Primeiras aulas do curso DaVinci Resolve 16: edição de vídeo

DaVinci Resolve 16: edição de vídeo

Preparação do projeto - Introdução

Olá, galera. Tudo tranquilo? Meu nome é Danilo Máximo, instrutor de edição e composição de vídeo da Aluna.

Dessa vez, eu vou trazer para vocês um curso de DaVinci Resolve 16 e a ideia desse curso é pegarmos o processo de edição, o projeto, e dividir ele em todas as páginas que tem disponível dentro do DaVinci.

Então se você já abriu o software alguma vez, você viu e percebeu que ele é todo dividido em “pages”, em páginas, e cada página vai ter uma função dentro do processo de edição.

Nós vamos pegar um projeto e dissecar todos eles dentro de cada página. Então se você é uma pessoa que está começando agora é legal você fazer esse curso, mas para você também que já mexe, é interessante para você dar uma observada nas outras páginas, que não mexemos até então.

Nós vamos abrir uma parte dentro do Fusion e vamos criar uma composição com caracteres dentro dele. O material está bem legal, espero que vocês curtam o curso. Então até lá!

Preparação do projeto - Overview do projeto

Vamos começar esse curso tendo uma visão geral do nosso projeto. Então a ideia foi a seguinte: foi de criar um vídeo promocional de uma marca fictícia chamada “Extreme Sport”, que seria uma bebida energética. Nós quisemos criar uma propaganda para ele.

Então a ideia vai ser a seguinte: vamos utilizar todo o DaVinci, mas de uma maneira superficial em cada página, porque cada página tem a possibilidade de fazer coisas incríveis dentro do que ela se propõe.

Então o que vamos fazer? Vamos pegar um vídeo e vamos organizar esse material, importar esse material dentro do “Page Media”. Vamos organizar os nossos vídeos, criar [SUB-CLIPS] e criar pastas.

Depois vamos criar uma base desse vídeo utilizando o “Cut Page”, que é uma página dentro do DaVinci, que foi aplicada nessa versão 16, nessa versão nova. Ela vem com o intuito de simplificar o processo de edição.

Enquanto todos os outros softwares estão tentando colocar mais funções, para especificarmos ainda mais o nosso processo de edição, a edição do material em si, essa página veio com o intuito diferente, veio com o intuito de simplificar tudo.

Então você pega, e de maneira bem simples, consegue edital o material. Depois nós vamos refinar a edição que fizemos dentro do “Page Edit”, que é uma página que já conhecemos. E vamos colocar um texto animado, que são esses textinhos que vão entrar aqui, dentro do “Fusion”, que é uma novidade do curso também.

Nós, até então, não tínhamos trabalhado com essa parte do software aqui dentro de um curso, dentro da Alura, então esse vai ser o primeiro pedaço. Claro que o “Fusion” faz coisas incríveis, como eu falei anteriormente, nós vamos dar uma pincelada e começar o nosso processo de maneira mais simples aqui, mas só para vocês terem uma base e entenderem como ele funciona.

Depois vamos passar pelo painel “Color”. Então você que é uma pessoa que está iniciando nesse processo de edição, é legal porque você vai conseguir ter uma visão legal dessa parte de colorização aqui dentro do DaVinci.

Depois vamos trabalhar com áudio aqui dentro do “Fairlight”, então vamos nivelar o áudio, vamos aprender como se faz transições e visualizar um pouquinho como se faz para mexer com áudio aqui dentro dessa página.

E para finalizar, vamos exportar ela utilizando o “Deliver”. Então vai ser todo esse vídeo que vamos montar utilizando todos os painéis certinho dentro do DaVinci. E o material final que vamos fazer, é esse vídeo aqui.

Então vocês viram o material! Espero que vocês curtam e façam o material do começo até o final. Então até o curso!

Preparação do projeto - Database e importação

Baixe aqui os materiais usado em todo o curso.

Nesse vídeo eu vou começar falando sobre um detalhe importante na hora da criação do nosso projeto e uma forma legal de organizarmos o nosso material quando estivermos importando as mídias para dentro do DaVinci.

Então quando abrimos o programa, ele começa aberto com essa página, onde eu tenho a possibilidade de criar um novo projeto ou abrir algum projeto recente. Quando eu passo o mouse por cima, ele me dá um “preview” desse projeto.

E o que acontece? Quando eu crio um projeto aqui, ele vai colocar e salvar esse projeto dentro de uma pasta que o próprio DaVinci criou na hora da sua instalação. Só que quando você for trabalhar em um meio mais profissional, ou até mesmo dentro da sua própria máquina, quando você monta uma ilha de edição em casa, você vai começar a ver que nem sempre o projeto é salvo dentro do HD que é instalado o programa. Aqui no caso é o “C”.

Então nós sempre colocamos o nosso projeto em um HD separado, ou então quando você estiver em uma produtora ou em uma emissora, eles geralmente têm um servidor para isso. É legal que você saiba como alocar esse projeto ou essa pasta que vai ficar salvo esse projeto, em lugares diferentes.

Para você fazer isso, você pode vir aqui nesse ícone que fica do lado da palavra “Projects” e eu vou ter o acesso à minha base de dados. Eu tenho acesso aos Databases, que são as pastas onde ficam alocados os projetos do DaVinci.

Aqui eu tenho a possibilidade de criar um novo Database. Eu vou criar um aqui para vocês verem: “New Database”, eu venho aqui e coloco para ele ser salvo dentro do disco, no caso dentro do meu computador.

Vou vir aqui, colocar em “Create” e vou colocar um nome para ele. Posso colocar só de curso, só um exemplo, “curso”. E eu escolho um local para ele ser salvo, no caso eu vou salvar ele aqui dentro da minha área de trabalho, para vocês visualizarem. Então eu venho aqui, “DATABASE”. Então criei uma pasta, vou selecionar essa pasta, e colocar um nome para esse banco de dados, com o nome de “curso”.

Então aperto em “Create” e ele vai criar esse novo banco de dados para mim. Eu tenho a possibilidade aqui de criar o meu projeto, agora eu venho na pasta “New Project” e coloco o nome desse projeto. Eu vou colocar aqui: “CURSO_DAVINCI16”. Então em “Create”. Por padrão, quando você abre o DaVinci, ele já começa com a página do “cut” aberta.

Como o software é particionado, eu vou começar a trabalhar nele dentro da aba que eu importo o material, que é a parte de mídia. Então eu venho aqui em “Media” e clico nela. Eu tenho acesso a minha parte de mídia e é por aqui que eu vou começar a importação desses meus materiais, que é o que eu vou trabalhar na minha edição.

Então quando eu venho aqui, nessa lateral, no meu “Media Storage”, eu tenho a visualização de todos os HDs que eu tenho na minha máquina. Eu venho aqui e pesquiso onde estão as minhas imagens.

No caso, elas estão salvas no meu Desktop, então eu venho no “C” - venho aqui em “Users”, “User”, “Desktop”, e eu tenho aqui, dentro de “CURSO-DAVINCI_16” - clico aqui. Tenho aqui “Footage”, “B-Roll” e eu tenho acesso às mídias que eu vou trabalhar.

Você viu que na hora que eu começo a entrar, eu começo a andar muito entre as pastas. Vamos supor que eu vou trabalhar nesse material várias vezes e eu tenha que acessar essa pasta várias vezes.

Para eu não ter que ficar pesquisando aqui todas as vezes, eu posso salvar essa minha pasta nos favoritos. Então vamos supor que, como eu já tenho o meu desktop salvo aqui, eu posso vir na minha pasta “Footage” direto. Só clicar com o botão direito e colocar ele como favorito.

Fica nessa opção aqui embaixo. Então eu adiciono essa pasta na minha parte de favoritos. Toda vez que eu clicar nela, eu tenho acesso mais rápido à essa pasta. Não é o nosso caso aqui, porque eu já vou puxar o material todo agora. Então volto na minha pasta “B-Roll” e para trazer o material aqui para dentro, na hora que eu vou passando o mouse, eu tenho a visualização da “thumbnail” desse vídeo.

E se eu passo o mouse, eu tenho uma “preview” dele aqui, nessa lateral. Caso fique me atrapalhando, eu tenho a possibilidade de pegar e aumentar o tamanho, para visualizar mais ou aumentar aqui na parte de baixo, eu tenho a possibilidade de mexer melhor nessa parte.

Aqui eu tenho o meu áudio, que eu posso fechar também essa parte, posso fechar e aqui, os meus metadados. Então são esses menus que eu tenho a possibilidade de abrir e de fechar.

Como eu não vou visualizar isso agora, vou deixar fechado, só para podermos ver melhor as nossas imagens. Então quando eu vou passando mouse, eu tenho uma “preview” na lateral e essa “preview” ele já roda o áudio, caso tenha.

Se isso aqui estiver te atrapalhando na hora que em você passar, você pode vir nessas três bolinhas, que eu tenho aqui do lado, e desmarcar essa opção, que é a “Live Media Preview”.

