Refatoração em Java: early return na prática

Quero calcular o imposto de um investimento. A regra é simples:

Se o saldo for maior que mil reais, pagamos 10 porcento de taxa. Se o saldo for maior que 500 até exatos 1000, o imposto é 5%. Caso o saldo seja menor ou igual a 500, o imposto é 1%.

Me diz em 5 segundos se a implementação a seguir está correta?


double calculaImposto() { 
    double taxa = 0; 
    if(saldo > 1000) { taxa = 0.1; } 
        else { 
            if(saldo > 500) { taxa = 0.05; } 
                else { taxa = 0.01; } 
                    } 
                    return saldo * taxa;
}

Para uma regra de três condições, algo tão simples... conseguimos complicar horrores na hora de implementar. Imagine em regras do mundo real, ainda mais complexas?

Complicado né? Que tal retornarmos logo?

 double calculaImposto() { 
     if(saldo > 1000) return 0.1 * saldo;

if(saldo > 500) { 
    return 0.05 * saldo;
}
return 0.01 * saldo; } 

Agora sim, em 5 segundos bate o olho no código, ooooutra história! Os elses desaparecem...

Esse é o retorno rápido, o early return.

Se eu quero retornar um valor, retorno poxa! Esse é um pequeno exemplo do poder da refatoração.

Guilherme Silveira
Guilherme Silveira

Guilherme co-fundou a Caelum, a Alura e o GUJ. Com mais de 15 anos de experiência no ensino de programação e habilidades digitais, coordena as equipes de produção de cursos na Alura. É tecnólogo com viés matemático e medalhista de ouro em competições nacionais de computação, representando o Brasil nos mundiais. Participante ativo da comunidade open source e de educação em tecnologia, autor de 7 livros da área.

Veja outros artigos sobre Programação