SQL: Comandos básicos

Maria Gabriela Cuenca
Maria Gabriela Cuenca

Compartilhe

Linhas de comandos em um background escuro.

Provavelmente, você já ouviu falar bastante por aí em SQL. O SQL é muito importante na vida dos desenvolvedores e DBAs (database administrador/administradores de banco de dados). Se você pretende seguir na área de tecnologia, é de extrema importância que aprenda o quanto antes. Neste artigo, vamos abordar o que é e quais os comandos básicos.

Imagem com fundo azul escuro, com um ícone do SQL e as palavras insert, select, update e delete destacado em branco

O que é SQL?

A linguagem SQL, em português “Linguagem de Consulta Estruturada", é usada para executar comandos em bancos de dados relacionais, ou seja, bancos de dados baseados em tabelas.

Se você pensa que o SQL não é utilizado na rotina de um(a) desenvolvedor(a), está bem enganado(a). Como pensa que é feito aqueles relatórios enormes dentro do seu sistema ERP(enterprise resource planning/sistema de gestão integrado)? Sim, é com SQL.

Por fim, ela é dividida em alguns subgrupos, como:

  • DML – Data Manipulation Language: comandos que alteram informações nas tabelas, seja para inserir ou excluir dados (ex: select, delete e insert);

  • DDL – Data Definition Language: são comandos que modificam o banco de dados (ex: drop – apaga algum objeto e create – permite a criação de novos objetos);

  • DCL – Data Control Language: é o grupo responsável pelas permissões, restrições ou bloqueios (ex: grant – permite o acesso e/ou modificações no banco de dados);

  • DTL – Linguagem de Transição de Dados: é responsável por salvar as alterações feitas pelos usuários (ex: commit – autoriza que as alterações sejam salvas).

Porém, vamos aprofundar no **DML que são os comandos mais básicos do SQL.

SELECT

Imagine que você tem uma tabela de banco de dados para guardar alguns dados dos seus clientes:

idnometelefonegenero
1Roberta9999-9999F
2Denis8888-8888M
3Valéria7777-7777F
4Isabel5555-555F

Então, para consultar todos os dados dos seus clientes, a query que você deve rodar é uma que vai selecionar (SELECT) todos os campos (*) da tabela (FROM) clientes:

SELECT * FROM clientes

O resultado será o seguinte:

idnometelefonegenero
1Roberta9999-9999F
2Denis8888-8888M
3Valéria7777-7777F
4Isabel5555-5555F

Não mudou muita coisa, certo? Então vamos buscar os dados de todos clientes do gênero feminino:

A query que você deve rodar é uma que vai selecionar (SELECT) todos os campos (*) da tabela (FROM) clientes onde (WHERE) o gênero seja igual a F:

SELECT * FROM clientes WHERE genero = ‘F’

O resultado será o seguinte:

idnometelefonegenero
1Roberta9999-9999F
3Valéria7777-7777F
4Isabel5555-5555F

Simples, não é?

INSERT

O INSERT insere novas linhas, novos dados dentro da tabela.

Em nosso caso vamos inserir novos dados na tabela de clientes, passando os argumentos no insert:

INSERT INTO clientes (id, nome, telefone, genero) VALUES (5, ‘Miguel’, 4444-4444, ‘M’)

Esse comando está inserindo um novo registro em nossa tabela clientes, o cadastro do Miguel.

E então, temos:

idnometelefonegenero
1Roberta9999-9999F
2Denis8888-8888M
3Valéria7777-7777F
4Isabel5555-5555F
5Miguel4444-4444M

UPDATE

O UPDATE atualiza as linhas dentro da tabela, mas não podemos esquecer o WHERE onde inserimos uma condição, ou seja, uma regra que impõe a execução do comando. Se a condição não for informada a tabela inteira será atualizada.

A Isabel ligou em nossa loja para informar que trocou o seu número de telefone, então temos que atualizar dentro do nosso banco de dados:

UPDATE clientes SET telefone = 2222-2222 WHERE id = 4

Aqui, o que o comando está fazendo? Está atualizando a linha 4 da tabela clientes, onde está o cadastro da Isabel.

A regra a ser utilizada é o id da Isabel, onde vai identificar a linha a ser atualizada.

E então, temos a tabela atualizada:

idnometelefonegenero
1Roberta9999-9999F
2Denis8888-8888M
3Valéria7777-7777F
4Isabel2222-2222F
5Miguel4444-4444M

DELETE

O DELETE apaga as linhas, os dados dentro da tabela. Assim como o UPDATE, não podemos esquecer do WHERE. Caso contrário, toda tabela será apagada.

Miguel deixou de ser nosso cliente, então precisamos apagar os dados dele:

DELETE FROM clientes WHERE id = 5

Neste caso, o comando exclui a linha 5 da tabela clientes, que é o cadastro do Miguel.

E então, temos a tabela atualizada:

idnometelefonegenero
1Roberta9999-9999F
2Denis8888-8888M
3Valéria7777-7777F
4Isabel2222-2222F

Gostou deste artigo e quer conhecer ainda mais sobre banco de dados e SQL?

A Formação Modelagem de Dados foi feita para você! Acesse a formação e descubra o que mais você pode fazer com banco de dados e SQL.

Maria Gabriela Cuenca
Maria Gabriela Cuenca

Maria é graduanda de Sistemas para Internet, desenvolvedora e especialista em SQL. Trabalhou um bom tempo com o PostgreSQL, mas tem conhecimento nos demais bancos de dados mais utilizados no mercado. Atualmente está mais dedicada ao Business Intelligence.

Veja outros artigos sobre Data Science