Se você desmarca isso, ele para de passar, você só visualiza ele por aqui. Eu vou deixar marcado porque eu gosto dessa opção, eu consigo visualizar o que eu vou fazer. Para puxar o material para dentro, é bem simples:

Eu posso selecionar o vídeo, arrastar e puxar aqui para baixo. E você vai ver que vai aparecer uma mensagem, não de erro, mas mostrando que esse meu vídeo que eu estou arrastando tem alguma coisa diferente da configuração que eu tenho na minha “timeline”.

Então quando você cria um projeto aqui dentro, o DaVinci já cria uma “timeline” para você. Ele bota uma “timeline” que você já estava trabalhando, geralmente é uma padrão de 1080, que é o full HD. Então para você visualizar isso, no caso você pode alterar essa “timeline” com base nessa mídia que você arrastou ou não. Eu não gosto de alterar isso pela mídia.

Por quê? O que acontece? De repente você acabou se confundindo e puxou uma mídia de um tamanho diferente, que vai ficar na sua “timeline”. Você vai trabalhar em um projeto com mídias 4K, mas você vai fazer ele em full HD, então a mídia é diferente. Então eu não mudo isso, eu sempre deixo a minha “timeline”’ como está e caso eu queira alterar, eu venho nessa engrenagem aqui, que fica na lateral.

Quando eu clico na engrenagem, eu tenho a visualização do formato da minha “timeline”, então eu posso alterar a resolução dela, no caso full HD, e aqui o “frame rate”. Só que nesse vídeo, vamos trabalhar com essa “timeline” desse jeito, por isso quando eu arrastei o vídeo, eu pedi para ele não alterar. Eu também não gosto de fazer esse processo, eu sempre gosto de vir e eu mesmo configurar a “timeline” por aqui.

No caso eu vou cancelar porque eu não mexi em nada. E para importar melhor esse material, para eu não ter que ficar vindo um por um aqui e importando, eu tenho a possibilidade de clicar em “Footage” com o botão direito e importar a pasta inteira. Então eu venho aqui e posso adicionar a pasta aqui. Ou então, eu posso no caso, criar o “subfolder”, já com os Bins todos dentro.

Porque se eu venho aqui, ele vai adicionar tudo que eu tenho dentro da minha pasta, mas ele deixa tudo embaralhado, ele não aloca em subpastas. Na última opção, ele já faz a criação dessas subpastas para mim. Isso facilita muito o processo, porque se eu já organizei tudo dentro do meu HD, no caso a visualização que eu tenho aqui no “Media Storage” - é o meu HD, não é o meu projeto.

Eu fiz e eu organizei tudo lá. Então eu coloquei as mídias e coloquei a música, tudo direitinho. Quando eu faço isso, ele já traz aqui para dentro - vamos abrir essa parte. Ele já traz aqui para dentro, no Master, todas as pastas separadas. Então “Footage” tem o “B-Roll”, tem a “TRILHA”, tem os “Elementos_Gráficos” e tem a pastinha com os vídeos aqui. E para visualizar as pastas eu clico em “Master”.

No caso, essa mídia aqui foi a mídia que nós arrastamos primeiro aqui para dentro, como eu já tenho ela aqui dentro de “B-Roll”, eu venho em “Master” e posso deletar ela com a tecla “Delete” e eu vou remover a trilha. Ele pergunta para mim se de fato eu quero remover ela do meu projeto. Assim, eu consigo manter essa minha pasta organizada. Eu venho aqui e já está tudo organizadinho.

Suponhamos que além de estar organizado, eu gostaria de organizar ainda mais a minha pasta. Para eu poder criar alguma pasta aqui dentro, vamos supor que aqui em “B-Roll” - como é um vídeo separado por áreas, eu tenho a possibilidade de separar os meus vídeos também em pastas. Então se eu clico com o botão direito, eu posso adicionar um Bin. Então, “Add Bin”.

Eu posso colocar um nome para ele: “MAR”. Eu pego as imagens do mar - esse aqui não é mar - e arrasto aqui para dentro. Eu crio uma subpasta. Eu já tenho as pastas separadas mas poderia criar mais pastas.

Então no próximo vídeo, nós vamos começar a ver como é o processo de decupagem e como fazemos para trabalharmos com pastas inteligentes aqui dentro do DaVinci. Até lá!

Sobre o curso DaVinci Resolve 16: edição de vídeo

O curso DaVinci Resolve 16: edição de vídeo possui 127 minutos de vídeos, em um total de 34 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Edição de Vídeo em UX & Design, ou leia nossos artigos de UX & Design.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Edição de Vídeo acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$85
à vista R$1.020
Matricule-se

Pro

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas