Primeiras aulas do curso Adobe Photoshop: Compondo peça publicitária

Adobe Photoshop: Compondo peça publicitária

Composição - Introdução

Boas vindas ao curso de Composição no Photoshop. Sou o professor Luiz Carlos e vou acompanhá-los durante os conteúdos.

Nesse curso aprenderemos o que é composição e qual é sua importância.

Também compreenderemos o que são foco e estrutura da composição para poder identificar e criar boas composições em vários segmentos do design e da criação artística.

E após entender todo esse conceito, vamos trabalhar na criação de uma peça publicitária, simulando o pedido de um cliente que teria ganho espaço para publicidade em uma revista.

Geraremos uma composição em que consigamos trabalhar com suas características teóricas aplicadas sobre uma *Foto Manipulação.

Tendo sido feita a Foto Manipulação de maneira que consideremos interessante, a aplicaremos sobre um mock-up, a apresentação final para o cliente de como ficará a publicidade dele.

Então será possível trabalhar com máscara, layer de ajuste e pequenos efeitos usando o software Photoshop em nosso curso, e através desse conhecimento saberemos gerar tanto essa composição quanto outras diferentes.

E é claro, a partir dos conceitos aprendidos sobre composição, será possível criar diversas outras artes que queiramos. Até as próximas aulas.

Composição - O que é composição ?

Se perguntarmos para alguém o que é composição, é possivel que muitos respondam que é a junção de várias imagens em uma única peça artística, o que de fato não estaria errado. Porém, no nosso caso ela terá como objetivo a leitura da imagem final.

Vamos imaginar o seguinte: se um livro não tiver título, parágrafos, capítulos; ou seja, uma composição estruturada, a leitura dele se tornará incômoda.

O mesmo ocorrerá com uma imagem. Quando vemos uma imagem, fazemos a leitura dela. Então o conceito de composição envolverá guiar a leitura da imagem para que ela ocorra de maneira mais fluida e dinâmica. Isso será importante para a criação de qualquer peça artística.

Veremos um exemplo simples. Acessaremos na internet um site chamado Pexels. Nele há um conjunto de imagens de fotógrafos que queiram disponibilizá-las na plataforma. Entraremos na categoria de fotos "macro", imagens que geralmente apresentam elementos pequenos com muita aproximação focal. Assim, teremos mais facilidade em analisar a composição da fotografia,

Analisando uma dessas imagens com alguns cogumelos, eles serão o elemento principal isolado do restante, sendo mesmo o único relevante para ver com clareza. Logo, olhando a fotografia pela primeira vez, já será possível identificá-lo.

Isso acontecerá porque a forma que a foto foi tirada, o enquadramento, o foco nesse objeto com relação ao resto da imagem, tudo faz com que a tendência seja vê-lo primeiro, o que é muito comum nas fotos macro.

Vejamos uma foto macro de uma maçã. Em primeiro plano teremos a maçã e alguns galhos e folhas, mas o fundo estará desfocado. Mesmo que tenhamos outros elementos além da maçã. ela continuará sendo o principal da foto. Ao olharmos para a foto e fazermos a leitura dela, já saberemos num primeiro momento o que o fotógrafo quis representar.

Então, nesse tipo de fotografia é nítido o que se deseja mostrar, porque nas fotos macro é comum focar no que está na frente e deixar desfocado o que está atrás. Essa é uma regra clara do tipo de composição.

Portanto, a composição se relaciona com guiar a leitura de uma peça artística. No momento em que formos criar seja um vídeo, imagem publicitária ou concept art, teremos que entender e passar por alguns estágios da composição. Quais serão eles?

É fácil identificar que teremos elementos que precisam estar em Foco, uma Estrutura da composição (uma grade em que os elementos se encaixam, o que deverá ser feito, o que será mais ou menos importante) e um Balanço para a composição, ou seja, caso queiramos dar ênfase a um elemento à direita, precisamos poupar a esquerda de elementos que possam pesar naquela imagem.

Com essas três categorias, conseguiremos criar uma peça artística equilibrada para uma leitura fluida, que permita ao usuário maior conforto em analisá-la. Passaremos por cada uma das estruturas para entender melhor todas elas. A primeira será o foco.

Haverá algumas regras que funcionam para trazer foco para a composição. Isso pode ser visto com facilidade em algumas imagens. Fazendo a análise de uma concept art que traz uma paisagem desértica com uma figura feminina de costas ao centro, reconhecemos automaticamente uma estrutura bem definida.

Provavelmente foi a intenção do autor que a personagem feminina tivesse um peso maior na imagem por ser o principal elemento dela. Portanto, só pela forma que foram dispostos os objetos, fazemos uma determinada leitura.

Pensando em algumas referências do que traz foco para a composição para utilizar nas peças, o primeiro elemento que deve ser levado em consideração é o Contraste.

O contraste será a diferença entre claro e escuro. Com o efeito causado pelo contraste de cores entre diferentes elementos da imagem, fica evidente qual deles será intencional destacar. No caso da imagem com a figura feminina, ela estará mais escura do que o restante da imagem. Assim, saberemos para onde direcionar o olhar. O efeito é semelhante com a leitura de um livro, quando sabemos onde acaba um parágrafo e começa o outro devido às indicações.

A Saturação também fará referência ao foco. Ela será nada mais do que a intensidade das cores. Falando novamente sobre a imagem que estaremos analisando, todos os elementos têm cores semelhantes, um ocre remetendo à terra, ainda que a tonalidade varie. Porém, o elemento principal (a mulher de costas) traz cores mais intensas.

Isso tanto porque os elementos mais claros ao fundo trazem uma ideia de profundidade,quanto porque a figura principal apresentar cores mais vivas traz uma sensação de maior aproximação da câmera, e consequentemente de quem vê a imagem, o que também se relaciona com o foco do objeto.

Então temos o foco, a saturação, e um terceiro elemento que já observamos nas fotos macro será o Foco da câmera. A imagem estar propositalmente desfocada em pontos específicos, como ao fundo. nos fará imaginar melhor quais elementos terão maior importância.

Há também as Formas e Figuras para trazer referências à nossa leitura. Se vemos a forma de um rosto ou uma figura humanoide, automaticamente nosso cérebro tende a identificar aquele elemento primeiro. Fazemos a leitura de figuras abstratas em segundo plano porque estamos menos familiarizados com esse tipo de imagem.

Na foto em que há uma personagem feminina de costas, temos logo de cara esta figura maior na composição, enquanto há formas humanas muito menores e outras formas não-humanas atrás. Portanto, o foco é a própria personagem pela figura que representa

Em outra composição, também temos uma forma humana, conhecida por nós, como ponto principal da imagem. Assim é reforçado como a leitura se torna mais fluida, pois a forma direciona os olhos do usuário para esse ponto específico.

Portanto, sempre que formos criar uma peça artística podemos nos atentar a essas categorias para saber com quais queremos trabalhar para captar maior interesse do usuário.

Contraste, saturação, foco de câmera e as formas e figuras serão as principais categorias a trazer foco para a imagem. Mas ainda há outros itens que auxiliam em guiar a leitura de uma composição.

As Linhas-guia são bastante abstratas, pode ser complicado identificá-las nas composições, mas também auxiliam no foco e colaboram para uma boa composição quando trabalhamos com elas de forma adequada.

Na imagem que vemos no vídeo nesse momento, teremos um personagem principal que provavelmente estava em uma batalha e venceu um monstro. Direcionamos o olhar para ele porque, além do contraste e da figura humanoide, temos pequenas linhas-guia dando indícios de para onde olhar.

Há elementos simples dentro da composição que não parecem propositais, mas que com certeza é uma decisão do artista fazer as linhas na peça guiarem para o personagem. Essa sutileza é o mais interessante de quando entendemos sobre composição.

Temos a capacidade de guiar o olhar do usuário para onde desejarmos e isso é extremamente importante para a publicidade, pois assim fazemos com que ele entenda o ícone representado na arte.

Uma Grade ou Estrutura pode auxiliar em trazer foco, e entenderemos melhor como isso ocorre ao longo do nosso curso. Os Objetos terão esse efeito também. Quanto mais objetos e formas geométricas teremos dentro de uma composição,mais destacados ficarão determinados elementos. Será mais simples entender isso quando virmos as demais etapas da composição.

Entendemos o que é composição, quais são os estágios, os objetos em foco e os auxiliares do foco, e analisamos um pouco algumas composições.

