Primeiras aulas do curso Planejamento de mídia programática: técnicas eficientes

Planejamento de mídia programática: técnicas eficientes

O que é Mídia Programática e o Cliente - Introdução

Sejam bem-vindos ao curso de Planejamento de Mídia Programática, eu sou Gustavo Loureiro, vou estar ajudando vocês aqui durante esse módulo, durante esse curso. Como é que vai funcionar o nosso curso de Planejamento de Mídia Programática?

A gente tem como projeto, durante o curso, a MusicDot, que é uma empresa que quer fazer anúncio em mídia programática. Então, a gente vai ter dois momentos do curso, o momento em que a gente vai precisar se colocar como profissional anunciante, o profissional trabalhando dentro do departamento de marketing da MusicDot.

E aí, a gente vai justamente ver tudo o que é importante a gente colher de informações, preparar de informações, para a gente poder apresentar para uma agência, para que essa agência possa desenvolver para a gente um planejamento, uma proposta de campanha de mídia programática.

E num segundo momento, a gente vai se colocar, a gente vai tirar o chapéu de anunciante, vai colocar o chapéu de agência e a gente vai justamente se colocar no lugar de quem monta o planejamento de mídia programática. Uma outra coisa importante que a gente vai ver no curso é isso aqui, o que é mídia programática e o que não é mídia programática.

Então, só para vocês entenderem, esses anúncios que eu estou mostrando para vocês agora, não são mídia programática, são anúncios de remarketing, então a gente tem aqui três exemplos, remarketing, não é mídia programática.

A gente vai poder simular, inclusive, navegação na prática, vendo que isso daqui acontece baseado num histórico de navegação nosso e a mídia programática, ela se propõe a mais do que isso. Então, a gente também vai entender o que é mídia programática e o que não é mídia programática.

Outra coisa importante, qual é o momento ideal para você fazer a mídia programática? Então, a gente vai, por exemplo, usar ferramentas para fazer testes no nosso site, ver se o nosso site está acessível a dispositivos móveis, se a gente consegue carregar o site num celular ou num tablet.

Então, a gente vai conseguir fazer testes para verificar se a gente está num momento ideal de fazer mídia programática ou se não é o momento ideal e por último, mas não menos importante, a parte que talvez seja a mais interessante do nosso curso, é a parte justamente, onde a gente vai ver na prática como é que a gente faz um planejamento de mídia programática.

A gente tem dois exemplos de planejamento e vocês vão poder exercitar, praticar, justamente desenvolver um planejamento, pensando mídia programática para um cliente, que aí, no caso do nosso curso é a MusicDot. Então é isso.

Só para ficar claro, a ênfase do curso é em planejamento de mídia programática, porque o fato de ser mídia programática, faz com que a gente não tenha acesso a diversas plataformas e diversos sistemas, que são caros e que normalmente, eles ficam na mão de agências grandes, que são as Trading Desk.

Então, a ênfase do nosso curso é em planejamento e aí, sim, você trabalhando numa agência, você vai poder ter acesso a essas plataformas, mas aqui no curso, a gente não consegue disponibilizar, porque a gente não tem acesso a essas plataformas.

O nosso curso é focado em planejamento, mas com certeza, você vai conseguir ter mais segurança para planejar as suas companhas de mídia programática no nosso curso. Espero que vocês gostem e vamos começar.

O que é Mídia Programática e o Cliente - O que é a Mídia Programática

O site que na verdade vai trabalhar no nosso curso é o projeto da MusicDot, a MusicDot, na verdade é um site que vende cursos online de instrumentos musicais, é uma escola de instrumentos musicais, para quem quer aprender a tocar online, sem sair de casa.

Então, na verdade, antes de a gente falar da MusicDot, antes de a gente falar das necessidades da MusicDot, a gente precisa contextualizar um pouquinho como funciona a mídia programática, para isso, eu vou explicar para vocês um pouquinho o conceito fundamental de mídia programática.

Inicialmente, a mídia programática, ela é uma mídia automatizada, tudo o que acontece na mídia programática, acontece por meio de sistemas e plataformas. Você não precisa, por exemplo, de um mediador, para você poder comprar mídia ou para você poder vender mídia.

Então, a mídia programática, ela tem sistemas e plataformas, onde na verdade acontece um leilão e aí o anunciante diz quanto ele está disposto a pagar, quem é o público alvo dele e aí, os veículos avaliam e decidem se é interessante e se existe aquele público alvo naqueles veículos.

A mediação, ela, na verdade, acontece por sistemas ou por plataformas específicas, então é tudo feito de forma automatizada, quando a gente fala em mídia online, quando a gente fala em mídia programática. Com relação a público alvo, a gente precisa definir o nosso público.

