Primeiras aulas do curso Design gráfico: Design de infográficos

Design gráfico: Design de infográficos

Introdução e Boas práticas para infográficos - Introdução

Meu nome é Felipe Labouriau, sou designer gráfico de formação, instrutor aqui na Alura e gostaria de convidar vocês a participar do nosso curso sobre infográfico. Nele nós vamos ver desde o princípio, como montar uma peça visual nesse estilo aqui, um material gráfico interessante pra que você fuja do banal, do comum, na hora de montar um infográfico.

Nós vamos começar bem do começo mesmo, vamos ver boas práticas, princípios que você deve levar em consideração pra poder criar um material visual interessante e original. Depois vamos passar por aspectos técnicos e noções que o design gráfico pode contribuir, pra justamente você aplicar essas boas práticas e dar vida ao seu material.

Vamos passar também pela fase decisória de que estilo você vai tomar, de que referências você vai usar pra montar o seu material, como nós podemos fazer isso e que princípios nós temos que levar em consideração, sob o ponto de vista de cores, de tipografia, pra criar um material interessante. Depois nós vamos partir pra construção, de fato, desse material.

Vamos começar dentro do Photoshop. Nele nós vamos ver como montar um fundo interessante, vamos trabalhar técnicas pra nós, por exemplo, conseguirmos inserir o planeta Terra dentro dessa imagem, como nós vamos aplicar um efeito num fundo legal, pra dar um blend interessante a essa imagem.

Vamos trabalhar também com brushes, com ferramentas de seleção diferentes, com efeitos de camada, pra fazermos uma imagem que tenha a ver com o nosso tema, que seja visualmente interessante e que converse depois, dentro do Illustrator, onde nós vamos inserir essas informações e vamos dar o acabamento visual pra nossa peça.

Vamos trabalhar com uma linguagem vetorial, então vamos trazer pra dentro desse software tanto o trabalho com os ícones, como também o trabalho com tipografia, como nós vamos tratar a hierarquia de informação, como nós vamos tratar diferentes pesos de tipografias pra diferentes tipos de informação.

Pra no final nós termos um resultado visualmente equilibrado e interessante, que chame a atenção do público e que passe a informação de uma maneira efetiva. Espero que vocês tenham gostado da proposta e vejo vocês no curso.

Introdução e Boas práticas para infográficos - Overview

Vamos ver agora o que nós fazer objetivamente no curso? Nós recebemos um texto falando sobre o Dia mundial da Terra e nos foi pedido que esse texto virasse um infográfico, ou seja, que as informações contidas aqui fossem representadas visualmente, afinal de contas, um infográfico traz informações graficamente.

Aqui nós vamos pegar tanto dados numéricos absolutos, percentuais, proporções, informações, e transformá-las visualmente num material interessante. Nós não vamos apenas pegar dados e transformar em gráficos, não. Nós vamos ver a melhor forma de representar esses dados, essas informações.

Isso significa usar, sim, gráficos comuns, mas não apenas eles, ver como nós podemos trazer, por exemplo, em dados muito distantes da nossa realidade, a concretude a eles, como, por exemplo, a profundidade do planeta Terra. O que isso significa no nosso dia a dia, no nosso mundo real?

E para montar esse material, nós vamos passar primeiro por três etapas, que são teóricas, mas que são importantes nós sempre termos em mente, que são boas práticas, princípios que nós vamos ver pra criação de infográficos interessantes, o que você tem que ter em mente pra fazer esses materiais.

Depois nós vamos ver técnicas e noções que o design gráfico nos dá, pra justamente, a partir dessas boas práticas, explorar os elementos gráficos de maneira a criar uma peça equilibrada e interessante.

E depois, na hora de criar o material em si, nós vamos olhar como fazer um moodboard e a partir dele definir cores e tipografias que façam sentido pra nossa peça, pra nós criarmos um material que tenha a ver com aquilo que nós queremos falar.

Eu estou criando aqui embaixo também, deixando pra vocês o fórum, pra nós conversarmos, se vocês quiserem fazer qualquer comentário, tirar uma dúvida, compartilhar um trabalho que vocês estão fazendo, vai ser muito legal nós trocarmos as experiências. Espero vocês aqui no curso e bem-vindos.

Introdução e Boas práticas para infográficos - Boas práticas

Vamos começar a falar um pouquinho, antes de nós iniciarmos o trabalho prático, de fato, sobre boas práticas na criação de um infográfico? Vamos ver uns princípios bem básicos que nós temos que pelo menos tentar seguir pra criação de um material interessante?

O primeiro deles é ter informações interessantes, afinal de contas o infográfico, como já bem diz a palavra, são informações gráficas. Quando você for criar o seu material, parta de uma ideia central, por exemplo, como no caso desse aqui, a história da vida no planeta Terra, e desenvolva essa ideia em pontos menores, em pontos interessantes. Informações, preferencialmente, que não sejam de senso comum, que as pessoas não tenham acesso muito fácil.

Busque informações, dados, que sejam, se não difíceis de encontrar, mas que não fazem parte do conhecimento que nós trabalhamos no dia a dia. E vá nos detalhes. Represente visualmente esses detalhes, para justamente seu material ser interessante.

Essa representação pode ser feita de diversas maneiras e nós vamos ver isso durante o curso, mas, inclusive, você tentar trazer também os números que forem entrar no seu trabalho, mais concretos, porque às vezes números muito grandes ou muito pequenos têm uma dificuldade de nós conseguirmos relacionar no dia a dia, porque nós não temos contato com esse tipo de informação.

Por exemplo, 144,3 mil litros de água, é um número muito grande, mas o que isso significa? Quando você vê representado em números de caixa d'água aqui, por exemplo, já fica um dado bem mais impressionante, bem mais palpável, bem mais concreto.

E esse tipo de artifício do infográfico é bem legal, então procure explorar isso, procure fazer comparações com esses dados, principalmente superlativos, com fatos ou objetos do dia a dia, que fica bem mais fácil do seu leitor entender e causa até certo espanto, “caramba é tanta água assim? Nunca tinha parado pra pensar”, coisas desse tipo.

Depois, seja original, afinal de contas um infográfico não é uma representação de tabelas ou de gráficos que nós estamos acostumados a ver quase que todo dia como, por exemplo, esse tipo aqui, que é bem comum em planilhas de Excel, isso tem seu momento, tem seu lugar, inclusive pode entrar dentro de um infográfico, conforme nós vamos ver lá pra frente, mas o infográfico não é só isso.

O infográfico traz os elementos visuais e a originalidade é importante, então represente, como essa comparação que eu fiz aqui, os animais, visualmente. Traga, se não exatamente dessa forma, mas uma maneira de você fugir desse tipo de representação aqui, que já é muito batida, já é muito comum. Quanto mais visual, melhor.

E também não use uma linguagem muito dura, muito fechada. Brinque, por exemplo, com cores, com formas, com tipografias, varie os tipos de ilustração, mantendo uma unidade, claro, mas você não precisa “vou fazer só imagem vetorial”, “vou fazer só fotografia”, não. Você pode combinar os dois sem criar um grande carnaval, uma confusão visual, mas não tem menor problema de você utilizar os dois tipos.

Esse infográfico aqui do universo de mídias sociais, você vê que ele usa tanto a representação, digamos, de imagens mais reais, que seriam esses planetas, quanto os gráficos comuns, que nós falamos anteriormente. Procure criar uma paleta cromática interessante, trabalhe diferentes tipos, diferentes pesos pra sua tipografia, experimente bastante pro seu material ser o mais interessante possível.

E essa experimentação toda tem que culminar também num equilíbrio visual. Informação demais, pessoal, pode atrapalhar, e informação eu não quero dizer apenas números e dados, mas informação visual mesmo, muito texto, muitas imagem combinados sem criar um respiro, sem ter um equilíbrio visual legal pode confundir o leitor.

Por exemplo, olha aqui. A intenção é até boa de você representar os crimes ocorridos numa determinada cidade ou em determinadas cidades como esse exemplo aqui, só que você repara, que você tem uma concorrência entre os dados, entre o gráfico e entre o fundo que foi escolhido, que são essas viaturas de polícia. O texto e o visual não são concorrentes, eles têm que trabalhar juntos pra criar uma unidade interessante.

A mesma coisa nesse outro exemplo, esses gráficos que são relativamente comuns também, que você representa visualmente a representação de determinado assunto num universo fechado, então quanto maior, mais representativo, mais percentualmente falando, essa informação é relevante. Só que, repare bem, ficou muita cor, você mal consegue ler o que está escrito dentro e objetivamente falando, a comunicação que esse infográfico fez é muito baixa, você não consegue entender o que está aqui.

Esse outro dos crimes violentos, você até consegue entender, mas você repare que não é visualmente muito agradável. Mesma coisa aqui, aqui você já tem um trabalho um pouco mais profissional, do ponto de vista das imagens, que você repara que teve, se não um designer, mas um profissional da área envolvido, só que ficou imagem demais e uma quantidade grande de textos.

As imagens em excesso podem confundir um pouco a leitura, está vendo? Você não consegue entender exatamente o que é prioridade aqui e fica tudo gritando ao mesmo tempo. Quando tudo quer ser destaque acaba que nada é destaque, você não consegue se concentrar em nenhuma informação.

Nada pode ser igualmente importante, alguma coisa tem que ser mais importante e você tem os elementos secundários, e essa importância nós vamos ver durante o curso, ela é dada tanto com a tipografia, com imagem, com proporção, uma série de atributos que nós vamos trabalhar durante o curso.

E repare bem como esse aqui já fica bem mais confortável a leitura, tem um espaço vazio grande, você tem um código de cores já definido, você consegue se concentrar onde é importante, você primeiro lê o título, vê do que se trata o infográfico e depois você parte para as informações, informações essas que estão bem legendadas, que têm uma paleta de cor, você respeitou o equilíbrio.

E esse equilíbrio passa por outro aspecto muito importante, que é o texto na medida certa. Você não pode ter um infográfico também que não diga nada, as informações podem parecer óbvias pra você, como dizem, uma imagem vale mil palavras, mas quais mil palavras?

Então é importante que você dê uma pista, uma dica do que aquilo está falando, às vezes uma legenda mesmo, mas também sem ser excessivo demais, sem comprometer o equilíbrio, ocasionando que a pessoa perca muito tempo lendo o texto, um texto que às vezes não é necessário e não presta atenção no infográfico, de fato, que nem esse aqui, tem texto demais.

Esse outro infográfico tem texto, mas você repare bem como o texto está em equilíbrio com a imagem, você primeiro olha a imagem, você entende que aqui está tratando de problemas posturais ou algo do tipo e você tem pequenos drops de informação, que vão te dizendo o que são esses problemas, há um equilíbrio aqui, há um respiro nas informações, como nós já falamos antes, existe um código de cores, a tipografia toda bem trabalhada.

É importante que você ter em mente todos esses aspectos básicos que nós conversamos aqui, pra você criar um material que seja visualmente equilibrado e também interessante.

No próximo vídeo nós vamos ver um pouquinho mais a fundo aspectos técnicos, ainda vamos ver outros exemplos, ver como nós podemos trabalhar os elementos gráficos, elementos visuais, pra que o nosso material fique interessante. Então, como sempre, qualquer dúvida, comentário, se quiser mostrar um trabalho que está fazendo, só ir lá no fórum e vejo vocês no próximo vídeo.

Sobre o curso Design gráfico: Design de infográficos

O curso Design gráfico: Design de infográficos possui 151 minutos de vídeos, em um total de 40 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Design Gráfico em Design & UX, ou leia nossos artigos de Design & UX.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Design Gráfico acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

  • 1120 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

Premium

  • 1120 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$75
à vista R$900
Matricule-se

Premium Plus

  • 1120 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$100
à vista R$1.200
Matricule-se

Max

  • 1120 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Procurando planos para empresas?
Acesso por 1 ano
Estude 24h/dia onde e quando quiser
Novos cursos toda semana