Primeiras aulas do curso Google Data Studio: filtros e funções

Google Data Studio: filtros e funções

Ajustando bases e relatórios - Apresentação

Olá, tudo bem? Meu nome é Victorino Vila e eu vou ser o instrutor deste treinamento de Data Studio. Agora nós vamos dar ênfase em filtros e funções. O que são filtros? Nós fizemos os outros cursos de Data Studio, nós colocamos, nos nossos relatórios, gráficos, tabelas, pintamos os nossos resultados, fizemos várias coisas nos nossos relatórios.

Porém sempre o que víamos na tela eram os valores referentes a tudo que eu tinha na base. Agora não, agora vamos fazer com que consigamos visualizar os nossos relatórios utilizando um determinado filtro. Por exemplo, eu estou vendo vendas, eu quero saber, se eu quero ver as vendas de um período, se eu quero ver as vendas de uma categoria, quero ver aquelas vendas de um produto específico ou de um vendedor.

Filtro é fundamental. Não tem sentido você ter um relatório sem ter um filtro para você fazer escolhas. Então nós vamos dar ênfase, na primeira parte desse curso, em ver filtros. Nós temos diversos tipos de filtro que nós vamos ver. Nós vamos ver filtros que afetam a tela toda, filtros que afetam somente alguns componentes da tela, e vamos ver também filtros onde os dados são carregados no componente já filtrado.

E, finalmente, vamos ver que gráficos, tabelas, ou seja, qualquer componente do Data Studio pode virar um filtro. Na segunda parte do treinamento nós vamos dar ênfase nas funções e cálculos. Sabemos, e já fizemos um pouco disso nos outros treinamentos de Data Studio, que podemos construir novos campos.

Esses campos podem ser campos numéricos, campos data, de texto, geográficos, e podemos criar esses novos campos usando cálculos ou fórmulas baseados nos anteriores. Seja um campo genérico à base toda, seja uma métrica específica para um componente que estejamos trabalhando. Nós vamos ver os dois casos.

Então, em um primeiro momento, vamos fazer um relatório, vamos fazer um caso prático de um relatório, que chamamos de Análise de Pareto, e vamos criar uma série de linhas calculada em cima de tabelas, para treinar como fazemos cálculos. Esses cálculos não são somente entre colunas, mas entre os valores das colunas e os seus totais das suas tabelas como, por exemplo, um percentual de participação.

Depois vamos ver funções específicas de texto, vamos ver funções de datas, vamos ver funções que trabalham com expressões regulares. Finalmente, no final do curso, vamos ter uma parte dedicada a entender como trabalhamos com dados geográficos, dados que vão nos facilitar visualizar as informações em mapas. Esse é um resumo do que nós vamos ver nesse curso de Data Studio. Ele é um complemento do curso parte 2 e parte 1.

Nós vamos começar com bases e com dados que nós já estamos trabalhando desde os outros primeiros cursos. Então se você não fez o curso parte 1 e parte 2, eu aconselho que você os faça para que você tenha a base de dados completa para fazer esse curso aqui. Então é isso, um abraço e vamos seguindo agora, espero que vocês gostem deste curso. Tchau.

Ajustando bases e relatórios - Relembrando o ambiente

Vamos começar? O nosso objetivo aqui é continuar o nosso curso de Data Studio. Nós já fizemos dois cursos, um consultando dados de uma planilha no Google Sheets, no Google Drive, e depois fizemos, no segundo curso, uma conexão com o banco de dados MySQL.

Vamos relembrar os dashboards que foram construídos, porque é a partir desses dashboards que nós vamos continuar o treinamento deste curso específico. Eu vou vir aqui, vou abrir uma sessão de browser, só para eu poder me conectar com o usuário que eu realmente estou usando para criar os meus dashboards.

Eu vou abrir aqui uma janela sem registro e vou buscar por "Google Data Studio". Eu tenho vários links, eu vou selecionar esse "Google Data Studio Overview".

Vou clicar no "Use it for free", na tela de login vou colocar o meu e-mail, que foi aquele e-mail que eu criei no curso 1, eu estou usando ele até agora. Vou colocar a senha. Pronto, entrei no meu console principal, onde eu vou gerenciar não somente os meus relatórios, mas também as minhas origens de dados.

Nós tínhamos feito esse relatório, "Relatório Curso Data Studio 002", onde juntamos tanto os relatórios construídos no curso 1, quanto os relatórios construídos no curso 2. Se entrarmos aqui, por exemplo, no "Relatório de Faturamento, Custos e Margem", temos aqueles dados que vem do MySQL na nuvem.

Inclusive, se eu olhar aqui embaixo, eu vou ver que a data da última atualização foi recente. Ou seja, esse meu dashboard ficou lá, gravado na nuvem Google, e atualizando periodicamente. No caso, eu deixei a cada 12 horas, que é o padrão. Foi atualizando a cada 12 horas sempre na base de dados MySQL que estava disponível. Está bom, para não perdermos o trabalho que foi feito no curso 2, eu vou voltar para o meu menu principal.

Selecionando essa visão do "Relatório Curso Data Studio 002", vou abrir e clicar no botão "Fazer uma cópia deste relatório". Ele vai me mostrar que esse relatório usa duas fontes de dados.

Ele usa a planilha de Data Studio, que é aquela planilha que está no Google Drive, e o banco MySQL. Claro, ele vai me dizer se eu quero manter essas duas origens de dados associadas a esse novo relatório. Eu vou copiar o relatório.

Eu tenho o novo nome, eu vou alterar para "Relatório Curso Data Studio 003", que vai ser o relatório dashboard que vamos usar no treinamento deste curso. É isso, pronto. Eu vi o que eu tinha feito, copiei e estou pronto para começar.

Se vocês não fizeram os outros dois cursos, eu aconselho que vocês façam os outros dois cursos para vocês irem construindo os mesmos dashboards que foram construídos, e continuar daqui para frente, junto comigo. É isso aí, valeu. Um abraço e até o próximo vídeo.

Ajustando bases e relatórios - Ajustando a base para este curso

Em primeiro lugar, nós vamos fazer alguns ajustes na nossa base de dados MySQL, que está na nuvem Google. Para fazer esses ajustes, vocês vão no Mão na Massa, que tem o link, e baixem arquivo aqui, "BaseDados2.sql".

Baixem e salvem em algum diretório na máquina de vocês. Vamos lá, eu vou abrir o MySQL Workbench - lembre-se, no curso anterior, nós instalamos o Workbench e configuramos a base MySQL. Se vocês não têm o Workbench ou não têm a base MySQL configurada, eu peço que vocês voltem ao segundo curso de Data Studio, acompanhem e criem na máquina de vocês esse ambiente.

Vou clicar aqui no MySQL Workbench 8.0 CE, que é a versão que eu estou usando, e vou me conectar na minha conexão "MYSQL GOOGLE CLOUD". Pronto, eu tenho aqui, do lado esquerdo, o meu banco.

Eu vou primeiro clicar sobre a tabela "fato presidencia" com o botão direito do mouse e vou selecionar "Drop Table", vou apagar a tabela. Agora eu vou fazer a mesma coisa para todas as outras tabelas.

Pronto, meu banco teoricamente está vazio. Eu vou agora carregar os dados que estão vindo do arquivo ".sql" que nós baixamos no link do Mão na Massa. Para fazer isso, eu vou clicar na aba "Administration", abaixo do menu lateral de navegação, e vou selecionar "Data Import/Restore".

Nessa caixa de diálogo eu vou selecionar a opção "Import from Self-Contained File" e ao lado eu vou selecionar o diretório onde eu salvei o arquivo do Mão na Massa. O diretório que meu arquivo está salvo é esse aqui, vou copiar e colar no campo. Ao clicar no botão "..." do lado, eu posso entrar no diretório e selecionar o arquivo.

Em "Default Target Schema", nós vamos escolher a base "sucos", que é onde eu quero criar as tabelas novamente. No canto inferior direito tem um botão chamado "Start Import". Seria esse botão aqui, talvez vocês não consigam ver na tela de vocês, mas eu vou dar um zoom aqui. Seria esse botão aqui.

Então eu vou clicar nesse botão, vou aguardar alguns instantes, estou recuperando a base novamente, lá na nuvem. Pronto, import completed, ou seja, deu certo. Se eu clicar na aba do menu lateral "Schemas", for em "Tables", botão direito do mouse e clicar em "Refresh all", eu consigo ver agora de novo as minhas tabelas recuperadas.

Esse procedimento é importante para podermos fazer esse treinamento. Vou fechar o meu Workbench e pronto, essa minha base foi recuperada e eu já estou pronto para seguir para o próximo vídeo. Valeu, um abraço, até.

Sobre o curso Google Data Studio: filtros e funções

O curso Google Data Studio: filtros e funções possui 211 minutos de vídeos, em um total de 62 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Business Intelligence em Data Science, ou leia nossos artigos de Data Science.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Business Intelligence acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$85
à vista R$1.020
Matricule-se

Pro

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas