Primeiras aulas do curso VB.NET com Windows Forms Parte 5: Criando bibliotecas DLLs, documentação e usando o NuGet

VB.NET com Windows Forms Parte 5: Criando bibliotecas DLLs, documentação e usando o NuGet

Projeto de biblioteca - Introdução

Oi, tudo bem gente? Meu nome é Victorino Vila e sejam bem-vindos a mais um curso de Visual Basic.net. Esse é o nosso quinto curso desta carreira.

Aqui nós vamos dar ênfase a diversos assuntos. Inicialmente eu vou começar falando um pouquinho de como a gente pode reaproveitar códigos desenvolvidos em outros projetos no meu projeto, porque, claro, sempre quando desenvolvemos coisas, temos que pensar como eu posso otimizar a implementação dos meus códigos. Então, se eu já tenho funções ou classes que foram desenvolvidas em outros projetos, eu posso reaproveitá-los no meu projeto atual e não preciso repetir essas classes ou criá-las novamente.

Na parte de desktop, nós vamos ver uma coisa muito interessante que são os formulários MDI. MDI vem de Multiple Diagram Interface. Isso é, por exemplo, esse tipo de coisa que eu estou mostrando aqui: eu abrir várias janelas dentro dessa área de trabalho, organizar elas, inclusive poder organizar elas horizontalmente, verticalmente ou até mesmo em cascata. Então veremos como é que eu construo esse tipo de formulário.

Depois, vamos voltar de novo a bibliotecas e nós vamos ver como é que esse meu projeto, que eu uso como anexo ao meu projeto principal, eu posso transformar numa biblioteca dinâmica, numa dll, que pode depois ser usada por terceiros. E é claro que se eu estou desenvolvendo uma dll, é importante que quando eu, por exemplo, coloque o mouse sobre uma classe que está na minha dll, eu possa ver esse texto amigável que me diz o que essa dll faz, que parâmetros eu preciso ter, por exemplo, para utilizá-la.

Ou seja, porque quando um terceiro estiver usando a minha dll é legal que eu tenha uma boa documentação para mostrar a ele o que está desenvolvido na minha biblioteca dinâmica.

E aí vamos aprender também como é que eu utilizo bibliotecas externas, ou seja, dlls que foram desenvolvidas por terceiros e como eu uso no meu programa, seja de forma manual ou através de um aplicativo dentro do Visual Studio chamado NuGet.

Finalmente, depois que a aplicação está montada, uma coisa importante é aprender a distribuir essa aplicação, ou seja, instalar essa aplicação no meu usuário, no computador do meu usuário. E eu posso fazer isso de forma manual ou criar instaladores. Nós iremos nesse curso aprender como eu crio os meus setups para instalar a minha aplicação que está pronta.

São diversos assuntos novos que nós vamos ver nesse curso. Espero que você goste, um forte e vamos em frente.

Projeto de biblioteca - Biblioteca de Classes

Olá gente. Vamos continuar aprendendo Visual Basic.net. Esse é nosso quinto curso.

Bem, agora nós vamos construir um sistema que o gerente de conta da agência do banco ByteBank utiliza no seu dia-a-dia. É o sistema onde ele consegue entrar, ver o saldo da conta corrente dos clientes, tirar o extrato, verificar uma série de informações sobre o cliente. Então vamos construir esse sistema.

Inicialmente nós vamos lá no nosso Visual Studio. E aí nós vamos aqui, clicar em arquivo, novo projeto. E aí, como sempre, estamos escolhendo projeto Visual Basic do tipo Windows for desktop, onde nós escolhemos um aplicativo do Windows Forms.

Bem, o nome do sistema a gente vai dar ByteBank, só que ByteBank é um nome muito simples. Tudo bem, é um sistema do ByteBank, mas dentro do ByteBank eu posso ter diversos outros sistemas. Precisamos que o nome dessa nossa aplicação, ela possa ter um nome específico que identifique o que a aplicação vai fazer.

Como nós estamos construindo um sistema para o dia-a-dia do gerente na agência, vou chamar esse sistema de “ByteBank.SistemaAgencia”. Claro que o nome da solução eu vou manter ByteBank porque eu vou poder depois dentro dessa solução, se eu quiser, colocar outros sistemas utilizados pelo banco.

Pois bem, eu vou dar Ok, vou maximizar a tela e aí temos aqui o nosso formulário principal do nosso sistema “ByteBank.SistemaAgencia”. Pois bem, como a gente vai gerenciar clientes, contas correntes, eu vou, claro, vir aqui, botão direito do mouse, vou clicar em adicionar uma nova classe e vou criar a minha classe ContaCorrente. Eu posso aqui ir programando o conteúdo da minha classe conta corrente.

Veja uma coisa: a gente já fez em outros cursos a implementação da classe ContaCorrente. Lembra que quando a gente viu herança, polimorfismo, a gente falou muito na necessidade de economizar código, ou seja, de reaproveitar códigos de aplicações já implementadas?

Bem, a nossa classe conta corrente, a nossa classe cliente, a nossa classe gerente, a nossa classe funcionário, todas essas classes que nós vamos utilizar no sistema do banco ByteBank para o dia-a-dia da agência, nós já implementamos. Então não precisaríamos implementar de novo essas classes.

Por exemplo, quando eu tenho aqui no Visual Basic.net, eu venho aqui e declaro um “X as String”, ou, por exemplo, quando eu declaro o “Y as New Exception”, o que acontece é que String, Exception são na verdade classes que já foram implementadas e eu estou usando aqui, no meu sistema.

Se eu der botão direito do mouse em Exception, vimos isso bastante no curso anterior, eu ir para definição, note que eu tenho aqui a declaração de uma classe com seus construtores, os seus métodos, as suas funções. Então significa o seguinte: que eu estou reaproveitando uma classe chamada Exception que alguém implementou para mim e está disponível. A mesma coisa, por exemplo, Spring. Se eu clicar aqui em String, eu tenho aqui uma série de métodos, funções relacionadas com String e inclusive três construtores aqui.

Significa o seguinte: que alguém implementou para mim essa classe String e eu estou utilizando ela. “Poxa, mas quem implementou essa classe String, quem implementou essa classe Exception?” Na verdade é o .Net Framework. E o uso dessas dlls foram relacionadas aqui quando nós usamos as nossas referências. Quando eu crio um projeto novo em Visual Basic .net, automaticamente essas referências são adicionadas.

Essas referências que foram adicionadas aqui são bibliotecas do .Net Framework, que na verdade são implementações de algumas classes. Então seria interessante que eu pudesse ter uma classe igual como eu tenho a System.Core, a System.Data, a System.Drawing. Eu poderia ter uma classe, por exemplo, que seria ByteBank biblioteca, por exemplo, onde eu teria todas as classes relacionadas com a modelagem do banco ByteBank.

E isso seria interessante porque se eu tivesse vários sistemas utilizando as minhas classes implementadas nessa biblioteca, se por acaso precisasse implementar uma propriedade nova ou implementar um método novo numa dessas classes, eu não precisaria ter que ir em cada sistema e fazer essa alteração.

Basta eu implementar essa nova modificação na classe que está declarada no projeto relacionado com o ByteBank bibliotecas. Então é o que eu vou fazer agora aqui. Eu não vou usar essa minha classe chamada conta corrente e eu vou adicionar à minha solução um outro projeto.

Então eu vou clicar botão direito do mouse, adicionar um novo projeto e esse projeto, eu vou chamar de “ByteBank.Bibliotecas”. E aí esse projeto, como ele vai conter apenas classes, ele não vai ter formulários, ele não vai ter entrada de dados, ele não vai ter nada desses outros objetos relacionados com sistemas que criam interface de entrada e saída com os nossos usuários, eu não vou criar um projeto Windows Forms. Não vou fazer isso.

O que eu vou fazer é que eu tenho um outro tipo de projeto chamado biblioteca de classes. Então esse nosso projeto ByteBank.bibliotecas, ele vai ter dentro dele a biblioteca de classes. Eu vou clicar aqui em Ok.

E aí eu tenho aqui no meu projeto, na minha solução, desculpe, esse novo projeto chamado ByteBank bibliotecas. Claro, aqui eu vou reescrever todas aquelas classes que nós aprendemos nos cursos passados. Mas é óbvio que eu não vou fazer isso manualmente. Eu já tenho previamente salvo e vocês podem fazer download no link que está nesse treinamento dessas classes já programadas.

O que vamos fazer agora é adicioná-las nesse novo projeto ByteBank bibliotecas. Então eu vou vir aqui, eu vou apagar essa classe aqui, a classe 01, que é a classe padrão quando eu criei esse projeto do tipo biblioteca de classes e vou vir aqui e vou adicionar uma nova pasta, que eu vou chamar de classes. E dentro dessa pasta eu vou criar, por exemplo, adicionar uma nova pasta, uma que eu vou chamar de Funcionários.

