Prop Drilling: o que é?

Felipe Nascimento
Felipe Nascimento

Compartilhe

Nesse artigo vamos entender o que é, quando acontece e qual a solução para lidar com prop drilling dentro de uma aplicação React.

  

Prop drilling é um estágio do desenvolvimento que acontece quando precisamos obter dados que estão em várias camadas na árvore de componente react. Vamos ver esse conceito funcionando na prática, passando props de um componente para outro.

Passando props

Passamos informações entre componentes através das props, no exemplo abaixo temos um arquivo que recebe um componente <Painel /> que por sua vez recebe um nome de usuário:

//código omitido
const username = “maria”

<Painel username={ username }/>
//código omitido 

Para que esse nome seja exibido na tela precisamos passar essa informação para o componente < Painel />.

No arquivo onde criamos o componente <Painel /> podemos receber no objeto prop a informação do nome. E para exibir o nome na página fazemos a interpolação props.username

export default function Painel(props) { 
   return <div>{props.username}</div>
}

Agora se o componente <Painel /> retornasse um outro componente e esse componente precisasse da informação do username, como ficaria?

Prop Drilling

Para resolver esse caso, teríamos que passar essa informação um nível abaixo.

export default function Painel( {username} ) { 
   return <div><Artigo username={username} /></div>
}

Esse padrão de passar uma props para outro componente que esteja mais em baixo na árvore de componentes é chamado de prop drilling.

Nesse caso estamos passando username para o componente <Artigo /> mas não estamos utilizando diretamente no componente <Painel />. Lidar prop drilling pode ser desafiador, em pouco tempo fica difícil para qualquer pessoa descobrir onde os dados são inicializados, onde são atualizados e onde são usados.

Então como evitamos o prop drilling?

React Context

Um dos modos que podemos evitar prop drilling no React é através do ReactContext, ele é uma forma de passar dados entre a árvore de componentes sem precisar passar props manualmente em cada nível.

Para passar o nome para o componente <Painel />, temos primeiro que criar um contexto com React.createContext(). No nosso caso a referência desse contexto é o UserContext.

export const UserContext = React.createContext()

E para passar os valores do componente pai para o filho temos que criar um provedor ou Provider:

<UserContext.Provider>
   <Painel />
<UserContext.Provider />

Agora dizemos quais valores vamos passar para o componente <Painel /> através do Provider, para isso utilizamos o atributo value:

export const UserContext = React.createContext()

<UserContext.Provider value={username}>
   <Painel />
<UserContext.Provider />

E agora como recebemos esse valor?

A chamada do createContext devolve um objeto com dois valores, utilizamos o primeiro o Provider, e para pegar o valor do context precisamos de um consumidor ou Consumer e para obter o username que estamos passando usamos a sintaxe de render prop:

export default function Painel( ) { 
   return <div>
                 <UserContext.Consumer>
                      { value => <div>Bom dia, { value} </div>}
                 <UserContext.Consumer />
              </div>
}

Essa é uma maneira de passar props do componente pai para o componente filho evitando o prop drilling.

Para saber mais

Com a adição do hook useContext, podemos simplificar nosso código, passando o UserContext como contexto e usando somente o value dentro do retorno:

export default function Painel( ) { 
const value = useContext(UserContext)
   return <div>
                 Bom dia, { value } 
              </div>
}

Se gostou desse conteúdo e quer saber mais sobre, você pode assistir esse Alura+, e aqui na Alura temos uma Formação ReactJS onde vamos nos aprofundar ainda mais em todo o ecossistema do ReactJS.

Felipe Nascimento
Felipe Nascimento

Desenvolvedor e instrutor na Alura com foco em JavaScript.

Veja outros artigos sobre Front-end