Funções X: ainda existem profissionais que não usam as funções PROCX e CORRESPX?

Funções X: ainda existem profissionais que não usam as funções PROCX e CORRESPX?
Roberto Sabino, Samantha Faustino
Roberto Sabino, Samantha Faustino

Compartilhe

Se você é um usuário frequente do Excel, é bastante provável que já esteja familiarizado com o uso das funções PROCV, PROCH e CORRESP. Afinal, essas funções são amplamente populares entre os usuários do Excel. Entretanto, em um futuro próximo, é possível que essas funções não sejam tão predominantes e, até mesmo, substituídas.

Isso porque a Microsoft aprimorou o Excel, introduzindo duas novas funções no Office 365, a PROCX e CORRESPX, que vieram para decretar o fim destas funções tradicionais, melhorando a manipulação e análise de grandes conjuntos de dados.

Frequentemente, ao lidar com conjuntos extensos de dados no Excel, surge a necessidade de localizar um item específico em uma matriz ou intervalo de células e obter a posição relativa deste item. Apesar da existência de funções como PROCV, PROCH e CORRESP, que podem desempenhar essas tarefas, elas apresentam certas limitações. E é nesse cenário que as funções PROCX e CORRESPX entram em cena.

A função PROCX, além de sua natureza dinâmica, a coluna de referência não precisa necessariamente estar à esquerda, possibilita buscas em qualquer direção, de cima para baixo, de baixo para cima e se houver necessidade de adicionar ou remover uma coluna na tabela, a função PROCX não será afetada, algo que as funções PROCV e PROCH não conseguem realizar.

Já a função CORRESPX, oferece a mesma praticidade da função CORRESP que já conhecemos, porém com algumas adições úteis, como a capacidade de procurar em ordem crescente ou decrescente, além da possibilidade de utilizar caracteres coringa.

Agora que entendemos a origem dessas funções, vamos explorá-las na prática.

Função PROCX

Primeiramente, veremos quais são os parâmetros da PROCX para entender como a função funciona:

Captura de tela de uma planilha do Excel, com fundo branco, contendo 2 tabelas, a primeira tabela começa a partir da linha 3 da planilha do Excel, contém 3 colunas, 14 linhas, sendo que a primeira linha contém os títulos das colunas. A segunda tabela começa a partir da linha 6 da planilha do Excel, contém 3 colunas e 2 linhas, sendo que a primeira linha contém os títulos das colunas. Na primeira tabela, na coluna Produtos temos os nomes de 13 produtos: Bermuda, Bolsa, Boné, Calça jeans, Camiseta Lisa, Cinto, Jaqueta jeans, Óculos,  Tênis, Vestido, Saia, Sandália e Calça Alfaiataria. Na coluna Estoque temos os números das quantidades dos 13 produtos 48, 36, 23, 24, 46, 2, 49, 45, 37, 43, 35, 48 e 40. Na coluna Preço Unitário temos os valores em formato contábil dos 13 produtos R$ 65,90, R$ 145,00, R$ 39,90, R$ 85,90, R$ 25,90, R$ 49,90, R$ 249,90, R$ 120,00, R$ 249,90, R$ 89,90, R$ 49,90, R$ 89,90 e R$ 18,00. Na segunda tabela, na coluna Produtos temos o nome de 1 produto Jaqueta jeans. Na coluna Estoque temos o número da quantidade do produto Jaqueta jeans 49. Na coluna Valor temos o início da fórmula PROCX,  =PROCX(. Na coluna E, linha 8, temos um quadro com fundo branco contendo a informação da sintaxe da fórmula PROCX, =PROCX(pesquisa_valor; pesquisa_matriz; matriz_retorno; [se_não_encontrada]; [modo_correspondência]; [modo_pesquisa]). Na coluna G, linha 4, temos a fórmula PROCX, =PROCX(E7;A4:A16;C4:C16), onde E7 corresponde a informação do produto Jaqueta jeans, da segunda tabela, que está localizado na coluna E, linha 7. O intervalo A4:A16, corresponde a coluna Produtos da primeira tabela e o intervalo C4:C16, corresponde a coluna Valor da primeira tabela.

