Primeiras aulas do curso Gestão de Pessoas 4.0 parte1: Entendendo as Mudanças da Transformação Digital

Gestão de Pessoas 4.0 parte1: Entendendo as Mudanças da Transformação Digital

Apresentação e Definições Gerais - Introdução

Fala pessoal, tudo bem? Meu nome é Enio Morares e serei o facilitador do nosso curso de Gestão de Pessoas 4.0: Entendendo as mudanças. Nessa primeira aula, faremos uma apresentação geral do curso e traçaremos as definições iniciais. Nesse primeiro vídeo, faremos uma introdução do nosso curso. O principal objetivo do curso é aguçar a curiosidade dos profissionais para as relações humanas com a tecnologia atual e futura, bem como avaliar seus possíveis impactos na sociedade. O curso é aberto a todo o público, principalmente quem está percebendo que estamos entrando em uma nova era, completamente diferente do que a gente já passou até agora. Uma era de transformação, de mudanças drásticas e aceleração.

A gente colocou esse quadrinho dizendo que estamos abertos a qualquer tipo de geração, desde os Baby Boomers, Geração X, Geração Y e agora a geração que está entrando no mercado, que é a Geração Z. A ideia é que todo esse público visualize esse curso, afinal existem ganchos que iremos pegar de gerações passadas, de gerações mais recentes e também de gerações que ainda vão surgir.

Nesse curso, aprenderemos como a revolução tecnológica 4.0 afetará os profissionais e o mercado de trabalho, os principais pensadores e invenções que nos trouxeram aqui, como tirar proveito do movimento e sair das ciladas impostas pela tecnologia, como a Revolução 4.0 afetará a filosofia educacional dos líderes e como aprenderemos a nos reinventar para sobrevivermos. Esse será um tópico chave que iremos repetir muitas vezes no curso.

Aproveitando essa primeira aula, vamos comentar um pouco sobre o projeto de conclusão de curso. A ideia é utilizarmos como base um arquivo recente da Singularity, que divulgou previsões e inovações que a universidade já julga como possíveis até 2038. Nós analisaremos as previsões e escolheremos de uma a três que julgamos serem muito difíceis de serem estabelecidas devido à interação homem-tecnologia.

Em cada aula, teremos um vídeo comentando sobre algumas invenções que constam nesse artigo, visando que vocês tenham a motivação de cumprir o projeto de conclusão de curso. Esse projeto será basicamente a elaboração de um artigo no LinkedIn e a divulgação dele em sua rede de contatos profissionais, tentando responder a pergunta: quais mudanças são impraticáveis do ponto de vista humano, mesmo que a tecnologia funcione perfeitamente?

Esse artigo base, assim como outros documentos, estará disponível para download na área destinada aos conteúdos escritos na plataforma.

Espero que vocês se motivem com esse curso. Estamos só começando nesse vídeo de introdução, e eu pretendo trazer a vocês, além das tecnologias, qual a melhor maneira de lidarmos com a vinda de novas gerações e tecnologias. Muito obrigado e até a próxima aula!

Apresentação e Definições Gerais - Bases Revolução Industrial

Fala pessoal, tudo bem? Nesse vídeo falaremos sobre as bases da revolução industrial.

As revoluções industriais traçaram grandes marcos na nossa história, tanto no comportamento das empresas e dos líderes. Portanto, é interessante conhecermos quais produtos e comportamentos surgiram nessa época para entendermos a atualidade, o que deve ser aprendido com essas revoluções e o que deve ser esquecido.

A primeira revolução industrial foi caracterizada pelo descobrimento do uso do carvão, principalmente na geração de energia. O boom do uso do carvão disparou a indústria textil da Grã-Bretanha, e trouxe o surgimento das indústrias no grande centro. Além do surgimento do torno mecânico, da manufatura do aço, do motor a vapor e da estrada de ferro, as indústrias começaram a brotar nos grandes centros, ocasionando o êxodo rural - as pessoas começaram a sair do campo, percebendo que a vida na cidade seria mais lucrativa e com condições de vida melhores.