Então é fundamental, que a gente olhando, por exemplo, o projeto da MusicDot, a gente entenda que é o público que quer tocar instrumentos musicais ou que quer aprender a tocar instrumentos musicais ou que já toca instrumentos musicais e que de repente... alguns detalhes a mais desse público alvo.

Não são simplesmente qualquer pessoa que queira tocar instrumento musical, então na hora que a gente for definir o público alvo, a gente precisa definir com mais detalhes quem é esse público interessado... que poderia ser pública da MusicDot, para a gente ser mais assertivo na hora da campanha, na hora do desenvolvimento da companha de mídia programática.

Os sistemas em plataformas, eles entregam a publicidade para esse público que a gente definir. Então, assim que a gente tiver o público da MusicDot, assim que a gente souber que é o público específico do nosso projeto, no nosso curso, o sistema de mídia programática, por meio de plataformas, ele vai entregar a publicidade de forma assertiva para esse público.

Então, você não vai mostrar a campanha de curso de violão, de curso de piano para quem não quer aprender a tocar piano, para quem não quer aprender a tocar violão. Como é que acontece o cruzamento das informações? Você faz uma boa definição do público alvo, então você amarra bem, você define bem a segmentação do seu público alvo.

E aí, na verdade, os sistemas, eles cruzam as informações com os veículos disponíveis. Então: “Olha, eu tenho aqui, o Rodrigo, o Gustavo, o André, a Julia, a Ana Beatriz, que gostam de tocar instrumentos musicais, mas que querem aperfeiçoar o seu conhecimento ou que na verdade querem aprender do zero a tocar um instrumento e eu queria saber se vocês tem pessoas parecidas com esse público ou se vocês tem esse público no site de vocês e que eu poderia mostrar a minha publicidade”.

O cruzamento de informações, ele acontece dessa forma e aí, a publicidade programática, ela acontece por si só na hora que ocorre o cruzamento de informações entre anunciante e veículo. Aqui eu tenho um exemplo para vocês muito interessante. [03:31] Vamos imaginar que a MusicDot, ela quisesse divulgar a publicidade dela num site como o UOL, se eu entrar em contato com o veículo UOL e fizer a publicidade, dentro do site da UOL, eu tenho diversos tipos público.

Então eu tenho, por exemplo, usuários que entram lá e buscam informações sobre esportes, o time ganhou? O time perdeu? O Brasil ganhou medalha olímpica? O Brasil ganhou o último jogo da seleção? Etc. Então, notícias esportivas de maneira geral, essas pessoas buscam informações sobre esportes, mas não necessariamente são público da MusicDot.

Existem também aquelas pessoas que buscam informações sobre notícias em geral, notícias do bairro, notícias do estado, da cidade, notícias do Brasil, política, economia, mas podem ser pessoas que buscam notícias, mas que não necessariamente tenham interesse de tocar os instrumentos musicais.

E existem as pessoas que entram no site do UOL ou nos grandes portais de notícias, de conteúdo e que também gostam de tocar instrumento. Então, o que que é interessante aqui? Se a gente estivesse fazendo publicidade online tradicional, a publicidade da MusicDot, ela apareceria para esses três tipos de público.

Ela apareceria para quem gosta de tocar instrumentos musicais, que é o público da MusicDot, mas ela também apareceria para quem busca notícias sobre a economia e que não tem interesse em tocar um violão ou um piano.

E para quem de repente quer notícias sobre o time de futebol, se ganhou, se perdeu, se está bem na tabela ou se está mal na tabela, mas que não tem interesse em tocar instrumentos musicais. Então, nesse sentido, a publicidade online tradicional, ela não seria tão assertiva.

A mídia programática, ela faz o quê? Ela faz com que você, dentro dos portais, dos grandes portais de conteúdo, como aqui o exemplo da UOL, mostrem a publicidade somente para o público da MusicDot. Então, se eu tenho o público que gosta de tocar instrumentos musicais dentro do UOL, eu vou mostrar somente para esse público a campanha da MusicDot.

Então, quando a gente fala em mídia programática, a mídia programática, ela tenta entregar somente para aquele público. Outras vantagens interessantes da mídia programática, ela é 30% mais eficiente em custo, porque na verdade você tem o investimento da campanha, mas você tem o teu público mais assertivo.

Então, você não precisa ficar colocando dinheiro a mais, para ficar ajustando e tentando chegar no seu público e você consegue ter equipes mais enxutas e especializadas. Então, você não precisa, por exemplo, ter tanta gente para ficar negociando mídia com os veículos, porque isso acontece de maneira automatizada.

Você consegue, de repente, ter poucas pessoas, mas mais especializadas, principalmente na questão de gestão de resultado. Então, a grande vantagem da mídia programática é essa, você, na verdade, você tem campanhas de publicidade mais direcionadas e assertivas para o público alvo da sua campanha.

Então, você deixa de... por exemplo, divulgar curso de instrumentos musicais, para quem de repente, gosta de praticar esportes e não quer aprender a tocar um instrumento, então você não erra na hora de fazer a publicidade. Essa é a ideia principal, é o objetivo principal da mídia programática.

O que é Mídia Programática e o Cliente - O anunciante de midia programática

Então, inicialmente vamos conhecer quem é esse anunciante que justamente, nesse primeiro momento, precisa divulgar a empresa por mídia programática. Vocês estão vendo aqui, a empresa que a gente vai utilizar esse projeto é a MusicDot.

O que que é a MusicDot? A MusicDot é um site, onde você pode fazer cursos de instrumentos musicais, então se você quiser aprender a tocar guitarra ou se você for aquela pessoa que sempre tocou guitarra ou violão das revistinhas, pegando cifras e você quiser aprimorar, você pode selecionar aqui cursos de violão e guitarra e você pode escolher aqui quais os cursos você quer.

Ó, primeiros passos no violão, acordes com pestana, acordes com sétima, novos ritmos e batidas, etc. Então aqui tem diversos cursos de violão e guitarra, que você pode fazer. Aí, você fala: “Não, eu gosto de percussão”, “Eu quero aprender a tocar pandeiro”.

Aí, você pode vir aqui e escolher os cursos cajon, de pandeiro. Enfim, existem aqui alguns cursos de percussão que você também pode fazer e existem aqui diversos outros cursos. Então, basicamente, quem é público da MusicDot?

O público da MusicDot são homens e mulheres, eu imagino que aí... a partir de 13 anos de idade, que gostem de algum tipo de instrumento musical, que queiram aprimorar o conhecimento de instrumento musical, que já tocam um instrumento musical ou que sempre gostaram muito de música e sempre tiveram interesse em tocar um instrumento musical.

Então, genericamente, o público da MusicDot é esse, não importa se é público masculino ou feminino, são os dois, a gente considera aí que a partir de 13 anos, já poderia estar interessado em tocar algum tipo de instrumento.

Claro que de repente a pessoa que já toca um instrumento, pode ser uma pessoa mais velha, pode ser uma pessoa que de repente fala assim: “Eu estou trabalhando agora, agora eu consigo comprar o meu violão, consigo comprar o meu teclado – etc. – e lembro que na infância eu fiz curso, eu quero voltar a aprender”.

Ok, esse seria especificamente o nosso curso. Então, o que que essa empresa precisa? Essa empresa precisa encontrar uma agência que faça esse trabalho de mídia programática, para encontrar agência que faça o trabalho de mídia programática, ela pode entrar no Google, inicialmente e digitar aqui: agência de mídia programática.

Inicialmente, vão aparecer aqui alguns anúncios de publicidade paga, divulgando algumas empresas que possivelmente façam media programática e aí, aqui nos resultados orgânicos, você tem a Linka, que é uma agência de mídia programática, Publya, que é uma agência de mídia programática também.

As agências de mídia programática, são consideradas Trading Desk, então por isso que a gente está vendo esse nome aqui, “Trading Desk, especializada em mídia programática”, então a Publya, inclusive, ela é muito conhecida nesse mercado.

E aí, tem várias outras aqui, uma outra famosa também é a AdsPlay, que também trabalha com mídia programática forte, principalmente aqui em São Paulo, é bem conhecida a equipe dela. Então, o Google, ele pode dar uma posição inicial para a gente de uma série de players, de agências que trabalham divulgando mídia programática.

E aí, o que que a MusicDot, precisa fazer nesse primeiro momento? Nesse primeiro momento, o que a MusicDot vai precisar fazer é ter o mínimo de informações para passar para essa agência.

Depois que ela entrar em contato com duas, três agências que ela encontre no Google e que ela veja que são interessantes ou também pode vir por recomendação de outros profissionais do mercado, ela vai ter que montar aqui uma apresentaçãozinha, com algumas informações iniciais, que que seria um briefing inicial.

Então, o que colocar no briefing de programática? Algumas coisas importantes, que são briefing de mídia programática, mas que fazem parte de qualquer tipo de briefing. Como você está querendo montar uma campanha, seja ela de mídia programática ou de mídia digital, você tem que dizer qual é o objetivo da campanha.

Uma coisa importante, que a gente já precisa entender do ponto de vista de mídia programática, é que a mídia programática, ela atua muito bem na parte de geração de tráfego qualificado, o que que eu estou querendo dizer com isso?

Para quem conhece aquele fluxo de funil do Inbound Marketing, o fato de eu dizer que a campanha é uma campanha para aumentar tráfego, para fazer a awareness, eu estou dizendo para vocês que o objetivo da campanha é trabalhar em cima do topo de funil.

Então, a mídia programática, ela é muito boa, ela tem um potencial muito forte, para gerar um tráfego bem qualificado. A gente já explicou, anteriormente, inclusive, como é que a mídia programática funciona. Então, ela é perfeita para falar com o com público alvo correto da MusicDot e trazer esse público qualificado para dentro do site, para conhecer a MusicDot, num primeiro momento.

Além de objetivo da campanha, verba disponível, qual é o valor que você tem disponível para investir em mídia programática, quais as regiões que você pretende divulgar, que você pretende fazer o trabalho de divulgação da sua campanha, se vai ser só São Paulo, se vai ser o Brasil inteiro, se vai ser região sudeste.

Tipos de mídia e dispositivo que você pretende trabalhar, então você vai trabalhar com o dispositivos somente mobile, somente desktop ou mobile e desktop? E as mídias, você pretende trabalhar com YouTube? Com áudio? Com display? Com campanhas gráficas? Então isso é importante.

Na questão da segmentação, o que que é importante você colocar aqui para passar para a agência? Gênero, importante você dizer qual o gênero da sua campanha, “Olha, o meu público, gênero é público masculino e feminino”, faixa etária, a partir de quando começa ou determinar uma faixa etária específica.

Renda, qual o valor normalmente que essas pessoas ganham ou se são dependentes de alguma verba, de algum pai e mãe e etc., de algum dinheiro de pai e mãe. E a ocupação, se são só estudantes, se são pessoas profissionais liberais, se são engenheiros, se são advogados, etc. e a escolaridade.

É importante também definir isso aqui tudo. É importante também na questão da região, região/localização, pensar nas cidades, quais os locais? “Ah, eu vou pensar São Paulo, estado de São Paulo”, “Mas todas as cidades do estado de São Paulo? Ou existe de repente: São Paulo, cidade de São Paulo e grande São Paulo?”.

Então é importante mapear direitinho isso na hora que for mandar para a agência. Se você vai pensar em estados, quais os estados que você vai querer divulgar, se vai ser Brasil inteiro.

E por mais que seja Brasil inteiro, minha sugestão é que não faça uma configuração, manda para todo o Brasil, porque eu acho que no final das contas, você, pelo histórico que você tem de navegação nos seus sites, você sabe quais são os principais lugares que geram tráfego para o seu site.

E, por último aqui, a parte de display. Então, mídia display, como é que você pretende trabalhar com as campanhas gráficas? Você pretende fazer isso na mídia de display? Você pretende trabalhar com campanhas para mobile? Divulgar isso dentro de celular? Vídeos do YouTube?

Ou seja, a gente está falando de anúncios gráficos, que é o display, mas os anúncios gráficos, eles serão trabalhados em mídia de display, em campanha para mobile, em vídeos no YouTube, áudios no Spotify. Então, essas são as possibilidades que tem, quando você pensa em campanha de display.

E aí, os dispositivos, é importante você pensar, se você vai trabalhar com TVs inteligentes, se vai divulgar em TVs inteligentes, somente desktop ou se você vai trabalhar divulgando em celulares também ou somente celulares ou nos três que você pretende trabalhar.

Então, um resumo disso tudo, seria justamente... Você tem que pensar, que tipo de informação eu preciso mandar para a agência, para ela poder fazer um orçamento para mim de uma campanha de mídia programática. Região geográfica, define a região que você pretende trabalhar a mídia programática.

Se você vai querer trabalhar por cidade, estado ou país. Os devices e as mídias. As diversas opções de mídias que você pretende trabalhar e as opções de device. E, por último, o público alvo.

A campanha de mídia programática, você pode definir o seu público alvo de uma maneira bem simples, mas quanto mais detalhes você conseguir colocar do seu público alvo, melhor para ajudar na segmentação da mídia programática. [08:33] Então, esse daí seria um resumo do que a gente precisaria fazer num primeiro momento, nós sendo equipe de marketing da MusicDot, precisaríamos mandar isso para uma agência de mídia programática.

Sobre o curso Planejamento de mídia programática: técnicas eficientes

O curso Planejamento de mídia programática: técnicas eficientes possui 97 minutos de vídeos, em um total de 33 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Mídia Paga em Marketing Digital, ou leia nossos artigos de Marketing Digital.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Mídia Paga acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

  • 1241 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

Premium

  • 1241 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$75
à vista R$900
Matricule-se

Premium Plus

  • 1241 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$100
à vista R$1.200
Matricule-se

Max

  • 1241 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Procurando planos para empresas?

Acesso por 1 ano

Estude 24h/dia onde e quando quiser

Novos cursos todas as semanas