Como podemos verificar na imagem acima, na função PROCX, em vez de informar o intervalo da tabela e o número da coluna como na função PROCV, precisamos informar como parâmetros, os intervalos de procura e de retorno do valor respectivamente.

Além disso, diferente das funções PROCV e PROCH, na função PROCX temos a adição de três novos parâmetros opcionais, o primeiro para exibir uma mensagem quando uma correspondência válida não é encontrada, o segundo para saber o modo de correspondência, podendo ser exata (0), próximo item menor (-1), próximo item maior (1) e realizar a pesquisa utilizando caracteres curinga (2) e o terceiro para escolher o modo de pesquisa, permitindo escolher se a busca será de cima para baixo ou de baixo para cima.

Banner promocional da Alura, com um design futurista em tons de verde, apresentando o texto

Função CORRESPX

Agora veremos quais são os parâmetros da CORRESPX para entender como a função funciona -

Captura de tela da planilha Dados Produtos representando as tabelas Produtos/Estoque e Produto/Posição, além da célua E4, preenchida com uma fórmula do excel. Uma seta azul liga a célula D7 "Jaqueta jeans" ao parâmetro "pesquisa valor". Uma seta vermelha liga a célula A16 "Calça Alfaiataria" ao parâmetro "pesquisa_matriz". Uma seta preta liga o valor "0" da célula E4 e o parâmetro "modo_correspondência" a uma caixa de seleção com os valores "0 - Correspondência exata", "-1 - Correspondência exata ou próximo item menor", "1 - Correspondência exata ou próximo item maior", "2 - Correspondência de caractere coringa.".

Como podemos verificar na imagem acima, a função CORRESPX é uma evolução da função CORRESP, sendo também utilizada para procurar um item específico em uma matriz ou intervalo de células e, em seguida, retornar a posição desse item no intervalo.

Diferente da função CORRESP, a função CORRESPX possui algumas melhorias significativas, como definir a ordem de pesquisa, do primeiro ao último, do último ao primeiro ou pesquisa binária e especificar o tipo de correspondência, podendo ser exata (0), próximo item menor (-1), próximo item maior (1) e realizar a pesquisa utilizando caracteres curinga (2).

Concluindo as vantagens

Podemos observar que as "Funções X" representam um avanço no modo de abordar o uso do Excel, destacando uma das vantagens de uma ferramenta tão poderosa, versátil e duradoura: a capacidade de evolução contínua, impulsionada pelo feedback dos usuários e ao longo do tempo. Isso reflete a natureza em constante aprimoramento das funções, semelhante ao próprio Excel.

Por fim, convido você a conhecer nossa formação em Excel aqui na Alura, uma formação Formação Excel que te ensina desde os primeiros passos nessa poderosa ferramenta até os passos mais elaborados para você tirar de letra tudo sobre como construir gráficos, entender funções, utilizar as funções PROCX/CORRESPX - aprender VBA e muitas outras funcionalidades extremamente úteis para o mercado de trabalho atual e futuro.

Te vejo lá, um abraço!

Roberto Sabino
Roberto Sabino

Sabino é autor dos livros : Excel Básico para o Mundo do Trabalho, PowerPoint 2019, Windows 10, Excel 2019 e Excel 2019 Avançado pela Editora Senac. Pós-Graduado em Mercados Financeiros pelo Mackenzie-SP e Graduado em Tecnologia em Processamento de Dados pela FATEC-SP, Certificado em Engenharia de Requisitos pelo IREB. Empreendedor no site Office Resolve, é entusiasta do uso das ferramentas Office como aceleradores da produtividade. Tem como hobby criar novas ferramentas automatizadas com a linguagem VBA.

Samantha Faustino
Samantha Faustino

Doutora em Biodiversidade Vegetal e Meio Ambiente, me aventurando na área de Data Science. Conhecimento avançado em Excel, Power Query, Power BI, Google Sheets, Linguagem SQL, Banco de dados e Desenvolvimento de Dashboards. Designer Instrucional de Ciência de Dados e Excel no Office Resolve desde novembro de 2022.

Veja outros artigos sobre Data Science