Primeiras aulas do curso Automação residencial parte 1: Integrando sensores no Home Assistant

Automação residencial parte 1: Integrando sensores no Home Assistant

Apresentação do projeto e componentes necessários - Introdução

Sejam bem-vindos a mais um curso, eu sou o Ricardo Merces, dessa vez, a gente vai ver uma plataforma nova, que ela é totalmente desenvolvida em Python, a plataforma se chama Home Assistant. Qual é a ideia dessa plataforma? Essa plataforma, a gente dá uma cara, assim, mais profissional, a parte de automação que a gente já tem trabalhado há algum tempo.

Juntando IoT, a parte eletrônica, os sensores e tudo aquilo que a gente já construiu ao longo dos cursos anteriores. Então, deixa eu te mostrar como é que isso vai funcionar. Já estou com o meu instalado aqui para demonstração. Então, vou logar aqui e a gente já está na nossa interface de automação.

Lembrando que essa interface, a gente vai aprender, a gente vai aprender, vai trabalhar junto, a gente vai popular ela aqui da maneira que você quiser, vai aprender a customizar, mas o que que eu tenho aqui? Eu tenho algum dos projetos que a gente já viu em cursos anteriores.

O lasercat, está lembrado do mecanismo laser lá para o pet? Eu tenho a parte de iluminação, que a gente já trabalhou e a gente vai acrescentar um sensor novo. Eu tenho um sensor de temperatura, que a gente também já desenvolveu com um NodeMCU e juntando tudo isso, a gente coloca lá no Home Assistant.

É claro que a gente não vai ficar só aqui, você tem várias opções aí para customizar essa interface, acrescentar sensores e a ideia inicial é que a gente conheça um pouquinho melhor essa plataforma. Então vamos lá, eu separei aqui a nossa lista de materiais, para a gente dar andamento ao nosso curso.

Então a nossa lista, ela é simples. Vamos usar o nosso Raspberry Pi 3. Eu estou usando o 3, que vai ser o server, onde vai rodar e vai abrigar toda a solução do Home Assistant. Então, eu estou usando o meu Raspberry Pi 3. Vou anexar a esse projeto, algo que a gente já tinha trabalhado anteriormente.

Está lembrado do nosso sensor de temperatura e umidade? Tem a foto aqui da época, até do projeto. Sensor de temperatura e umidade, que vai jogar essa informação para a nossa plataforma. Vou usar também como exemplo o lasercat, vou anexar ele lá no Home Assistant.

E tem uma coisa bem legal, a gente vai agora conhecer um sensor novo, uma ideia para esse projeto, é a gente começar a usar dispositivos com cara, assim, mais industrial, com acabamento melhor, para que facilite as nossas ligações. Então, a gente vai detalhar melhor esse Sonoff, tenho um aqui na mão.

Na verdade, só um descritivo rápido, ele aqui dentro, tem um esp8266, já tem lá a partezinha do (relé), então, eu controlo isso tudo dentro de uma caixinha, isso fica embutido na tua parede, eu controlo isso tudo sem aquela “fiarada” de (relé), aquelas... acaba causando até um... um problema na hora de ligar...

Mau contato, já está tudo embutido dentro de uma caixinha. A gente vai falar melhor sobre ele já, já. E tenho também para esse projeto um componente novo aqui. Esse conversos aqui de USB para serial, “para que isso, Ricardo?”. O nosso dispositivo, o nosso interruptor, o Sonoff, que eu escolhi para trabalhar.

A programação dele é feita através da serial e o que que acontece? A gente vai usar a USB para converter para serial. Então, com esse conversor aqui, eu conecto a minha plaquinha no meu notebook, no teu PC, onde você quiser via USB, ele faz a conversão para serial.

E convertendo para serial, a gente consegue fazer a programação. Isso aqui também é bem fácil de achar no mercado, o nome dele é FTDI 232, ele é um conversor de USB para serial. E aí, você consegue fazer a programação. Então, essa é a lista básica de material.

