Alura > Cursos de UX & Design > Cursos de Pintura Digital > Conteúdos de Pintura Digital > Primeiras aulas do curso Design de cenários: direção de arte

Design de cenários: direção de arte

Briefing - Apresentação

Olá, tudo bem? Sou o Rafa Nunes. Sou ilustrador e desenvolvedor visual. Nesse curso vou mostrar para vocês como faz a direção de arte para um cenário de animação. E não é qualquer animação. É animação para série animada de TV.

Ou seja, precisamos de cenários que sejam rápidos de fazer, práticos de produzir e que possamos produzir em grande escala porque vamos ter que fazer diversos episódios dessa série e vamos muito provavelmente ter uma equipe grande para fazer isso em estúdio e vamos ter que produzir bastante para conseguirmos cumprir prazos.

Então precisamos de uma coisa que seja tanto rápida de fazer quanto simples de reproduzir por outras pessoas que tenham estilos próximos, mas não exatamente iguais ao nossos. Esse é um curso que vai mostrar todo o processo de criação desse cenário e a introdução desses personagens nesse cenário.

Então vamos começar da pesquisa visual com algumas referências de outros artistas e outras séries. Dessa referência vamos fazer um rascunho que vai culminar nesse. Mas antes de chegarmos nesse traço e nessa cor base, vamos passar por um processo de criar alguns pequenos thumbnails, que são esses rascunhos pequenos, vamos ampliar esses thumbnails e fazer rascunhos mais complexos do que estamos vendo para depois chegarmos no que estamos vendo.

E disso aqui vamos entender como trabalhar texturização, iluminação e paleta de cor para que cheguemos nisso. Então vamos disso para isso. Esse não é um curso sobre técnicas de perspectiva. Esse não é um curso sobre técnicas de desenho. Apesar de eu mostrar o processo de criação.

Então vou dar algumas dicas de técnicas de desenho para colocarmos aqui, de técnicas de iluminação principalmente e alguns truques de espessura de linha ou de como texturizar o desenho. Mas não exatamente sobre técnicas de perspectiva.

Então se é isso que você procura, temos uma outra série de cursos na Alura que fala sobre isso. Agora vamos falar especificamente sobre como criar cenários interessantes com composições interessantes com uma narrativa visual dentro desse cenário legal e que funcione dentro de uma série de TV que tem as limitações técnicas que tem.

Vamos lá. Sejam bem-vindos. Espero que vocês gostem do material que vou produzir para vocês. Qual dúvida que vocês tiverem, estou sempre a disposição pelo fórum da Alura ou pelas minhas redes sociais.

Briefing - Overview

Esse vai ser o exemplo de cenário que vou fazer com vocês. Vou mostrar todo o processo do começo ao fim mostrando todos os truques e dicas que tenho para passar para vocês. Mas para chegar nesse aqui nós vamos ter uma longa jornada pela frente.

Vamos começar fazendo uma pesquisa visual que vai resultar em um moodboard que podemos usar de referência e de consulta rápida quando precisarmos de alguma ideia de outras artistas. Então vamos pesquisar referências de artistas que gostamos, de séries animadas que gostamos e vamos chegar alguns artistas como esses que estou mostrando para vocês.

Depois disso vamos começar a trabalhar no nosso próprio cenário. Primeiro pesquisando referências visuais, fotografias de lugares que tenham a ver com o lugar que vamos retratar e depois rascunhando ideias com esses thumbnails, esses rascunhos bem pequenos.

A partir disso vamos escolher um deles e vamos ampliar esse rascunho e detalhar um pouco mais, colocar um pouco mais de informações para chegarmos no nosso cenário final. Desse rascunho vamos partir para arte finalização. Primeiro com o traço e depois com as cores base desse cenário.

E aí vocês podem ver que ainda está bastante diferente do que vimos no cenário final. E aí vou ensinar para vocês como fazer isso virar isso. Como? Trabalhando as cores locais dos objetos. Ou seja, nas cores sem influência de iluminação e depois acrescentando textura, como a textura de pedra nessa casa, por exemplo e luz e sombra.

Tanto a iluminação dos objetos que tem esses leves degradês no cenário até essa sombra projetada bastante impactante que chama a atenção para essa região com essa luz muito forte central.

Vou ensinar vocês como encontrar uma região de destaque no desenho, ponto focal e vou falar de como fazer pequenos truques no desenho para que tenhamos sombras mais interessantes, para que tenhamos focos de luz mais interessantes, para que tenha detalhes e texturas interessantes de se ver no nosso cenário. Estão prontos? Então vem comigo porque vamos aprender todos esses truques

Briefing - Projeto

Antes de começar a produzir de fato os nossos cenários, é interessante que tenhamos um direcionamento de como eles vão ser. Ou seja, que planejemos a direção de arte desses cenários. Então a primeira etapa para mim é pesquisar cenários de séries ou de animações ou de ilustrações que tenham uma linguagem visual parecida com a que quero para os meus cenários.

Então o que fiz aqui, por exemplo, foi abrir um arquivo no Photoshop. Bastante simples. Abri o arquivo, peguei algumas imagens da série Steven Universe que é uma das minhas principais referências para esse projeto e joguei essas imagens.

Tentei pegar uma variação grande desses cenários que tenha tipos de iluminação diferente, tipos de cenários diferentes. Tem uma cachoeira, uma textura de água, aqui tem a casa, tem o foco na cerca de madeira, uma vegetação no fundo, as montanhas, a praia. Então tem diversos elementos visuais que posso me informar para fazer a minha ilustração.

Não quer dizer que vou copiar essas referências, mas que vou usar elas de referência, de base. Vou consultar elas quando precisar de alguma informação. Por exemplo, quando não souber direito como fazer uma árvore, um arbusto.

Vou vir aqui, vou dar uma olhada em como se resolve e vou testar algumas coisas a partir disso. E é muito importante que você não fique em uma referência só. Como aqui estou com essas seis do Steven Universe. Mas é pouco ainda só pegar os cenários do Steven Universe.

É legal que analisamos cenários de outras séries, de outros ilustradores que tenham uma linguagem parecida com a que queremos também. Ou seja, que seja próxima a essa mas que acrescente alguma coisa para a nossa conversa.

Então trouxe mais alguns que são Gravity Falls. Os cenários dessa série animada da Disney. Vocês veem que a linguagem é um pouco parecida com a do Steven. Tem linhas de contorno, tem estilização de vegetação, está tudo bastante próximo, só que as cores são muito diferentes.

Acho que a principal diferença entre um e outro é a linguagem das cores, o tratamento da paleta de cores. Os traços aqui são um pouco mais suaves, mais sutis. Uma linha fina que às vezes dá uma quebrada. Vocês veem que as linhas não se completam em alguns momentos. Enquanto no Gravity Falls a linha é mais pesada, sempre em um traço escuro.

Normalmente em preto, mas com bastante peso. E as cores são nesses tons meio marrom, verde. Flutua entre o marrom e o verde que no Steven são sempre aquelas cores oníricas, surreais e que fogem bastante da realidade. Muito roxo, muito azul onde não deveria ter.

Aí trouxe também Hilda que é uma série animada da Netflix que tem cenários parecidos com o do Steven também. É um pouco mais infantil essa linguagem, talvez. Mas ainda tem a estilização muito forte da vegetação, da água, das pedras. A paleta de cores é bem próxima, bastante interessante também. Tem algumas coisas aqui que podemos puxar para o nosso projeto.

Outro que trouxe é o Bee and Puppycat que é uma série animada que é bastante próxima do Steven também, inclusive, diversos dos produtores do Bee and Puppycat já trabalharam juntos com o pessoal do Steven Universe. Então a linguagem é muito parecida.

Então é uma que podemos trazer porque dialoga muito facilmente com a do Steven, mas tem algumas diferenças. Por exemplo, as cores estão sempre dentro do contorno. Respeitam muito bem a linha de contorno. Enquanto no Steven não. Às vezes elas fogem da linha de contorno. Você vê que aqui a cor do céu está invadindo a linha de contorno da árvore. E isso é uma coisa bastante comum sair de registro.

Então sempre procure trazer referências semelhantes, mas com alguma diferença para acrescentar para o nosso projeto. Claro, não vamos copiar nenhuma dessas. Vamos pegar algumas informações. A maneira como resolve a textura da madeira, a maneira como resolve a textura do tecido, a paleta de cores, a linha de contorno ou a estilização da pedra. Sempre vamos fazer uma consulta rápida.

E aí trouxe por último um outro artista, o Varguy que tem um estilo mais ou menos parecido mas que já foge um pouco daqueles lá que vai fazer um contraponto para nós. Acho muito legal como o traço dele é meio torto. Vocês veem que é sempre meio irregular e como ele faz essas sombras matizadas. Ele sempre coloca uma cor nas sombras. Então aqui fica meio azulado, aqui meio alaranjado. Sempre traz uma cor meio diferente para as sombras. O que é interessante para nós também.

E aí o que vocês podem fazer nesses arquivos é anotar neles. Então vocês pegam uma cor bem diferente, bem esquisita que não vai confundir com o cenário, circula uma área que você acha interessante, puxa para cá uma seta e fala "Nuvens redondas" e aí vocês vão marcando coisas que achem interessante nesses cenários para que lembrem depois.

Ou, melhor ainda, no lugar de ficar marcando em cima assim, vocês podem selecionar uma parte do cenário que vocês acham interessante. Então, por exemplo, posso pegar essa parte, copiar para fora e anotar que gosto das telhas. E aí fico com essa informação registrada no arquivo e depois posso consultar.

E o interessante é que vocês peguem esse arquivo de referências que chamamos de moodboard e que consultem de maneira rápida e fácil. Então o que faço é imprimir, colocar na parede atrás de mim, aí sempre me viro e olho para procurar uma referência ou deixo na mesa ao meu redor. Ou se você não puder imprimir ou tiver um segundo monitor, melhor ainda, você joga no segundo monitor essa referência e deixa ali para consulta rápida. É só você virar a cabeça, olhar e voltar para a sua ilustração.

Ou deixar no próprio arquivo que você estiver trabalhando. Deixa em uma camada diferente. Aí quando você precisar consultar você habilita aquela camada, dá uma olhada e desabilita de novo depois.

O que importa é que você tenha esse arquivo bem organizado e de fácil consulta, de rápida consulta e que você sempre tenha o nome da referência aqui porque qualquer coisa só joga no Google ou no Pinterest ou em qualquer lugar que for procurar referências e vou achar mais informações sobre esse artista ou mais referências desse artista que possa usar no meu próprio projeto.

Então agora convido vocês a fazer isso com um projeto de vocês. Não precisam seguir o projeto que eu estou fazendo aqui. Vocês podem fazer no estilo que quiserem, da maneira que vocês bem entenderem. Mas vou seguir com um exemplo para vocês verem como é o meu processo que segue essas referências que eu trouxe.

Sobre o curso Design de cenários: direção de arte

O curso Design de cenários: direção de arte possui 144 minutos de vídeos, em um total de 39 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Pintura Digital em UX & Design, ou leia nossos artigos de UX & Design.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Pintura Digital acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$85
à vista R$1.020
Matricule-se

Pro

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas