Compre agora Login
Artigo

O que significa RH 5.0 e como essa abordagem funciona na prática?

Athena Bastos

Athena Bastos


Uma pessoa tocando em um peão, com um brilho, representando a atuação estratégica na gestão de pessoas do RH 5.0

Nos últimos tempos, além de tarefas operacionais e burocráticas, o RH passou a assumir um papel estratégico nos negócios. Essas novas demandas surgiram principalmente da percepção de que as pessoas colaboradoras são as protagonistas nas empresas.

E a tecnologia é a principal ferramenta para essa transformação: é através dela que as equipes de RH podem se concentrar mais na gestão de pessoas e menos em processos administrativos.

Ou seja, o uso de inovações tecnológicas está, de fato, revolucionando as práticas tradicionais de RH, proporcionando maior eficiência e agilidade nos processos de seleção, recrutamento e gestão de talentos.

Inclusive, um estudo recente da Deloitte constatou que 56% de lideranças de RH estão redesenhando processos para incluir ferramentas digitais como uma forma de otimizar e aumentar a produtividade do setor.

É a partir desse contexto que surge o conceito de RH 5.0 — que, de forma geral, compreende a ideia de um setor de RH mais estratégico, eficiente e conectado com a tecnologia.

Nessa transformação, a inteligência artificial desempenha um papel fundamental, especialmente ao permitir que as empresas analisem grandes volumes de dados para tomar decisões mais estratégicas relacionadas às pessoas colaboradoras.

De todo modo, é essencial compreender como essas mudanças estão moldando o futuro do RH e como é possível se preparar para essa nova era conectada à tecnologia.

Por isso, o objetivo deste artigo é refletir sobre quais os impactos da tecnologia no setor de recursos humanos, principalmente diante da automação de processos e da inteligência artificial.

Utilize a IA para otimizar rotinas de RH e Treinamento e direcione seu tempo para ações ainda mais estratégicas. Descubra como em nosso Guia

O que é o RH 5.0

O conceito de RH 5.0 está diretamente conectado à definição de Sociedade 5.0 — ou seja, a um momento de transformação digital e de integração da tecnologia em todos os aspectos da vida das pessoas.

De forma geral, o RH 5.0 compreende a implementação de soluções tecnológicas para otimizar os processos do setor de RH.

VEJA TAMBÉM:

Sendo assim, as equipes de RH puderam se dedicar mais às estratégias de gestão de pessoas (e, como consequência, com os objetivos do negócio), menos às tarefas burocráticas.

Não por menos, entende-se que o RH 5.0 é uma “revolução” no setor, através da qual as equipes passaram a aproveitar as tecnologias e as soluções inovadoras para transformar como as empresas lidam com suas pessoas colaboradoras.

Inclusive, o RH 5.0 se preocupa com a personalização e a experiência das pessoas colaboradoras. Por isso, afasta burocracias excessivas e processos internos engessados.

Maior escola de tecnologia do país - saiba mais

Qual o foco do RH 5.0

De fato, o foco é entender as necessidades das pessoas colaboradoras e construir um ambiente de trabalho que lhes proporcione motivação e valorização.

E isso só é possível através da tecnologia. É o caso, por exemplo, da inteligência artificial, do Big Data e da automação de processos.

Essas ferramentas permitem coletar e analisar dados sobre as pessoas colaboradoras: quais são as principais habilidades, como está seu desempenho, quais suas preferências e como está sua saúde mental e seu bem-estar no trabalho.

Com essas informações em mãos, o setor de RH pode criar programas de treinamento e desenvolvimento personalizados, oferecer recompensas e benefícios sob medida e refletir sobre a solução de situações que precisam ser resolvidas.

No entanto, é importante ter em mente que o RH 5.0 não é só tecnologia. É isso, mas não só. Ele também valoriza a comunicação transparente e a colaboração entre as equipes.

Nesse ponto, as lideranças são responsáveis por criar um ambiente de trabalho que cultive um senso de propósito, promova a transparência e incentive a inovação.

Em resumo, o RH 5.0 é uma abordagem que, através da tecnologia, coloca as pessoas colaboradoras no centro das decisões, para criar experiências de trabalho significativas.

Como surgiu o RH 5.0

O RH 5.0 é resultado de uma evolução constante na área de RH. Então, a partir da necessidade de evolução contínua e dos impactos positivos da tecnologia, o RH 5.0 surgiu para atender às demandas estratégicas e focar na experiência da pessoa colaboradoras.

É, portanto, uma abordagem que alinha as inovações tecnológicas às demandas do mercado por processos internos mais personalizados e humanizados.

É como se o RH tivesse evoluído para um nível mais próximo das pessoas colaboradoras, sobretudo para entender suas necessidades específicas e construir ações que geram motivação e engajamento.

Quais as características do RH 5.0

Sendo assim, em resumo, as principais características do RH 5.0 são:

  • Personalização e individualização da experiência da pessoa colaboradora;
  • Uso de tecnologias e ferramentas de automação;
  • Foco na experiência e no engajamento da pessoa colaboradora;
  • Promoção de um ambiente de trabalho colaborativo e inovador;
  • Foco no bem-estar emocional e na motivação das equipes.

Quais as vantagens de ter um RH 5.0 na empresa?

Não é novidade que a adoção de tecnologias no RH está mudando o cenário da área. De maneira geral, o RH 5.0 é mais estratégico e mais eficiente.

Inclusive, os dados do panorama atual do mercado, especialmente em relação à aderência de tecnologias nas empresas, demonstram que existem muitos benefícios dessa abordagem de RH nas empresas.

No entanto, os principais benefícios são:

  • Humanização: as pessoas estão no centro das estratégias, priorizando o bem-estar, a satisfação e o desenvolvimento das pessoas colaboradoras.
  • Personalização: as práticas de gestão de pessoas são adaptadas às necessidades individuais de cada pessoa colaboradora levando em consideração suas habilidades, competências e necessidades.
  • Tecnologia avançada: essa abordagem utiliza tecnologias para melhorar os processos internos, auxiliar na tomada de decisões e fornecer insights valiosos;
  • Maior retenção de talentos: existe a preocupação em proporcionar uma experiência positiva e engajadora para suas pessoas colaboradoras.
  • Colaboração e trabalho em equipe: há promoção da colaboração entre as pessoas colaboradoras e a construção de equipes de alto desempenho;
  • Cultura organizacional forte: os valores, missão e propósito são vivenciados por todas as pessoas colaboradoras.
  • Maior eficiência operacional e maior produtividade: e, como consequência, melhores resultados.

A principais tendências em Recursos Humanos

Assim, considerando a aplicação de tecnologia e de soluções tecnológicas, as principais tendências em Recursos Humanos são:

Automação de Processos

A realidade das rotinas das equipes de RH é marcada por muitos processos mecânicos, repetitivos e burocráticos.

Inclusive, em uma análise de mais de 2 mil atividades de trabalho em mais de 800 ocupações no setor de RH, a McKinsey constatou que as tarefas repetitivas correspondem a 50% de todas as atribuições das funções.

As ferramentas de automação no RH surgem, portanto, como uma forma de solucionar isso: ao mesmo tempo que otimizam as tarefas operacionais, também permitem que o RH foque nas ações mais estratégicas.

Sendo assim, o principal benefício dessas ferramentas é fazer (e resolver!), de forma automática, as tarefas mecânicas e repetitivas com pouca ou nenhuma interferência de pessoas.

Quer dizer, tarefas como, por exemplo, relatórios e análises previsíveis podem ser automatizadas por assistentes digitais e software de automação.

Assim, as pessoas colaboradoras podem dedicar todo tempo em tarefas estratégicas, que têm potencial decisivo para alcançar as metas da empresa.

Inteligência artificial no RH

A inteligência artificial no RH faz com que as ações se tornem mais eficientes e assertivas. Inclusive, o uso de IA já suporta vários momentos dos processos de RH, especialmente nas atividades referentes ao recrutamento e seleção de pessoas colaboradoras.

Nesse contexto, aplica-se a IA principalmente para aumentar a eficiência na triagem de currículos, reduzir o viés consciente do processo seletivo, melhorar a gestão do desempenho das pessoas colaboradoras, otimizar os processos de treinamento e desenvolvimento e daí por diante.

RH Ágil

O RH ágil compreende princípios que fundamentam o desenvolvimento de agilidade no RH, para realizar tarefas e solucionar problemas.

A ideia de RH ágil decorre, portanto, do conceito de metodologia ágil, estruturada no livro "Manifesto Ágil" de 2001.

Em outras palavras, o RH ágil nada mais é do que a aplicação das metodologias ágeis nas rotinas e nos processos do RH (ou uma transformação ágil).

Ou seja, é uma nova abordagem da área de gestão de pessoas que usa com base as metodologias ágeis.

Análise de dados no RH

Em uma pesquisa, a InfoJobs constatou que 61% das pessoas da área de RH já tomam decisões com base em dados. Nesse levantamento, 95,5% das pessoas entrevistadas consideram os dados importantes ou muito importantes para melhorar os processos.

O mesmo estudo demonstrou que 48,1% das empresas já usam ferramentas tecnológicas para analisar indicadores de RH.

De maneira geral, as empresas recolhem grandes quantidades de dados de pessoas colaboradoras como uma forma de gerar insumos valiosos para tomar decisões estratégicas e melhorar os resultados do negócio.

Assim, a importância dos dados no RH está, especialmente, na possibilidade de compreender padrões e prever o que vai acontecer — seja para evitar um problema ou para aproveitar uma oportunidade.

Gestão remota

Desde 2020, a partir da pandemia do Covid-19, o trabalho remoto é uma realidade no mercado de trabalho. Mais do que isso, o contexto indica que esse modelo também é o futuro das relações trabalhistas.

O trabalho home office abre um leque infinito de oportunidades tanto para empresas quanto para as pessoas colaboradoras.

Além de eliminar qualquer limitação geográfica, aumenta a satisfação e a produtividade das pessoas. Não por menos, é visto como um diferencial nos processos de contratação.

No entanto, assim como em qualquer outro processo, o modelo de trabalho remoto exige uma organização específica de gestão, especialmente no que se refere aos processos de comunicação.

Como desenvolver um RH 5.0

Além de aplicar ferramentas tecnológicas nos processos internos, para desenvolver um RH 5.0 é fundamental que as lideranças estejam cientes que essa nova abordagem se baseia em análise de dados e no foco da experiência da pessoa colaboradora.

Isso significa que, mais do que uma receita simples de como desenvolvê-la, essa mudança exige tempo e esforços. É indispensável que as pessoas estejam dispostas a fazer essas transformações, para depois aproveitar dos seus benefícios.

Então, além de implantar ferramentas, deve-se criar uma preocupação genuína com o ambiente de trabalho e com o bem-estar das pessoas colaboradoras.

Já deu para perceber que o desenvolvimento de um RH 5.0 demanda uma mudança nos processos e na cultura da empresa, não é mesmo?

De fato, existem muitos desafios, entre eles o desafio de envolver todos os times e a própria diretoria nesse movimento do RH.

Quer saber mais sobre o como impulsionar o desenvolvimento de pessoas na sua empresa? Fale conosco e conheça nossas formações para RH e para toda sua empresa.

Athena Bastos
Athena Bastos

Supervisora de Conteúdo da Alura Para Empresas. Bacharela e Mestra em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Pós-graduanda em Branding: gestão estratégica de marcas pela Universidade Castelo Branco - UCB. Escreve para blogs desde 2008 e atua com marketing digital desde 2018.

Organizações que confiam nas nossas soluções corporativas

Junte-se a mais de 5000 empresas que já capacitaram seus times com nossas formações.

  • Logo daa Dasa class=