A gente vai ter bastante partes de programação para adequar o que a gente já fez e incluir os sensores novos. Então, vamos começar a trabalhar. Separa o teu material, que no próximo vídeo, a gente já começa a fazer a instalação e as primeiras configurações do nosso Home Assistant.

Conhecendo a plataforma Home Assistant - Preparação da imagem do Home Assistant

O primeiro passo para a gente dar andamento aqui no projeto é a gente fazer a instalação do HA no Raspberry Pi e esse processo é muito simples. Você vem aqui em Getting started, ele já tem... olha só, vou clicar aqui: Install Hass.io on Raspberry Pi 3. Qual é a ideia?

Ele já criou uma imagem que usa lá um OS customizado, vamos dizer assim, também usa Docker, é uma imagem toda customizada, já para o Raspberry 3. Então, é legal que ele já pensa nisso, aonde você vai estar colocando o teu Home Assistant.

Então, a ideia é a gente usar essa imagem, como eu falei lá no início, usar o RPI 3, que ele já um hardware bem adequado para suportar o nosso projeto. Então, eu estou aqui, fui lá no Hass.io, então a gente vai fazer o download dele aqui, installation instructions, está aqui.

Eu vou selecionar, o Raspberry Pi 3, “Ricardo, posso colocar no zero?”, pode colocar no zero, tem imagem para ele. Eu não fiz, eu não cheguei a fazer o teste, rodando no Raspberry Zero, mas o que eu li, Fórum, que eu tenho acompanhado esse projeto já... acho que mais de um ano...

O pessoal indica o Raspberry Pi 3, até porque a medida que a gente for incluindo sensores, ele vai funcionar de uma forma melhor. Então, está aqui, Raspberry Pi 3, ele vai fazer download da imagem. Então, a gente vai finalizar o download da imagem e vai gravar ela no cartão. Então a gente já volta aqui.

Terminando esse download. Terminado o nosso download aqui, a imagem tem cento e trinta e poucos mega, então é bem pequena a imagem. Bom, terminado o download, o que que a gente vai fazer? Vamos fazer a gravação da imagem no nosso cartão.

E aí, eu queria só uma breve revisão, a gente já viu isso lá no curso de inicialização do Raspberry Pi, que é da instalação mídia center, gravação de imagem, a gente já abordou esse tópico lá, mas não custa nada aqui dar uma lembrança. Então, qual é a ideia?

Só para quem está chegando agora, a gente no Raspberry usa todos... como a gente não tem o HD, a gente usa o sistema operacional no cartão SD, então a dica é só lembrar o seguinte, a recomendação é que o teu cartão SD seja classe 10, porque isso está relacionado a velocidade de escrita e gravação.

Se você tiver um cartão S4, esse acesso fica bastante lento, então você tem lá o seu cartãozinho e a gente vai usar agora um aplicativo novo, que eu testei nesse projeto e eu achei bem legal. O aplicativo se achava, acho que é “Acher” a pronúncia certa, acho que deve ser alguma coisa assim.

O que que é isso? É uma forma mais simples de você gravar, de fazer uma transferência da imagem para o cartão. “Ah, Ricardo, eu estou fazendo isso, o meu notebook é Linux, eu não quero usar isso”. Não tem problema nenhum, comando DD, IF, imagem, OF, o cartão resolve o teu problema.

Estou apresentando aqui para vocês uma nova forma, tem para MAC, tem para o Windows, para o Linux, essa ferramenta aqui, então eu já estou com o meu instalado para a gente poder ganhar tempo. Eu vou abrir aqui. Pronto. Estou com ele aqui. Opa. Estou com o meu aplicativo aqui aberto.

E ele é muito simples de usar, escolheu a imagem, cartão e mandou gravar lá, não tem erro. O que você precisa fazer é só, antes, você pega lá o teu gerenciador de arquivo, a imagem, ela está comprimida, você vai expandir a imagem, certo? Porque você vai precisar do ponto IMG, para jogar lá para o teu cartão.

Então você faz a expansão da imagem, usa lá o teu aplicativo preferido para fazer isso, pega o ponto IMG e com o ETCHER, a gente faz a transferência para o nosso cartão, é muito simples o processo, como eu te falei, a imagem tem 140 MB comprimido, então é bem pequenininho isso.