Aí com o botão direito do mouse sobre o diretório Funcionários, eu vou adicionar, só que eu vou agora escolher Item Existente. E aí nós vamos navegar lá para o diretório onde vocês salvaram os arquivos que foram feitos download do link deste curso. Então eu vou vir aqui no Meu Computador, onde eu salvei esses arquivos.

Quando eu descompactar esses arquivos, eu vou ter aqui um diretório chamado classes. Aqui dentro eu vou ter o diretório chamado Funcionários e eu tenho aqui esses seis arquivos dentro do diretório Funcionários.

Esse diretório Funcionários corresponde à pasta Funcionários abaixo da pasta Classes que nós criamos no nosso projeto. Então eu vou escolher o primeiro arquivo, o último arquivo e vou clicar em adicionar. Automaticamente as minhas classes foram adicionadas no meu projeto.

Vamos criar aqui um outro diretório. Então vou clicar em Adicionar, Nova Pasta, vou criar a segunda chamada Externos. E aí com botão direito do mouse sobre Externos, adicionar. Desculpe. Botão direito do mouse sobre Externos, nós vamos em Adicionar, Item Existente. E aí nós vamos escolher aqui dentro de Externos apenas uma classe para adicionar nesse subdiretório.

Vamos de novo com o botão direito do mouse sobre classes, Adicionar Nova Pasta. Eu vou criar uma pasta Clientes. E aí aqui dentro de novo botão direito do mouse, Adicionar, Item Existente. Nós vamos lá para o nosso diretório Clientes e vamos escolher essas quatro novas classes.

Depois, novamente, botão direito do mouse, Adicionar, Nova Pasta. Vamos criar a última pasta do nosso projeto ByteBank.bibliotecas, que vai ser Bibliotecas. E aí com o botão direito do mouse sobre ela, Adicionar, Item Existente. Vamos ali onde eu salvei.

Dentro da pasta Bibliotecas nós temos as nossas duas classes que foram obtidas através do download do link que está relacionado com esse vídeo. Eu vou clicar em Adicionar e eu tenho aqui as minhas classes adicionadas ao meu projeto.

Se nós olharmos nessas classes, nós vamos reconhecê-las. Foram classes que foram implementadas durante os nossos últimos quatro treinamentos. Então temos a classe Funcionários, a classe FuncionarioAutenticavel, temos aqui, dentro de bibliotecas, a nossa interface IAutenticavel.

Nós temos aqui, por exemplo, a nossa biblioteca de cálculo da bonificação. Ou seja, tem todas as classes que foram construídas nos quatro últimos treinamentos nesse nosso projeto. Agora já estou preparado, com esse meu projeto bibliotecas aqui, já estou preparado para voltar ao nosso projeto “ByteBank.SistemaAgencia” e utilizar essas classes no desenvolvimento do sistema que vai ser usado pelos gerentes das agências.

Projeto de biblioteca - Imagens e ícones

Claro que antes de continuarmos o assunto desse curso, como a gente está mesclando conceitos de Visual Basic.net com programação Windows Forms, vamos conhecer mais alguns componentes novos para melhorar o layout das nossas aplicações.

Então voltando aqui para o nosso projeto ByteBank, eu tenho aqui meu projeto ByteBank.SistemaAgencia e eu tenho aqui o meu Form 01, que eu vou dar botão direito do mouse sobre ele, vou renomear chamando de Frm_Principal.

Diferente dos outros formulários principais que construímos nos outros treinamentos, nós não vamos nesse momento colocar aqui um componente label. Não vamos por enquanto. Vou dar botão direito do mouse sobre esse formulário e vamos fazer aquilo de sempre. Nós vamos selecionar o formulário e Adicionar a sub-rotina New e aqui nós vamos inicialmente colocar um “Me.Text”.

Nós vamos colocar aqui “Sistema de Agências ByteBank”. Isso é o título da nossa janela. Bem, vamos fazer uma coisa que nós não fizemos ainda. Nós vamos colocar para esta janela um ícone específico. A gente nunca se preocupou com isso. Então clicando de novo sobre o formulário principal, temos ele aqui, vamos procurar a propriedade Icon.

Existe algumas imagens que a Alura disponibilizou associados a esse vídeo para que vocês possam fazer o download. Faça o download desses arquivos. Vão ter algumas imagens ali e aí eu vou clicar aqui nesse botãozinho com três pontinhos e lá no diretório onde eu salvei essas imagens, vamos vê-las aqui, eu vou selecionar essa imagem Bitcoin64x64.ico.

Eu selecionei. Note que aqui do lado do título do formulário ele já me mostrou uma imagem diferente que é a imagem do logotipo do nosso banco ByteBank. Se eu salvar e executar a aplicação, note que eu vou ver aqui a minha janela com o ícone Sistema de Agências do Banco ByteBank.

Temos aqui o título, o ícone aqui do lado e note aqui embaixo, vou até arrastar mais para cá, que o ícone da janela quando a gente minimiza ela, aparece o ícone daquela imagem que nós carregamos. Então fica a nossa janela de uma forma um pouco mais apresentável, mais relacionado com a linguagem visual do nosso banco ByteBank.

Então eu vou fechar aqui e aí para não fugir do padrão, vamos aqui colocar StartPosition, WindowsDefaultLocation e vamos trocar para CentreScreen. E eu vou mudar a forma com que esse formulário é aberto. Lá no final, onde eu tenho WindowsState, nós vamos colocar Maximized.

Vou salvar, eu vou iniciar. Então quando eu rodar a aplicação, automaticamente a janela é maximizada para mim. Então ela abre toda a janela, ocupando a tela do meu computador.

Bem, vamos continuar. Eu vou fazer agora a seguinte coisa: eu vou criar um segundo formulário. Então eu vou vir aqui, Adicionar um Novo Item, que também vai ser um item Windows Forms. E eu vou chamar esse formulário de Frm_Secundario. Então nós temos lá o formulário principal e esse formulário eu estou chamando secundário.

Duplo clique nesse formulário. Eu tenho aqui a janela dele. Nós vamos também mudar o tamanho dele, botar um tamanho um pouco menor. E aqui a gente vai também colocar o logotipo do nosso banco ByteBank. Então sobre o formulário, eu vou vir aqui em Icon e vou selecionar aquele mesmo ícone.

Só que agora eu vou mostrar um outro componente, que é o componente Imagem. Se eu venho em caixa de ferramentas, Todos os Windows Forms, nós vamos procurar aqui. Na verdade, o nome do componente não é Imagem, eu me enganei. É PictureBox.

E eu vou arrastar o PictureBox para cá. Vou deixar aqui no canto. O nome do componente eu vou colocar Pic_Logo, por exemplo. E novamente clicando sobre o componente, eu vou procurar a Propriedade Imagem. Clicando sobre ela, eu vou ter essa caixa de diálogo, onde nós vamos selecionar Recurso local.

Vou clicar no botão Importar. E aí nós vamos escolher o Bitcoin 64x64.png. E ao clicar Ok, Note o que eu tenho aqui: eu tenho a minha imagem do logotipo do banco ByteBank, onde eu posso colocar ela numa posição e num tamanho que eu assim desejar.

Nesse formulário, eu vou dar botão direito do mouse, Exibir Código Fonte. Vou fazer a mesma coisa, vou adicionar a sub-rotina New e aqui eu vou colocar Me.Text = Formulário Secundário. Vou salvar. Vou colocar esse formulário secundário como padrão para ser executado, para eu ver como é que ele aparece.

Então, clicando sobre o projeto, botão direito do mouse, em propriedades nós vamos selecionar o formulário secundário como sendo o formulário padrão para abrir a minha aplicação. Eu vou salvar. Eu vou iniciar e eu vou ver aqui o meu formulário, não somente com o ícone, mas também com a imagem dentro do formulário.

Sobre o curso VB.NET com Windows Forms Parte 5: Criando bibliotecas DLLs, documentação e usando o NuGet

O curso VB.NET com Windows Forms Parte 5: Criando bibliotecas DLLs, documentação e usando o NuGet possui 275 minutos de vídeos, em um total de 62 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de .NET em Programação, ou leia nossos artigos de Programação.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda .NET acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

  • 971 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

Premium

  • 971 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$75
à vista R$900
Matricule-se

Premium Plus

  • 971 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$100
à vista R$1.200
Matricule-se

Max

  • 971 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Procurando planos para empresas?
Acesso por 1 ano
Estude 24h/dia onde e quando quiser
Novos cursos toda semana