A ideia é que toda composição bem trabalhada se utiliza das referências que vimos durante esta aula. Compreenderemos melhor cada uma delas criando nossa peça publicitária para a revista, pois aplicaremos todos os conceitos aprendidos.

Nosso objetivo a seguir será entender mais sobre estrutura e balanço. Até mais.

Composição - Estrutura de uma composição

Tínhamos aprendido sobre o que é composição e quais são suas bases.

Entendemos o que é o foco de uma composição. Para recapitular, as bases da composição serão os elementos em foco, a estrutura da composição e o balanço. Hoje falaremos da estrutura, ou seja, como trabalhar minha imagem para que ela tenha uma boa estrutura, o que é uma boa estrutura e por que criá-la dessa forma.

Vimos que o foco servirá para direcionar a leitura de nosso cliente para determinados elementos com base em estratégias como o contraste e a saturação. Mas como funcionará a estrutura?

A estrutura é o posicionamento dos elementos da imagem para que um elemento específico seja mais focado ou para aquela imagem ter harmonia. Teremos alguns modelos-chave de estrutura para utilizar na criação das composições. Existem muitas estruturas, mas esses tipos serão muito comuns.

Uma delas é a estrutura chamada Regra dos Terços. Ela é muito usada na fotografia e mais ainda nas filmagens. Em filmes e videoclipes, por exemplo, é fácil encontrar essa estrutura sendo utilizada de muitas formas. É interessante que a partir de agora comecemos a buscar esse tipo de enquadramento quando assistirmos a filmes.

Nessa regra haverá pontos determinados em que saberemos que os elementos ganharão mais atenção na composição. Separamos nossa composição em três partes iguais, horizontal e verticalmente e inserimos os elementos de imagem dentro dessas partes.

No exemplo de uma cena do filme Matrix(1999), há dois personagens conversando. Eles estão posicionados em lados opostos, em dois dos principais pontos da imagem. Então, dentro da Regra dos Terços utilizamos a estrutura para direcionar para onde nosso usuário, nesse caso um telespectador, deverá focar a visão.

Apesar de existir o restante da composição, haverá dois pontos principais na cena descrita. Podemos inserir os objetos principais em pontos de intersecção das divisões na Regra dos Terços.

Outra estrutura que analisaremos será a Golden Grid ou Regra de Ouro. Ela não se aplicará apenas à arte, como também em outros estudos como matemática e biologia.

Nas artes ela é utilizada por trazer uma harmonia e a ideia de crescimento a uma imagem. Como essa é uma estrutura encontrada na natureza frequentemente, o ser humano se sente a vontade ao identificá-la.

Teremos como exemplo a fotografia de uma paisagem montanhosa em que haverá em primeiro plano, na parte inferior à esquerda, uma figura humana pequena. Parece haver um crescimento na imagem a partir desse elemento.

Essa é uma estrutura que se utiliza dos elementos do contraste e da figura para o foco. Há um contraste de cores, pois os tons da vegetação são mais vivos nos primeiros planos, até chegas às montanhas mais escuras ao fundo.

Essa regra é aplicada em diversas outras ocasiões. Se pesquisarmos no Google por "Golden Grid em criação de logos" veremos que na criação de muitas logos foi usada para haver identificação do cliente com essa estrutura.

Mais uma estrutura que costuma ser usada na fotografia é a Simetria. Não há muito a dizer sobre ela, exceto que as imagens tem dois lados simétricos e muito similares. Isso também torna a leitura equilibrada.

É interessante observar que nesse tipo de estrutura já teremos linhas naturais que guiam o usuário para o elemento principal, de forma que a simetria traz foco à imagem. Assim, precisamos menos de contraste e saturação para conseguir foco, mas é claro, quanto melhor utilizarmos todas as táticas que sabemos, melhor ficará nossa composição.

Por exemplo, analisaremos uma imagem do Taj Mahal, construção situada na Índia. Ele estará ao centro e as linhas em direção a ele criam impressão de profundidade. Além disso, a própria arquitetura do monumento é simétrica, portanto os dois lados da imagem serão harmoniosos.

Mas podemos encontrar a simetria em diversas outras ocasiões. Mais uma vez vamos buscar imagens no site Pexels. Procuraremos por fotos de casamentos e poderemos verificar que muitas são tiradas com uma câmera na base para registrar o momento que os noivos estão no altar, um ao lado do outro.

Acharemos uma fotografia que traz a referência dessa estrutura simétrica. Os lados esquerdo e direito serão semelhantes e principal,ente haverá uma linha, formada pelo corredor até o altar com os bancos nas laterais que guiará o olhar até o objeto principal, que será o casal. Isso torna a imagem harmoniosa e interessante para nossos olhos.

Também há o tipo de estrutura conhecida como Full Frame em que há foco num único objeto, pois ele compõe todo o frame da imagem. Ele será mais utilizado em filmagens, pois servirá para trazer uma ideia de sentimento. Nos filmes, logo após um conceito ser apresentado através do Full Frame será possível sair daquele enquadramento.

Nas composições fechadas, como nas peças publicitárias e concept art, essa estrutura fará com que haja um forte impacto visual. Num material a respeito da Lei Maria da Penha, por exemplo, podemos ter todo o foco no rosto de uma mulher e trabalhar com a ideia do que isso representará, gerando uma imersão do receptor no tema.

Então, o Full Frame será outro tipo de referência para a composição que será simples de ser utilizada e identificada.

A última das principais estruturas que deveremos saber identificar será a utilização de formas geométricas para criar a composição, em especial a Pirâmide. A estrutura de pirâmide acrescenta peso e uma orientação de leitura à composição por sua própria forma.

No pôster do filme Interestelar(2014), teremos uma estrutura piramidal bastante clara. Acima teremos estruturas que não são o foco. O elemento principal, ao centro da imagem, ainda não será o maior foco dela. A maior densidade de itens para ler e as cores mais intensas estão na base.

Se desenharmos um triângulo em volta do astronauta que será o elemento principal, ele se encaixará perfeitamente à composição. Isso confirma o que havíamos entendido sobre o pirâmide como figura geométrica ter maior peso na base.

É comum que o cinema utilize essa técnica nos pôsteres, porque será necessário acrescentar muitas informações a eles, como o nome do filme, principais atores, diretor, etc, e elas precisam se localizar na composição de uma forma harmônica.

No pôster de Titanic(1997)também identificaremos a estrutura piramidal. Esse será um pôster mais antigo, mas filmes atuais também a utilizam. Pesquisaremos no Google por "Spider-Man". e encontraremos o pôster de Spider-Man 2(2004),que é um pouco mais recente e traz essa referência.

Um filme ainda mais novo cuja composição do pôster obedece uma estrutura piramidal será a animação Spider-Man: Into The Spider-Verse(2018).

Portanto, as estruturas de Regra dos Terços, Golden Grid, Simetria, Full Frame e Piramidal serão as principais usadas na criação de uma composição. Unindo essas técnicas com o foco, conseguimos direcionar a leitura de uma composição tornando-a melhor e mais harmônica de acordo com nossos interesses.

Sobre o curso Adobe Photoshop: Compondo peça publicitária

O curso Adobe Photoshop: Compondo peça publicitária possui 151 minutos de vídeos, em um total de 42 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de Design Gráfico em Design & UX, ou leia nossos artigos de Design & UX.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda Design Gráfico acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

  • 1017 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

Premium

  • 1017 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$75
à vista R$900
Matricule-se

Premium Plus

  • 1017 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$100
à vista R$1.200
Matricule-se

Max

  • 1017 cursos

    Cursos de programação, UX, agilidade, data science, transformação digital, mobile, front-end, marketing e infra.

  • Certificado de participação

    Certificado de que assistiu o curso e finalizou as atividades

  • App para Android e iPhone/iPad

    Estude até mesmo offline através das nossas apps Android e iOS em smartphones e tablets

  • Projeto avaliado pelos instrutores

    Projeto práticos para entrega e avaliação dos professores da Alura com certificado de aprovação diferenciado

  • Acesso à Alura Start

    Cursos de introdução a tecnologia através de games, apps e ciência

  • Acesso à Alura Língua

    Reforço online de inglês e espanhol para aprimorar seu conhecimento

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Procurando planos para empresas?
Acesso por 1 ano
Estude 24h/dia onde e quando quiser
Novos cursos toda semana