Artigo

Conheça o Up!Tech, programa de capacitação da Riachuelo

Redação Alura

Já faz algum tempo que o mundo passa por um fenômeno de aceleração exponencial do desenvolvimento tecnológico, com novas soluções e atualizações sendo lançadas todos os dias para proporcionar mais facilidades à população.

Esse movimento, no entanto, não é percebido somente através dos facilitadores do dia a dia, tais como as versões avançadas de smartphones e dispositivos inteligentes que instalamos em nossas casas. É algo que também se reflete em organizações de diversos setores.

Sobretudo desde o ano passado, muitas empresas se viram diante de um cenário onde a transformação digital deixou de ser um processo orgânico e se tornou a regra para manter relevância e força competitiva.

Isso impulsionou o mercado de tecnologia de uma maneira nunca antes vista. Um estudo realizado pela DocuSign no Brasil, por exemplo, constatou que 97% das empresas priorizam processos digitais para acompanhar as tendências do mundo atual. Um reflexo disso é a alta demanda por mão de obra especializada, principalmente na área de desenvolvimento de software.

Pessoas em pé, uma ao lado da outra, com um a segunda e terceira pessoa da esquerda para a direita com um notebook nas mãos e a quarta pessoa com um caderno

Muitas ofertas, poucos profissionais capacitados

Embora a digitalização seja benéfica para toda a população — uma vez que traz melhorias na comunicação, na experiências dos usuários, na organização e desburocratização de processos, entre muitas outras — o rápido crescimento da demanda por profissionais que viabilizam essas melhorias não é compatível com o número de pessoas capacitadas e disponíveis no mercado de trabalho.

Esse fato, atípico no mercado de trabalho atual, criou uma dificuldade crescente das empresas em reter talentos, além de uma inflação nos salários, já que as pessoas desenvolvedoras passaram a receber propostas cada vez mais frequentes e atrativas.

A solução possível

Percebendo a tendência de agravamento da situação, algumas empresas começaram a pensar em estratégias que pudessem reverter esse cenário.

Uma das soluções mais interessantes e viáveis que surgiram desse processo foram os programas de capacitação in company para pessoas de nível júnior que tivessem interesse em aprimorar seus conhecimentos em desenvolvimento de software.

A lógica dessa iniciativa é que, a partir do momento em que se oferece uma formação de qualidade para que as pessoas aprendam, do zero, as stacks específicas da área de tecnologia da empresa, torna-se possível engajar novas colaboradoras e colaboradores que se identifiquem com a cultura da organização, criando um sentimento de cumplicidade e, consequentemente, aumentando a taxa de retenção de talentos.

Up!Tech, a iniciativa da Riachuelo

Um ótimo exemplo dessa estratégia é o Up!Tech, programa de aceleração de carreiras na área tech da Riachuelo. Direcionado tanto a pessoas que já fazem parte da organização como pessoas de fora, a iniciativa é focada na identificação, formação e retenção de talentos que tenham interesse em trabalhar nos segmentos de Front-end, Back-end e Full Stack.

O Up!Tech surgiu da crescente necessidade de digitalização da varejista, que viu suas vendas em canais digitais dispararem do último ano para cá. Esse movimento fez com que a Riachuelo começasse a enxergar o papel estratégico de especialistas em tecnologia no impulsionamento da transformação digital da empresa.

Neste artigo, Juliana Carneiro da Silva Paes, Gerente de Desenvolvimento Organizacional da Riachuelo, fala sobre todo o potencial do programa:

"O programa será mais uma oportunidade de crescimento para os nossos colaboradores que apresentam desempenho diferenciado, alto potencial e engajamento. Também queremos atrair novos profissionais para virem contribuir com a sua experiência e crescer junto à nossa tribo".

O modelo de capacitação do Up!Tech

Para proporcionar a melhor experiência de aprendizagem às pessoas que ocuparão as futuras cadeiras da área de tecnologia da empresa, a Riachuelo disponibiliza uma formação completa, que consiste em uma série de treinamentos ao vivo, conteúdos desenvolvidos pela Universidade Riachuelo — instituição voltada exclusivamente para formação de colaboradoras e colaboradores da varejista em diversas áreas —, além de uma grande parceria com a Alura através do Alura Level Up, um programa que proporciona uma experiência transformadora às empresas e, principalmente, às pessoas participantes.

O papel da Alura Level Up no Up!Tech

No caso do Up!Tech, a Alura Level Up é responsável por desenhar um treinamento personalizado, no qual as pessoas participantes são inseridas em um ambiente de aprendizagem que simula, de maneira fiel, seu futuro dia a dia de trabalho no time de tecnologia da Riachuelo.

Ao longo de aproximadamente 3 meses, essas pessoas são convidadas a mergulhar em cursos desenvolvidos pela Alura, com exercícios práticos, mentoria e acompanhamento de desempenho, para que, ao fim da jornada, se sintam preparadas, motivadas e engajadas para entrar performando em suas funções.

Gostou da iniciativa da Riachuelo e descobriu que é exatamente esse o caminho que você buscava para a sua empresa? Fale com a gente e saiba como atingir o máximo potencial da transformação digital através da educação do seu novo time de desenvolvimento!

Nós sabemos que tecnologia é pra todo mundo

Essas empresas acreditam nisso também: