Compre agora Login
Artigo

Por dentro da figura do team leader e sua importância para o sucesso do time

Athena Bastos

Athena Bastos


pessoas felizes no ambiente de trabalho, representando o trabalho de um team leader

No ambiente corporativo, para que as equipes possam desempenhar seu papel com eficiência, elas precisam conhecer a missão, o propósito e as metas da empresa. Cabe aos líderes compartilhar essas informações, bem como fornecer expectativas claras sobre o papel de cada pessoa colaboradora, o que é esperado de cada função e suas responsabilidades.

É papel do líder ser um incentivador e motivar seu time, conciliando os objetivos da organização com o desenvolvimento de pessoas. Para isso, existem diversos cargos (como supervisor, gerente ou diretor) e tipos de liderança.

Um desses papéis é o do team leader, um profissional que tem sido bastante visado por empresas que querem fortalecer o setor de TI.

Mas o que é o que faz um team leader? Neste artigo vamos entender um pouco mais sobre este cargo.

Aprimore a sua atuação como liderança tech e aumente a performance do seu time. Baixe nosso kit de materiais exclusivos

O que é team leader

No geral, o líder é um profissional que supervisiona a eficiência de uma equipe. Esse gerenciamento pode ser feito de diferentes formas, mais técnico, paternalista ou autocrático, por exemplo.

No caso do team leader, a liderança é mais centrada na gestão de pessoas, auxiliando na dinâmica do time e em questões administrativas. Seu papel é mais focado na coordenação de tarefas, orientação e capacitação da equipe, embora as funções possam variar conforme as estratégias das empresas. Em algumas organizações, por exemplo, o team leader faz parte do time.

VEJA TAMBÉM:

Embora seja importante ter um conhecimento técnico, esse gestor não trabalha tanto com questões operacionais, como o desenvolvimento de códigos.

Os team leaders também trabalham com uma comunicação mais aberta e fluida, promovendo o compartilhamento de informações e fomentando um ambiente de trabalho seguro, criativo e focado em inovação.

Maior escola de tecnologia do país - saiba mais

Qual é o salário de um team leader

Segundo o portal de empregos Vagas.com, a média salarial para um team leader é de R$ 3.900. Em níveis iniciais, o salário é de cerca de R$ 2.700, e em níveis com mais experiências pode chegar a mais de R$ 6 mil.

Esse valor foi calculado de acordo com informações dos candidatos do portal. As áreas mais comuns de formação desses profissionais são Engenharia de Produção, Administração, Sistemas de Informação, Informática e Engenharia Mecânica.

Qual o papel e as responsabilidades de um team leader

Como falamos, o team leader trabalha mais focado na gestão de pessoas do time. A sua principal responsabilidade é manter as operações fluindo. Para isso, ele é responsável, principalmente, por organizar o trabalho, gerenciar cronogramas e prioridades e supervisionar as atividades.

Também é função desse líder ser um comunicador, atuando como uma ponte entre os stakeholders e a equipe, transmitindo informações importantes de um grupo para o outro.

Algumas das atribuições de um team leader são:

  • Onboarding de novos colaboradores e colaboradoras;
  • Promover capacitações e treinamentos de acordo com os objetivos do time;
  • Definir estratégias de trabalho;
  • Guiar o desenvolvimento profissional da equipe;
  • Mediar conflitos;
  • Produzir relatórios sobre o andamento do projeto;
  • Melhorias no ambiente de trabalho e na comunicação;
  • Avaliação de desempenho individual

Quais as habilidades de um team leader

Ainda que trabalhe mais focado em questões administrativas, também é importante que, como o tech lead, o team leader tenha conhecimentos técnicos de tecnologia. Isso porque pode ser preciso diagnosticar e resolver problemas pontuais, além de gerenciar eventuais incidentes.

Alguns desses conhecimentos são:

  • Gestão de projetos de TI: noção de metodologias de gerenciamento de projetos, como Scrum e Kanban;
  • Arquitetura de sistema: capacidade de tomar decisões relacionadas à implementação e manutenção da infraestrutura de TI;
  • Desenvolvimento de software: embora não seja necessário serem programadores, é importante que a liderança da equipe tenha familiaridade com os ciclos de vida de desenvolvimento, controle de versão e práticas de codificação;
  • Conhecimento em banco de dados: entendimento dos princípios básicos, otimização de consultas e administração de banco de dados;
  • Virtualização e Cloud Computing: dependendo das soluções adotadas pela empresa, é importante ter entendimento de tecnologias de virtualização e computação em nuvem, como VMware, AWS, Azure ou Google Cloud.

Além disso, é crucial que o team leader tenha soft skills voltadas para uma gestão de pessoas eficaz. Vamos destacar três das principais: comunicação, tomada de decisão e gestão de conflitos.

Comunicação

A comunicação é a base para qualquer relacionamento sólido, e não é diferente para líderes e liderados. Os team leaders precisam transmitir informações de maneira clara e objetiva, evitando ruídos na mensagem.

Isso inclui a habilidade de ouvir atentamente, se expressar de forma confiante e empática - o que vai ajudar a criar laços de confiança e um ambiente de trabalho mais colaborativo e engajado.

Também é importante manter um canal de conversa aberto, para debater ideias, sugestões de melhorias e entender as necessidades do time.

Tomada de decisão

No dia a dia de um time de tecnologia, o team leader vai precisar tomar diversas decisões importantes, que vão desde coisas simples, como a priorização de projetos, até a demissões de pessoas do time.

Para fazer as melhores escolhas, ele precisa ter habilidade de analisar estrategicamente as informações. Pode soar simples, mas ter esse pensamento crítico não é tão óbvio quanto parece. Por exemplo: ao escolher entre um sistema de banco de dados relacional tradicional e um NoSQL para um aplicativo de alta demanda, existem algumas considerações necessárias.

É preciso avaliar qual modelo atende melhor à estrutura de dados do aplicativo; considerar as demandas de escalabilidade do produto; avaliar a importância da consistência e integridade das informações; analisar o desempenho esperado do aplicativo e como cada sistema lida com operações de leitura e gravação; além de balancear os custos associados a cada opção, incluindo licenças de software, hardware e possíveis custos operacionais.

Ou seja, é preciso não só analisar informações criticamente, mas também saber balancear as metas da empresa com os objetivos da equipe.

Gestão de conflitos

No dia a dia de qualquer empresa, de qualquer porte ou segmento, é comum aparecerem conflitos entre as pessoas da equipe.

Um bom team leader precisa ser um bom mediador e resolver as divergências de forma justa e imparcial. Para isso, é importante ter inteligência emocional e saber manejar o estresse.

Algumas ações podem ajudar nessas situações, como:

  • Ouvir as preocupações das partes envolvidas de forma empática, certificando que todos possam expressar seus pontos de vista;
  • Enfatizar os objetivos do time para construir uma forma de resolução;
  • Reduzir mal-entendidos através de uma comunicação clara;
  • Buscar soluções colaborativas, explorando opções que atendam às necessidades dos envolvidos (se possível);
  • Promover o comprometimento, se certificando que todos estejam de acordo com o decidido, para evitar ressentimentos no futuro;
  • Implementar práticas com os aprendizados.

Como motivar e engajar equipes de TI

Não é nenhum segredo que equipes engajadas são mais produtivas e, portanto, trazem mais resultados.

Mas o quê, de fato, faz as pessoas se sentirem motivadas? Segundo uma pesquisa da Pulses, os principais fatores são o reconhecimento, a percepção de justiça e o desenvolvimento. Colaboradores e colaboradoras que se sentem satisfeitos com a frequência e qualidade dos feedbacks são 2,4 vezes mais engajados. E quando há clareza nos critérios sobre política de remuneração, premiação e promoção, o engajamento é 2,3 vezes maior.

Promover essa cultura de reconhecimento pode começar com ações básicas, como elogios públicos a uma ação que mereceu destaque e celebrações de conquistas, seja de forma verbal ou em premiações. Outra forma de gratificar a equipe é investir na sua capacitação, promovendo o seu desenvolvimento pessoal (o terceiro item mais citado da pesquisa).

Também é importante lembrar que, quando falamos de liderança de times, não existe uma receita de bolo. Então vale a pena levar em conta as particularidades daquela equipe, sem deixar de fazê-la se sentir valorizada pelo seu trabalho.

Se quiser se aprofundar mais nesse assunto, nós falamos um pouco mais sobre dicas de engajamento neste artigo.

Como ser uma liderança transformacional em tecnologia

Com tudo que falamos até aqui, fica claro que, para ser um bom team leader, não basta apenas gerenciar uma equipe: é preciso ser uma figura que engaja, motiva e inspira o seu time.

Esse é o conceito de liderança transformacional, que ganhou popularidade com o livro “Leadership”, do historiador e cientista político James MacGregor Burns.

Burns define esse modelo como uma forma de líderes e liderados se ajudarem de forma mútua em busca de objetivos em comum. Para isso, o líder cria uma conexão com a sua equipe, elevando a moral e a motivação, e servindo como inspiração e estímulo para que todos sempre deem seu melhor.

É um tipo de liderança bastante conectado com a cultura organizacional e que estimula a autonomia do seu time, que é incentivado a criar soluções disruptivas e inovar. Para trazer um exemplo mais claro, esse foi o modelo adotado por grandes executivos do mercado, como Jeff Bezos, Mark Zuckerberg, Steve Jobs e Tim Cook.

Qualquer organização pode se beneficiar do tipo de liderança transformacional, mas ele é especialmente valioso para líderes de TI.

Isso porque esses profissionais estão inseridos em um contexto de transformação ainda mais acelerado, com diversas novas tecnologias e ferramentas surgindo quase que diariamente, processos em constante transformação e um mercado extremamente competitivo.

E nessa corrida por inovação, ganha quem mantém suas equipes motivadas, capacitadas e engajadas, todas em prol do mesmo objetivo.

O papel do team leader e o desenvolvimento de equipes de alto desempenho

Quando o team leader cumpre bem o seu papel, é esperado que seja criado um ambiente propício ao crescimento individual e coletivo. Com isso, não é difícil ver bons líderes tendo equipes de alto desempenho.

Essas equipes são compostas por profissionais de excelência, que atuam em sinergia e excedem as expectativas. Criar um time de talentos não é uma das tarefas mais fáceis, mas é possível com dedicação e foco na gestão de pessoas.

Para recapitular, um bom team leader precisa:

  • de uma combinação de habilidades técnicas, interpessoais e soft skills de liderança;
  • oferecer suporte e orientação, proporcionando oportunidades de crescimento;
  • motivar, incentivar e engajar a sua equipe, inspirando pelo exemplo;
  • dar autonomia e fomentar a inovação e ideias disruptivas;
  • criar equilíbrio entre as metas da empresa e do time.

Quer saber mais sobre liderança e o mercado de tecnologia? Receba a newsletter mensal da Alura Para Empresas com dicas e notícias quentes, direto em sua caixa de entrada!

Athena Bastos
Athena Bastos

Supervisora de Conteúdo da Alura Para Empresas. Bacharela e Mestra em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Pós-graduanda em Branding: gestão estratégica de marcas pela Universidade Castelo Branco - UCB. Escreve para blogs desde 2008 e atua com marketing digital desde 2018.

Organizações que confiam nas nossas soluções corporativas

Junte-se a mais de 5000 empresas que já capacitaram seus times com nossas formações.

  • Logo daa Dasa class=