Finalizado aqui o processo, eu tenho ponto IMG e é isso que a gente vai precisar. Então, agora é simples, você pega lá o teu cartão SD, conecta lá no teu notebook e a gente vem aqui, muito simples, seleciona a imagem, IMG, abriu, seleciona lá o leitor de cartão, já está aqui selecionado, flash, resolveu o problema.

Então é muito simples de fazer uma gravação de imagem, eu quis apresentar essa ferramenta, que eu achei bem legal, você pode usar ela para várias imagens do Raspberry e não necessariamente só o Home Assistant. Então, está fazendo a gravação, quando concluir, o que que eu vou fazer?

Eu vou pegar o meu cartão, colocar no Raspberry Pi e vou fazer o bot, para a gente começar a acessar e também fazer as primeiras configurações. Então vai terminar o processo e a gente volta aí no próximo vídeo já dando início efetivamente na nossa configuração, no acesso do Home Assistant.

Conhecendo a plataforma Home Assistant - Configurações inicias

Então já terminei lá o processo, peguei o cartãozinho e coloquei lá no Raspberry Pi. E aí, ele vau fazer o processo de atualização e eu queria dar uma dica para você. Então, olha só. Já estou acessando o IP aqui do meu Raspberry Pi na porta 8123 e veja a dica que a plataforma da para a gente aqui.

Na hora que a gente vai ligar ele pela primeira vez, ele pode demorar até vinte minutos, porque ele está fazendo uma série de atualizações e como esse tempo é grande, as vezes a pessoa não sabe desse detalhe, ela interrompe o processo, pensando que deu algum erro.

Mas não, é demorado mesmo a inicialização da plataforma, a primeira vez, depois você vai ver que é muito rápido. “Ricardo, como é que eu acesso? Como é que eu monitoro isso?”. Exatamente como fizemos aqui. Coloquei o IP do meu RPI na porta 8123.

Vou dar até um reload aqui, para você visualizar, preparando Hass.io, ou seja, ele está fazendo as atualizações ali. Então a gente vai dar uma paradinha aqui, esperar isso terminar e quando a gente voltar, a gente já vai ter a tela inicial para que a gente possa fazer as configurações e começar a aprender, estudar melhor a plataforma.

01:30] Terminado o tempo, ele mesmo já deu o refresh na tela e veio aqui a nossa tela inicial, que logicamente não tem nenhum sensor configurado e é em cima dela que a gente vai trabalhar. Então a gente tem que primeiro aprender a fazer o gerenciamento que, você pode fazer via web, mas também pode fazer por SSH.

E a gente vai fazer esse setup aqui. Antes eu queria só dar uma passada com você. Tem vários itens aqui, que a gente, ao longo do processo vai detalhando melhor a parte da configuração e tudo mais, mas a tela é clean e aí, a ideia é que fique aqui só o que você realmente quer controlar...

Sem muita coisa escrita, para não poluir a tela. O que é legal aqui de mostrar? Nessa tela inicial, a gente vai logicamente vai ver aqui no curso, mas tem lá o processo de configuração, ele dá um detalhamento maior, então a documentação sempre ajuda a gente aprofundar o nosso conhecimento.

E o que eu queria salientar para vocês é isso aqui: componentes disponíveis. Quando eu vi isso a primeira vez, olha o número que está escrito aqui, 814, “Ricardo, é isso mesmo? Exatamente, 814. Isso está crescendo, assim, muito rápido, que essa plataforma está em constante desenvolvimento.

E você pode colocar “n” componentes ligados a ele, então não tem fim isso daqui, olha o nosso MQTT, que a gente vem trabalhando, eu tenho parte de mídia center, Apple TV, Chromecast, tem mil componentes que a gente pode adicionar. No curso, a gente vai ver alguns dois, três componentes diferentes, para você entender essa mecânica.

Mas é legal você dar uma passeada aqui, Amazon Echo, a gente já fez o projeto lá do Alexa, a gente também pode anexar isso no nosso Home Assistant. Então, tem bastante opções, aquelas lâmpadas da Philips e por aí vai. Então essa aqui são as telas de componentes, eu vou voltar aqui para a gente começar a fazer a configuração.

Então, primeiro passo é o seguinte, acesso web está resolvido. Vamos aqui em Hass.io. E eu já tenho alguns componentes aqui, alguns serviços pré-definidos que facilitam muito a instalação. Então, eu venho aqui na lojinha, lá na bolsa ou aqui, vamos clicar aqui em cima.

O que que eu posso já posso colocar? Você vê que já tem alguns dons já embutidos para a gente instalar de uma maneira muito fácil. Então, vamos colocar o seguinte. Estou rolando a minha telinha para baixo .Olha o nosso amigo MQTT, já, já a gente fala sobre ele.

Mas deles, dessa relação aqui, SSH server, tá? Então, eu venho aqui, SSH server e simplesmente instalo, ele vai fazer o processo. É muito simples, a interação com a plataforma é muito simples. Vou instalar o acesso SSH e vamos fazer o teste aqui. Está fazendo a instalação.

Demorou lá um minutinho, foi bem rápido e está o serviço aqui, o OpenSSH, que é o servidor SSH, usado na maior parte dos nossos Linux. E antes de startar ele, de iniciar, vamos fazer o seguinte. Vamos definir uma senha para o SSH. Então se você rolar a tela para baixo no options.

“Password”, vamos colocar aqui “alura”, pode ser, tá? Senha, alura, assim a gente não esquece, coloquei a senhora aqui. Deixa eu salvar. Esses options aqui, essa nomenclatura vai ficar mais familiar para você ao longo do curso, mas esses options aqui, nada mais é do que você editar lá as “configs” direto do teu servidor.

A gente está fazendo diretamente aqui nessa interface gráfica. Então, eu coloquei aqui “alura”, já tinha salvo e o que eu vou fazer? Eu vou iniciar o serviço. Está iniciado o serviço, logicamente vamos fazer o teste aqui. Então vou abrir aqui o meu bom e velho terminal e vamos fazer o SSH para lá.

Então, “ssh”, o usuário dele default dele é “root@192”, no meu caso, “168.1.6”, ficando: “ssh root@192.168.1.6”. Então a primeira conexão, pediu lá para aceitar a chave, “yes”, a senha que nós acabamos de definir, eu coloquei alura e está lá. Acesso via SSH. Então, a gente tem duas formas de gerenciar.

Vocês vão ver que a maior parte das configurações na edição da tela lá, eu prefiro fazer aqui via linha de comando e tem umas outras lá de associação, arrumação, a gente consegue fazer pela interface. Você fica à vontade, eu vou te mostrar as duas formas, você vê o que que é mais fácil aí para você.

Mas já estou com ele aqui. O primeiro passo para a gente entender melhor a estrutura, é importante você ver isso daqui, ó: “cd/config”, “ls”, “Ricardo, o que que é o diretório config?”. Esse diretório config é o coração do Home Assistant e mais especificamente, esse configuration aqui.

Ele é que armazena todo o setup da nossa plataforma. Então a minha dica é a seguinte. Para que a gente possa começar, eu vou fazer assim, eu vou copiar a configuração, vou criar um backup dele para original, assim eu posso mexer a vontade nele, qualquer coisa, eu volto lá com o arquivo original.

E a gente vai começar a trabalhar aqui na nossa configuração, ok?

Sobre o curso Automação residencial parte 1: Integrando sensores no Home Assistant

O curso Automação residencial parte 1: Integrando sensores no Home Assistant possui 136 minutos de vídeos, em um total de 47 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Internet das coisas em DevOps, ou leia nossos artigos de DevOps.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Internet das coisas acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

  • 1266 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

Premium

  • 1266 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$75
à vista R$900
Matricule-se

Premium Plus

  • 1266 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$100
à vista R$1.200
Matricule-se

Max

  • 1266 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso por 1 ano

Estude 24h/dia onde e quando quiser

Novos cursos todas as semanas