Começaram a surgir novos sistemas de produção e a troca e distribuição de valor, ou seja, as indústrias começaram a criar produtos, gerando riqueza a partir da sua produção. O conceito de indústria surgiu nessa época, englobando todas as atividades decorrentes do esforço humano.

A segunda revolução industrial foi muito caracterizada pela especialização, otimizando os processos que funcionavam na primeira revolução, criando novas maneiras de produzir e abandonando práticas que não funcionavam (como o desperdício). Com isso, conseguiu-se produzir mais e até melhor, o que diminuiu o valor da produção.

O surgimento da eletricidade ajudou muito nesse processo, permitindo o controle das esteiras e aprimoramento da segurança dos trabalhadores, além de poluir menos o meio-ambiente. O rádio e o telefone também foram prioritários para essa revolução, permitindo a comunicação e a disseminação de informações, além da criação de trabalhos à distância. O rádio e o telefone também foram muito úteis na primeira guerra mundial.

O motor a combustão ocasionou o surgimento do automóvel e do avião. Posteriormente, a televisão trouxe ainda mais dinamismo e engajamento na comunicação, reunindo as famílias em torno dessa tecnologia.

O plástico, que hoje é um problema, foi uma solução para diversas situações na época - tanto na medicina, facilitando várias operações, como na indústria alimentícia, permitindo a conversação dos alimentos.

Com as esteiras e o barateamento dos produtos, surgiu também um forte conceito de produtividade, e muitos pensadores e engenheiros começaram a trabalhar nesse ramo.

Na próxima aula, vamos conversar sobre as revoluções seguintes e como se iniciou a estruturação da quarta revolução industrial.

Apresentação e Definições Gerais - 3ª e 4ª Revolução Industrial

Nessa aula, vamos comentar sobre a terceira e a quarta revolução industrial.

Na terceira revolução industrial, os conceitos das esteiras e de produtividade da segunda revolução industrial começam a ser automatizados, tirando o ser humano de algumas atividades julgadas de pouco valor intelectual, substituindo-o por máquinas, esteiras automatizadas e robôs.

Nessa época, o conhecimento científico começa a ser aliado à produção industrial, que inclusive se torna matéria de faculdade. Surge, então, a engenharia de produção, estudando como a produtividade pode ser melhor performada, a equipe melhor distribuída, etc.

É nesse período em que começamos a armazenar, processar e transmitir informações em formato digital, abandonando fitas K7, CDs e filmes fotográficos.

A computação e a automação surgem fortemente, e começamos a gerar dados de máquina e rejeitos de produtos que são analisados pelo pessoal de chão de fábrica. Aliadas a isso, aparecem também a internet, a robótica e a microeletrônica (que é base para toda a inteligência dos robôs e da automação).

A produção começa a ser baseada em tecnologia de ponta, e isso passa a fazer diferença na produtividade das linhas de produção.

A quarta revolução industrial é um marco que estamos começando a viver. Ela é marcada pela crescente disponibilidade e interação de um conjunto de tecnologias extraordinárias, que engloba aplicativos, drones, óculos de realidade virtual, etc.

A robótica, que antes era uma inteligência meramente técnica (com movimentos lineares bem estruturados), começa a ser aliada à inteligência artificial. Dessa forma, a máquina passa a não só receber dados, mas também a analisá-los, a aprender com eles e a tomar certas decisões - o que é chamado de Machine Learning.

Esse processo pode ser observado, no nosso dia-a-dia, no Waze por exemplo. Quando esse aplicativo percebe que o usuário não está no melhor trajeto, ou que houve alguma complicação no trajeto projetado inicialmente, o próprio aplicativo sugere outra rota. Logicamente, existem vários tipos mais complexos de inteligência artificial.

Também há o surgimento de materiais modernos, como a impressão 3D, que permite a criação de materiais em outros contextos - por exemplo, em casa. Essa tecnologia ainda não é economicamente viável para todos, mas a gente já consegue fazer pequenas peças. Inclusive, existem indústrias que já possuem essas impressoras, reduzindo o custo com a fabricação de peças por terceiros. Até mesmo a produção de próteses médicas com esses materiais está sendo estudada.

A biotecnologia e a neurotecnologia também têm avançado muito nesse período. Além disso, a realidade virtual também começa a adentrar o dia-a-dia dos negócios, e um exemplo claro disso é a engenharia. O que antes era um desenho 2D feito à mão, hoje pode ser feito com softwares em 3D, e inclusive é possível "entrar" nesse desenho, analisando os espaços de uma casa, por exemplo, para simular a vivência nesse local.

Isso está se estendendo até mesmo para treinamentos de operações perigosas que, se feitas de maneira incorreta na vida real, trariam muitos prejuízos para a empresa.

O IOT, que é a internet das coisas, compreende a conexão em rede dos mais diversos equipamentos, principalmente os eletrodomésticos. O grande segredo dessa quarta revolução industrial vem justamente dessas conexões entre dados e equipamentos.

A tecnologia de registros distribuídos, conhecida também como "blockchain", é bem famosa na forma do bitcoin. Já o Big Data & Analytics se refere a um volume massivo de dados, a análise deles e a tomada de decisão a partir dessa análise. Antes, nas indústrias, os diretores pautavam as decisões com base em senioridade. Hoje, esses diretores se pautam mais em dados e análises históricas para tomarem decisões de investimento, por exemplo, muito por conta de projetos que fracassaram no passado.

Logicamente, é necessário um grande esforço em segurança de dados, visto que a quantidade de informação e de equipamentos é bastante grande. Nesse ponto entra o que chamamos de Cyber Security.

Junto com a tecnologia, sabemos que também existem riscos. Um seriado muito interessante da Netflix, chamado Black Mirror, mostra justamente o impacto das tecnologias nos seres humanos. Aqui nós levantamos alguns riscos com os quais provavelmente iremos nos deparar, e isso é interessante também para o nosso trabalho de conclusão de curso.

A democratização das armas de destruição em massa, principalmente voltadas à biotecnologia, pode acontecer devido ao barateamento e a facilidade de produção e acesso desses materiais. Hoje já existem diversos ataques em escolas, por exemplo, no Brasil e no mundo, e essa situação poderia se agravar caso armas mais poderosas sejam mais acessíveis.

A nanotecnologia pode ter impactos no meio ambiente e na saúde humana.

Vemos hoje, no Brasil, o crescimento dos parques solares no norte de Minas Gerais e no sul da Bahia, e não sabemos como isso irá afetar a geopolítica de óleo e gás no país e no mundo. Nesse ponto, vale citar também a Geoengenharia.

Além de tudo isso, como será feita a segurança dos nossos dado em meio a tantas mudanças na tecnologia?

Outro ponto é resolução de conflitos e responsabilidades com inteligência artificial. Vamos supor que seja criada uma inteligência artificial capaz de dar diagnósticos, assim como um médico, ou de tomar decisões jurídicas como um advogado ou um juiz. Mas e se essa inteligência artificial for falha, de quem é a responsabilidade? Do sistema? Perceba que há uma mudança drástica nessa relação de conflito. Nesse assunto, vale citar também a neurotecnologia, que engloba a manipulação pela internet.

Espero ver vocês na próxima aula, na qual começaremos a trazer os conceitos de gestão à toda essa base que estruturamos nessa primeira aula.

Sobre o curso Gestão de Pessoas 4.0 parte1: Entendendo as Mudanças da Transformação Digital

O curso Gestão de Pessoas 4.0 parte1: Entendendo as Mudanças da Transformação Digital possui 199 minutos de vídeos, em um total de 49 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Gestão Corporativa em Inovação & Gestão, ou leia nossos artigos de Inovação & Gestão.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Gestão Corporativa acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

  • 1265 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

Premium

  • 1265 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$75
à vista R$900
Matricule-se

Premium Plus

  • 1265 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$100
à vista R$1.200
Matricule-se

Max

  • 1265 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas