Tá acabando!

Compre agora com desconto
Corra enquanto há tempo!

dias

:

horas

:

minutos

:

segundos

React Native: Gerando o APK e o IPA

André Cunha
André Cunha

Compartilhe

um monitor comprido com alguns codigos

Resumindo

Quando terminamos de programar um aplicativo com React Native, uma dúvida costuma aparecer: “Como faço para publicar meu App nas lojas de aplicativos para as pessoas”?

Bem, existem algumas formas de disponibilizar o aplicativo para os usuários, e uma delas é gerar um arquivo executável do código. Assim, nesse artigo, você aprenderá a gerar um APK e IPA do App, verá a diferença entre eles e como fazer usando React Native CLI e Expo CLI.

Vamos lá?

Tópicos

Neste artigo, vamos ver:

  • O que é APK e IPA;
  • Gerando APK e IPA com Expo;
  • Gerando APK e IPA com React Native CLI;
  • Conclusão.

O que é APK e IPA

O APK (Android Application Pack) é um pacote de aplicações que pode ser instalado em um dispositivo Android e o IPA (iOS App Store Package) é um arquivo compactado de aplicativo iOS que pode ser instalado em um iPhone ou macOS baseado em ARM. Basicamente eles são como os arquivos “.exe” que baixamos e que podemos instalar no Windows.

Pelo fato do React Native ser um ambiente de desenvolvimento híbrido, temos a grande vantagem de que o código que escrevemos pode gerar tanto o aplicativo para iOS quanto para Android, diferente de uma aplicação nativa que é limitada a apenas um dos dois sistemas de celular.

Gerando APK e IPA com Expo

O Expo facilita, para a gente, a programação com React Native desde o começo da criação do App até na geração do executável.

A documentação oficial do Expo explica muito bem como gerar tanto o APK quanto o IPA e, conforme o Expo vai ser sendo atualizado e melhorado, o processo da geração desses executáveis pode se alterar um pouco, por isso, é sempre importante olhar a documentação primeiro.

Agora, vamos ver o passo a passo para gerar o APK e IPA.

Depois de criar e desenvolver o seu App com o Expo, abra o arquivo app.json e preencha os campos que tem “ios” e “android”, conforme o exemplo abaixo:

{ 
"expo": { 
"name": "Your App Name", 
"icon": "./path/to/your/app-icon.png", 
"version": "1.0.0", 
"slug": "your-app-slug",
"ios": { 
"bundleIdentifier": "com.yourcompany.yourappname", 
"buildNumber": "1.0.0" 
}, 
"android": {
 "package": "com.yourcompany.yourappname",
    "versionCode": 1
 }
}
 }

Feito isso, basta abrir o terminal ou prompt dentro da pasta do seu projeto Expo e executar:

  • Para gerar o APK para Android:
expo build:android
  • Para gerar o IPA para iOS:
expo build:ios

No caso da geração do APK, algumas perguntas serão feitas no terminal, basta ir escolhendo as respostas padrões sugeridas (geralmente as primeiras) e, no final, ele começará o processo de build. O build pode demorar até meia hora, uma vez que esse processo ocorre nos servidores da Expo. Quando o processo estiver finalizado, será disponibilizado um link no seu terminal para baixar o APK, basta copiar o link, abri-lo no navegador e, assim, o download será feito automaticamente.

O Android é bem mais flexível que o iPhone, então é possível copiar o APK para os seus arquivos no celular e, depois, clicar nele pelo celular para instalar sua aplicação.

No caso do iOS, é um pouco mais complicado, visto que a Apple prioriza a segurança de seu sistema. De uma forma geral, para testar seu App no iPhone, será necessário ter uma conta de desenvolvedor na Apple Store. A parte de publicação e testes está bem explicada na própria documentação do Expo.

Gerando APK e IPA com React Native CLI

Agora, vamos aprender a gerar o APK usando o React Native CLI. Sempre é bom salientar que a documentação explica direitinho o passo a passo que devemos fazer e também está sempre atualizada. Se você precisar, este é o link da documentação oficial.

Dito isso, vamos lá? Veja o passo a passo abaixo:

1º Passo:

Primeiro, é preciso gerar uma chave de assinatura para a sua aplicação. Para fazer isso, vá no terminal e digite o seguinte comando:

keytool -genkeypair -v -storetype PKCS12 -keystore my-upload-key.keystore -alias my-key-alias -keyalg RSA -keysize 2048 -validity 10000

Algumas perguntas serão feitas no terminal, basta ir completando conforme achar melhor, porém, não são detalhes tão relevantes e, por isso, não vamos tratar delas aqui.

2º Passo:

Copie o arquivo my-upload-key.keystore que apareceu na pasta raiz para o diretório android/app do seu projeto.

3º Passo:

Configurando as variáveis do gradle

Edite o arquivo ~/.gradle/gradle.properties ou android/gradle.properties, incluindo as seguintes chaves (lembre-se de substituir os “*****” pelas senhas que você criou durante a etapa de configuração no terminal).

MYAPP_UPLOAD_STORE_FILE=my-upload-key.keystore
MYAPP_UPLOAD_KEY_ALIAS=my-key-alias
MYAPP_UPLOAD_STORE_PASSWORD=*****
MYAPP_UPLOAD_KEY_PASSWORD=*****

4º Passo:

Edite o arquivo android/app/build.gradle na pasta do seu projeto e adicione a configuração de assinatura:

...
android {
    ...
    defaultConfig { ... }
    signingConfigs {
        release {
            if (project.hasProperty('MYAPP_UPLOAD_STORE_FILE')) {
                storeFile file(MYAPP_UPLOAD_STORE_FILE)
                storePassword MYAPP_UPLOAD_STORE_PASSWORD
                keyAlias MYAPP_UPLOAD_KEY_ALIAS
                keyPassword MYAPP_UPLOAD_KEY_PASSWORD
            }
        }
    }
    buildTypes {
        release {
            ...
            signingConfig signingConfigs.release
        }
    }
}
...

5º Passo:

Para gerar o arquivo APK, execute o seguinte comando no terminal:

cd android
./gradlew bundleRelease

Pronto! O APK gerado pode ser encontrado em android/app/build/outputs/bundle/release/app-release.aab, e está pronto para ser distribuído e testado nos aparelhos Android. Repare que o formato dele ficou “.aab” - não se preocupe, esse é apenas o novo formato da extensão dos executáveis do Android, mas que tem a mesma função do “.apk”.

Para iOS o processo é um pouco diferente e pode ser um pouco mais complicado principalmente se você for publicar o App na Apple Store, pois eles são bem rigorosos e seu app passará por diversas revisões. É bom sempre ler a documentação oficial para não errar nenhum passo.

De forma reduzida, o passo a passo para gerar o IPA usando React Native CLI se resume em:

1) Abra o Xcode com a pasta /ios;

2) Faça login e tenha o certificado (Xcode > Preferences/Preferencias... > Accounts/Contas);

3) Selecione Any iOS Device e escolher o time do projeto (Clique no nome do projeto > Signing & Capabilities > selecionar o Team e preencher o Bundle);

4) Faça o arquivo (Product > Archive (demora um pouco) > clique em Distribute App > siga os passos para publicar na App Store ou gerar o arquivo (aqui precisa pagar para continuar).

Imagem que mostra a Tela Accounts nas configurações do Xcode

Imagem que mostra a seleção do Any iOS Device e a escolha do time do projeto

Tela que mostra os arquivos

Tela que mostra as opções de método de distribuição. Nesse caso, foi selecionada a opção “App Store Connect”, referente à App Store Connect

Conclusão

Parabéns por ter chegado até aqui!

Nesse artigo, conseguimos ver o que é um APK e um IPA e como podemos gerá-los usando o Expo e React Native CLI. Caso tenha interesse em aprender mais sobre React Native, venha assistir os cursos que estão na plataforma aqui da Alura!

Até a próxima ;)

André Cunha
André Cunha

Sou André Cunha, estudante de Engenharia de Computação e faço parte do Scuba Team da Alura. Minhas especialidades estão nas áreas de Mobile e Web, mas sou curioso e me arrisco em outras áreas também!

Veja outros artigos sobre Mobile