenho aqui no lado. Então, quando eu clico no mais, ele aparece esse check para mim e ele já aparece na minha parte de baixo aqui.

Então, ele já fica selecionado, esse vídeo para mim. Caso eu não queira mais o vídeo, eu posso desmarcar esse check, voltar aqui e escolher um outro. Então, eu posso clicar nele aqui e dar o play.

[início do vídeo] - Vai, valendo. - Olá, nós estamos aqui na praça quinze ou praça Quinze de Novembro, que fica localizada na região central da cidade do Rio de Janeiro. Essa praça existe desde o século 16 e sofreu” [fim do vídeo].

Vai ser essa cabeça que a gente vai usar na produção do nosso vídeo, como eu já sei disso, eu vou marcar um check aqui, vou voltar e vou escolher o próximo vídeo. Notem que fica o “1” marcado aqui, que seria o meu primeiro vídeo. Quando eu vou no meu segundo, então eu vou colocar aqui, escolho o segundo, clicar e segurar para a gente.

[início do vídeo] Esse daqui é o chafariz do Mestre Valentim, ele era um dos principais pontos de abastecimento da cidade, mas hoje está desa... [fim do vídeo]. Aí, se eu coloco para o lado, notem que eu consigo pular de um take para o outro e aí, eu posso ver o próximo.

[vídeo rodando] Esse daqui é o chafariz do Mestre Valen [fim do vídeo]. Então eu posso adiantar e aí, no caso, voltando, eu vou adiantar. Ficou esse take aqui, que ela faz: [início do vídeo] - Dou essa viradinha? - Ficou bom. - Tá, 1, 2, 3, e já! Esse daqui é o chafariz do Mestre Valentim, era um dos pontos principais de abastecimento de água da cidade do Rio de Janeiro, hoje está desativado [fim do vídeo].

Certinho. Vou adicionar esse take. Só que aí, o que acontece? Eu adicionei dois takes iguais, se eu quiser retirar um dos takes, eu posso voltar e desmarcar um deles. No caso, eu desmarco, ele já tira ele dá a minha lista e ficam somente os dois.

Depois, eu vou colocar aqui uma imagem só de corte, eu já sei que essa imagem, ela está só olhando para o prédio, para esse monumento que eu tenho ali, então, eu vou só marcar essas três aqui para você entender o porquê que eu acho tão importante essa seleção de imagens.

E aí, quando colocar em “Create”, ele vai fazer o seguinte: ele vai preparar essas três mídias, colocando elas em ordem na minha timeline. Notem que eu tenho o meu primeiro vídeo que eu escolhi, o segundo vídeo e o terceiro vídeo. Só que eles não estão editados, eu tenho só uma ordem deles.

Então, eu tenho o primeiro vídeo, o segundo vídeo e o terceiro vídeo, porém todos eles na integra. Então, não tem corte nenhum, por isso que é a chamada decupagem, então a gente decupou. Pegou o material original com todos os vídeos e escolheu os melhores ali e foi fazendo uma ordem que os vídeos tem que entrar.

E aí, posteriormente você vai cortando, então esse aqui é mais para manter a linha de raciocínio do vídeo. Então, você está com o cara que é o diretor de arte ou o diretor de fotografia, ele vai falando: “Esse take aqui é legal, esse take é legal, esse take é legal” e você vai colocando todos eles lá e depois você vai reorganizando.

Então, eu acho que essa daqui é uma das partes mais importantes com relação à estrutura, porque aqui você vai estruturar e colocar todos eles numa timeline e aí, posteriormente cortar. Para cortar, eu vou mostrar isso para vocês no próximo vídeo. Então, até lá!

Sobre o curso Adobe Premiere Rush: edite seus vídeos direto do seu smartphone

O curso Adobe Premiere Rush: edite seus vídeos direto do seu smartphone possui 70 minutos de vídeos, em um total de 20 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Edição de Vídeo em UX & Design, ou leia nossos artigos de UX & Design.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Edição de Vídeo acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$85
à vista R$1.020
Matricule-se

Pro

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas